quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

E esse Natal, Picante?

Lá se passou.



12 comentários:

  1. Adoro esse Syrah =) (Alias, a Cortes de CIma, desde o vinho de gama mais baixa até ao vinho de gama mais alta, é das minhas marcas/adegas/casa de vinhos favoritas)

    Monte do Pintor não conheçoe (alentejano?) e adoro Vinhos só com Touriga Nacional. Qual é a casa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Monte do Pintor é alentejano, sim. E o touriga nacional é da casa Santos Lima. Talvez o mas fraquinho.

      Eliminar
  2. Para a passagem de ano experimente o Mouchão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço bem. É bom mas acho que está demasiado caro para o que é. Pelo mesmo preço há vinhos bastante superiores.

      Eliminar
    2. Sim, é verdade que o preço foi bastante inflacionado desde que o Tonel 3-4 2011 foi distinguido pela The Wine Advocate, mas ainda consegui umas garrafas de 2010 ( que também acho muito bom) ao preço antigo e nessa gama de preço é dos meus preferidos!

      Eliminar
    3. Ui. Não percebo nada de anos. Sempre achei o Mouchão muito bom, independentemente da colheita, acho é que está muito caro, aquilo costumava ser ao preço do Tapada do Chaves e do Tapada de Coelheiros, aliás este último também subiu que foi obra.

      Eliminar
    4. E eu a pensar que percebia sempre de tudo.

      Eliminar
  3. Vinhos e Natal, este ano, trouxeram-me um episódio caricato: quis oferecer a um cliente, um suposto connaiseur, pensava eu, umas garrafas de vinho. Comprei duas Duas Quintas reserva 2014, a casa Ramos Pinto não falha, e o preço era adequado, que afinal de contas era sobretudo "uma lembrança institucional".
    Reação do cliente: "ah... Douro, costuma ser bom... depois digo-lhe o que achei".

    Tinha-lhe dado um alentejano corrente, daqueles que vendem mais garrafas do que todas as uvas alentejanas juntas conseguiriam produzir, mistérios!!!!, que na volta ele ficava mais contente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahah
      O Duas Quintas é bastante conhecido, Mi. E bastante aceitável, também. Esse teu cliente deve perceber tanto de vinhos como eu de física quântica.

      Eliminar
    2. Foi o que eu pensei. Duas Quintas é unanimemente reconhecido como um vinho bem acima do razoável, não tem como falhar. Afinal tinha! :))))))

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.