sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Porque lês blogs, Picante?

Porque, em lendo blogs, fico a saber que há quem recomende chinelos de quarto como bonitos acessórios de casamento, quem se deixe fotografar de negligé e nos faça crer que aquilo é um vestido em bom para o Natal, quem faça questão de quase nos mostrar as cuecas para nos tentar vender uma porcaria qualquer para o cabelo, quem não tenha pudor em fotografar o filho na retrete por causa de umas toalhitas que ainda por cima são uma desgraça para o ambiente e claro, quem não perceba nada de nada como funciona a noite em Lisboa embora pense que sim.

46 comentários:

  1. Óóóóóóólhe Pê, venho aqui com uma blógó dúvida, também é por isto que eu leio blógues, tá a ver? Que raio é ter "cachê"???? Sabe-me explicar? Cachet, isso eu sei, mas cachê inserido num contexto de um sítio a visitar, não percebo.
    Imagine um qualquer sítio desses em que as pessoas supé interessantes da blógóesfera vão ao fds, supé clean e supé tudo, e depois faz essa descrição que transcrevo:
    "O casamento foi na herdade da família, rodeada de hectares de oliveiras. Entre as entradas servidas, o almoço tardio, as músicas que os noivos cantaram um para o outro, as surpresas preparadas pelos irmãos, o espectáculo de fogos de artifício, o discurso feito pelo pai da noiva, saímos já era tarde, diretos para dormir, na Herdade do Vau. O tal sítio no middle of nowhere – mas com muito cachê! Além da decoração, ficámos encantados com a paisagem de perder de vista."

    já ouvi pessoas a dizerem que tem muito ashê/axê, agora cachê... Espero que consiga esclarecer a minha dúvida, já não durmo nem nada.
    Muito obrigada,
    Desta sua leitora,
    Euzinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. axê é um tipo musical da Bahia. O resto... bom...

      Eliminar
    2. Quando não sabemos o significado de uma palavra, basta consultar um dicionário: https://www.priberam.pt/dlpo/cach%C3%A9

      Eliminar
    3. https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/muito-cachet/2462

      De nada. E atente ao "possidónia".

      Eliminar
    4. Então e qual é o problema de saírem "direitos para dormir?"
      De certeza que antes de dormirem vão ensaiar novas posturas corporais, ou não?

      Eliminar
  2. Eu acabei de ler que em 2018 haverá 9 tendências na alimentação. Fechem a internet pq batemos no fundo. Abriram um precedente neste campo, e não tarda passaremos a ter tendências na alimentação primavera/verão. Lembro-me um dia destes em que estava numa superfície escandinava a ver umas coisas, parei para espreitar uns copos de gin, e eis que uma pessoa passa por mim e diz "mas ainda está na moda beber gin?". Bem eu fiquei estupefacta, pq juro que não fazia ideia, que nisto da alimentação e das bebidas, havia mesmo um grupo de pessoas que se orientava por tendências. Logo eu que bebo gin há mais de 20 anos, ou pelo menos, desde que tenho idade para o fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas sempre houve. As tendências de estilo de vida sempre ditaram tendências de alimentação. Nunca as tinha visto era descritas à semelhança das tendências de moda de vestuário, mas que não é novidade não é.

      Eliminar
    2. Não. Isso era alimentação sazonal. Deixou de existir.
      Se se lembra de coisas de há 30 anos ou mais, como disse lembrar-se-á também disto.
      A menos que a moda do vestuário seja a moda da água!

      Eliminar
    3. Estou a falar da moda do sushi, do gin, da comida vegan, dos goji, mirtilos e afins e de uma série de outras coisas que são modas. Modas essas ditadas por estilos de vida.

      Eliminar
    4. Uma coisa são certos alimentos ou estilos alimentares terem virado moda. Outra muito diferente, é escrever um artigo a dizer coisas como os sabores do médio oriente serão uma grande tendência para 2018, como se estivéssemos a falar de veludo, cortes rectos, mangas com folhos etc. E mais parvo quem passa a comer o que quer que seja só pq supostamente passou a ser "tendência".

      Eliminar
    5. Modas são,por definição, coisas passageiras. A tendência é para que a oferta da comida vegetariana e vegan aumente ao longo dos anos, não vai a lado nenhum.

      Eliminar
  3. A da noite de Lisboa é completamente desiquilibrada. Não entendo como lhe sai tanta porcaria pela boca (aliás pelos dedos, visto ser escrito), e mesmo com imensas pessoas a apresentar-lhe argumentos de que está errada (porque a "carneirada" que a defende não apresenta qualquer argumento, só acha muito linda a opinião dela a defender a violência) ela insiste e insiste e insiste...
    Cá para mim um daqueles seguranças é um dos adolescentes que a agrediu outrora, mas a "opinião" dela é "tão bem formada" (ela é tão cega)que não vê que defende a mesma coisa que ataca (a violência, portanto)!
    E sim, não faz a mínima ideia do que é a segurança na noite (seja de Lisboa ou doutra cidade), enfim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela não defende bem a violência, diz que entre ela ser assaltada e os ladrões apanharem uns murros, venham daí os murros.
      A mim, o que me espanta é não se saber que isto sempre aconteceu na noite. Espanta-me haver quem não saiba que o Urban tem tudo menos bom ambiente, que as casas de banho têm quase maior utilização para actos sexuais que para usar a retrete, que adolescentes perdidos de bêbados é mato, que circula droga à descarada, que qualquer pessoa está habilitada a levar uma carga de pancada dos seguranças (vários são seguranças porque gostam de dar pancada, basta que esteja no lugar errado à hora errada, que a gerência das discotecas fecham os olhos a isto tudo. Bom ambiente? Está certo.

      Eliminar
    2. Mas eu também gostei das respostas dela , que é na periferia que moram os vagabundos , que pessoas em alcoolizadas são mais difíceis de parar .. enfim .. ela estava num dia muito inspirado

      Eliminar
    3. Então ela é vagabunda, uma vez que é da periferia.

      Eliminar
    4. O problema dela é não saber expressar as suas ideias sem insultar os outros. Aquele post podia perfeitamente ter sido escrito de outra forma, sem chamar carneirada às pessoas, sem ser tão polémico. Só ainda não percebi se ela é verdadeiramente incapaz de escrever uma opinião de outra forma ou se o faz propositadamente para ser muito lida ou comentada.
      Para além disso, nota-se que cresceu numa família « bem », que só tem amigas « bem », as fotografias da casa da mãe e da sogra, as preocupações que tem, e as opiniões que dá mostram isso mesmo, à maneira como se refere a quem é menos favorecido, a quem é da periferia...E ainda assim, continuo a dizer que ela até podia pensar nas coisas assim e escrevê-las mas de outra forma. De qualquer forma, a partir do momento em que assume que chamar « ignorante » ou « estupida «  a alguém não é ofender porque é o que ela pensa e por isso é um facto, não vale a pena continuar....

      Eliminar
    5. Eu acho que ela escreve dessa forma mesmo para chamar a tenção para o blog. E também a acho desiquilibrada, mesmo, não o digo por insulto. Não acho normal ela contradizer-se tanto, não conseguir ponderar nos argumentos que lhe apresentam (nesta e noutras discussões), não aceitar opiniões diferentes e bem argumentadas, fica ali a insistir na dela sem qualquer novo argumento, é o só porque sim.
      Quanto ao urban, se fosse este caso isolado até lhe daria o beneficio da dúvida para esta opinião dos assaltantes, mas existem muitas queixas. E mesmo que fossem assaltantes, era imobiliza-los e esperar pela polícia. Depois do homem no chão, saltar-lhe a pé juntos para a cabeça? E acham normal só exagerado?! Quem decide o que é exagerado? Para o segurança que fez isso não foi exagerado. É como alguém diz aqui mais abaixo "a Justiça Popular é um conceito perigoso". É

      Eliminar
    6. Bom, pelo menos escreve (nao faço ideia e quem falam)...uma bloger é suposto escrever, digo eu. Já a Fernanda é só fotos, ah é verdade escreve livros...:)

      Eliminar
    7. Eu não concordo com tudo o que ela escreve, mas esta implicação com os vagabundos da periferia é muito boa. Então digam lá onde é que vivem tipos como a vítima no telejornal a dizer que o segurança lhe tinha batido? Na Lapa? No Restelo? Essa é muito boa.

      Eliminar
    8. Quem e essa pequenA sra picante? Estou muitodistanre

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante10 de novembro de 2017 às 12:55

    Eh lá...
    Não sei de nada... pistas, pistas.

    Da naite, é melhor nem falar. Até parece que um tipo não esteve sujeito a levar uns sopapos à discrição de uns seguranças mal dispostos. Diferença? Terem sido filmados, e o grau de violência. Nem discuto que há pessoal que possa levar umas ensinadelas, mas aquilo no Urban ultrapassou isso. Pena que certas pessoas não percebam. Como não percebem que a Justiça Popular é um conceito perigoso, mesmo em contextos em que a Justiça não funciona a 100%. E que os seguranças do Urban não são polícia, e muito menos juízes.

    PS: recomendo chinelos de quarto como bonitos acessórios de acasalamento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema começa exactamente na policia que é paga para fechar os olhos. De outra maneira como é que haveria miúdos de 12 ou 13 anos em quase coma alcoólico, deitados pelo chão de Santos? Toda a gente sabe quais sãos os bares/restaurantes que vendem álcool a menores. A polícia não vai lá
      e não é por acaso.
      Da justiça popular nem vou falar, muito menos levada a cabo por animais.

      Eliminar
  5. Não me tinha dado conta até ontem mas conheço pessoalmente um dos seguranças envolvidos. Enviei-lhe uma mensagem a perguntar se era mesmo ele. Confirmou-me um familiar que sim, ele entregou-se voluntariamente e o telefone ficou em casa. Imediatamente apaguei o número dele e bloqueei-o em tudo quanto são formas de contacto.
    A única palavra que me ocorre é "nojo" e ainda maior por quem os defende...

    ResponderEliminar
  6. Que diz vossa mercê sobre as convidadas ao Parlamento Europeu?
    O rei vai nu, digo eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É para percebermos o quão baixo isto está.
      Essas e as outras que foram eleitas pela Forbes como melhores bloggers blá blá blá. Já nada tem credibilidade.

      Eliminar
    2. A expressão do Sr. Tajani só revela terror e arrependimento... Já está no cargo e ainda só postou 20 e tal fotos no seu Instagram! Assim, realmente, o mundo não pode andar para a frente! (Vergonha alheia... muuuuuuita...)

      Eliminar
    3. *no cargo há 7 meses

      Eliminar
    4. O rei não vai nada nu. Então? Uns brincos tão bonitos...

      Eliminar
  7. Pipocante Irrelevante Delirante11 de novembro de 2017 às 11:25

    "Cocó no parlamento europeu"


    No nacional tb. 230 poias.

    ResponderEliminar
  8. Ó pá, estou completamente ás escuras. Quem dá uma ajuda???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó anónimo sem claridade.
      E que interessa que esteja às escuras ou a brilhar de luminosidade?
      É uma, não é? Uma de entre dezenas da colecção Pipocana e portanto casque a seu bel-prazer que fica na mesma bem.
      Perguntadeiro/a é que não só fica como ignorante como ainda um/a sem préstimo para a elevação blogueira.

      Eliminar
  9. A senhora está mais preocupada onde estender a toalha, senhores. Já teve as visualizações que queria, agora bora lá de férias! Quanto ao assunto do parlamento... bem, nem tenho palavras para tamanha palhaçada. E de onde é que saiu o dinheiro para este 'festival'? Ora, pois.

    ResponderEliminar
  10. É impressão minha, ou agora há aí uma vaga de imitadoras da Márcia d'orey? Aparecem a dançar, a amamentar a maquilhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto mto da ties tentar imitar as instagramers inglesas. A pose, a tentativa de piada. Mais uma tontinha.

      Eliminar
    2. A ties tem uma cara engraçada, mas a vestir...é cada tiro nos pés. Aliás o sapatinho branco e collants amarelis dizem tudo!

      Eliminar
    3. A Cacomae é outra que se esforça, quer à viva força inventar e ficar bem mas depois nunca resulta, não nela. Ainda o que lhe vale é ser simpática...

      Eliminar
  11. E a vaga de se filmarem enquanto conduzem? Nas estradas portuguesas, já há acidentes que cheguem, não é necessário meia dúzia de blogers aqui do burgo a contribuir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, sim, essa também acho fenomenal. Então não será até proibido?

      Eliminar
    2. Também já tinha pensado nisso. E a ties que faz diretos a pedalar na bicicleta nas avenidas novas? Há momentos em que penso que Darwin não teve capacidade de prever tudo...

      Eliminar
    3. Enquanto conduzem e não só, que raio se passa com a Cortez? A senhora está imparavel, é a verdadeira especialista em andar e filmar se ao mesmo tempo e sempre com um enorme sorriso.... Se soubessem as figuras de tontas que fazem deixavam o tlm em casa

      Eliminar
  12. É impressão minha, ou agora há aí uma vaga de imitadoras da Márcia d'orey? Aparecem a dançar, a amamentar a maquilhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe não sei, mas que acho aquilo um big brother gratuito acho. Nudez explícita a mais para o meu gosto, não entendo o objectivo é não entendo como o marido não se importa. Eu via-a no Mercadito e é minima, mesmo baixinha. Do tamanho da C. Patrocinio!!

      Eliminar
    2. Disse tudo o k pensava.

      Eliminar
  13. Eu gosto de ler blogs.

    Sempre gostei e acho que vou gostar sempre.

    Não gosto, contudo, quando tentam-me fazer passar por burra.

    Nesses casos, não faço peixarada e apenas deixo de ler o tal blog.

    Mas existem pessoas que tem menos discernimento e que vão na cantiga.

    Imensos blogs a fazer publicidade non stop sem informar que é publicidade e isso é muito maU ( A Mia, por exemplo, constantemente a fazer publicidade e nunca informa que o é)

    Nada contra quem vive do blog.

    Mas vamos lá ser honestos e vamos lá ter noções básicas do que é aceitável e do que não é.

    Acho mesmo que algumas bloggers podem se dar ao luxo de escolher as parcerias que fazem.

    Beatriz

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.