segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Já não sei onde li isto, sei que me fartei de rir

Os congressos do PCP não passam de reuniões paleolíticas feitas por calhaus.

20 comentários:

  1. Esquecem-se da quantidade de câmaras municipais do PCP por este país fora e algumas delas com bons resultados e bons investimentos nas suas cidades (sim, certamente com muitas luvas pelo meio).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo,luvas de trabalho ;)

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante14 de fevereiro de 2017 às 11:54

      Luvas (para o frio), mas não só...

      http://madespesapublica.blogspot.pt/2017/01/chovem-guarda-chuvas-em-loures.html

      Eliminar
    3. E casacos? Também dão casacos?
      (já os outros é mais faqueiros...)

      Eliminar
  2. Era alguem muito inspirado isso sem duvida xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma inspiração tão básica como um calhau.

      Eliminar
    2. Eu fartei-me de rir. Mas pronto eu não sou como a esquerdalha, rio de coisas pouco cultas e elaboradas...

      Eliminar
    3. Pois é, tadinha. Mas pelo amor da santa, é de direita porquê? Frequentou o clube dos jotinhas alaranjados é? Ai essa ambição,ahahahah

      Eliminar
    4. Porque a esquerdalha é pindérica e suburbana, claro. Por que outra razão poderia ser?...

      Eliminar
  3. Por acaso os calhaus são os mais educados e bem formados, tanto quanto observo, seja no parlamento, seja a nível local, no concelho onde resido.Arma típica a da direita, o insulto gratuito.Agora então...a azia é tanta que só não vale arrancar olhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São sim, muito bem educados. Tremendamente bem educados, até. Estou aqui a lembrar-me dos nomes que chamaram a Cavaco Silva, por exemplo... Um exemplo de educação.

      Eliminar
    2. Não me diga que lhe chamaram de múmia...não posso!!!

      Eliminar
    3. Ahahahahahahahahahahhhamuuuuito bom!!!!!1

      Eliminar
  4. Desculpe lá Picante, mas vou comentar o outro post, porque ninguém me insulta e fica sem resposta. Se não quiser, não publique, mas eu já fico de consciência tranquila. Aí vai o que tinha escrito quando estava a encerrar os comentários e não tem nada a ver com beleza ou falta dela da blogger (nunca cessará de me espantar a falta de assuntos interessantes que as pessoas têm para discutir):

    "13:57, parva, a sério? Não me viu aqui ofender ninguém, isto há cada um. Assim se vê o nível dos seus leitores, oh Picante. Acha isto bem? Enfim, adiante. Eu também moro em Lisboa, clico de vez em quando nesse blog e, como não identifiquei logo o colégio nem tenho interesse nenhum nisso e não ando a fazer zoom às fotos nem a examinar blogues de que não gosto ao pormenor - mas que pessoa tem tempo para isso? - não sei dizer nada de nada. Agora, não deve ter lido o que escrevi ou então não percebeu ou não quis perceber, eu concordo com a Picante quanto à exposição das crianças (by the way, Picante, obrigada pelos parabéns, é realmente tentador ter uma criança fofinha e adorável como todas as mães acharão que os filhos são e, ao ver toda a gente a partilhar fotos dos seus, manter a sua resguardada e ser "a louca" que não deixa pôr as fotos com as caras dos garotos no facebook, mas acho que é essencial preservá-los e deixar ao critério deles serem ou não expostos quando tiverem idade e autonomia para decidir por si). Não concordo, como disse, que o facto das miúdas serem modelo de imensas fotos tiradas pela mãe (não é por um estranho qualquer, é pela mãe) faça delas infelizes ou birrentas e desrespeitadoras, como diz o post e acho que existe, sim, alguma perseguição a estas bloggers pelo que elas são e representam e não só pela exposição das crianças. Aliás, ainda gostava de ver quantas destas Joaquinazinhas comentadoras não têm o facebook pejado de fotografias da adorável descendência, mas estão sempre cá para atacar Fês e Cacos (e Sónias, que a Picante não critica tanto, lá está, porque é uma mulher mais "como nós" e por isso uma personagem mais simpática para o público em geral) só porque são umas dondocas ricas e partilham "bites" de uma vida que muita gente quereria ter e não pode.

    Quanto às mummy bloggers, até me surpreende que não conheça, agora é o que está mais na moda! São aquelas todas que foram a Paris e vivem, também, da exposição dos filhos. Ah, e eu não acho que isso faça delas más mães nem "terrible mummys" que é o título do seu post. Só pessoas com pouca noção da realidade e que pensam pouco nas consequências da mesma. Picante, eu já vi mães dizerem-me que não se importam que as fotografias dos filhos vão parar a sites horríveis daqueles porque na realidade não lhes acontece nada, às crianças propriamente, portanto who cares. Perante isto, o que dizer?

    Bem, isto tudo para dizer que concordo muitas vezes consigo, quase nunca com as suas comentadoras venenosas. parecendo que não, são pessoas muito diferentes."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já estou farta deste assunto mas atendendo a que se deparou uma pessoa que sabe pensar e que se deu ao trabalho de escrever isto tudo não poderia deixar de publicar e responder.
      Das que foram a Paris acho que só conheço a Caco e a Catarina Beato (e critico ambas pelo mesmo motivo). E tem razão, não critico tanto a Sónia, que expõe tanto ou mais os filhos porque ela me é mais simpática, mais humana, se quiser, embora ache detestável que ponha o Mateus a toda a hora no blog, por exemplo.
      O título do post não passa de um trocadilho a propósito de um post da Fernanda sobre os "terrible two". Eu não sei se estas mummy bloggers são melhores ou piores mães que outras quaisquer, todas teremos os nossos pontos fracos. Sei que acho detestável isto que fazem (e isto apenas), acho que o fazem quase exclusivamente em prol do ego e acho que levado ao extremo pode ser perigoso. Eu jamais me perdoaria se um filho meu fosse parar a um desses sites por minha culpa, ainda que nada de mal lhe acontecesse, fisicamente falando.
      (eu fechei os comentários porque me fartei de rejeitar coisas pouco simpáticas a respeito de uma série de bloggers, Fernanda incluída)

      Eliminar
    2. Obrigada por ter publicado e respondido. Percebi o motivo de ter encerrado os comentários e só vim aqui dizer de minha justiça porque não gosto de gente malcriada e estava a apreciar a nossa - entre si e mim - conversa. Também nunca me perdoaria se uma coisa dessas acontecesse. Tudo de bom para si.

      Eliminar
  5. Só para dizer que esses blogs que criticas, são uma valente treta.
    Supostamente muito filantrópicos e não passam de antros de publicidade e interesses individuais.
    Pedi por mensagem no facebook, a uma série deles, a divulgação do apelo da pequena Maria que precisa de um dador de medula compatível. Ninguém me respondeu.
    Devia ter juntado à mensagem uma treta qualquer de oferta. :(

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.