quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Exposição desnecessária

Mães que vêm para a internet dizer quão ridículos são os comportamentos dos seus filhos adolescentes.

(caramba, também cá tenho adolescentes, tanto material para posts risíveis e eu a insistir em manter os assuntos entre portas, tantas gargalhadas e ingerências que vocês poderiam fazer acerca de mini Picantes e eu aqui, com estas ideias parvas sobre privacidade...)

36 comentários:

  1. E eu que já acho parvo quem faz isso entre grupos de pessoas com quem não se tem especial amizade/intimidade..... Confesso que de vez em quando não resisto em partilhar com amigas uma ou outra história mais engraçada. Mas lá está, entre amigas.

    ResponderEliminar
  2. Mas tu és perfeita, tens a família perfeita, o blog perfeito, a postura perfeita, enfim, um exemplo a seguir, não se vê logo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. Não se vê. Eu não falo da minha família na internet, seria muito difícil a boa dona Joaquina aperceber-se do quão bonita e perfeita é a minha realidade.

      Eliminar
  3. E dizer que não está a falar sobre o filho...que todos os leitores conhecem muito bem. Se fosse a Picante a falar dos seus adolescentes ficavamos a saber o mesmo porque ninguem os conhece agora no caso em questão não é bem assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse seu comentário pôs-me a pensar que, na realidade, até pode ser uma história que alguém lhe tenha confidenciado. Assumi que falava do filho mas até pode não ser.

      Eliminar
    2. Um dia ainda vou perceber por que, no que à SMS concerne, a Picante acaba sempre por dar uma no cravo outra na ferradura.

      Eliminar
    3. Mesmo que tenha sido uma história de outra pessoa, o facto de a esparramar na Internet e tendo um adolescente em casa não abona muito a favor da inteligência da senhora. Burra ou egoísta/egocêntrica!

      Eliminar
    4. Anónimo 1 de fevereiro de 2017 às 18:17: desista. Eu já o fiz. Assumo que é assim e pronto.

      Eliminar
    5. Picante

      Até pode não ser sobre o filho dela, mas se uma mãe de adolescentes, com um blogue onde fala dos seus adolescentes, conta uma história sobre um adolescente....é normal que as pessoas assumam que é de um dos seus adolescentes que ela fala.

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante1 de fevereiro de 2017 às 15:18

    Está na natureza dos adolescentes serem ridículos.
    a) porque estão naquela fase em que não são crianças mas também não são adultos
    b) porque não têm consciência do quão ridículos são

    Estas são as pessoas que colocam a sua (estão no seu direito), e dos SEUS, na praça pública, mas depois não aceitam que terceiros façam juízos de valor, ou quando a coisa aperta, exigem respeito pela privacidade.
    Sendo temente aos Deuses, acredito que Eles tenham reservado para esta gente uma velhice exposta na internet pelos seus petizes sedentos de atenção e que angariam views e likes (e quem sabe, um patrocínio ou outro), às custas da degradação física e mental própria da idade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria irónico, sem dúvida. Até porque devem crescer com uma noção algo distorcida de privacidade.

      Eliminar
    2. Prevejo parcerias com a Tena Lady.

      Eliminar
  5. Já disse alguém outro dia, "elogiar em público, reprimir no privado". Achei péssimo porque todo mundo sabe quem é o rapaz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho péssimo é toda a gente saber quem é o rapaz.

      Eliminar
    2. E hoje o exposto é o rapaz mais novo, esse no olho do público desde que nasceu. Se não me engano, antigamente falava dos filhos mas não publicava fotos. Os mais pequenos são os que mais vemos.

      Eliminar
    3. Sim, a Cocó antes só punha fotos dos miúdos de costas. Até que fez uma produção para uma revista ;)
      Mais ou menos como a PMD que só.mostrou fotos do miúdo depois de aparecer na caras.

      Eliminar
    4. Calculo que se estejam a esquecer das fotos do filho ferido e das fotos diárias mostrando as roupas da filha. Estas foram tão criticadas que ela parou de o fazer.

      Eliminar
  6. Mães que têm filhos adolescentes e quem vêm mandar bocas para o blog e depois ficam muito espantadas por acharem que é do filho que se fala. Enfim!

    ResponderEliminar
  7. Essa ideia de que se uma pessoa se expõe uma vez (ou as que quiser), depois não tem legitimidade para pedir privacidade numa dada situação faz-me comichão. Então eu agora não posso selecionar aquilo que quero/não quero expor?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pessoa quando se expõe em demasia atrai atenções (boas e más) e as pessoas são todas muito fofas e mimimis mas adoram ver o circo a pegar fogo. Se as convidou para a sua intimidade, para saberem todos os pormenores da sua vida, dos filhos, de toda a familia e mais alguns as pessoas sentem-se no direito de saber e ficam ultrajadas quando são excluídas.
      As pessoas podem pedir privacidade não deixa é de ser um bocado hipócrita. Ninguém consegue só mostrar uma faceta boa de si e da sua vida, todos têm problemas e telhados de vidro, usualmente quem só mostra o bom só aguça a curiosidade de saber o mau de determinadas pessoas.

      Eu não gosto de bloggers que vivem e se sustentam à custa da imagem dos filhos, mete-me comichão. Acho que podiam primeiro optar por não expor os filhos demasiado logo à partida (mas aí provavelmente não conseguiam não trabalhar e viver à conta dos blogs).

      Eliminar
    2. Poder, pode. Não vai a ver esse pedido de privacodade respeitado.

      Eliminar
    3. É um pouco como convidar toda a gente a sentar-se à nossa mesa para jantar, para as nossas festas de aniversário, para assistir àquele programa favorito no sofá; convidar toda a gente a abrir os nossos armários para verem a roupa que temos, a roupa dos nossos filhos, os brinquedos destes; como convidar para estarem lá a assistir aos nascimentos, aos momentos de alegria, de tristeza, de stress, para as férias, para as saídas ao teatro, a dois ou com amigos; como convidar toda a gente a sentarem-se no chão, a ouvirem-nos falar dos nossos pais, dos nossos irmãos, dos nossos amigos. E depois um dia decidir que aquele momento é para ser vivido na privacidade e dizer a toda a gente para sair porta fora porque o facto de termos partilhado tudo isto não nos obriga a partilhar aquele momento. E de facto, não obriga, as pessoas têm o direito à sua privacidade, mesmo aquelas que expuseram tudo até à data. Só não nos podemos queixar de toda a gente, aquela gente que convidámos para nossa casa e para a nossa vida, achar que sabe tudo sobre nós e achar também que podem estar presentes em mais aquele momento, porque afinal estiveram presentes até agora.

      Eliminar
  8. Infelizmente, a Sónia já perdeu há muito a noção do que é público e do que é privado e por muito que diga que só publica aquilo que quer, muitas vezes perde a cabeça e vem para a blogosfera fazer desabafos que nunca deveriam ter saído da sua esfera familiar. São escolhas. Pelos vistos, hoje em dia, vale tudo para o like, para o comentário, para a visualização em troca de mais dinheiro. É triste ver mulheres feitas a fazer as figuras que vemos. E quando ela diz: então e as crianças que fazem publicidade e são expostas desde pequenas? A diferença é que nessas crianças muitas vezes nem lhes conhecemos os nomes, quanto mais as birras, o íntimo. Já os filhos da Sónia... Até as escolas e os infantários conhecemos. Há quem ache o máximo, eu acho apenas triste.
    Cumprimentos,
    Ana Maria V.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem tirar nem pôr. Seja o caso dela, seja o de outras crianças.
      Eu poderia ser uma pessoa de má índole e se quisesse encontrar os filhos dela era facílimo. Dela e de outras. A PSP tem avisado tanto sobre isto... mas sem isso elas não conseguiam nada.

      Eliminar
    2. Então, mas a PSP no Verão dá aquelas pulseirinhas magníficas, que ficam "top top top" com a cor do fato de banho e tudo! Não é suficiente?

      Eliminar
  9. A senhora a ser crucificada por revelar uma verdade Monsieur de La Palice.

    ResponderEliminar
  10. "Longe vão os tempos que uma noite má era a que passava, (eu), a vomitar por causa de uma noitada de copos"

    Tanta, tanta exposição desnecessária que anda por aí. Tanta. Isto é mesmo necessário? Não tem mal nenhum, todos fizemos as nossas borgas e não vem daí mal ao mundo. Mas num blog tão procurado, é mesmo necessário colocar a coisa assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão! Mas não generalize. Nem todos fizeram "borgas", muito menos "a vomitar por causa de uma noitada de copos". E por acaso (não tanto assim ao acaso), vem muito mal ao mundo... Mas tem toda a razão, era desnecessário.

      Eliminar
  11. Realmente , diga-se lá o que se disser, o "dinheiro" fácil de ganhar entorpece algumas cabecitas que se pretendem esclarecidas !!

    Maria -Viena .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se dizem "jornalistas"!!!!!

      Eliminar
    2. e "escritoras", outras.

      Eliminar
    3. Jornalista? Não fazia ideia. Estaria longe se me perguntassem

      Eliminar
  12. Alguns blogs começaram a falar da clínica da criança e do adolescente....

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.