sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Podia perfeitamente viver só disto


(em menos de nada aparece por aí alguma sumidade da bloga a dizer, muito inteligentemente, que a minha mesa não é minha. Apostamos?...)

22 comentários:

  1. Pois tá claro que é do pinterest! Feliz Ano Picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Feliz ano novo, Rolo!
      (que será isso do pinterest?...)

      Eliminar
    2. O pinterest é uma plataforma (e o que hoje em dia não é?) onde podes fazer uns moodboards cheios de pinta e copiares ideias top.

      Eliminar
    3. (já uma pessoa não pode fazer uma graça... estou a perder o jeito, só pode)

      Eliminar
  2. Bom Ano Picante! Tudo de bom.

    PS: a mesa é sua, sim. Vê-se pelo prato marcador e pela toalha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom ano, também para si e para os seus!

      Eliminar
    2. (agora vão dizer-me que não mudo a toalha todos os dias, minha Santa Teresinha me ajude, como é que eu não pensei nisso?...)

      Eliminar
  3. À primeira vista tenho dúvidas que seja sua, afinal não vejo aí talheres de peixe, mas vendo melhor...oh Picante, esse jantar parece-me que é o mesmo de há uns anos atrás ou vai-me dizer, por acaso, que janta todos os dias?:P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem dias, Anita, tem dias. Ele há uns em que me limito a alimentar-me.
      Bom ano!

      Eliminar
  4. Olhe, gostei da mesa está muito bem.
    Fiquei curiosa, e os guardanapos e o prato do pão já não se usa?
    Como é que tira as nódoas de vinho tinto da toalha?
    A toalha de Natal aqui de casa já anda numa lástima, e vejo que essa está impecável.
    Desculpe a intromissão com perguntas um pouco tontas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade tirei a fotografia no final da tarde, ainda a mesa era um work in progress. Os guardanapos foram postos à posteriori. Quando ao prato do pão nunca usamos que nós não comemos pão às refeições, quando há queijos costumamos usar um prato grande para pão ou tostas e bolachas.
      Não percebo nada disso de tirar nódoas de vinho das toalhas mas a minha dona Joaquina diz que o segredo é lavar imediatamente e fazer um pré tratamento com sabão clarim ou azul e branco, esfregando bem até a nódoa ser quase invisível e só então pôr na máquina. Se for preciso deixe uns minutos em sabão antes de pôr a toalha a lavar. Fica impecável.

      Bom ano!

      Eliminar
  5. Tem é que lavar o copo de vinho. Que esse, amiga, tem aí uma borda uma beca borrada.

    ResponderEliminar
  6. Sem base para o copo de vinho?? Não pode ser uma coisa dessas Sôdona Picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As bases são para a cara, minha boa anónima. Ou para os copos de whiskey.

      Eliminar
    2. Muito me conta. Em minha casa chamam-se bases para copos. Ou coasters em estrangeiro :P e para qualquer bebida alcoólica na refeição.
      Também há quem use, ou chame, bases para os tachos, em minha casa chamam-se isoladores.
      E já que estamos sempre a aprender, porquê uma base para a garrafa do vinho e não para os copos? E porquê só para copos de whiskey?

      Eliminar
    3. Só uso bases para copos que tenham gelo e sejam servidos fora das refeições. As pessoas têm a mania de os pousar e os móveis ficam todos manchados. À mesa nunca uso bases.

      Eliminar
  7. Mais depressa lhe dizem que sim, que efectivamente é sua, tal é o mau gosto da coisa.

    ResponderEliminar
  8. Então e os talheres de peixe?

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.