quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Podemos sempre contar com quem podemos contar

Ele são os grunhos do BE que revelam sempre o quão mal educados são. É isso e a falta de coluna vertebral que faz com que não hesitem em aplaudir um ditador assassino mas se abstenham de levantar os pandeiros das cadeiras face à presença do mais alto representante do nosso parceiro mais importante. Ele é o casaquinho da primeira-ministra por casamento, nas costas da cadeira, a revelar a total falta de noção de saber estar, que isto realmente quem nasceu para cavador só devia é lidar com batatas.


47 comentários:

  1. O que é que a primeira ministra por casamento devia ter feito ao casaquinho, Picante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vesti-lo. Eventualmente deixá-lo no bengaleiro. Parece bastante óbvio que os casaquinhos não é suposto estarem nas costas das cadeiras.

      Eliminar
    2. Horrível esta do casaco. Comparável à ascensão do Trump, à extrema-direita na Europa e à guerra na Síria.

      Eliminar
    3. E ao seu comentário. Não se esqueça dessa calamidade...

      Eliminar
    4. Realmente a anonima tem razão. Só aparências, a picante em vez da árvore tire os esqueletos do armário. Sobre os reis nada a dizer, a História se encarregará disso e aposto que ainda em vida dos ditos. Aprenda qualquer coisinha e vá ler sobre Fidel no Antologia do Esquecimento. A bloga ainda tem gente com conteúdo. Ah... e o casaco foi julgado sem saberem das circunstâncias. Era do casaco que falavam, não era?!

      Eliminar
    5. Em Portugal não temos extrema direita, temos extrema esquerda que é igualmente má!

      Eliminar
    6. Dizer que Fidel Castro é um herói mete-me nojo. Mas suponho que também tecerão elogios ao tipo lá da Coreia do Norte quando Deus nosso Senhor tiver misericórdia do povo e o levar. Ele há gente para tudo, até para tecer elogios a quem mandou torturar e assassinar milhares de pessoas.
      Pot acaso foi a Cuba no tempo de Castro? É que eu vi gente licenciada a agradecer com lágrimas nos olhos, uma porcaria de uma gorjeta de 30 dólares. Gente que trabalhava e apesar disso passava fome.

      Quanto ao casaco é uma questão de protocolo. Eu também não recebo os meus convidados de pijama. É certo que isto não diz nada à esquerda mas também não espero que diga. Grunhos, pah.

      Eliminar
    7. E do cabelo da dita cuja, ninguém fala? CRedo, que mulherzinha sem estilo, sem elegância, sem preocupação de se apresentar. Medonho. Pior que isto só a Mortágua ir para lá de rabo de cavalo. Ainda bem que o BE é contra estas manifestações monárquicas ou ainda íamos levar com as Manas Rabo de Cavalo ou com a Catarina de camisa por fora das calças e um blaser por cima.

      Eliminar
    8. Grunho é o adjetivo certo para ti ó pseudointelectual de meia tijela, sabes tão pouco de História...só lês as paragonas, é o que é. E olhe tenho uma filha licenciada que teve de emigrar para não pedir a tal esmola e também a trabalhar.

      Eliminar
    9. Tenho a certeza de que se licenciou num curso com imensa saída, numa universidade daquelas mesmo boas, não é?
      Ou isso ou quem sai aos seus não degenera e brindou os eventuais empregadores com um discurso semelhante ao seu.
      Feliz Natal, minha querida anónima.

      Eliminar
  2. Que ela não saiba, até acho normal, o que não acho normal é que ninguém do protocolo lhe tenha explicado. Já deviam ter percebido que a coisa podia correr mal quando ela chegou de vison na mão. Ninguém nasce ensinado mas agora a malta do protocolo já fica de olho.
    Gaffe por gaffe, acho pior a Isabelinha, que é do meio e também meteu uma gaffe qualquer ao ir de tiara para o jantar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiara? Isso não vi.
      Eu suponho que esta gente tenha uma espécie de aulas quanto a protocolo. Mas Diana... eu descinheço todas as regras de protocolo e isto parece-me óbvio de mais...

      Eliminar
    2. Sim, percebo. A mim também não me passaria pela cabeça, enfim, esperemos que tenha percebido.
      Quanto à tiara, vi num site espanhol, claro. Parece que para a Isabelinha levar a tiara, a Leticia também teria que levar, uma vez que é mais "graduada". Até pensei na hipótese de ela dizer que ia levar e depois cortar-se só para chatear.:)

      Eliminar
    3. Mas como é que elas sabem? Combinam?
      ahahahahah

      Eliminar
    4. Combinam, pois. Elas não, o staff. :)

      Eliminar
  3. Quanto aos outros anormais, recuso-me a dar-lhes tempo de antena.

    ResponderEliminar
  4. Estou chocada... Picante onde arranjou essa foto? Brutal

    ResponderEliminar
  5. O que me parece mais estranho é ninguém lhes explicar as noções básicas de protocolo, já que não as tiveram em casa. Infelizmente não será apenas uma questão de esquerda ou de direita. Aquele casaco de fazenda que a líder do PP levou por cima de um vestido de noite também é TOP :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahah
      A nossa Assunção estava muito linda, estava.

      Eliminar
    2. Isto não é protocolo, é cerimonial. Protocolo é a norma, cerimonial a forma.

      Eliminar
  6. http://www.movenoticias.com/2016/11/guimaraes-estende-a-passadeira-vermelha-aos-reis-de-espanha-e-convidados/

    Aqui também se vê e ainda a foto com o marido de casaco (de peles) na mão. Isto não é protocolo de estado isto é falta de etiqueta e num jantar oficial de estado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahaah
      ahahahahahah

      A do casaco de peles ainda está melhor.

      ahahahahahah

      Eliminar
  7. ora, é o menor dos problemas. não é nesses jantares que metade dos convidados leva os talheres de prata para casa? os nossos talheres de prata!

    enfim, plebe e sangue azul e branco só pode dar quarto lugar no campeonato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser, deve. Caso contrário não haveria necessidade de ter comprado mais não sei quantos faqueiros...

      Eliminar
  8. é um vício tão provinciano tirar fotos à mesa de jantar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tecnicamente não foi à mesa, ainda não se tinham sentado...

      Eliminar
  9. O ar de barata tonta quando recebeu a Rainha Letízia também não ajudou. Terrível.

    ResponderEliminar
  10. https://www.instagram.com/p/BNaD9LkDXDw/?taken-by=revistalux

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E devia ter dado a dta à convidada. Básico.

      Eliminar
    2. Esta página é o exemplo perfeito da sociedade atual. Instantânea e sem valores. Porque não mandam matar o fotógrafo? Sim, que ele é que esteve mal. Ai se esta gentinha estivesse no poder...talvez rainhas, ah ah ah ah, desvergonha a sua não é?!

      Eliminar
  11. O BE apenas expressou a sua opinião; cada um tem a sua. Essa foto, em frente à mesa é simplesmente horrível, pior que o casaquinho, que faz suspeitar que já havia gente sentada, ou pronta para sentar, e só depois é que se lembraram dessa saloiice de foto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi "só" mostrar opinião", foi mostrar uma grande falta de educação

      Eliminar
    2. Quando não se percebe a diferença...
      (era só pôr os olhos no PCP, caramba)

      Eliminar
    3. Exactamwnte!
      têm respeito por um ditador e nenhum pelo chefe de estado democrata do único país vizinho. Cá por mim o BE podia ir todo para Cuba. E já vão tarde. E não vale ir a Varadero.

      Eliminar
  12. Olhe tome lá um Fidelito. E não a mandou chicotear porque não calhou.
    http://expresso.sapo.pt/podcasts/a-beleza-das-pequenas-coisas/2016-12-02-A-voz-que-gritou-demissao-a-Passos-Coelho-condenada-a-seis-meses-de-prisao-Se-a-ideia-e-amedrontar-vao-causar-revolta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse comentário, a querer equiparar um estado democrático, como é o Português, com separação de poderes, com a ditadura de Fidel é tão cretino que até me confrange.
      Não confunda liberdade de expressão com anarquia. A entrada na AR está sujeita a um determinado comportamento, ao que sei aquilo ainda não é o Bolhão. A activista foi parar à cadeia porque infringiu uma norma aprovada em AR e foi condenada por um juiz. Infringiu a lei, percebe? E para ter sido presa provavelmente recusou pagar a coima.
      Chamar ditador a Passos Coelho, que unicamente foi ofendido, é imbecil.

      Eliminar
  13. Do lado de cá, tudo funcionou mal naquele protocolo. A Fernanda Tadeu varreu tudo, é certo, mas alguém me explica o que era aquilo nas mangas do vestido cor de rosa da menina de Serralves? Mas nada, nada bateu a má educação dos grunhos do BE. Gentalha. Vergonha alheia.

    ResponderEliminar
  14. Faltar has comemoracoes do dia 1 de Dezembro, isso sim é seguir o protocolo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa foi outra, bem reveladora da pequenez desta gentalha: primeiro, a notícia era "não compareceram" e caiu o Carmo e a Trindade porque são umas bestas que nem se dignaram a ir. Quando veio a explicação de que não receberam convite (isso, sim, um tremenda falta de chá), ninguém se retratou do que disse anteriormente, mas todos souberam dizer "e porque haveriam de ter sido convidados? Bem feito, não mereciam, blá, blá, blá"
      Merdinha de país.

      Eliminar
  15. Sou politicamente "indefinida", mais para a esquerda nos valores humanos, mais para a direita num ponto de vista económico e do género que voto conforme o programa individual de cada partido. Já votei em praticamente todos os 5 principais partidos conforme as situações, mas pessoalmente acho que as nossas personalidades políticas são todas fraquinhas que até chega a ser doloroso votar em quem quer que seja. Logo, direi o seguinte com a maior isenção possível:

    - Os protocolos, embora possam parecer idiotices sem sentido numa sociedade moderna, devem ser cumpridos por todos a não ser que haja um motivo forte para protesto (o que, gostando-se ou não da monarquia, não me parece ser o caso). As relações diplomáticas de qualidade são do mais importante que há para um mundo pacífico e a existência de códigos de conduta pré definidos evitam desconfortos e tensão que facilmente poderão abalar as relações entre países, o que num mundo cada vez mais tenso devido às diferenças culturais pode significar, nos piores casos, a falta de apoios em futuros conflitos. Note-se que não acho que isto se aplicaria entre Portugal e Espanha, mas é apenas para ressalvar a importância de uma boa educação diplomática, até porque não devemos ser menos protocolares só porque estamos a lidar com "nuestros hermanos".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é exactamente essa, eles limitaram-se a ser mal educados sem qualquer necessidade- A Espanha é um importante parceiro, isto foi só estúpido.

      Eliminar
    2. Exato, Picante. Não acho que ter determinada ideologia política seja motivo para se ser rude com parceiros, a não ser que esse dito parceiro seja uma verdadeira afronta aos direitos humanos.
      Entendo que se veja a monarquia como algo errado por promover o berço ao invés da votação da população, mas no fundo se fossemos a pensar bem, os cabeças de partido são geralmente pessoas da confiança dos antigos líderes (e que por vezes, tal como os monarcas, podem ter ou não capacidades para o cargo). Não é propriamente genético, mas não deixa de ser hereditário. Tem-se é mais opções e podemos escolher entre o leque dos "herdeiros". O que já é muito bom.

      Eliminar
  16. Ora, é uma mulher prática!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.