quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Coisas

Fico pasma com a quantidade de pessoas que acham que os talheres de peixe são coisa do antigamente, dizem-no com convicção, convencidas que nos amofinam, acho que são só parvas.
Cansei-me de gente tremendamente frontal que se orgulha de ser muito emotiva e honesta e não se inibe em ofender o próximo porque, lá está, é tremendamente frontal. Quanto a mim é só gente tremendamente mal educada, o filtro é coisa de valor.
Estou farta de blogs, hoje dei uma vista rápida a meia dúzia deles, agora querem convencer-nos que o take away do Pingo Doce é a ultima coca cola do deserto, a ementa ideal para a ceia de Natal. Caramba, preferia ir comer uns croquetes ao Tico Tico, eventualmente uma tosta mista em casa, descobri que as tostas mistas barradas com manteiga e cobertas com oregãos são um manjar dos Deuses.
Vi um vídeo muito lindo sobre o Trump, na verdade era sobre o Obama que toda a gente adora, eu inclusive, pela calada fez quase tudo aquilo que censuram/temem ao Trump. A política é muito linda, pois não é?
Tenho, na minha lista de leitura, um blog extraordinariamente chato, só tem meia dúzia de comentadores que disputam com a autora o Óscar de "tipo mais chato que eu não encontram". Aquilo é um guilty pleasure, a autora acha-se muito engraçada e irónica e tudo, na verdade é só tremendamente chata.
Não tenho a menor paciência para gente que insulta outra gente, não é fixe recorrer ao insulto, é só básico e mal educado.
Vou aborrecer-me seriamente com a professora de Inglês do rapaz, pela quantidade de trabalhos manuais que lhes passa fiquei convencida de que é uma artista frustrada. A coisa nem seria assim muito grave se, nos intervalos de lhes corrigir a porra dos trabalhos manuais, lhes ensinasse algum inglês, mas não, afinal que interesse tem a gramática inglesa? Hoje resolveu obrigá-los a desistir da hora de almoço para ir ouvir o coro da escola, saiu-me um "imbecil" entre dentes, espero que a criança não tenha ouvido.
A minha mais nova deixa-me a rebentar de orgulho, cada conquista que faz é fruto de um enorme esforço e muito trabalho, agora aprendeu a fazer flics na trave, aquilo tem dez cm de largura e um metro de altura, qualquer dia vou vê-la aos jogos olímpicos. Nunca pensei vir a ter uma campeã nacional em casa mas a verdade é que tenho.
O meu rapaz está a dar os primeiros passos nisto das competições à séria, pouco percebo do que faz, não sei se é bom ou não que tanto ganha como perde, o treinador diz-me que sim, que tarda nada está a ir a competições internacionais, por agora compete quase todas as semanas em sítios tão giros quanto Aveiro, Coimbra ou Braga. Havia era de os ter posto a jogar à bisca.
Acho um piadão a gente que fala de si na terceira pessoa, fico sempre sem perceber se aquilo é a brincar ou se são só tremendamente pedantes. Alguma das minhas boas e queridas comentadoras me pode elucidar? Ficaria tremendamente agradecida.
Não me esqueço das pessoas do passado, ainda que não as queira no presente ao meu lado, lembro-me sempre, com uma certa saudade, das gargalhadas que trocámos, dos bons momentos que passámos, acho uma tolice isso de apagar pessoas com borrachas.
Vi uma reportagem sobre Aleppo, vieram-me as lágrimas aos olhos ao ver a miséria humana em pleno ano do Senhor de 2016 mas depois pensei que tinha de me despachar, afinal tinha de marcar a viagem à neve e ainda tinha este post para escrever.

Feliz Natal minhas queridas!


67 comentários:

  1. Os croquetes doTicoTico são maravilhosos. Apresentá-los como uma alternativa ao take-away do PD é tremendamente injusto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, Mi, são excelentes. Mas se é para fazer uma ceia pobrezinha mais vale que seja com boa comida, as minhas tostas mistas em pão saloio também são maravilhosas.

      Eliminar
    2. Relativamente ao PD e à comida que vejo no take-away só posso dizer que mais facilmente iria comprar fraldas lindor às paletes, mesmo não havendo necessidade deste produto em minha casa. É só isso!

      Eliminar
    3. No final desta manhã fui ao PD, daqueles já assim maiorzitos, passei no take away e juro que pensei, como raio aquelas fulanas querem vender isto as pessoas, tudo com ar deslavado, pouca variedade, comida rançosa mesmo e nem sequer é barato..... Não meus senhores não há blogger que me convença a comprar esta mistela, prefiro pão com queijo!

      Eliminar
    4. Tenho alguma pena pela qualidade dos take-away do PD na vossa zona.

      Aquilo não é comida gourmet e certamente nunca na vidinha seria comida em condições para a minha ceia de natal. Agora ter comida rançosa e pouca variedade? Discordo. Pelo menos por aqui há sempre pelo menos uns 10 pratos diferentes.
      Não sei se aquilo é diferente nas diferentes zonas do país mas o que tenho perto de casa faz um arroz de pato com bom aspecto (e honestamente, é bom... não é o melhor do mundo mas já comi pior em restaurantes muito badalados), tem uns frangos churrasco que são mais ou menos (tenho melhores na cidade, facto mas também há piores e com muitos a aderirem) e uns panados de peru que são iguais a tantos outros locais.
      Se é muito bom? Não. Mas em dia que não tenho tempo para cozinhar e se estiver a fazer compras no PD não seria a primeira vez que levava o jantar de lá. Não vou lá de propósito comprar, não adoro a comida de lá mas também não me parece o horror descrito.

      Eliminar
    5. Bailarina, o que aconteceu ao teu blogue? :(

      Eliminar
  2. Ao vir a Aveiro podíamos ter tomado um cházinho!!! (ahahahah)

    Feliz Natal para si e família.
    Sílvia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silvia, uns ovos moles comme il faut e oferece-me um chá? Sacrilégio!
      Feliz Natal

      Eliminar
  3. Uma sugestão: acrescenta molho de cocktail, barrado, a substituir a manteiga (ou não) à tosta mista. De resto, só dizer que me identifico imenso com esse último parágrafo. Somos tão egoístas! Ou então somos apenas humanos e precisamos desse escudo de indiferença para não pirarmos de vez. Não sei, não sei mesmo. Um beijo, cara Picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Molho cor de rosa na tosta mista? Não sei se me atrevo...
      Infelizmente é assim, somos muito empáticos nas redes sociais.
      Feliz Natal!

      Eliminar
  4. Ficas pasmada, tu é que não sabes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão. "Ficar pasma" é coisa que não existe, a não ser para os cretinos dos brasileiros. Que é que se pode esperar de uma gente que diz "o óculos"?

      Eliminar
    2. Caramba, pôr milhões de brasileiros no mesmo saco não é para qualquer um...

      Eliminar
    3. o pior ignorante é o atrevido! fico pasma com esta gente que não sabe, acha que sabe e acha que os outros são burros. mentalidade de mulher-a-dias.

      Eliminar
  5. Azeite Picante! E esfregue um dente de alho, para terminar um pouco de sal (flor de sal preferencialmente) que realça o sabor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que isso deve ser bom, vou experimentar!
      Obrigada!

      Eliminar
    2. Confirmo. Torradas com azeite e alho à boa moda transmontana... Nham!

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante15 de dezembro de 2016 às 11:13

    Da ceia de Natal: pingo doce, Gambrinus, DIY, comida da avozinha, a Picante devia ter vergonha, nada disto é relevante, aliás, é totalmente acessório, o que realmente importa nesta época festiva é o...




    ... centro de mesa.

    ResponderEliminar
  7. Feliz Natal, Picante!
    Sou fã dos croquetes do Tico Tico, adoro tostas mistas com orégãos e não dispenso talheres de peixe! Manias ;)

    ResponderEliminar
  8. Então mas a blogger chata não se toca e comenta logo? Ah ah ah! Que querida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante15 de dezembro de 2016 às 15:48

      Há só uma?

      Eliminar
    2. AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH

      Eliminar
    3. Eu aqui não tenho bloggers chatas, em compensação as donas Joaquinas...

      Eliminar
    4. Vá lá, anónima... Sabe que não lhe vou publicar isso, não sabe?
      Ainda por cima estamos quase no Natal...
      (não concordo nada mas suponho que também saiba isso)
      (e que não lhe interesse nada, já agora...)

      Eliminar
  9. Um Feliz Natal querida Picante.
    Um beijo enorme da

    ResponderEliminar
  10. Belíssima chapada sem mão. Parabéns. Picante dois (ou mais) furos acima das outras, que esbracejam muito, falam muito alto, mas não lhe chegam aos calcanhares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sou assim tão alta...
      (Isto sou eu só a dizer coisas)

      Eliminar
  11. Talheres de peixe: a minha mãe diz que sim, eu digo que não. Mas concordo que sim. Só digo não para a contrariar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se é para ser do contra mais vale que seja com um argumento inteligente não é?

      Eliminar
    2. O argumento é só parvo: 'mãezinha não é preciso complicar que somos só os da casa' (sou o anónimo de cima)

      Eliminar
  12. E a resposta da caco a alguém q comentou a ceia gratuita do pd?
    "Faça um blog, e se gostarem do que escreve tem patrocínios"
    Mas ela escreve alguma coisa de jeito por ventura?
    E pior é ainda os seguidores dizerem para se fazerem à vida como fez a caco. Hahahaha mentes pequenas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, lamento, mas por acaso fui eu que comentei e não sou seguidora da caco, nem disse o que escreveu aí em cima. Ou pelo menos entendeu mal.
      O façam-se à vida, não quer dizer para fazerem como ela, quer dizer que se querem coisas à borla o devem tentar ganhar ou merecer. Acha que a caco não merece? Até posso compreender, mas o PD parece achar que sim, portanto no final, final mesmo, isso é que conta. Quem leva a refeição à borla é ela, ponto.
      Mentes pequenas? Não minha cara, mente pequena é ir para um blog que pelos vistos não se gosta e dizer simplesmente "Eu também queria uma ceia à borla", assim só. E? Queria, sério? A mim, isto parece-me pequeno.
      E sim disse que era gente chata e já cansa os ataques constantes, sem qualquer qualquer tipo de argumentação séria e válida. Fui isso que eu disse.

      Eliminar
  13. Ainda há uns dias fui ao PD olhei para o take away e pensei: really??? O pessoal andou a falar disto como uma maravilha? Mas não sabia qu tinha voltado.
    Até a Cocó refere no post que "apesar de não ter lá muito bom aspecto quando a vamos buscar".
    Pessoas a falar de si na 3ª pessoa só se for mesmo a gozar. Se for a sério é só terrível.

    Boas festas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terrível parece-me a palavra adequada a ambas as situações.
      Ambas as duas, claro...

      Eliminar
    2. a falar na 3.ª pessoa é giro! vá! e muito muito pequenino.

      Eliminar
  14. Eu fiquei parva foi com a princesa a fazer publicidade a uma app "pelo bem da saúde do pavimento pélvico"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahah
      Ahahahahahahah

      Essa é sem comentários.

      Eliminar
  15. Picante, se gosta dos croquetes do Tico Tico (e do bife deles) tem de experimentar ir ao Pirilampo, também em Alvalade. É um restaurante cujo dono é um "ex" Tico Tico e o qual levou com ele esses 2 grandes clássicos :)
    O espaço é mais modesto , digamos, mas a comida e o atendimento (assim como o preço) merecem bem a visita.
    Have yourself a merry little Christmas!
    By the way, na minha casa também somos uns complicados fora de moda visto que insistimos nisso de usar os talheres certos consoante o que se come incluindo, espantem-se, os de peixe!

    ResponderEliminar
  16. E a comichão que me faz não ter talheres de peixe? Mudei-me vai para um ano e como naquela grande superfície sueca azul e amarela não há, pensei que iria ficar para sempre sem talheres de peixe. A tragédia!! Depois descobri que se vendem naquela outra grande superfície vermelhusca tuga e na outra verdoca espanhola e sosseguei. O chato é serem vendidos (caros!) à unidade e não fazerem pendant com os que já tenho em casa.
    Mas que me fazem muita falta, lá isso fazem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora que fala nisso, não me lembro de os ver lá. Nem na Area. Às tantas não tinham saída.

      Eliminar
    2. A superfície sueca tem talheres de peixe (ou tinha há uns 11 anos, quando comprei os que ainda hoje uso no dia-a-dia).

      Eliminar
    3. O Continente tem talheres de peixe.

      Eliminar
    4. Se comprassem um bom faqueiro da Cutipol já não tinham de se preocupar com os talheres de peixe!!! Ikea? pfff... Muaahahahaha
      (não resisti)
      Sílvia

      Eliminar
    5. A Cutipol também vende faqueiros sem talheres de peixe. Aliás, em alguns modelos nem sequer têm talher de peixe, sabia?
      Para as festas prefiro de longe Christofle à Cutipol.

      Eliminar
  17. Fala de má educação e coisas desse género relativamente à frontalidade. Mas essa última de Aleppo é qualquer coisa. Não é má educação, é só um comentário nojento da sua parte. Mas quando forem as "nossas" crianças a levarem com bombas em cima, a ver se uma blogger do outro lado do mundo também faz uma piadola desse género.
    E essa do Trump é para rir, não é? Adoro as dondocas "eu-não-sou-extrema-direita-não-gosto-do-politicamente-correcto" que querem defender o Trump. Mostre lá (fake news não vale!) as suas fontes do muro que o Obama construiu para os Mexicanos não entrarem, de despoletar uma guerra na China, de fazer um registo obrigatório para todos os Muçulmanos, de expulsar imigrantes COM família nos estados unidos, de apontar gajos da extrema-direita pura e que apoiam o KKK para o seu gabinete.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca encontrei uma perigosa esquerdalha suficientemente inteligente para perceber o humor ou a auto-critica.

      Eliminar
    2. também não exagere: "inteligente"? humor qb pronto.

      Eliminar
    3. Leia lá o que escrevi. Eu disse que era o meu humor que era inteligente? Não disse, pois não?
      (E podia bem ter dito, ora se podia...)

      Eliminar
    4. Em que posso ajudar Kina?
      Eu estou cá para mostrar a luz e ajudar o próximo, não tem nada que agradecer...

      Eliminar
    5. Minha cara, para ser humor tinha de saber escrever!

      Eliminar
    6. Btw pode chamar esquerdalha à vontade. Não é por pôr um "alha" que me insulta, sou de esquerda assumidamente. Já vocês, de extrema-direita, só têm um nome: nazis. Bom natal.

      Eliminar
    7. Quão idiota se terá de ser para vir chamar nazi às pessoas, só por não serem da sua ideologia? Quem é aqui a extremista?
      Não lhe desejo Feliz Natal, estou certa de que não festeja, afinal é uma festa religiosa...

      Eliminar
  18. Concordo plenamente com a questão Alepo. É isso mesmo. "Sofativismo" como dizem aqui nesta terra que tão bem me acolheu,e acolhe todos os que para cá vieram, o Brasil. ;)
    Quanto ao Trump, foi como disse um americano qualquer: "Ele vai ser o meu Presidente e por isso espero que faça um trabalho extraordinário!"
    Um Santo e Feliz Natal para V. Exa e Familia. Que as crias continuem no bom caminho. Só isso já é meio caminho andado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só isso já é praticamente tudo, Diana. Dão um trabalhão que nem queira saber.
      Um santo e feliz Natal para si e para os seus.

      Eliminar
  19. O Obama fez o que pode fazer ó ignorante. Vens para aqui largar peidinhos fedorentos. Licenciatura na privada né?

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.