segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Praticamente sem tempo para blogs

A pessoa anda numa roda viva, os problemas quando aparecem fazem questão de vir aos pares, a pessoa anda meio adoentada e tem aproveitado para se deitar cedinho, vai daí que, minhas boas amigas, vai daí que quando a pessoa finalmente resolve dar uma volta pelos blogs pensa que está no meio de um livro da Condessa de Segur. Mas que caralho se terá passado que agora toda a gente é de Rosbourg e Fleurville?

7 comentários:

  1. A blogosfera exemplar: um caso de estudo.

    (Mas convenhamos, aquelas crianças delico-doces e aquelas mães que em menos de nada já estavam a viver juntas eram algo enjoativas e muito menos animadas que isto dos blogs)

    ResponderEliminar
  2. Então, querida Picante, é a Nova Nova Ordem. Doravante tudo será melhor, as pessoas sndarão limpas, alimentadas e bem vestidas, todas terão uma casa confortável e acesso a cuidados de saúde prestados por pessoal humana é tecnicamente qualificado e em número suficiente. As escolas terão excelentes condições e quadro de professores será estável, vocacionados é altamente qualificado. Os programas serão realistas e adequados. A criminalidade desaparecerá, sobretudo no que diz respeito aos crimes fiscais. Aliás, a grande alteração vai verificar-se nos cofres do Estado que de um estado de déficit passarão a apresentar um superavit bíblico. As relva será muito verde eestará sempre aparada. Para os que gostam de Sol nunca choverá, os que não o suportam serão brindados com um clima escocês 365 dias por ano. Será tudo muito agradável.


    ResponderEliminar
  3. Eu gosto sobretudo daquela frase enigmática "a austeridade acabou"!
    Só de a ouvir durmo logo mais descansada.

    ResponderEliminar
  4. Por falar de nao ter tempo para blogs...
    Eu, como mera leitora de fim de dia, nao deixo de me surpreender com as bloggers que tem uma vida profissional agitadissima, interessanterrima e importantissima que passam o dia a postar e a comentar os proprios posts e os de outros, isto enquanto executam na perfeicao as suas funcoes nos seus cargos de topo e chefia.
    Nao havera aqui uma incoerencia?
    Na verdade nao tenho nada contra, eu se pudesse trabalhar menos e com menos responsabilidades nao hesitaria. Mas e certo que nao iria depois gastar o meu tempo a criar uma caricatura de mulher mae extremosa, profissional exemplar e esposa dedicada.
    Bem, vou indo Picante que gosto do seu blog mas tem 1 ou 2 blogoamigas dentro da categoria que descrevi acima e isso dececiona.
    Como diz o ditaado diz-me com quem andas, dir-te-ei quem es
    Cris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já está a funcionar o blogue de reclamações? Fixe!

      Põe hamamelis que passa, ó cris.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.