terça-feira, 6 de setembro de 2016

E daí... Por vezes reconheço a utilidade dessa maravilhosa peça de roupa que é o Burkini...




87 comentários:

  1. Respostas
    1. ahahahahahahah

      Já começou! Já começou!

      Eliminar
    2. Era linxamento*, mas deu para perceber.

      Eliminar
    3. Esse telemóvel inteligente nunca te deixa ficar mal.

      Eliminar
    4. Pipocante Irrelevante Delirante6 de setembro de 2016 às 12:01

      Lineamento é o que antecede o fuzilamento

      Eliminar
  2. Que estupidez, picante!!!!!

    ResponderEliminar
  3. É isso. Num mundo ideal andaríamos todas como a Picante acha que devemos, verdade? Sem mostrar mais, sem mostrar menos, e, sobretudo, sem mostrar nada que a Picante considere desagradável...

    Acho fascinante que, numa mesma pessoa, pareçam coexistir uma indignação tão grande contra os fundamentalismos e um desejo tão grande de formatar os outros à sua imagem e semelhança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho fascinante que as pessoas sejam assim tão previsíveis.
      (e falhas de sentido de humor também)

      Eliminar
    2. Lá está: A Picante terá o seu sentido de humor, eu terei o meu. A Picante acha piada à imagem que postou, eu acho piada a este tipo de contradição.

      Somos todos diferentes, não é? E ainda bem para este blog. Se assim não fosse, estas caixas de comentários eram muito menos animadas...

      Eliminar
    3. Eu acho piada é às pessoas aborrecerem-se um bocadinho comigo só porque me apetece. A isso é que eu acho piada.
      A fotografia é só inestética.

      (e sim, ainda bem que somos diferentes e conseguimos fazer passar as diferenças com educação)

      Eliminar
    4. Sim. E nisso do tentar fazer passar as diferenças com educação, acho que até nem somos assim tão diferentes. Será a única coisa, mas vale o que vale ;)

      Eliminar
    5. Eu cá acho que até vale muito.
      (não me ligue assim muito, eu gosto de me meter com as pessoas, sabia que iam ficar aborrecidos, isto sou eu a brincar aos blogs)

      Eliminar
  4. Eu concordo plenamente com o que a picante escreveu. O bom senso é uma coisa que fica tão bem....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que aquilo fica sempre pior que um bikini normal. Mas num mega rabo... enfim.

      Eliminar
    2. Eu, por menos, muito menos (nem pneus tenho nas costas, nem rabo gigante), este ano não me atrevi a enfiar-me num bikini, usei fatos de banho.
      Mas reconheço que gostaria de ser assim descontraída, como a pessoa da fotografia. Admiro imenso essas pessoas e não as censuro. Cada um é livre de andar como bem entende. O importante é sentir-se bem.

      Eliminar
    3. Eu confesso que me tornei adepta do fato de banho.
      Além de favorecer mais o corpo ainda tem a enorme vantagem de poder mergulhar à vontade e sair da água sem medo de levar uma mama de fora.

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante6 de setembro de 2016 às 11:58

    As gordas tb têm direitos.
    Humanismo forever

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante6 de setembro de 2016 às 12:37

      Já puxei do (grande) bacamarte!!!

      Eliminar
    2. Se vamos por aí, também deveria haver burkinis mentais, para cobrir a imbecilidade.

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante6 de setembro de 2016 às 12:00

    Picante, picante, picante...
    A apelar ao sentido estético?

    Entre badochas a transbordar de insaturadas e esqueletos andantes, não sei o que mais choca a vista.
    Ou a moda das pinturas rupestres na pele... para mim era tudo coberto, qd quero ver pinturas vou ao museu. Ou ao site da dirup.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vejo assim muitos esqueletos andantes, confesso.
      E as pinturas rupestres, meu Deus, aquilo deveria dar direito a coima agravada, coisa mais horrorosa.

      Eliminar
  7. Curiosamente, nos EUA, uma playmate arrisca-se a acusação e condenação, por ter publicado uma foto de uma mulher, enquanto esta estava no ginásio. Lá dão o nome de body shaming. A picante chama de quê?
    http://www.telegraph.co.uk/news/2016/09/05/playboy-playmate-faces-prison-for-body-shaming-photo-of-pensione/

    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chamo uma enorme falta de senso comparar esta fotografia, tirada na praia e sem hipótese de identificar quem quer que seja, com uma fotografia tirada num balneário a uma pessoa nua e correspondente identificação.

      Eliminar
    2. A falta de senso é minha?
      Falar (literalmente) nas costas de alguém, só porque a pessoa não é identificável, desculpabiliza, é ironia ou só divertimento?

      Maria

      Eliminar
    3. Para a próxima tira uma a um um senhor (de preferência já com alguma idade) de "sunga", sp queria ver o que diziam aí.

      Eliminar
    4. ahahahahah Me, duvido que reagissem assim.
      (fazer o quê?...)

      Eliminar
    5. Maria, eu explico devagarinho:
      Cenário 1 - a pessoa tira uma fotografia a alguém que está com uma vestimenta apropriada (ridícula mas apropriada) num sítio público e tem o cuidado de inviabilizar a identificação do objecto da fotografia.
      Cenário 2 - a pessoa tira uma fotografia a alguém que está nu num balneário, provavelmente a preparar-se para se vestir porque não vai nua para o meio da rua e espeta com a fotografia da pessoa nua, com cara e tudo, na internet.

      Já consegue perceber a diferença? Vá lá... Faça um esforço...

      Eliminar
    6. Consegue entender, que em ambos os casos, tirar a fotografia serviu para "gozar", "divertir-se", "opinar", etc., sobre o corpo de alguém?
      (não vale a pena pedir um esforço, pois não?)

      Maria

      Eliminar
    7. Não, Maria. Está-se unicamente a gozar o ridículo e a falta de noção.

      Eliminar
    8. A Maria não fala de ninguém nas costas, nem goza, nem se diverte à custa dos outros... É uma santa a Mª (será a Mªa Madalena?!) e eu sinto-me uma merda de pessoa agora!!! (não. não sinto, só me sinto mais honesta que a Maria!!)

      Eliminar
    9. Por favooooor! O biquini nem é do tamamho da senhora! Poça, pode usar tanga à vontade, gordinha e/ou com celulite e estrias, mas ao menos que se use o tamanho certo! Ja não é muito elegante, mas como prova de que é semore possível ficar pior, usa 3 tamanhos a baixo, para vincar um pneuzito.

      P.s. mas eu não me dava ao trabalho de tirar uma foto para o comentar num blog, sinceramente. Acho que é tão deselegante uma coisa quanto a outra.

      Eliminar
    10. Querida picante aconselho-a a ler o artigo 79º/3 do Código Civil relativamente ao direito de imagem. Acho impressionaste como é que uma pessoa como a picante faz uma publicação destas. O mais impressionante é achar que tem toda a razão e que o que fez não tem mal nenhum. Mas isto é apenas a opiniao de uma mera jurista que logo no 1º ano do curso aprende o que são direitos de personalidade, vá se informar que também vai gostar de saber o que são. De seguida vá ler o artigo 199/2/a) do Codigo Penal. Não precisa de agradecer, para si fiz de graça.

      Eliminar
    11. Não agradeço, não.
      (sabe que esse abuso do imperativo não é assim de muito bom tom, não sabe?...)

      Eliminar
    12. Tem toda a razão, peço imensa desculpa. Sabe o que é que é de bom tom? Publicar fotografias destas na internet, mas como são austríacas ou de outra nacionalidade qualquer não tem mal nenhum.
      Assinado uma mera jurista

      Eliminar
  8. Picante, acha mesmo que não se consegue identificar ninguém?
    Pois aumentado a foto, dá perfeitamente para perceber as caras das 2 outras raparigas, pois as bolinhas que colocou não são escuras o suficiente. Por acaso, conhenço uma delas.

    Acho engraçado, quando colocou a foto das mamas da outra, defendeu-se dizendo que tinha sido ela a colocar a foto na net, portanto era publica. E agora, esta também é publica? Encontrou-a por aí na net?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, não é dona Joaquina? Andou com a rapariga na escola, foi? Olha que engraçada que a dona Joaquina é.

      Por acaso, mas só por acaso, a mim falta a paciência para aturar gente mentirosa, é que por acaso, mas só mesmo por acaso hã? Mas dizia eu que por acaso a rapariga da fotografia até nem é portuguesa. Oh que aborrecimento!...

      Eliminar
    2. Espero que não, dona Joaquina, era aborrecido os meus amigos serem amigos de gente mentirosa.
      E agora acabou-se-lhe o tempo de antena, gosto pouco de ameaças veladas, passar bem.

      Eliminar
  9. As pessoas vão à praia porque o sol é bom para a saúde (quando usado com parcimónia). Algumas pessoas escolhem fatos de banho ou bikinis que permitam apanhar sol de forma uniforme e que não deixem muitas marcas, de acordo com as roupas que depois vão usar no dia-a-dia (por exemplo, usam cai-cai para não ficarem com marcas das alças).
    Agora pergunto: que tipo de benefícios extra se retiram de apanhar sol na totalidade das nádegas, relativamente a quem usa uma 'cueca' maior? Que tipo de roupa usará a pessoa para não querer marcas nas nádegas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui! Que imagem horrorosa me veio agora à cabeça!

      Eliminar
    2. O marido da senhora pode gostar de a ver quase totalmente bronzeada. Sempre parece um pouco mais magra.

      Eliminar
    3. ..." - Perguntou o extremista à querida esposa, quando esta lhe pedia autorização para usar bikini.

      Eliminar
  10. Este tipo de post é sempre de lamentar. Não tem nenhum objectivo, nem vontade dá de rir.
    Diz que não vê "assim muitos esqueletos andantes", pudera!, esses resguardam-se muito bem de pessoas como tu, já lhes chega a cruz que carregam. Quanto à moça da sua foto, faz ela muito bem vestir-se como lhe apraz e c*g*r para a opinião dos outros.
    Há outras coisas bem mais importantes que merecem a nossa atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, O que dá mesmo vontade de rir são os vossos comentários. E o vosso ligeiro aborrecimento, também.

      Eliminar
  11. Tanta graça e tanto bom senso numas coisas e tão desagradável noutras...
    Francamente, não vejo o propósito de um post destes.
    Entristece-me, só.
    Odeio fio dental seja em quem for. Não favorece. Mas se é para usarem, que o façam independentemente do corpo. Desde que se divirtam e apanhem sol, who cares?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fácil, eu explico. O propósito é divertir-me.
      E eu acho que as pessoas deveriam ter em conta aquilo que mais as favorece.
      Poderão usar o que lhes aprouver mas ele há coisas que em determinados corpos são ridículas.

      Eliminar
    2. Divirta-se e ridicularize se a si própria. Isso sim é divertido, a pessoa conseguir rir se de si própria. É ter sentido de humor sem melindrar sensibilidades...
      Vá dando uma vista de olhos pelo blog da Palmier e veja o que é sentido de humor e nível. :)

      Eliminar
    3. É, Eu tentei vestir um fio dental a um animal de grande porte, acontece que o malvado do animal não colaborou.

      Eliminar
    4. Ah o bicho teve "sentido de estética"!!!!

      Eliminar
    5. As cuecas não são fio dental, são delta.
      Achei importante fazer esta correção deveras importante.

      Eliminar
  12. A sério, confessem lá, as pessoas que estão aqui muito indignadas são as mesmas que chamaram gorda à Jessica Athayde e escanzelada à Carolina Patrocínio, não é?
    Picante, eu não sou de intrigas, mas olhe que há praias com vistas melhores :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu não sei, Anita? Fui obrigada, arrastada, aquilo foi de uma violência que se eu lhe contasse teria pena de mim...

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante6 de setembro de 2016 às 15:57

      É ou não aceitável apelidar de gordo (ou tecer considerações sobre o corpo) quem desfila numa passerele, fazendo uso do mesmo?

      É ou não aceitável criticar o corpo de quem faz deste (e da imagem) um produto a vender?

      Eliminar
    3. Eu acho que é. É como criticar o trabalho de alguém.

      Eliminar
    4. E tenho Picante, e tenho!
      Também considero válido tecer críticas ou comentar corpos alheios, não só quando são um instrumento de trabalho (no caso das figuras públicas), mas também quando se encontram expostos à vista de todos. Não retiro o direito de ninguém (gordo ou magro ) de vestir o que quiser, mas apreciar (bem ou mal) o que nos entra olhos a dentro também é válido :)

      Eliminar
  13. A bem da verdade, 99% da população fica melhor vestida. Entre banhas, celulite, barrigas de cerveja, pelos encravados na virilha, pelos em geral, pelo corpo todo... Eu aprecio esses corpinhos. Sinto-me a Gisele ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que ver sempre o copo meio cheio!

      Eliminar
    2. Opa, e eu que sou daquelas que parece mais magra despida do que vestida...
      A minha vida é só desgostos!

      Eliminar
    3. Tita somos duas! Mas ainda assim não acho correcto esta exposição.

      Eliminar
  14. Eu acho que se visse uma foto minha colocada na internet para me gozar não ia achar piada. Mesmo que ninguém me pudesse identificar, eu poderia. Esta fotografia não foi colocada pela própria na internet e mesmo que ela não seja portuguesa, pessoalmente, é uma atitude que não me agrada.

    Óbvio que reparo no sentido estético, como se repara nas roupas, como se pode criticar mentalmente (e eu faço-o) mas gozar abertamente ou colocar na internet é para mim todo um outro patamar.

    Até acredito que o tenhas feito só mesmo para provocar este tipo de reacções mas, a meu ver, há coisas muito mais parvas e dignas de gozo do que isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acontece que a senhora, que era austríaca ou alemã, ou algo que a valha não vai ver. Vai daí que não corro o risco de ferir qualquer susceptibilidade alheia.
      (nem poria a fotografia se achasse que haveria a menor hipótese de a senhora a ver, apesar de a senhora me ter parecido completamente à vontade e nada complexada com a figura)

      Eliminar
    2. Eu percebo Picante mas por outro lado o mundo é mesmo muito pequeno.
      Eu não conheço a pessoa mas facto é que tenho amigos alemães, suíços, ingleses, dinamarqueses, etc. O mundo é uma bola muito pequena, a internet ainda mais é, e por vezes, o que se considera impossível torna-se possível.

      Não gosto deste tipo de exposição e de situação. Mesmo que ela não veja facto é que está aqui. E ela pode ver, apesar de ser improvável.

      Eliminar
    3. Acho que seria seguro apostar que a senhora não irá ver. Mas até vou fazer mais, até vou recortar as outras duas e baixar o recorte, acho que assim nem a própria se identificaria.

      Eliminar
  15. Ahahahah! percebe agora pq defendia eu tanto a questão do burkini, não percebe? ?! ;)
    (Estou a brincar, antes q venha para aí a brigada da ausência de humor. Riam-se pessoas, riam-se)

    ResponderEliminar
  16. Apesar de ser improvável que a pessoa em veja as fotos não deixa de ser errado colocar na net uma foto sem a autorização da própria.
    Acho que é uma questão de princípio.
    Se não só estaria errado roubar se fôssemos apanhados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é mesmo isto que queria dizer.

      Eliminar
    2. Então e pôr uma fotografia onde mais atrás aparecem terceiros? Pode?
      Vá lá gente... Isto não é propriamente uma fotografia da senhora.

      Eliminar
  17. gosto de ler os seus post mas fiquei triste consigo...bodyshaming gratuito? quem quer usar fato de banho usa, que quer usar bikini usa, quem somos nós para dizer aos outros qual usar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu estou a dizer que a senhora não se pode vestir assim, por acaso?

      Eliminar
    2. Este ano estou gordinha e não me passou pela cabeça usar bikini...mas isso sou eu.

      Eliminar
    3. Eu a mim o que me tira do sério são as modas. Agora descobriram o bodyshaming...
      Por Deus, saibam diferençar as coisas.

      Eliminar
  18. Porque é gorda não pode usar bikini? Mas tu és perfeita, por acaso? Deves ser, deves...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sou perfeita! É que nem sei como o contrário lhe poderia passar pela cabeça! Que tolice, meu Deus!

      Eliminar
  19. Geralmente, como ex-gorda (e tipa que embora não esteja mal, não é propriamente magra e ficou com estrias devido a mais de 20 kg de peso perdidos), sempre fui a favor de uma pessoa ter bom senso e ver o que lhe fica bem. No caso dos bikinis, abro excepção. A maior parte das pessoas apanha sol porque acha o bronzeado bonito e quanto mais tecido maior fica a marca branca.

    Eu entendo o humor e achei piada, porém confesso que posts deste género dão-me um pavor imenso. Sou pálida e fiquei com bastantes estrias devido à perda de peso. Não tenho um corpo esteticamente bonito, mas gosto de por vezes ir à praia ou à piscina, embora use bikini calção (mais apropriado para disfarçar a barriga) e gosto de o fazer sem me preocupar em que me tirem uma foto e a coloquem na net.Como disse, entendo o humor por detrás do post, mas não deixa de ser um ponto de vista muito comum na sociedade e que é bastante nocivo para quem simplesmente quer fazer a sua vidinha normalmente sem se preocupar se lhe apontam o dedo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo-a mas eu não estou a apontar o dedo à gordura propriamente dita, estou a fazer humor com o ridículo da situação.
      Apontar o dedo a alguém com estrias seria (extremando a coisa até ao limite) como apontar o dedo a alguém sem uma perna. Seria só muito reles.
      Os defeitos do corpo não são ridículos, a falta de noção é que é.

      Eliminar
  20. Claro, também concordo que existe muitas pessoas com falta de noção (pessoalmente posso indicar a moda dos calções de ganga/cueca que só não mostram o pipi por milagre e que ficam "rasca" a gordas e magras) e que as pessoas devem tentar evidenciar os pontos positivos da sua aparência. Porém o que me deu o dito receio é pensar que enquanto a Picante até faz uma crítica lógica (embora possa ser desagradável para quem a vê/lê)e tem a decência de eliminar pontos identificatórios, existe muita gente nesse mundo sem escrúpulos capaz de fazer bastante pior sem considerar esses pormenores.

    ResponderEliminar
  21. eu sou dessas. no pico dos meus 108 kilos ia para a praia de bikini brasileiro
    vergonha? absolutamente nenhuma
    e os olhares alheios só me davam risos
    as pessoas às vezes levam as opiniões de desconhecidos demasiado a peito, mais sol e menos chatices :)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.