quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Em pedindo com jeitinho eu conto tudo...

Aposto que estão em pulgas para saber o que levou a vossa Picante na mala da maternidade, pois estão?
Claro que estão! Que cabeça a minha! É que nem sei como conseguiram fazer malas de maternidade até agora. Tenho a certeza de que os vossos babies chegaram a casa completamente nus, enrolados nalgum cobertor velho...

90 comentários:

  1. Cobertor velho? Francamente, a minha chegou numa saca de batatas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahahahah
      Já vi que está muito precisada das minhas dicas Lulu.

      Eliminar
  2. De facto, nem sei o que se passa na cabeça de certas bloggers. Pensarão que antes dos seus sábios conselhos, ninguém sabia fazer malas fosse para a maternidade ou para férias, que ninguém sabia escolher hotéis, restaurantes ou um par de sapatos? Está bem que ganham por aquilo que as mandam apregoar mas um pouco de noção do ridículo não lhes ficava mal, nem a elas nem às marcas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meio disto tudo o que realmente me aflige é que as marcas não tenham noção da má imagem que passam. Eu fiquei completamente avessa à Isdin, por exemplo. Recuso ir comprar marcas que não têm qualquer pejo em enganar assim as pessoas.

      Eliminar
    2. Igual por aqui. Quanto mais apregoam menos vontade tenho de comprar.

      Eliminar
    3. O problema é que parece ainda haver muita gente sem noção, que bebe estes conselhos como se de algo miraculoso se tratasse! Se reparar, em todos os posts há gente a pedir para a blogger falar do assunto X, explicar como fez Y, onde é que comprou Z... há gente sem personalidade que precisa de ter alguém para emular.

      Eliminar
    4. Aqui na verdade não concordo. Basta ir a um desses fóruns de mães e grávidas, onde já existem milhares de tópicos com listas do que levar para a maternidade, e mesmo assim diariamente aparece alguém a perguntar o que deve comprar, o que deve levar...
      Também me parece normal que as pessoas pesquisem, se informem, já que não nascemos ensinadas e eu por exemplo nunca aprendi o que havia de levar para a maternidade ou o que comprar para a chegada de um bebé até me ter visto perante essa situação e toca a pesquisar.
      Agora pode não haver um equilíbrio, isso é certo, e assim surgem bloggers que acham que estão a falar do assunto pela primeira vez e que nunca ninguém se lembrou de falar disso, e existem aquelas a quem a preguiça de pesquisar é mais que muita e vai de encher de perguntas a blogger e comprar tudo o que ela disser.

      Eliminar
    5. E logo no mesmo dia que o protector ia na mala da Maternidade, outra blogger, com muita pinta e muito top, viu nas mãos de uma amiga o mesmo protector. Só gostava que dissessem que era publicidade, só isso, seria mais leal.

      Eliminar
    6. Se calhar a amiga da mãe top é a grávida :D

      Eliminar
    7. Ó filhas, vão ao Google, em Espanha o que não faltam são blogues a anunciar o protector. Só cá em Portugal é que elas são uma iluminadas que deram com a coisa sozinhas e acharam o máximo e top e muita pinta e não conseguiram esconder isso do mundo.

      Eliminar
    8. numa entrevista com uma empresa que trata das marcas, foi-me dito
      que mesmo que se recusem a comprar a marca esta como top mind, vão lembrar-se sempre dela.
      por isso é visto como positivo para as marcas, se numerarem marcas essa vai lá estar

      Eliminar
    9. E eu que fui burrinha e fui na cantiga do "treinador" da apple... Foi um erro muito caro, damn!

      Eliminar
    10. Maria uma coisa serão as dúvidas habituais que, ok, até se percebe em mães de primeira viagem ou naquelas que não o sendo não se lembrem e cujos hospitais não dêem listas.

      Mas aconselhar um protector solar para a mala é um tanto estranho, não?

      Eliminar
    11. Acredito que essa seja a ideia (parva) de algumas pessoas. Esqueceram-se foi certamente de contratar as pessoas que estudam o comportamento humano em relação ao consumo (como os psicólogos ligados ao marqueting e outros profissionais da área).
      A uma empresa não servirá de muito que fiquem com o nome em mente se a essa marca estiver associado um sentimento negativo (de desconfiança, desprezo, ridicularizarão, etc) . Isto é, uma pessoa que fique mesmo a pensar mal de uma determinada marca dificilmente irá comprar esse produto, outro produto qualquer dessa marca e irá directa ou indirectamente ter sempre uma postura contra a marca que a levará também a comentar negativamente a mesma.

      Ou seja, essa teoria de ficar como "top mind" pode jogar muito mais contra a empresa (ser nomeada mas sempre no sentido pejorativo) do que uma marca desconhecida que alguém está não só disposto a experimentar como tem, à partida, uma opinião neutra acerca da mesma.

      Eliminar
    12. Está mais que provado que um consumidor descontente não só não volta à marca como ainda afasta outros consumidores. Falar mal não é bom, quem lhe disse isso é um perfeito idiota.

      Eliminar
  3. Não é seu costume atirar-se a esta, que se passa?
    (levar um protector solar para a maternidade? Cruzes!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passa-se isso mesmo, desde quando é que alguém leva um protector solar para a maternidade?
      (eu atiro-me ao ridículo, não a A ou B)

      Eliminar
    2. uma dica pf? agora fiquei perdida :'(

      Eliminar
    3. Essa do protector solar para levar para a maternidade pode até ser coisa só da realeza, obviamente que à plebe nunca lhe passaria pela cabeça semelhante tal.

      Eliminar
    4. Picante, estava a ver que não falava disto.

      Eliminar
    5. proteger das centenas de flash, luzes das camaras........

      Eliminar
  4. E dicas para o regresso às aulas? Não há? Como é que nós, as mummies, vamos sobreviver ao mês de Setembro sem as preciosas dicas de Picante para os nossos repolh... pimpolhos, hã?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim! Claro que tenho de fazer um post com as minhas preciosas dicas!
      Caso contrário vocês serão bem capazes de mandar as crianças para a escola com sacos do LIDL em vez de mochilas TOP...

      Eliminar
    2. Também já houve. Que desatentas. Fora todas ao El....

      Eliminar
    3. https://www.youtube.com/results?search_query=regresso+as+aulas

      estas miúdas, da pesquisa que aparece
      fazem episódios só do tema

      Eliminar
    4. Deus me acuda, o que é aquilo da maria vaidosa?

      Eliminar
    5. É só a coisa mais estranha, mais parva e mais assustadora que já apareceu. Mas as miúdas idolatram a miúda...

      Eliminar
    6. a maria será a próxima pipoca
      o publico dela é só miúdas
      leiam os comentários

      Eliminar
    7. Podia ser só fútil mas não, tinha de lhe juntar mais um ou dois ingredientes...

      Eliminar
  5. Penso o mesmo, agora todas nós precisamos de dicas top para tudo e mais alguma coisa?! Quem foi a mente iluminada que levou protetor solar para a maternidade? As luzes da sala de parte não queimam, nem bronzeiam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porque diz isso. Eu cá levo um vestido de noite, just in case. Acho muito normal levar um bronzeador.

      Eliminar
  6. Cá está o maravilhoso post sobre as fardas que não é publicidade não senhora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse não é. Enquanto outro que já vi, é.
      De facto há escolas que tem fardas á venda lá, e é para lá que enviam os pais.

      Eliminar
    2. Também não me parece publicidade...

      Eliminar
    3. Não sejam ingénuas. Ela tem uma parceria qualquer com o ECI, faz constantemente publicidade ao ECI. E agora a Princesa das Estrelas também, vão lá ver o post do regresso às aulas, outra a falar nas fardas. Vocês não acreditam que é tudo uma imensa coincidência, pois não?

      Eliminar
    4. Também não me pareceu publicidade, aquilo nem links tem e é a mais pura verdade que o ECI vende as fardas para uma série de colégios, era lá que eu comprava as fardas dos meus filhos no maravilhoso tempo em que os tinha dentro de uma bolha.

      Eliminar
    5. Anónimo das 13:56, princesa das estrelas é outra, é uma princesa que não faz dieta ;-)

      Eliminar
    6. Picante, a questão é essa: como vendem as fardas de uma série de colégios, é fácil disfarçar a coisa, falar disto sem parecer publicidade. O ECI sabe isso e as moças também. É fácil disfarçar aquilo. A questão é se acreditamos ou não. Há 2 ou 3 dias as duas falaram dos cursos (uma fez um post, a outra um disfarçado rodapé), agora as duas falam das fardas e uma dessas até foi lá comprar o material escolar (logo aquela que se farta de atacar o consumismo, como boa comunista que é). E a malta acredita que não é publicidade? Oh, que inocentes.

      Eliminar
    7. Picante, vou-lhe contar mais uma historiazinha: quando a Pipoca fez o post sobre a Agenda Cultural, espatifou lá que tinha feito o curso de Escrita Criativa com o ANTÓNIO Couto Nogueira. Eu deixei lá um comentário a dizer que não, que o professor é o JOSÉ Couto Nogueira. Claro que o meu reparo (normalíssimo, não ofendi, não me alonguei, limitei-me a dizer que o nome do senhor é outro) não foi publicado, mas o post foi corrigido. Óbvio, aquilo é publicidade paga e bem paga, não dá muito jeito que o ECI veja o espalhanço e a publicação do meu comentário ia evidenciar o erro.
      Mas não, eu é que estou a ver coisas quando digo que as fardas são publicidade.
      Para a próxima não lhe digo nada lá no blogue dela e faço um post sarcástico no meu, assim como os seus. Mesmo que ela corrija, o espalhanço fica eternizado algures...

      Eliminar
    8. Eu até acredito que o das fardas não seja publicidade, porque efectivamente é lá em exclusivo que se vendem fardas de "N" colégios de Lisboa e os meus colegas compram todos lá. Mas também acho que ela tem uma parceria com O ECI e que gosta de fazer um quanto "name dropping" dessa marca quando pode e vem ao assunto!

      Eliminar
    9. Name dropping? Oh, por favor! Ela é profissional, acusem-na do que quiserem, mas ela é uma verdadeira profissional. Aquilo é um blogue profissional, não há ali names droppings. Nem tem que haver, sob pena de perder a credibilidade perante quer a marca a quem desse uma ou outra borla de vez em quando, quer as outras a quem exige bom dinheiro e recusa borlas. Aliás, se vocês repararem, elas agora não referem quando é publicidade, dizem é quando não são pagas para falar de determinado produto ou sitio onde estiveram ("não me pagam para falar disto, mas..."). É por aí que sabemos quando é ou não publicidade. Se a frasezinha não estiver lá, podem ter a certeza de que é publicidade. E no post das fardas, não está.

      Eliminar
    10. Anónimo31 de agosto de 2016 às 17:34, no post das fardas há uma discussão a que ela respondeu nos comentários a dizer que não foi paga e que se quiser até mostra a factura das fardas. Name dropping é uma forma de publicidade e é muito usada em diversos meios. O ECI é parceiro dela, logo, essa parceria não tem de ser "fazes este post sobre nós e pagamos-te X", pode ser uma parceria contínua em que ela vai mantendo o nome ECI em destaque, por diversas formas. E o name dropping num post sobre fardas - pagas por ela, não teria que ser de outra forma - é uma delas.

      Eliminar
    11. Conhece alguma forma mais eficaz de calar o pessoal do que dizer "querem que mostre a factura?". Resultou consigo, não resultou? Pois.

      Eliminar
    12. E ter pago a farda quer dizer que não se pode ter recebido dinheiro pelo post? Está certo.
      (eu até acho que aquilo nem foi post pago mas essa lógica...)

      Eliminar
  7. Ia comentar que visto o número de pessoas que lhe devem perguntar o que vai levar, nem achava mal de todo... Entretanto decidi ir ver o post em si e... pois é isso. Eu para a maternidade também levo uns adidas boost, não quero descurar a figura, mesmo não indo correr!

    ResponderEliminar
  8. só mesmo as princesas é que levam estes produtos para a maternidade, pois saem de lá sempre airosas, mas elas não dão dicas....

    ResponderEliminar
  9. Há de tudo. Há uma, por exemplo que hoje é que está a publicitar o campo de férias dos filhos. Agora, no fim das férias? Coisa inteligente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas isso foi porque se calhar não lhe pagaram... Se lhe tivessem pago, ela teria publicitado antes das férias começarem para as mamãs aproveitarem a dica. E olhe que não sou fã da personagem.

      Eliminar
    2. Também não me pareceu publicidade paga.

      Eliminar
    3. Ela já tinha dito, antes das férias, que os filhos iriam novamente para esse campo. No ano passado já tinham ido e ela fez um post idêntico, até acho que se gerou essa polémica da publicidade na caixa de comentários.

      Eliminar
  10. Uma questão muito premente: porque não está a Fe a actualizar o blog? Não há mais patrocínios?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando a Nanda não tiver patrocínios, mais ninguém tem.

      Eliminar
    2. A Nanda ja está é no patamar em que se pode dar ao luxo de tirar 1mes de férias, porque isto de pensar e escrever posts da cabo de qualquer um. E a vida dela é uma dureza e estava mesmo a precisar desta pausa.

      Eliminar
    3. Se a Picante aceitar o meu comentário desta vez, eu pergunto se já repararam que a Fê deixou de publicar fotos em que a face dela está evidenciada....

      Eliminar
    4. Não é verdade, no Instagram tem imensas fotos da Fernanda.

      Eliminar
    5. Em contrapartida, mostra (no insta) o rabo das filhas...

      Eliminar
    6. Porque é que precisa que ela actualize o blog? Veja o instagram, assim como assim só aparecem fotos no post e 2 frases a dizer que no meio de mimos, gargalhadas etc...

      Eliminar
    7. Porque será a anónimo das 15:39? Ahahhahahahah

      Eliminar
    8. Basta por fotos no Instagram, vestida de X, Y, Z, etc., que já ganha bom dinheiro, sem ter trabalho a atualizar o blog. Concluo eu.

      Eliminar
  11. Estou completamente parva com isto. Então esta, em cada post sobre os mais diversos temas, faz dezenas de links para fraldas, sem que o post nada tenha a ver com fraldas? Mas o que é que se passa na cabeça delas e das marcas? Eu sei que ela está quase a parir, mas...

    ResponderEliminar
  12. A Picante já sabia que gramagem é o mesmo que espessura, ou estava à espera que eu lhe desse a dica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahahahah

      (desculpai, não consigo parar de rir...)

      Eliminar
  13. Sinceramente? Estou farta das bloggers,das famosas. Deixaram de ter piada. Parecem os vendedores ambulantes a tentar "empurrar" tudo e mais alguma coisa. Simplesmente, deixei de ler. Ok,o dinheiro faz falta a todos, mas há limites. O que mais me custa é perder a identidade em prol do dinheiro. Podia ser tudo clarinho, sem histórias inventadas. As pessoas não são parvas...Só segue quem quer, é verdade, e só se deixa enganar quem quer... Imagino, quando se juntam, as risadas que dão a troçar do "povinho".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto exactamente o mesmo. Ainda ontem estava a dar uma vista de olhos por um blogue que tem montes de seguidores no Instagram, comentários, visitas, gente a idolatrar. Olhei para a escrita e até me deu uma coisinha má. Depois para as fotos e... eh. Nada de especial. Olhei ainda para a personagem: epa, uma rapariga normal, nada de tchanan, nem estilo, nem beleza, nada. E perguntei-me mesmo: que raio se passa com este mundo?

      Eliminar
    2. Nisso a PMD dá cartas. É a única, talvez a par da SMS, que sabe arranjar histórias pessoais e como quem não quer a coisa fala das marcas. As outras são tão fraquinhas que até dá dó.

      Eliminar
    3. a sério? Depois de criticar como criticou a SMS por causa das invenções de histórias, agora escreve isto? Está a ficar pior que elas...

      Eliminar
    4. Caríssima, não confunda achar desonesto inventar histórias com reconhecer que há quem as saiba inventar como deve ser, fazendo posts com cabeça a anos luz das tolinhas que nem escrever sabem embora tenham bons fotógrafos.

      E eu nunca critiquei a SMS por aí além, até gosto da rapariga e sou muito criticada por não a criticar. Coisas...

      Eliminar
  14. afinal que é que vai parir ao spa?

    ResponderEliminar
  15. Tenho mesmo pena do meu filho e do meu marido também. Não sei muito bem como me redimir mas eu vou confessar isto para aliviar a consciência: eu não levei protetor solar para a maternidade. Aliás, pior, eu não levei maquilhagem nenhuma para a maternidade.


    (Ufa, já me sinto mais leve...ainda assim acho que preciso de ajuda)

    ResponderEliminar
  16. Protector para a maternidade?? Wtf?
    Quem é essa que vai parir e diz isso?tou a ver que ando a perder dicas fundamentais na bloga.

    ResponderEliminar
  17. Pipocante Irrelevante Delirante31 de agosto de 2016 às 18:08

    Cobertor velho? Modernices... o meu puto nasceu em Agosto, estava calor suficiente para não precisar de cobertores. Mas já de bronzeador... estava sol, convém não facilitar.

    ResponderEliminar
  18. Grande coisa o protector solar, eu levei o berbequim,não tinha ideia de colocar prateleiras, mas a decoração dos aposentos nunca pode ser subestimada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahahahhaha

      Eliminar
    2. Eh pá.. quando comecei a ler até me assustei. Levar o berbequim?
      Mas não sabe como é que se fazem os partos (mesmos os instrumentalizados)?

      Eliminar
  19. Faço qualquer coisa por uma dica...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela dica anónimo da 01:42! Estava a anos luz de quem seria e bastou googlar "princesas blog". Agradecida!

      Eliminar
  20. Respostas
    1. Caramba, se lerem os comentários com olhos de ver chegam lá. Que mais querem?
      Fico doida com cuscas desatenta a quererem papinha toda feita. Perde a graça.

      Eliminar
    2. Xiça, já deram a dica umas 5 vezes pelo menos, com o nome do blog e tudo...é googlar...

      Eliminar
    3. Ei pá, calma!! Eu por exemplo nunca iria chegar lá não fosse ler em cima (agora) " googlar "princesas blog"."... Sou uma cusca bastante atenta, mas não conhecia o dito! Agradecidas!

      Eliminar
  21. Pena que sejas tão tonta, estás a recusar uma das melhores marcas do mercado (conhecimento de causa antes dos blogs).

    É que se pensares bem, deixar de comprar porque o blog A, B ou C divulga, é o mesmo que só e apenas comprar porque o blog A, B ou C divulga, o que também é tonto. Ou seja, baseias-te em dramas de horror, ódios de estimação, em vez de experimentar e dizer "gosto, sim senhor" ou "não gosto" com conhecimento. Cantas de galo para te mostrares inteligente, mas depois tens atitudes de pita em situações básicas. "Se a gaja tem então não quero!". Cresce, mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não seja tola e aprenda a ler. Não deixo de comprar porque A ou B divulga. Deixo de comprar porque não compro marcas que não mostram qualquer pejo em enganar os consumidores. Deixo de lhes reconhecer credibilidade e prefiro escolher outra coisa qualquer. Graças aos Santinhos oferta é coisa que não falta.

      Eliminar
    2. Desculpe, sem querer eliminei o comentário tremendamente imbecil que aqui deixou. Uma pena, já raramente me deixam imbecilidades tão risíveis. Mas confirma-se: não sabe mesmo ler, é a única explicação, caso contrário teria de concluir que é burra como as portas.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.