segunda-feira, 8 de agosto de 2016

E agora uma coisa completamente igual: o champagne



Se eu tivesse de eleger o rei das bebidas a vitória era atribuída ao champagne, mas assim a pontos largos do segundo classificado. Ah, e tal, mas então e o vinho tinto? Então e o belo do gin ou mesmo o rum (blhéc)? E a tão-nossa imperial? E a coca cola? E sumo de laranja? E, e, e...? Tudo muito certinho, reconheço a sua existência, em alguns casos reconheço até a sua qualidade, mas o cchampagne está para as bebidas como o Sporting está para o futebol. Não há comparação. Por um champagne já saí de casa (true story), por isso penso que está tudo dito. Aliás, quando dizem que a malta só vai aos eventos por causa do champagne, eu não consigo pensar num motivo melhor. Não vos consigo explicar muito bem o que é que faz de um champagne perfeito. Gosto muito dos franceses, de preferência no próprio dia. E também não gosto muito de champagne quente. E não podem ser enormes nem demasiado pequenos. E reparo agora que sou pessoa bastante criteriosa e opinativa no que toca a champagne, nunca pensei que tivesse tanto aqui guardado para dizer sobre o assunto. Mas, cá por coisas, também quero saber o que vocês pensam sobre o tema "champagne" e suas características. Contem-me tudo, não me escondam nada. Afinal, o que é que faz um bom champagne? Para vocês, qual é o melhor de sempre? Onde é que ele vive? E que características tem? Conto com a vossa ajuda, champagnólicas anónimas. 

(senhores da Krug, Cristal, Veuve, Piper, Moet... vinde aqui à vossa Picante, aceito pagamento em garrafinhas desse néctar maravilhoso...)

Post inspirado aqui.

55 comentários:

  1. Em nossa casa não gostamos de champagne...A família lá de França oferece-nos sempre um exemplar por alturas do Natal, coisa boa pelo que percebemos, agradecemos e tal...mas não gostamos. Somos uns saloios, está visto. Já rum e gin ... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heresia! Sacrilégio!
      (é enviar para aqui, nada se perde, tudo se transforma...)

      Eliminar
    2. Já é a segunda vez que leio um blogger dizer o mesmo. Provavelmente há uns anos encontrei na blogosfera a Framboesa!! (é para se notar a minha memória para textos, Kkkk). E tenho de concordar com a Mais Picante. Família francesa a enviar champanhe do bom... Mas não existe uma ocasião de celebração em grupo onde essa rolha possa saltar?

      Eliminar
    3. A familia de França é aquisição recente de 3 ou 4 anos (afilhado português casa com moça francesa e formam familia em frança :) ) por isso não me parece que alguma vez tenha falado no assunto ;) De qualquer modo em nossa casa não somos apreciadores de champagne...nem nós nem a familia amis chegada. Nas celebrações "saltam as rolhas" de gin, whisky velho e rum "do bom" :D

      Eliminar
  2. 'O champagne está para as bebidas assim como o Sporting está para o futebo. Não há comparação.'...
    hein??!? Como? Eternamente candidato? A ver passar...? Adorei!!!

    ResponderEliminar
  3. A Padaria Portuguesa vai ter champagne?

    ResponderEliminar
  4. Estou a ver que a estratégia do croquete veio para ficar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. as ideias verdadeiramente empreendedoras são para se agarrar!

      Eliminar
  5. Pois, para mim, tudo o que escorregue e "inbubede" é bem vindo... desde que seja de borla, claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que não, olhe que não.
      (é tão feio, uma senhora bêbeda...)

      Eliminar
    2. É feio mesmo! Uma tristeza. Seja mulher ou homem.

      Eliminar
  6. E aquelas parolas a atropelarem-se umas às outras? Uma diz que foram festivalar a convite de patrocinadores, outras jura que combinaram umas com as outras, assim naquela de curtirem... No final das contas, a que foi honesta é a que passa sempre por ser dissimulada e a mentirosa foi a que anda sempre a apregoar aos 4 ventos que com ela não, não há cá truques, é tudo do mais terra-a-terra que existe, a conduta moral dela é inatingível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente não havia necessidade.
      (como também não há necessidades de lhes chamar nomes)

      Eliminar
    2. Aquilo soou um bocado a voyeurismo festivaleiro, isso sim.

      Eliminar
    3. Mas alguém acreditava que, ainda que a outra não se descosesse, que aquilo não tinha sido convite? Com o tour, aquela cozinha da Teka, mais não sei o quê da LG...

      Eliminar
    4. E que nomes foram chamados, Picante? É que parolas e dissimulada são o mínimo que me ocorre.
      E a cocó fazer-se de santinha e ainda haver comentários a dizer que sim senhora não tem que dar justificações a ninguém. A sério? E querem mesmo ser levadas a sério?

      Eliminar
    5. Por acaso acho que é possível não ter havido desonestidade nem atropelamentos (ok. eu tenho facilidade em acreditar no Pai Natal). Uma diz que foi convidada pela MEO a outra diz que aceitaram o desafio de uma delas... Ou seja, a pipoca aceitou um convite e desafiou as restantes (não diretamente convidadas pela MEO)

      Eliminar
    6. Eu acho que essas 4 quando se juntam só dão vergonha alheia. Apetece dizer: pessoas, vocês não são fixes, não são jovens, essas roupas, caretas, linguagem não vos ficam bem... eh pá, parem de tentar dar a entender que os 40 são os novos 20, que são mulheres casadas e com filhos mas ainda se sabem divertir... tudo isso soa demasiado a sem noção e embaraçoso para quem vos vê/lê, na verdade.

      Eliminar
    7. vergonha alheia dá o comentário das 14h30!. Céus! Que coisa tão retrógrada!

      Eliminar
    8. Por acaso não percebo o que é que isso de se ser casado e ter filhos tem a ver com o saber-se divertir. Então as pessoas casam e morrem?

      Eliminar
    9. Pronto, já sabia que iam interpretar assim! Claro que não acho isso. Mas acho triste a necessidade de elas exibirem isso. Como se fosse um grande feito, ou uma grande loucura, a dar aquela de "olhem para nós, somos quarentonas e ainda estamos aqui para a curvas, divertimo-nos imenso entre gajas quando deixamos a família para trás". Acho que imensas mulheres fazem isso com naturalidade, sem parecer tão forçado e tão "olhem para mim" como elas o fazem. Fica-lhes mal, parecem aqueles grupos de mulheres que vão a despedidas de solteiras com falos de plástico na cabeça e se embebedam com 2 capirinhas e vão "abanar o capacete" para o meio de jovens do bairro alto...

      Eliminar
    10. Acho que só sente isso porque põem tudo no blog. Caso passasse por elas na rua seriam só mais umas mulheres divertidas.

      Eliminar
    11. Picante, acho que se as visse na rua a fazerem as caretas que fazem para as fotos, vestidas como teenagers (pronto, agora vão dizer que as pessoas se vestem como quiserem independentemente da idade... claro que sim, mas eu, que estou nos 20 e tais, já não me visto nem me imagino com roupas que usava aos 18... acho que o mesmo se aplicará quando tiver 30 e tais ou 40's e que é normal certos estilos estarem associados a certas idades/fases da vida), a tirarem selfies, a fazerem palhaçadas... iria pensar exactamente a mesma coisa.

      Eliminar
    12. Por acaso também acho que parece que estão a passar por uma crise de meia-idade e a Mais Doce então é o auge disso! A ir para um festival de putos de fato de banho que parece comprado numa sexshop da Ameixoeira (ainda falava ela da Rita Pereira, que moral ahah) e batom vermelhão, mas depois franze a cara e é só rugas. É tudo muito chamar a atenção! A Cocó até achei bastante bem, com um ar jovem mas sem ser espalhafatoso e desadequado. As outras duas nem merecem comentário (lol e mais lol).

      Eliminar
    13. Por acaso acho que a comentadora das 14:30 tem muita razão.

      Eliminar
    14. Anónima das 11:59, então e acha que a Pipoca recebia um convite PROFISSIONAL, ia para o MSW A TRABALHO e ia fazer mais 3 convites pessoais? A Anónima quando é convidada, mesmo que para uma festa, já nem digo em contexto profissional, põe-se a fazer convites a amigas para irem consigo?
      Para além de que o que a Cocó disse foi que "uma teve a ideia e convidou as outras", não disse que uma foi convidada e como estava com medo de ir sozinha, convidou as outras.
      Olhe que mesmo acreditando no Pai Natal...

      Eliminar
    15. Então e aquela foto tirada de baixo que a Cocó postou há uns tempos que eram elas todas com um bebé ao colo? Essa é que parecia das loucas das despedidas de solteiras! Todas esbragaladas de vestidos curtos e "na maluqueira", opa que tristes. Se a ideia era passar que são muito bem resolvidas e umas pra frentex, falharam.

      Eliminar
    16. Mas a PMD é quarentona onde? Ainda lhe faltam uns 5 anos.

      Eliminar
    17. Que divertida a anónima das 15:35... ui que as quarentonas não podem sair de casa, vestir-se como quiserem, divertir-se... p'ra mim está com medo da concorrência. Não sabia que ainda havia disto e em pleno século vinte. Eu, que já conto 54, vou já enfiar-me no asilo e esperar pela morte...

      Eliminar
    18. Por acaso é triste ver tanta mulher a criticar outras mulheres a divertirem-se (e a mostrarem-se a divertir em fotos). A vida não acaba aos 30 ou 40, eu certamente não deixarei de ir a festivais por ter mais idade (não iria ao sudoeste mas isso é porque tenho gosto musical). E roupas adequadas a festivais, desconheço. Cada um vai como está mais confortável. E batom vermelho, bem... Não estou a ver qual é o problema. Era um clássico nos anos 40 e agora as mulheres mais velhas não podem usar lol? Ridiculo.
      Por acaso achei bastante mal uma não assinalar o post, mas é isso. De resto não vejo nada de errado ali. Vejo mulheres que gostam de si, que são confiantes e que parecem estar divertidas. Ponto.

      Eliminar
    19. Se visse homens a fazer aquelas figuras, criticava também. Agora, porque são mulheres, já não posso? E já referi que o problema não é serem mulheres, não é terem 40 anos, nem é estarem a divertir-se. É todo o contexto e publicitação que fazem do mesmo. Eu espero não chegar aos 40 a fazer aquelas figuras (tal como não as fiz aos 18, nem as faço aos 28). Mas quem não concorda vai sempre dizer que é inveja :)

      Eliminar
    20. Acho triste criticarem-se as pessoas por se divertirem a partir de uma certa idade...Os posts publicados nos blogs visados são publicitários, ninguém duvida disso (acho eu), as poses são estudadas e ensaiadas, tudo é muito forçado, mas acaba por ser o trabalho delas, transparecer uma imagem fabricada relativamente ao produto que estão a divulgar. Agora generalizar para todas as mulheres de uma certa idade, lamento, discordo.

      Eliminar
    21. Fizeram figurinha ridícula e mais: as imagens são forçadas. Tal como as pitas fazem figuras parvas mas acaba por ser desculpável porque a idade ainda não lhes permitiu ter noção de muita coisa. Aquilo é fantochada sim, mas da má. O problema é que elas desesperam por plateia, para que os números subam. Se eu criticava alguém anónimo que se dispusesse àquilo? Não! Mas isto dos blogs não é só para elevações do ego, pois não?

      Eliminar
    22. Anónima das 06:13, isto é muito simples: se fossem jovens de 20 anos exatamente nas mesmas figuras das fotos, exatamente com a mesma roupa, no mesmo contexto, também criticaria? É que se não, o seu problema é mesmo com a idade. Os anos passam, ninguém escolhe ter a idade que tem, e não me parece que as pessoas tenham que adaptar cada pedacinho do seu comportamento e personalidade àquilo que a sociedade espera de determinada faixa etária.

      Eliminar
    23. Vamos lá a ver, quando a Pipoca recebe convites e é paga para ir a determinados eventos, parece-me que é suposto ir maquilhada e vestida de determinada maneira. As fotografias não são resultado de um grupo de amigas que decidiram ir divertir-se num festival de teens com acne, são resultado de um trabalho. Visto sob esse prisma a coisa é perfeitamente normal, até um decote apropriado para a praia ou para uma festa à noite.

      (e não concordo consigo, a idade não é irrelevante e condiciona a maneira de vestir, ninguém espera que uma senhora de 50 anos use saias que mostrem o rabo, aquilo que é tolerado aos 20 pode muito bem ser impróprio aos 50)

      Eliminar
    24. Anónimo10 de agosto de 2016 às 17:25 - como já outro Anónimo referiu acima, se visse miudas de 20 anos assim achava que estavam naquela fase da "parvalheira" e alguma imaturidade que faz com que se façam boquinhas de pato, selfies, andar de calções curtinhos e decotes gigantes, cenas assim... por alguma razão se associam esses comportamentos a uma fase de adolescência/início da idade adulta. Daí esperar que quando as pessoas têm 30 ou 40 anos já tenham passado essa fase.

      Picante, "ir maquilhada e vestida de determinada maneira" concordo, agora, não me parece que a maneira seja aquela que ela escolheu. Acho que a Cocó estava muito mais adequada ao evento, por exemplo. Acho que a Pipoca estava verdadeiramente deslocada e exagerada para o sítio em questão. E, lá está, acho que se o trabalho era um grupo de amigas a divertir-se no Sudoeste, aquelas roupas e poses tinham resultado melhor com miudas de 17-20 anos, que são o público alvo daquele festival e quem normalmente já usa e faz, de forma natural, aquelas roupas e poses. Concordo que "aquilo que é tolerado aos 20 pode muito bem ser impróprio aos 50", mas também concordo que a minha ideia do que é apropriado e do que é falta de noção não pode ser imposta aos outros, por isso disse que cada um se pode vestir da forma que entender... mas se o expõe na internet, estará também sujeito a críticas e tem de perceber que há quem pense assim quando olha para si nessas figuras.

      Eliminar
    25. "Os anos passam, ninguém escolhe ter a idade que tem, e não me parece que as pessoas tenham que adaptar cada pedacinho do seu comportamento e personalidade àquilo que a sociedade espera de determinada faixa etária."
      Isto é mesmo verdade? Ou é só para parecer bem? Espero mesmo que seja a segunda hipótese.

      Eliminar
    26. Anónima das 9.44, eu também achei decote e pintura a mais, tendo em conta que aquilo era o que era. Mas eu também nunca gosto das escolhas da PMD, mesmo nas indumentárias mais simples ela arranja sempre maneira de acrescentar um por menor de que não gosto. Não estranhei não gostar, gosto muito mais do género da Sónia.

      Eliminar
    27. Anónimo das 10:09, felizmente é mesmo verdade. No dia em que me virem gozar ou criticar uma mulher -qualquer que seja a idade- por aquilo que veste ou a forma como se comporta, peço para ser internada.

      Eliminar
    28. Independentemente da idade,do genero,de terem ou nao terem filhos,acho-as histrionicas, muito teatrais,com uma grande necessidade de mostrarem ou fazerem crer que sao o maximo e super divertidas. Nao ha necessidade...crise da meia idade? Insatisfacao a outros niveis? Concordo.

      Eliminar
    29. Quem muito quer fazer parecer na net/redes sociais que a sua vida é diversão constante, pior é o que se passa na sua vida entre 4 paredes. Aposto que na casa anda tudo aos berros, Mateus e cão incluídos :D

      Eliminar
  7. Pipocante Irrelevante Delirante8 de agosto de 2016 às 18:42

    Raposinha, Raposinha...
    ou será Raposeira?

    ResponderEliminar
  8. Ruinart Blanc de Blanc ou Louis Roederer - sempre Brut, s'il vous plaît! Murganheira Bruto não envergonha ninguém.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Murganheira é muito aceitável. Ruinard não conheço.

      Eliminar
  9. "...mas o champagne está para as bebidas como o Sporting está para o futebol. Não há comparação"

    Esta frase diz tudo sobre o seu bom gosto em geral e sobre o quanto percebe do que é qualidade. É isto que posso dizer.

    Detesto champanhe.

    ResponderEliminar
  10. A idade condiciona, sim, a forma de vestir e de estar na vida. A pessoa é que se pode estar a borrifar do que os outros pensam sobre aquilo que ela veste - é outra questão que perde relevância quando é evidente que estamos perante um "post publicitário".

    Problema é a coerência. essa senhores, não resiste a esta publicidade desenfreada. Veja-se que foi escrito "teria gramado estar a ouvir". Isso sim é que me deu calafrios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então... teria gramado ouvir é adequado ao target... Qual é o problema?

      Eliminar
    2. Eh pá, "gramado" já não se diz desde os anos 90!

      Eliminar
  11. a partir do momento em que aqueles blogs passaram a ser meios publicitários, passaram a merecer tanto respeito como aquele que dou à tv guia, ou seja, nenhum. merecem ser escrutinadas e criticadas, além de que estão velhas, estão a perder a gracinha e mais um par de anos e ninguém dá nada por elas.

    ResponderEliminar
  12. Dom Perignon, Krug e Chandon Réserve Brut, nunca desiludem.
    Murganheira, Raposeira e outras marcas que vi nos comentários acima não têm champagnes, têm espumantes ou proseccos...
    Para fazer um champagne apenas das uvas das castas Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay são utilizadas, daí o valor disparar em relação aos espumantes e outros frisantes.
    (Não quer parecer pedante, não me atirem muitas pedras que sou boa miúda, sim?)

    ResponderEliminar
  13. Já partilhei desse sentimento, mesmo não sendo muito de beber álcool.
    Contudo hoje não sinto mais esse fascínio por essa bebida que é doce, mas não açucarada, que é saborosa, sem saber bem como... Claro que existem 3 tipos de champanhe - o seco, o bruto e o outro, que agora não lembro eheheh! Existe um em particular que não gosto. Os que gosto? Tenho de os provar primeiro.

    Ainda guardo na memória palativa dos sentidos o melhor champanhe que bebi! Tinha a garrafa há anos... e anos. Nunca a abria. Vai que um dia houve um aniversário e eu levei o champanhe. A garrafa foi metida no frigorífico para gelar e saiu de lá tão fresquinha e saborosa!! Foi o melhor que já bebi. Mas não faço ideia que marca era. Soube mais tarde que era um champanhe mesmo champanhe, dos bons e caros. Loool. :))

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.