terça-feira, 9 de agosto de 2016

Dupond & Dupont


Fotografias retiradas da net, em perfis públicos. Qualquer inconveniente é enviar mail que eu retiro, não custa nada...

131 comentários:

  1. Respostas
    1. Por acaso eu acho um nadinha grandes em demasia, tamanho nunca foi sinónimo de qualidade.

      Eliminar
    2. Está visto que és pessoa para ter o rabo pequeno.

      Eliminar
    3. Em compensação as minhas mamocas parecem mesmo mamocas, nada de se confundirem com rabos.

      Eliminar
  2. Mas o que se passa hoje com a blogosfera? Tu e a Filipa estão a tentar que toda a gente seja despedida, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas...Mas... Então o corpo feminino não é tão lindo?

      Eliminar
  3. Portanto, uma pessoa muito bem formada resolveu mandar-lhe por mail uma foto retirada de um facebook/instagram ou coisa do género de uma pessoa que claramente não deseja que as suas fotos sejam divulgadas pela picante, e a picante acha-se no direito de a publicar e ainda exigir email para a retirada da mesma? Ca nojo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portanto uma pessoa não deseja que as suas fotografias sejam divulgadas na internet mas vai a correr pô-las ao alcance de milhões de pessoas. Sério?
      E quem é que eu estou a identificar?

      Eliminar
    2. O timing também é de um bom gosto e de uma revelação de carácter notáveis.

      Eliminar
    3. Ainda me custa a crer...quem tenha colocado a foto das mamas na net! Onde anda isso...para tirar a limpo!

      Eliminar
    4. E então, de quem é a foto das mamas?! Eu pensei que não seria de alguém conhecido, mas já que houve alguém a chibar-se, agora quero saber de quem é!

      Eliminar
  4. Fazemos assim, eu posto num blog uma foto retirada do facebook da picante que me mandaram por mail, e se a picante se importar depois manda-me um mail a pedir para retirar, pode ser?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, aquelas mamocas são tuas, pá?
      Bem boas, han?

      Eliminar
    2. Faça isso anónimo, faça. É que sabe? Eu tenho um perfil público onde divulgo fotografias em mood eusoubrejeiraegosto. Ponho tudo on line, para quem quiser ver, tipo blog ou jornal.
      É isso, não é?

      Eliminar
    3. Mas onde está?!!?!?

      Filipa, help. please. ehehehehe

      Eliminar
    4. Filipa?
      A Filipa não sabe onde se vêem mamas na net, qué lá essa calúnia??

      Eliminar
    5. A Filipa diz logo a fonte... We need you!

      Podias ter avistado, as boias algures. Estamos no verão.

      Eliminar
    6. Verdade, Anónima. A Pipas só sabe onde se vêem falos.

      Eliminar
    7. Isso é que era, mas são as mulheres que fazem estas figuras. E do que eu estou a falar é da denúncia, não da exposição.

      Eliminar
  5. Ora se a Picante não publicou o meu comentário acerca disto ser um quizz, nem que fosse para me contradizer, vou deduzir que acertei na dona de tão avultados predicados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vou identificar ninguém. Isto não passa de uma fotografia de umas mamocas que se confundem com o traseiro da Kim. Mais nada.

      Eliminar
  6. As anónimas indignadas ainda não perceberam que publicar fotos com perfil público equivale a colá-las nos postes de electricidade da rua onde mora, da cidade onde vive e até dos destinos de férias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a liberdade né?! Há gentinha aí se aproveita disso. Eu vejo, olho o cartaz, não gosto e não é por isso que, antes pelo contrário, vou cola- lo em outro poste.

      Eliminar
  7. Pessoas, a ver se nos entendemos:
    - Ambas as fotografias estavam disponíveis em sites públicos
    - Não identifico a dona de tão lindas mamocas apesar de o poder fazer porque ela própria se identificou
    - As fotografias são propriedade de alguém e portanto serão prontamente removidas a pedido dos seus legítimos donos
    - Não aceitarei comentários com a mais leve referência a ninguém, que isto não é um "onde está o Wally"
    - O post não passa de uma comparação fácil e divertida. Mais nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Picante, aqui está a ser um bocado hipócrita... se postou esta comparação e obviamente a 2a imagem pertencerá a alguma blogger, era obviamente para criar este buzz acerca da mesma. Agora não se pode esquivar à curiosidade das pessoas de quererem saber quem é! Fica-lhe mal ir por esses caminhos, já que este blog se tornou popular precisamente por não alimentar esses secretismos, mentirinhas e joguinhos que são habituais das bloggers famosas.

      Eliminar
    2. Obviamente? Mas obviamente porquê? Eu lá gora só falo de bloggers?
      Lamento que ache que me fica mal mas os meus caminhos escolho-os eu. Não leve a mal.

      Eliminar
  8. Anónima, não lhe vou dar mais conversa a menos que me diga que uma das fotografias é sua.
    Não entendo como raio é que sabe aquilo que eu sei ou deixo de saber, como sabe o que os proprietários autorizam ou deixam de autorizar. E também não me interessa. Não vou entrar aqui em discussões que possam conduzir erradamente a alguém (ou acertadamente, não interessa).
    Acabei de lhe cortar o pio, largue-me da mão e vá dizer uns piropos a alguém, sempre se alegra um bocadinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é para todos! A Picante tem a Kim Kardashian como anónima...

      :-)

      Eliminar
    2. E ela fala português. E eu que pensava que a "moça" era burrinha.

      Eliminar
  9. À primeira vista a foto da direita pareceu-me o José Castelo Branco. A cara!!!

    ResponderEliminar
  10. Hello, I'm Kanye and I'm sure you love me as much as I love myself so I would like to ask you to take that ass from your blog. It doesn't suit my baby's back.
    You can leave Kim!!

    ResponderEliminar
  11. Pipocante Irrelevante Delirante9 de agosto de 2016 às 20:23

    Não é a Catarina Martins, a Joana ou a Mariana Mortagua, ou aquela deputada maluca do gato.

    Vou continuar a pesquisar.
    Parecendo que não, colocar "mamas grandes" no google dá mais que meia dúzia de resultados encontrados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimente googlar "rabos grandes"...

      Eliminar
    2. Quem é a deputada maluca do gato??

      Eliminar
    3. Que comentário tão patético.

      Eu ia perguntar qual o propósito deste post, mas tendo em conta que já percebi de quem é a fotografia, nem vale a pena.

      Pelo menos a pessoa em causa não usa doentes oncológicos para vender medicamentos homeopáticos.

      Eliminar
    4. É aquela maluca da ex deputada do PS. A que escreveu uma carta ao gato.

      Eliminar
    5. Pipocante Irrelevante Delirante11 de agosto de 2016 às 19:39

      Patético... então?
      Anda aaqui a um homem a martirizar-se, há dois dias a pesquisar mamas na internet, a muito custo e com esforço hercúleo, e, e...

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Estás enganada que eu tenho o rabo pequeno e não tenho esse ar de badalhoca, já tu por outro lado... por alguma razão não assumes a fronha...

      Eliminar
    2. Os peitos têm ar de badalhoca? Vá lá... Não há necessidade de chamar nomes aos peitos, eles podem ofender-se e ainda vão a correr atrás de si. Cuidado...

      Eliminar
  13. Picante, mas isto é um recorte de uma foto maior, com rosto, ou a foto foi toda ela dedicada ao rêgo e assim publicada? Não vejo que interesse possa ter a segunda hipótese, mas deve haver gostos para isso.

    ResponderEliminar
  14. Sem procurar quase que adivinho quem é a "poderosa" da foto da direita eheh.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é muito difícil, o cabelo e a prateleira traem-na...

      Eliminar
    2. Uma ajuda? Estou a apanhar bonés...

      Eliminar
    3. Quero ver o resto do corpo, please...lindos cabelos, boas mamas, já agora queria ver a parte debaixo, o rosto dispenso. Vá lá...

      Eliminar
    4. Onde já se viu? A objectificar o corpo feminino? Que vergonha...

      Eliminar
  15. Nota-se perfeitamente quem é. Ela há uns aninhos publicou uma foto do decote no próprio blog. Não estou a perceber a indignação de algumas pessoas por aqui :D ela orgulha-se das mamonas :) e nao ha mal nenhum nisso xD

    ResponderEliminar
  16. Pipocante Irrelevante Delirante10 de agosto de 2016 às 14:42

    É como dizem, dar uma no rabo e outra na fechadura.

    ResponderEliminar
  17. Portanto, a rapariga (seja ela quem for, que não sei nem me interessa) postou uma foto do SEU decote no SEU facebook... Qual é mesmo o problema, que eu não estou a ver?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nenhum. Desde que saiba que tudo o que é colocado publicamente na internet pode ser visto, lido, retirado e usado por qualquer outra pessoa no mundo inteiro.

      Portanto, certamente também não há problema que a Picante tenha usado a foto para fazer a comparação.

      Isto faz lembrar aquelas pessoas que contam toda a sua vida no FB, mostram a sua casa a meio-mundo mas depois ficam muito ofendidos quando alguém sabe dessas coisas que mostram ao MUNDO.

      Eliminar
    2. Sim, suponho que a dona do decote sabe isso. E nao sei se ficou ou nao ofendida. Relativamente a utilizacao da foto para fazer a piada... Se me contar uma coisa sobre si e eu utilizar essa coisa para a achincalhar publicamente, pela sua logica, a responsabilidade sera exclusivamente sua, porque se pos a jeito... Verdade?

      De qualquer forma, nao foi esse o sentido do meu comentario. O que nao percebo e o que e que uma foto de um decote postada pela dona do mesmo tem de tao ridiculo ou condenavel. Pode explicar-me essa parte?...

      Eliminar
    3. E quando ficam ofendidos com criticas? Colocam tudo na net, mas só esperam que as pessoas digam bem, já que qualquer opinião contrária é logo mal recebida. Devem ter tão pouca auto-estima que não conseguem digerir opiniões contrárias.

      Eliminar
    4. Se eu pegar numa foto sua, retirada do seu facebook sem sua autorização e a usar para os fins que bem entender, inclusive enxovalhá-la publicamente usando do meu anonimato, também achará que não há problema, mesmo que não diga o seu nome?

      E a utilização e publicação de fotografias de terceiros sem sua autorização poderá não ser exactamente legal (numa rede social pode escolher-se quem vê o que partilhamos, e se queremos que essa informação seja pública, coisa que não é possível num blog).

      Eliminar
    5. Já agora, a não ser que a foto tenha sido publicada de forma totalmente pública, ou seja, sem definições de privacidade e para que qualquer pessoa possa ver, a sua partilha por terceiros poderá não ser legal.

      Proteger os direitos de terceiros

      Respeitamos os direitos de terceiros e esperamos que o utilizador faça o mesmo.
      Não publicarás conteúdo nem cometerás qualquer ato no Facebook que constitua uma infração ou desrespeito dos direitos de terceiros ou da lei.
      Podemos eliminar qualquer conteúdo ou informação que publiques no Facebook se considerarmos que estes constituem um desrespeito desta Declaração ou das nossas políticas.
      Fornecemos-te as ferramentas para que nos ajudes a proteger os teus direitos de propriedade intelectual. Para saberes mais, visita a nossa página Como denunciar ações de desrespeito de propriedade intelectual.
      Se eliminarmos o teu conteúdo por infração dos direitos de autor de terceiros e considerares que foi um erro, damos-te a oportunidade de recorrer.
      Se infringires, repetidamente, os direitos de propriedade intelectual de terceiros, procederemos à desativação da conta do utilizador, quando apropriado.
      Não utilizarás os nossos direitos de autor ou Marcas comerciais nem quaisquer marcas semelhantes que possam gerar confusão, exceto conforme permitido pelas nossas Normas de utilização de marcas ou mediante a nossa autorização prévia por escrito.
      Se recolheres informação de utilizadores, deverás: obter o seu consentimento, esclarecer que és tu (e não o Facebook) que está a recolher a informação e publicar uma política de privacidade a explicar que informações recolhes e de que forma irás utilizá-las.
      Não publicarás documentos de identificação nem informação financeira confidencial de ninguém no Facebook.
      Não identificarás utilizadores nem enviarás convites por e-mail a não utilizadores sem o respetivo consentimento. O Facebook disponibiliza ferramentas de denúncia social para permitir que os utilizadores façam comentários sobre identificações.

      https://www.facebook.com/legal/terms/update

      Eliminar
    6. A fotografia foi publicada numa rede pública, ao alcance de qualquer um. Não estão a achar que eu ia a um FB privado e pumbas, cá vai disto, pois não?

      Mais, eu não identifico ninguém, isto não passa de uma fotografia de um decote meio obsceno, pelo que é complicado sustentar o ponto de eu estar publicamente a achincalhar alguém. Mas alguém, quem?

      Isto foi publicado livremente por uma pessoa, numa rede sem qualquer definição de privacidade. Daí que eu posso assumir que quem publicou isto (com cara e tudo, coisa que eu fiz o favor de cortar) não se importa que qualquer pessoa veja ou partilhe as suas mamocas.

      Eliminar
    7. Continua a ser reprovável, dado que é feito sem consentimento.

      Eliminar
    8. Mas afinal mandaram-lhe por mail ou foi buscá-la? Ainda por cima é mentirosa!

      Eliminar
    9. Se eu colocar uma foto minha explicita na internet (ou não explicita) eu tenho de contar que a mesma poderá ser utilizada para tudo e mais alguma coisa (e é por isso que jamais verão fotografias do meu filho semi-nu colocadas por mim, por exemplo, aliás eu até vou um pouco mais longe e simplesmente não coloco fotos dele).
      Em relação ao decote eu não disse que era condenável, é simplesmente alguém a tentar obter atenção de todas as formas possíveis e imaginárias (há muito disso na internet) e quem menos roupa tem vestida mais desesperada está por atenção. Isto é aliás um fenómeno mundial e é também internacionalmente chamado à atenção, nunca ouviu falar das "atention seeking...?".

      Quando está na internet é como quando se sai à rua. Para mim sensual não é o mesmo que sexual. Este tipo de atitudes poderá ser usual numa adolescente, numa mulher adulta para mim é o oposto total da elegância. Mas por mim até podem andar nuas que não me faz impressão nenhuma... simplesmente não se espantem por terem a imagem usada ou por serem olhadas (e admita-se que quem coloca imagens dessas na internet não quer passar despercebida).

      Em relação a "achincalhar" parece-me um melodrama típico de uma pessoa sem noção e com a mania da perseguição.
      Se eu lhe disser algo sobre mim tenho de saber medir o que digo pois nunca saberei qual é a sua reacção ou o que fará com a informação partilhada. É por isso que não contamos a nossa vida a desconhecidos, é por isso que não partilhamos pormenores íntimos com pessoas que conhecemos recentemente e, na mesma lógica, eu pelo menos não exponho nada de mim que não queira que possa ser abusado contra a minha vontade. Se é algo íntimo eu partilho com pessoas íntimas, se é algo que não me importa partilho com "todas" as pessoas. E se alguém procurar usar essa informação contra mim será para o lado que eu irei dormir melhor.

      SE houvesse motivo para considerar que estava a ser achincalhada há uma coisa chamada "justiça" ao qual todos os portugueses têem de responder em Portugal (uns mais que outros mas isso é outra história...), pelo que, em caso de se sentirem visadas podem a) pedir para retirar e b) colocar um processo à Picante.

      Mas até gostava de perceber em que moldes a pessoa poderia considerar isto uma ofensa: "ela tirou uma foto que eu publiquei, fez uma colagem com a imagem da Kim ao meu lado"?! A sério?

      (A pessoa nem sequer está identificada na foto. Eu, por exemplo, não faço mesmo a ideia de quem seja)

      Eliminar
    10. Imbecil das 18.39h
      Enviaram por mail. E disseram-me onde estava. No instagram, se quer saber.
      Mentirosa é a pata que a pôs.

      Eliminar
    11. É mentirosa, sim. Afinal não foi a picante que obteve a foto, num site público. Ou esse insta está acessível a qualquer um? Não está, pois não?

      Eliminar
    12. Picante, no instagram não é possível fazer copy / save / download das fotos, são regras da rede social. Quanto muito, se foi enviada por email, alguém deve ter feito um print screen e isso sim já entra em ilegalidade. O Instagram não tem as mesmas regras do FB.

      E mesmo não identificando ninguém, não deixa de ser reprovável. Eu, por exemplo, sei perfeitamente quem é. Esta foi mesmo baixa.

      Eliminar
    13. E você foi a correr desenterrar a foto porque lhe mandaram um mail a "denunciar" um decote? Não sei se alguém já lhe disse, mas deviam dizer, esta sua obsessão é um bocadinho doentia. E a pessoa do mail, a existir, precisa de ajuda urgentemente. E ambas de arranjarem uma vida. A sério.

      Eliminar
    14. É claro que está acessível a qualquer um, asno. Não lhe ensinaram a ler?

      Eliminar
    15. Fazer print screen é ilegal? Mostre-me lá a lei que diz isso.
      (sabem tanto, vocês... fico sempre surpreendida com o muito que sabem...)

      Eliminar
    16. Fazer print screen entra na ilegalidade? Ora fale-nos lá do artigo legal onde isso se encaixa e em que moldes.

      Eliminar
    17. Anónima 01:17, sou a do comentário inicial. Vou tentar responder-lhe utilizando o exemplo que deu: A anónima não coloca fotos dos seus filhos na net. Acho que faz muito bem, também sou mãe e também não o faço. Mas há pais e mães que fazem. Se alguém pega nessas fotos e as usa sabe-se lá para quê, suponho que não vai dizer que é ok, porque a foto já estava lá... Pois não?

      Sei que este exemplo e a situação em causa têm dimensões completamente diferentes. Mas o que quero dizer é: quem mostra algo é responsável pelo que mostra, quem utiliza esse algo é responsável pela utilização que faz. Cada um responde por si. É só isso.

      Eliminar
    18. Se calhar não me fiz explicar bem: não é o print screen que será ilegal, mas penso que usar uma imagem que a mesma rede social não permite fazer copy / save / download pode ser passível de ilegalidade sim.

      Eliminar
    19. eu acho que nem sequer interessa muito se é ou não ilegal, é simplesmente moral e eticamente reprovável a utilização, manipulação e publicação de fotos de outras pessoas sem o seu consentimento.

      Eliminar
    20. Anónima 16.08h em termos legais, uma foto que seja partilhada ao público e sem reserva de direitos de autor pode ser usada para tudo: desde campanhas de publicidade até aos actos perversos de um pedófilo. E as pessoas têm que perceber que a internet não é o album lá de casa, é uma base internacional para qualquer pessoa comum e qualquer pessoa menos comum facilmente acede a todo o tipo de bases de dados online - incluindo as famosas "clouds" que se publicitam como "inacessíveis" - isto é a maior mentira de sempre.

      E em relação às fotos postadas pelos pais os primeiros culpados são os pais. Não ouviria de minha parte a dizer que a pessoa X era culpada porque pegou na fotografia de um bebé nu ou uma criança nua (ou quase como muitas rosinhas gostam de fazer) para fazer sabe-se lá o quê. Os mais condenáveis a meu ver são os pais e nesse assunto é melhor não ir buscar as fotografias de crianças pois o asco que eu tenho aos pais que publicam fotografias de crianças em trajes menores é enorme.

      Em relação à utilização é como tudo o resto na vida: se eu colocar um video meu na internet onde estou por exemplo numa cena íntima não posso vir armada em virgem ofendida se o mesmo me for roubado e acabar num site pornográfico. Tudo o que é colocado na internet deixa de ser nosso. Ponto.
      Não invalida que eu ache mal que se espalhe determinado conteúdo ou não (até porque por mim os abusadores sexuais eram todos condenados à pena perpétua independentemente do tipo de abuso que cometessem).

      No entanto se a pessoa é adulta, não é inimputável portanto não é só o que "mostra" pois na internet não se "mostra" nada. Na internet coloca-se uma coisa que não é possível que seja novamente retirada. Há sempre um rasto e há sempre uma forma de alguém se aproveitar daquilo.
      Não é como uma miúda adolescente que decide mostrar os seios ao namorado actual e depois se arrepende e não lhe trás mais consequências nenhumas. É mais o tipo de situação de mostrar os seios perante uma plateia de um milhão de pessoas (e o resto) e esperar que nenhuma pessoa veja, que nenhuma tenha uma máquina fotográfica, telemóvel à mão, esperar que não esteja no meio da plateia nenhum familiar próximo, amigo, professor, possível empregador, pais, etc. E no final esperar que o tal acto não tenha consequências nenhumas.

      Ps: Eu conheço treinadores de equipas de futebol de menores, treinadores adultos, maiores de idade, casados, com vida estável que se recusam a tirar fotografias com 1 copo de álcool na mão mesmo não estando embriagados porque sabem que isso pode ter consequências, sabem que têm de dar o exemplo, sabem que os filhos podem ver, sabem que pode ser distorcido, etc, etc, etc. Ou seja, há pessoas adultas que têm maturidade para compreender que os actos têm consequências e há adultos que acham que depois de terem uma atitude podem/devem armar-se em vítimas e esperar que nunca nada traga consequências.
      E eu não estou a dizer que a pessoa em questão não pode beber sequer 1 copo num jantar com a familia ou que essa pessoa não pode mostrar o decote...a questão é depois não se queixem se/quando as fotografias saem do controlo. Depois de estar na internet ninguém mais tem o controlo sobre nada que lá tenha colocado.

      Eliminar
    21. Anónimo das "ilegalidades" explique lá a este leigo o que entende por ilegalidade, se faz favor.

      É uma ilegalidade no sentido mais lato da palavra, uma não conformidade com a lei, ou é uma coisa mais concreta, crime, contraordenação? Há sanções aplicáveis? Que tipo de responsabilidade está em causa? Pode ser ilegal, então não o é necessariamente?

      As pessoas deviam ser menos egoístas quando comentam, deviam ser generosas e partilhar os conhecimentos que têm com os outros sob pena de parecer que falam de cor e que na verdade não percebem nada do que estão a dizer. É verdade, parece mesmo que estão só a falar para se ouvir, mas na verdade percebem muito pouco de leis e legalidade.

      Ou é como o ditado "de médico e de louco todos temos um pouco", mas adaptado ao direito, "de jurista e louco todos temos um pouco", ora é?

      Eliminar
  18. ca nojo!
    Lá está, são sinais dos tempos que vivemos... as pessoas estão tão cheias de si mesmas! É o egocentrismo elevado ao expoente máximo,, o gosto exacerbado pela imagem refletida no espelho (ou na selfie)

    ResponderEliminar
  19. Ca nojo!
    São SÓ mais duas selfies de gente tão cheia de si mesma, tão apaixonada pela imagem que vê refletida no espelho (ou numa foto) que não tem noção de decência e do ridículo em que podem cair.
    Uma é tão estúpida como o tamanho do rabo imenso que tem, a outra, bem... a outra tenho que lhe tirar o chapéu!!
    Ela convenceu-se mesmo que é espectacular a todos os níveis (físicos, intelectuais, morais, ...) e que todos os outros são estúpidos. Tem um amor próprio exacerbado! É precisamente aí que cai no ridículo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São duas selfies? A da esquerda é uma selfie? Tá bem pronto.

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante11 de agosto de 2016 às 12:24

      Duas selfies?
      Olhe que não, olhe que não

      Eliminar
    3. ainda há quem não saiba o que é uma selfie...

      Eliminar
    4. esta senhora tem graves problemas se acha realmente que as fotos são comparáveis e que são selfies.

      Eliminar
    5. Nojo???? Que me... de gente é esta a quem um decote causa nojo? Se calhar também acham um nojo amamentar em público. Toda a vida convivi com mulheres de peito generoso, mesmo agora estou a reparar nas mamocas da Bernadette da série The Big Bang Theory a espreitarem pelo decote, e nunca me causaram esse tipo de sentimento. Eu também meto nojo? Já nem vou dormir com tamanha dúvida existencial...

      Eliminar
    6. Ei pá, eu acho um nojo amamentar em público, detesto ver mamas!!! Mas vou fazer o quê, tenho que me aguentar!! Quando às vezes me salta assim uma mama farfalhuda para a vista, viro a cara, não vá levar com um jato de leite nos olhos!!!

      Eliminar
    7. Peito generoso? ahahahahahahahahah

      E sim, incomoda-me que as pessoas amamentem em público e não tenham o recato de se tapar, não sou obrigada a ver mamas alheias.

      Eliminar
    8. Essas podem, por Deus!
      Afinal estão a alimentar os filhos!!
      Onde está o seu coração, sua gorda insensível?

      Eliminar
    9. Estão a alimentar os filhos... Então quando for a um restaurante começo a mastigar à lavajona de boca aberta para todos verem, de certeza que todos vão adorar, afinal estou a alimentar-me!!!
      O pessoal gosta é de mostrar as mamas farfalhudas. Quero ver quando elas secarem e ficarem tipo uvas passas se as andam assim a bambolear!!!!

      Eliminar
    10. Esse pessoal também saca assim da mamalhufa em frente ao pai e ao avozinho? Só por curiosidade!

      Eliminar
    11. AHAHAHAHAHAHHA!
      Ai mê dês que está tudo maluco!

      Eliminar
  20. Para quem esteve anos sem mostrar a cara, está a ficar muito ousada. É a chamada "carne toda no assador".

    ResponderEliminar
  21. Continuo a leste... alguma alminha que dê uma luz sobre a personagem da segunda foto?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh eu também estou a leste :(

      Eliminar
    2. Eu não sei, mas desconfio... Quem tem assim uns mamalhões, que não tem problema nenhum em mostrá-los e dizer que os tem? Nada contra, também gostava de ter, as minhas são pequenas. :(
      Que é aloirada, como se pode ver pela foto... Vá, façam um esforço!

      Eliminar
  22. Realmente, onde é que já se viu?!? Que é lá isto de uma pessoa achar que pode mostrar o seu corpo da maneira que bem entender?... A uma senhora pede-se (exige-se!) decoro e recato. E quem não percebe isto está a mesmo a pedir para ser apontada e apedrejada em praça pública.

    Minhas senhoras: guardem lá as pedras (e as vossas maminhas, se assim o escolherem). Bora lá deixar cada um viver a sua vida como quiser... boa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa. E pela mesma ordem de ideias as pessoas também são livres de olhar, comentar e fazer piadas.
      Não me diga que é daquelas que diz que quando uma mulher se veste de nuazinha não é porque quer ser olhada, é porque está calor...

      Eliminar
    2. Estes falsos moralismos matam-me.

      Eliminar
    3. Nao, nao sou. Sou daquelas que acha que cada um se deve vestir como quer e como gosta. E que os olhares, comentarios e piadas dizem mais de quem os faz do que de quem os recebe.
      E a Picante nao me diga que e daquelas que acha que as mulheres deviam andar todas tapadinhas, para evitar situacoes desagradaveis...

      Eliminar
    4. A Picante não sei, mas eu quando me visto de nuazinha é porque me apetece e porque gosto das peças, tal como visto uma camisola de gola alta por gostar e não para parecer recatada. Eu sei que para isto para quem não gosta de moda e/ou é pudico é difícil de entender, mas um esforço não custa a ninguém.

      Eliminar
    5. Parece que as pessoas que têm mamas grandes têm de andar tapadinhas até ao pescoço se não quiserem ser apelidadas de obscenas, é assim que são as ratas de sacristia, ou as provedoras da moral e bons costumes da blogosfera, aquelas muito éticas e moralistas que têm blogs de enxovalhar outras pessoas.

      Eliminar
    6. Não, Nádia. Sou daquelas que acha que quando uma mulher usa uma saia pelo rabo não deverá ficar muito agastada por as pessoas lhe olharem para as pernas. E também sou daquelas que acha que a sociedade tem dress codes, que a nudez é uma coisa intima e que é puro exibicionismo andar a postar fotografias das nossas mamas na internet.
      Eu sei que isto dos dress codes não deve dizer muito a alguém que gostaria de andar na rua de cabelo cor-de-rosa, mas faça um esforço, não custa a ninguém.

      Eliminar
    7. (sabe que isto de largar comentários nos blogs alheios e ir a correr fazer um post no próprio blog, com o comentário que largou, é assim um bocado como "living on a edge", não sabe?...)

      Eliminar
    8. Eu sou daquelas que acha que um pessoa quando tem necessidade de andar semi-nua na rua ou mostrar-se semi-nua na internet é porque está desesperadinha por aparecer e por se fazer notar "custe o que custar". Eu cá acho que diz muito mais dessa pessoa e da sua necessidade de obter atenção.
      Afinal tirar fotos da forma como essa foi tirada é mesmo a fazer ângulo para apanhar os seios (o que é realmente muito revelador da pessoa que a tirou e da necessidade de ser vista).

      Portanto se a pessoa pode vestir o que quiser eu também posso comentar e achar dessa pessoa o que eu bem entender. Colocar fotografias na internet é partilhá-las com o mundo ou acha que quando as pessoas têm a identidade roubada pela internet é porque o quiseram?
      O problema de muita gente é achar que ao colocar as coisas na internet só podem ser bajuladas e se alguém não concordar com as mesmas armam-se em vítimas e vêem falar do "ciberbullying".

      Como Portugal ainda é um país livre eu ainda posso ser totalmente contra os niqab e hijab e considerar que os mesmos deveriam ser proibidos, da mesma forma que posso olhar para uma mulher que publique este tipo de fotos desta forma e achar que a dita está a demandar atenção.

      E ela pode apresentar-se como entender, da mesma forma que todos nós julgamos tudo o que vemos durante o dia. Umas coisas gostamos, outras não. Não me diga que nunca viu coisas no seu dia-a-dia que lhe agradaram e até fizeram sorrir e outras que só lhe apetece revirar os olhos pela estupidez?

      Eliminar
    9. Picante,o comentário acima é meu e eu não me chamo Nádia, não tenho nenhum blog, nem cabelo cor de rosa... Já agora, se o meu comentário apareceu noutro blog, gostava de saber qual é (mas compreendo que não queira deixar aqui o link). Já em relação aos dress codes, tem razão. Sei que existem, conheço-os, sigo-os quando me fazem sentido, mas não os acho um valor assim tão absoluto...

      Eliminar
    10. Estou a referir-me ao comentário das 14.14h. É esse que é da Nadia.

      Eliminar
    11. Eu não sou "a favor" nem "contra" as pessoas - neste caso aqui, as mulheres - que se vestem com vestidos/saias/calções curtos, grandes decotes, etc. Mas também não faço comentários sobre isso, nem as acuso de serem isto ou aquilo, ou de "estarem a pedi-las". Porque não estão. Porque, em 99% dos casos, ou são adolescentes/miudas novas que não têm ainda noção de estilo/adequação de vestuário e acham que ficam na moda/bem com esse tipo de peças, porque veem as suas estrelas favoritas a usarem-nas, ou porque são mulheres com problemas de identidade/auto-estima e acham que assim vão receber elogios/atenção e acham que é a melhor forma de se promoverem e de destacarem os únicos atributos que acham que têm. E isso é triste. A primeira situação pode ser uma fase apenas, ou pode dar à segunda. Em qualquer dos casos, não é uma situação com que me apeteça gozar. Normalmente até me faz ter pena da visada. Não sei qual é a piada de gozar com estas situações, quando a "provocação" das referidas pessoas foi porem umas fotos assim na net, ou saírem à rua assim com as amigas. Se nos incomodassem directamente, ou gozassem com a nossa forma de vestir, aí sim haveria uma provocação qualquer. Agora, se sou uma mera espectadora da situação, consigo percebê-la pelos motivos acima e não a ridicularizar.

      Dito isto, também acho completamente desadequados e sem noção os homens que, nestes dias de calor, andam pelo centro da cidade em tronco nu. E aí não é pelos motivos acima, é por acharem que podem tudo e não terem noção que uma coisa é andar assim na praia... ou até nas ruas de uma cidade costeira... outra coisa é andar assim pela Avenida da Liberdade. Mas isso é verem um documentário no youtube chamado Bye Bye Barcelona e ver o que aconteceu a essa cidade pela invasão de turistas que sofreu (este e outros comportamentos que começam a ser comuns em Lisboa).

      Eliminar
    12. Mas a fotografia era só das mamas? Ou foi cortada assim? Ainda não percebi se só podemos tirar fotografias do pescoço para cima para não ofender ninguém, ou andar de burka se tivermos mamas grandes. Numa foto de corpo inteiro que sugerem? Pôr-se um rectângulo preto por cima não vá a brigada dos bons costumes achar obsceno e que é chamar a atenção?

      Parece que há uns países onde se faz muito isso nas fotografias de mulheres e dos seus corpos obscenos a praticar desporto quando transmitem os jogos olímpicos e assim.

      Eliminar
    13. Mas usar um decote é andar semi-nua? :-O

      Eliminar
    14. "estarem a pedi-las" acho que a sua vontade de distorcer palavras é imensa. Nunca ninguém me irá ouvir dizer que uma mulher as estava a pedir nem que estivesse nua no meio da rua nenhuma está a pedir ou deverá ser violada. Mas convenhamos que além de ilegal andar nu na rua, há coisas tão inapropriadas que...enfim.

      Eu acho um piadão pois quando se comenta algo deste género é uma ofensa tremenda. Quando as bloguers "cor-de-rosinha" decidem gozar literalmente com a forma de vestir de algumas mulheres e insinuar que são A ou B já não há problema nenhum...coerência?!

      Eu, de minha parte, o que faço quando encontro mulheres destas dá-me para revirar os olhos, acho-as mesmo desesperadinhas por atenção e patéticas. Obviamente que elas continuam a fazer a vida delas e eu a minha, quando a não ser uma provocação...é óbvio que é uma provocação...se calhar para outro tipo de audiência mas a foto não é inocente.
      Quando são adolescentes dá-se o desconto, afinal estão na idade da estupidez e é normal fazer este tipo de coisas.

      Ps: adoro a sua linha de raciocínio: "não a critiquem" "ela coloca o que quer e publica e ninguém tem nada a ver com isso" mas no final, o seu texto, termina com uma crítica aos homens de tronco nu. Uau!
      Então...mas...mas... aí já não diz para não criticarem? Não os protege?!

      Eliminar
    15. Já nem vou continuar a discussão, não vale a pena.
      Venho só aqui concluir apontando o óbvio: a fotografia não é passível de identificar ninguém.

      (e era um grande plano das mamas, não se tratava de uma fotografia de corpo, tratava-se propositadamente de um grande plano das mamas)

      Eliminar
    16. Oh Picante, acha que sou burrinha? Vá lá, pode não concordar com o que penso, mas achar que ao fazer um post quase palavra por palavra do comentário que lhe deixei aqui conseguiria passar despercebida... Comento em anónimo num blog de partilha de segredos (o Shiuuuu), por achar que é esse o espírito daquele projeto. Às vezes calha não alterar para o meu username quando vou a seguir comentar em outros blogs, e vice-versa.

      Eu compreendo que alguém ache que devem existir dress codes em certos ambientes. Não concordo, mas compreendo. Mas, da mesma forma, não deveria custar perceber que nem toda a gente pensa dessa forma e que, para essas pessoas, é ao seguirem certos "códigos" que se estão a vestir para os outros. Eu visto-me para mim quando visto aquilo que gosto (que num dia pode ser top e calções curtos e no outro um vestido comprido), mas visto-me para os outros quando, por alguma razão (normalmente, medo do assédio) abdico de vestir aquilo que quero. É isso que é chato, e enquanto mentalidades como a sua continuarem a ser reproduzidas, existirão pessoas a sentir-se condicionadas em coisas básicas, como escolher a roupa para o dia. Da mesma maneira que gosto mais de me ver com peças de roupa de determinadas cores do que outras, gosto mais de me ver de mini-saia do que de saia pelos joelhos, tal como gosto mais de me ver de saia comprida que pelos joelhos. Não sei onde entra, nesta equação, a vontade de me exibir.

      Eliminar
    17. Ai que inocente, a Nádia.

      Eliminar
    18. Nádia, cabelo cor-de-rosa não, por favor! Já está muito batido! Agora o que está a dar é o platinado!

      Eliminar
  23. Constatação do óbvio. A foto já foi retirada pois foi????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui ver. Efectivamente já não a consigo encontrar.

      Eliminar
    2. Daqui não...(eu queria mesmo saber quem era a alminha)

      Eliminar
    3. Não venho aqui condenar, ralhar ou atirar pedras. Queria apenas compreender o teu argumento e raciocínio. Eu nem sei quem é a pessoa em questão, apenas desconfio. Mas a pergunta é a seguinte: admitindo que após este post a pessoa apagou a imagem que tinha no Instagram (como disseste), o que é que isso te diz? Não te transmite nada? Isso não te traduz um sentimento? Consegues colocar-te do lado de lá ou nem pensas nisso e é-te indiferente? É uma pergunta, como te disse não para julgar nem ralhar, não saio em defesa de ninguém, queria apenas compreender essa parte.

      Eliminar
    4. Em primeiro lugar em não identifico ninguém e a fotografia, tal como está, também não é passível de o fazer. Essa questão poderia pôr-se caso estivesse aqui alguém identificado. Não passa de uma fotografia retirada de um site público e usada para fazer uma comparação.
      Em segundo lugar, e dado que a dona da fotografia já usou imagens de terceiros, onde os mesmos eram passíveis de ser identificados, e não viu mal nenhum nisso, só posso admitir que também não se importa que as suas próprias fotografias (partilhadas livremente numa rede pública, é importante não esquecer) também sejam usadas por terceiros.

      Eliminar
  24. O rabo da Kim não me parece natural, já as mamocas parecem-me bem boas. Ora pergunte lá ao seu marido;-) ou a qualquer outro homem. A qualquer um, mesmo aqueles que dizem que não. Palavra de gajo a sério!

    ResponderEliminar
  25. Ora bem, a não ser que os anónimos que garantem que a fotografia do decote foi usada sem consentimento sejam a proprietária da fotografia, o que dizem está no campo das suposições e, portanto, vale o que vale.
    Dá-se o caso de eu ter visto a fotografia no instagram onde foi publicado. E dá-se também o caso de tal fotografia ter sido acompanhada de comentários jocosos e gargalhadas variadas a propósito das dimensões generosas das mamas. Era, aliás, esse o propósito da fotografia, brincar com o tamanho das mamas.
    Portanto, quando aqui se compara a "prateleira" xxl com um rabo xxl não se está a ir mais longe do que foi a intenção da proprietária. Refira-se de passagem que não é a primeira vez que a dona da fotografia torna público, com bastante orgulho, fotografias e comentários sobre o tamanho dos seus "airbags". Refira-se também de passagem que não são inéditas publicações da proprietária da fotografia onde expõe de forma pouco abonatória (o que aqui é indiferente que seja abonatório ou não, expõe e isso é condição bastante) aspectos físicos de terceiros, basta lembrar os posts que dedicou aos sogros ou a um rapaz por quem em tempos teve uma paixoneta (post acompanhado da fotografia de perfil do facebook do rapaz e respectiva "análise").
    A verdade é que desde o início foi dito que a fotografia seria retirada a pedido da proprietária, pedido esse que ainda não foi feito, por um de dois motivos: ou a proprietária não sabe que a sua fotografia foi partilhada (nesse caso, o melhor que os anônimos têm a fazer é ir avisá-la para que possa exercer os seus direitos, em vez de virem para aqui dizer que não há consentimento e blablabla wiskas saquetas) ou simplesmente a proprietária não está minimamente incomodada coma presença da fotografia neste post.
    Como se dizia nos reality shows, agora pensem.

    ResponderEliminar
  26. O que eu acho impressionante é que a foto já tinha sido eliminada da rede social em questão antes de a Picante a postar aqui. Aliás, a foto esteve muito pouco tempo publicada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não sei. O que sei é que não fiz logo o post.

      Eliminar
  27. Vá lá anónima, se tirar as referências que levam a associações directas eu publico, agora assim...
    (mais que uma, ainda por cima)

    ResponderEliminar
  28. Não tem nada que ver mas, no blog da Fruta, há um post muito bonito que recorda aqueles dos conselhos sobre depilação e exfoliação.

    Inclui o bidé e o companheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai meu deus, que me-do!!!!
      Mas que falta de noção!
      E depois ainda fala do "povo".

      Eliminar
  29. E tu Picante, vais dizer que não gostas de ser olhada? Não compras um daqueles jeans que fazem parecer que tens um rabinho jeitoso?! Engana-me que eu gosto, hahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não preciso.
      (e prefiro não dar nas vistas pelas razões erradas, sempre fui mais de insinuar que de mostrar logo tudo, acho sempre que perde a graça...)

      Eliminar
    2. São jogos de cintura já em desuso.

      Eliminar
    3. Já percebi que sim, agora o que está a dar é tirar logo a cueca.

      Eliminar
  30. Juro que não entendo a sua necessidade em fazer juízos de valor.
    Ainda vão fazer um blogue a gozar com os seus falsos moralismos. Só não entendo como você consegue fazer estas coisas num sitio público. Normalmente faz-se esta apreciações quase em segredo. Um tom bem diferente...
    Você gosta mesmo disto.
    É triste, mas tal como a das mamas a mostra, você também precisa de atenção. Mais que ela pelos vistos.
    é mesmo para si o comentário.fique com ele

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faz mal. Eu também não entendo como alguém tem necessidade de fazer comentários de merda e ainda assim tive a bondade de publicar o seu.

      (como é que alguém consegue ser parvo o suficiente para condenar juízos de valor e, logo de seguida, fazer vários?...)

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.