terça-feira, 19 de julho de 2016

Ah! O Algarve que não se aguenta, sempre cheio de gente!

29 comentários:

  1. Nem os alemães gostam de ir para a praia na eminência de chover. Ah, essa gente estranha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chover? daqui a pouco está a dizer que também está frio, não?

      Eliminar
    2. Se lhe disser que ontem choveu no Algarve, fica chocada? E acredite, ninguém me contou.

      Eliminar
    3. Pois choveu. Mais ou menos à hora a que lhe respondi. Durante o dia não caiu um pingo e esteve um calor insuportável.

      Eliminar
    4. Têm estado dias bem abafados, não haja dúvida. Muito ao estilo "Marrocos de Cima" como uma querida blogger da nossa praça gosta de dizer.

      Eliminar
  2. Deve estar na "minha" praia, só pode,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta praia é minha, não a troco por nada, já nem os restaurantes finos das outras me tentam.

      Eliminar
  3. Ainda a semana passada me banhei nesse mar de gente...

    ResponderEliminar
  4. Já está a repetir os posts! Tem um igual do ano passado, por esta altura :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahah
      é sempre o que sinto cada vez que cá venho.
      (já não me lembrava)

      Eliminar
  5. Algarve? Cheio de gente? Nesta altura do ano? Nada habitual :P

    ResponderEliminar
  6. Bom blog, Portugal necessita de mais plataformas como esta para evoluir :) Beijinhos!!

    http://10metrosdouniverso.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olivia, há melhores maneiras de se fazer isso, Olívia...

      Eliminar
    2. Sim Olivia, deixar o mesmo comentário em todos os blogs da net não é muito inteligente!!!!!

      Eliminar
    3. A sério, Olivia, acha mesmo que é assim que se consegue ter muitas visitas?

      Eliminar
  7. https://pipocamaispicante.blogspot.pt/2015/07/ah-o-algarve-sempre-abarrotar-por-esta.html

    O que eu não percebo (juro) é como é que se aguenta ir todos os anos de férias para o mesmo sitio...quando o mundo é tão grande! Mas são gostos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para começar é só o 2º ano (neste sítio específico que ao Algarve vou todos os anos). Depois... eu adoro isto. Finalmente, não viajo no Verão, está demasiado calor e só quero praia.

      Eliminar
    2. Eu deixo as viagens para o estrangeiro para o inverno. No verão, com o clima fantástico e as praias maravilhosas que temos em Portugal (em específico no Algarve), há que aproveitar mesmo. :)

      Eliminar
    3. Eu também deixo as viagens para o estrangeiro para outras alturas do ano e estou sempre cá de junho a outubro, mas não vou sempre para a mesma praia, nem tiro férias nesta altura. Basta-me ao fim-de-semana os sítios que posso visitar a partir de Lisboa e as idas à praia aí. As férias são todas usadas para viajar no resto do ano.

      Eliminar
    4. Mas não tem filhos, ou tem? É que as crianças têm férias é no verão...

      Eliminar
    5. Quem tem filhos em idade escolar, e viaja com eles, tem mesmo que aproveitar as férias...e as nossas praias são maravilhosas, sim, mas há muito melhores e mundo é imenso. Como só tenho 22 dias de férias por ano, custa-me gastar metade no mesmo sitio de sempre, tenho sempre que mudar e não tem que ser forçosamente para o estrangeiro, pode ser por cá. No entanto isto não é uma crítica a ninguém, cada um faz o que gosta e o que quer com o seu tempo e dinheiro. Era apenas a minha opinião.

      Eliminar
  8. Então e levou algum modelito ros? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum, nao. Mas trouxe um malai. Serve?

      Eliminar
    2. É verdade picante, não chegou a mostrar-nos o que encomendou...ou a dar uma opinião....

      Eliminar
    3. Verdadeiro ou o dos chineses? :)

      Eliminar
    4. O do ebay ainda não vi, que. deve estar no correio. Este é verdadeiro, comprei-o antes de ter visto mil rosinhas a usá-lo, o ano passado. É aquele cheio de tiras nas costas.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.