sexta-feira, 20 de maio de 2016

Vocês não sei

Mas eu, cada vez que mini Picantes faziam uma coisa mesmo nojenta, do tipo brincar com a água da retrete, comer do caixote do lixo ou cheirar o rabo ao cão, primeiro ia a correr registar o momento para o blog, só depois é que os afastava e dizia que não, que aquilo não se fazia, que era uma grande porcaria e poderiam apanhar doenças. Afinal há que priorizar, não é verdade?

76 comentários:

  1. Estes comportamentos adolescentes causam-me bastante confusão.
    Mas como quem por lá anda tem memória de pulga, tudo está bem.

    ResponderEliminar
  2. Querida Mais Picante,
    Mini Entidades nunca fizeram coisas nojentas. Tentar enfiar o dedo no cu da galinha para ver se tem ovos é apenas um milestone no crescimento de qualquer génio. A assinalar no chart e, evidentemente, a festejar e partilhar.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
  3. Desde a pub em supermercados, a mostrar o filho todo partido, a mostrar a sogra em cadeira de rodas numa viagem oferecida, já nada do que vier dali me surpreende

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por falar em supermercados... E a outra que agora publicita (mas não admite) pães de forma a 16€?

      Eliminar
    2. Como? Quem, por Deus? Quem é que compra pão de forma a 16€? Aquilo é algum bolo?

      Eliminar
    3. Pão de forma a 16 euros?!! Foda... é quê banhado a ouro?! Bem faço eu que compro marca PD a 1 euro!

      Eliminar
    4. Pão de forma a 16€? é como diz a outra ''a menina quer, a menina quer muito!''
      Mas será possível que isso ainda não me tenha passado pelas vistinhas??

      Eliminar
    5. Sim, sim... a "senhora" da feira de usados de Cascais anda a publicitar um marca que vende snacks saudáveis. Marca essa que vende este pãozinho maravilhoso (ou não!)

      http://lev.pt/loja/pao-e-tostas/pao-forma/

      Eliminar
    6. Bem.
      Vamos lá ver a merda do respeito, han?
      "a outra"?????
      Pá, ó picante, desde que descobriste que sou mais magra do que tu, é o vale tudo, é?

      Eliminar
  4. É verdade, sim senhora. Há que priorizar.

    ResponderEliminar
  5. ... é logo ir correr separar os pombinhos, tropeçar na máquina fotográfica, entretanto, que fez o trabalho sozinha. Só más línguas (salvo seja)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, então está bem. Se é um tropeção, é um tropeção.

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante20 de maio de 2016 às 13:48

    Sim.
    Primeiro registar, depois intervir.
    Como nos incêndios.

    ResponderEliminar
  7. é o chamado post de caca

    ResponderEliminar
  8. É para rumar a norte? Ando perdida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é para ir parar à merda!! (Peço desculpa,não queria ser mal-educada, mas tinha que fazer a piada!)
      Portanto, pode usar outra expressão em vez de merda, caso não tenha percebido!

      Eliminar
    2. Falta uma vírgula a seguir ao não! :D

      Eliminar
    3. Anónimo das 17.18h na realidade creio que o anterior estava mesmo certo.

      Até porque pode mandar-me à vontade se quiser mas eu não vou, se quiser muito o anónimo das 16.22h pode ir para lá sozinho. Suponho que seja habitual andar pela m*** tendo em conta o tipo de "piada" seguida da explicação mal amanhada que não queria ser mal-educada...até podia não querer ser mas é.

      Eliminar
    4. Santa paciência, mas é preciso explicar tudo? O anónimo não a mandou ir à merda mas sim espreitar o blog da cócó.....

      Eliminar
    5. Ei, não dá. Anónimo 21:18,eu explico: Quando o meu vício em blogs era ainda pequenino só lia aí uns quatro. A eles fui ter, por googlar assuntos porreiros, e porreiros saíram os blogues onde atracava. Quando a Pipoca doce me enjoou, não sei o que googlei,que descobri aqui a Picante. E descobri um mundo. Sem a anfitriã dizer o nome das "rosinhas" - tá a ver, pode alguém mandá-lo(a) às rosinhas - com os comentários solidários dos visitantes fui descobrindo mundos a norte, fraldas sujas, maçãs a estrear, bolo do caco, o da Marta Rebelo Pinto, oops, resvalou! Entre muitos outros projetos de valor.Enfim, temos acesso a tudo na ponta dos dedos (teclado, estou a mandá-la ao computas), tem é que, pronto, deixe lá ver como dizer... eh,...Já sei, tem é que pensar um bocadinho.

      Eliminar
    6. Acho que naquele dia estava mesmo a precisar que me fizessem um desenho!! Desculpe anónimo, a tentar ser simpático e eu a aparvalhar... há dias assim.

      Eliminar
  9. Ora bem! eu gosto do blog dela, mas não gosto de animais, por isso imagine-se o drama que ia ser eu a assistir a uma cena nojenta dessas, com meu filho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro animais. Tenho-os em casa. Trato-os como reis e não, não dormem na minha cama. Ele há coisas que não, obrigadinha.

      Eliminar
    2. Eu também gosto de animais. Mas lá por isso não deixo de os ver a cheirar bostas no meio da rua.

      Eliminar
    3. E deixas os teus animais chafurdarem com o cujos teus lençóis polares, Picantex?

      Eliminar
    4. Picante, os meus são gatos, estão sempre em casa. Ainda assim há coisas que não obrigada. Eu bem os vejo a lavarem as partes e a cheirarem os rabos uns dos outros...

      Eliminar
  10. Pior pior é quem ache que é tudo perfeitamente normal e nada nojento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que reforça as defesas.
      Essa matou-me.

      Eliminar
    2. Óbvio. Quem quer reforçar o sistema imunitário nem precisa de medicamentos, basta dar um linguadão num cão. Até há quem os deixe comer à mesa. Um cão que lambe os próprios tintins e rabo, mas pronto devo ser eu que sou nojentinha...

      Eliminar
  11. Já percebi...depois li melhor aquilo do filho partido e percebi quem seria...sim realmente tanto nojo e depois deixa-os estar ali? ´ta bem...

    ResponderEliminar
  12. Sim,fiquei a pensar: então mas ela não diz que voa para os separar? Mas afinal tirou uma foto? Mas... mas... Parece aqueles vídeos quando as crianças vão cair,primeiro filmo,depois então vou lá ver se o crianço se aleijou...

    ResponderEliminar
  13. E se eles se atirarem da janela, filmam para vender à CMTV??!

    ResponderEliminar
  14. Eu, que sou nitidamente pessoa ruim, li a frase "é ver-me em voo a separar os pombinhos", vi a imagem a acompanhar, e estava a ter grandes dificuldades em conciliar as duas coisas. Mas depois pensei (claramente não sou muito esperta, ou isto ter-me-ia ocorrido imediatamente) que talvez seja uma sala muuuuuito comprida e que ainda tenha dado tempo para tirar uma foto bem rápida antes da aterragem=)

    ResponderEliminar
  15. Que santidade que vai por aqui. Não sei como é que o mundo está como está, com tanto génio irrepreensível que por aqui anda.

    ResponderEliminar
  16. E as tipas do DIAP na dança do varão em pleno campus da justiça?! Põe gente doente da cabeça em cargos destes, depois o país está como está!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *põem (faltou o m!)

      Eliminar
    2. As que aparecem no vídeo não têm propriamente um cargo importante, são funcionárias judiciais (oficiais de justiça, secretaria, etc), não são juízas, advogadas ou procuradoras. Ainda assim, é condenável que o tenham feito, claro.

      Eliminar
    3. Os pah, até já cá faltava. Imagino, portanto, que nunca beberam café a meio do dia, nem conversaram com um colega e nunca, jamais, foram ao Fb ou ler uns blogues engraçados.
      é um não assunto, que só pessoas mal intencionadas decidiram transformar em noticia.
      Só mesmo uma pessoa que não conheça minimamente a realidade do DIAP é que pode achar que aquilo foi filmado no horário de abertura ao público. As pessoas podem e devem divertir-se no seu local de trabalho, especialmente porque não sendo o meu conceito de brincadeira, não prejudica ninguém.
      Mas não, temos de ser todos umas divas ofendidas, sempre sérios e altivos. Depois queixam-se que a justiça é uma redoma... Ah e é claro por causa de coisas deste género que os processos não andam... sinceramente.

      Eliminar
  17. clap clap clap!

    é mesmo isso! :D

    venha daí mais picante para animar os meus dias!

    ResponderEliminar
  18. E a descrição, metendo a palavra "linguado" pelo meio? Um must. Vê-se mesmo que anda aos papéis a inventar assunto para postar, depois lá se lembra de algo que divida opiniões e dê visitas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdão, "linguadão", que linguado era pouco! É para criar resistência à bicharada no intestino. Nunca um nome de blog se adequou tão bem.

      Eliminar
  19. Do tipo o filho cair, atravessar um vidro e a mãe ir a correr postar 8 fotografias em HD no blogue, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse foi o primeiro post que li ... claro que nunca mais consegui olhar para ali sem achar que a senhora tem um problema qualquer!

      Eliminar
  20. Não sou fã da senhora, mas pode ter sido outra pessoa a tirar a foto, quase de certeza que os rapazes têm telemóveis. Eu fiquei mesmo horripilada primeiro com a nojice que aquilo é, e segundo com os comentários que diziam que aquilo até reforça o sistema imunitário!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poder, pode.
      (mas seria um aborrecimento, estragava-me um post tão bonito...)

      Eliminar
  21. É um cão. O cão dela, não é propriamente a mesma coisa que beber agua da sanita.
    Tanta gente puritana e cheia de higiene que por aqui anda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é que ela diz que fica cheia de nojo e que via a separar as criaturas mas ali não se vê nenhum voo encarpado, só se vê que ficou parada a tirar fotografias. O que está a dar é vender a família toda a qualquer preço.

      Eliminar
    2. Defina puritana.
      (já vi que a anônima deve ser do género de dormir com os cães e deixá-los trepar para cima dos sofás)

      Eliminar
    3. Pode até ser pior.

      Eliminar
    4. Dormir com cães e gatos...

      Eliminar
  22. Oh picante tinha percebido ha tempos q aqui n se podia falar mal da CNF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, é aquela coisa que a Picante disse ali em baixo no post sobre os colégios privados: uma no cravo, outra...
      A Picante é mesmo assim: só se pode falar mal quando ela quer, dos temas que ela quer.

      Eliminar
    2. É normal que assim seja...o espaço é da Picante!
      Quem não gostar tem sempre uma excelente opção...

      Carla

      Eliminar
    3. Depende.
      É a propósito do post? Pode.
      É chamar nomes só porque sim, a despropósito? Não pode.

      Lamento, mas eu é que decido...

      Eliminar
  23. Gosto de pormenores como ela contar sempre exaustivamente cada passinho que dá naquela santa vida, mas depois fazer um post no blogue e vários no FB e Insta só para mostrar as fotos/exibir a família em dia que estão todos catitas, mas sobre o motivo dessas fotos nem um pio. Como se trata de algo que ela passa os dias a criticar (batizados), caladinha que nem um rato. Mas não resiste a exibir as fotos de tão perfeita produção fotográfica...

    ResponderEliminar
  24. ... então, e não "desencardia" as pernas dos filhos antes de lhes vestir umas roupas bonitinhas para tirar umas fotos? Há quem publique fotos dos (as) filhos (as) com as pernas todas encardidas!

    ResponderEliminar
  25. Neste caso opto por remar contra a maré. Não consigo sentir nojo de algo que, para mim, sempre foi absolutamente normal. Os animais dão afecto com lambidelas. Por mais que entenda que as outras pessoas achem nojento - entendo -, eu não acho. Apesar de muito se ler em contrário, também existem estudos que referem que as lambidelas caninas até nos podem fazer bem.

    Neste caso, é mesmo uma questão de "cada um sabe de si e Deus sabe de todos". Também pode haver quem ache que se uma chupeta cai ao chão é preciso desinfectar antes de a devolver ao bebé... e há quem defenda que os bebés não são feitos de cristal e que algumas bactérias até os tornam mais fortes. Opiniões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois. Como criticar ou achar nojento quando se dorme com um cão e 4 gatos?

      Eliminar
    2. Sim, S, tem toda a razão. É tão normal dar linguados a um cão, como fazer sexo com ele, por exemplo. Tudo coisas perfeitamente normais e nada nojentas.
      E sim, qualquer pediatra concordará consigo, em se tratando de bebés nem há necessidade de esterilizar nada, basta passar a chucha pela boca do cão. Haveriam era de substituir os esterilizadores por cães, isso é que era.

      Eliminar
    3. Eish.
      Picante, isso não foi nada "senhora" da tua parte.
      Agora vais ter direito a um post cheio de indirectas que vai rebentar contigo e é bem feita, sua gorda.

      Eliminar
    4. Picante, foi dura mas não diria melhor

      Eliminar
    5. Filipa Brás, acho inacreditável passares os dias a chamares nomes às pessoas. É isso e atropelamentos de ciclistas. Inacreditável.

      Eliminar
    6. Sim?
      Então e agora, quê?
      Vais-me dar tau-tau?
      Vais chamar-me magra?
      Vais-me mandar dar linguados ao bulldog?

      Eliminar
    7. Chamar-te magra, porque? Eu não sou aldrabona...

      Eliminar
    8. Mas devias comprar uns óculos, está à vista no meu blog, baleia obesa.

      Eliminar
    9. Ficas sem argumentos e desatas a chamar nomes, não é? Típico...
      (pensas que não sei que fotografaste a Isabel Barbosa?)

      Eliminar
    10. Isso, de negar a realidade e de não a querer encarar, tem um nome.

      Há por aqui alguma psicóloga?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.