segunda-feira, 14 de março de 2016

São opiniões, Senhores, são opiniões!

Também não é publicidade, pois não?

info@erc.pt

É o mail da entidade reguladora para a comunicação social, caso se tenham esquecido...

103 comentários:

  1. Pipocante Irrelevante Delirante14 de março de 2016 às 16:24

    Foi um grupo de amigos que se reunir para tomar o pequeno almoço... que mais???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fartinha destas tipas armadas em mais espertas que os outros.

      Eliminar
    2. http://mini-saia.blogs.sapo.pt/pequeno-almoco-com-m-2181348#comentarios

      Eliminar
    3. http://mariaguedes.sapo.pt/fim-de-semana-590467
      Publicidade?!

      Eliminar
    4. Só falta apregoar que aquela comida é mesmo boa e de excelente qualidade! Tanta dieta, mixórdias detox, bagas e alpista disto e daquilo para manter a boa forma e depois pimba: toma lá um pãozinho de sementes que tem mais de trinta "E330/340/540" e mais não sei quê na sua composição. Mas sim, como disse a PID, foi tomar o pequeno almoço com os amigos. Não há pachorra para isto...

      Eliminar
    5. Nesses dois blogs está assinalado. Um tem a etiqueta de publicidade (pequenina e tal mas tem) o outro apenas diz a festa da Chicco, não tenta vender nada, não me parece que haja qualquer obrigação de dizer se a presença foi paga ou não.

      Eliminar
    6. Etiquetas: "boas ideias brunch novidades pub restaurantes"
      "pub" não significa nada em português. A palavra não existe e está ali colocada para ver se escapa à coisa.

      Ok é um pouco maior que aquela que apareceu no blog da S* mas ainda assim é tentar tapar os olhos dos leitores com a peneira. Não gosto, não me agrada. E quem publicita o mcDonalds como saudável não me merece respeito nenhum.

      Sim, sim, eu também lá vou de vez em quando mas quando o faço sei que o que estou a meter para dentro do meu organismo é o equivalente a muita porcaria, quimicos que são tudo menos saudáveis.

      Eliminar
    7. Eu também não gosto e acho uma falta de respeito para com os leitores.
      Mas ainda assim é melhor que nada, apesar de me parecer que nem cumpre os mínimos legais.

      Eliminar
    8. Anónima da Lice:
      ahahahahahahahahahahah
      ahahahahahahahahahahah
      Até me engasguei, caramba!

      Eliminar
  2. Claro que não! Ainda de quem é...que não faz publicidade nenhuma, que todos os textos são tão espontâneos...

    Picante, picante, deixe de ver coisas que existem em todo o lado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eXpontâneos e tremendamente bem escritos. A sério que me faz confusão.

      Eliminar
    2. http://idicionario.com/escrever/espontaneo
      http://gramaticaequestoesvernaculas.blogspot.pt/2013/07/espontaneo-ou-expontaneo.html

      Entretanto, ali no comentário da NM, não corrigiu nada. À amiguinha não ficava bem, não é?

      Eliminar
    3. Se reparar eu pus lá um X maiúsculo por alguma razão. Eu sei bem escrever espontâneo, até me custa acreditar que não tivesse percebido a boca que ali está.

      E quer que corrija, o quê, exactamente?
      Sabe? Eu não tenho por hábito andar armada em polícia a assinalar os erros ortográficos de terceiros, como alguns comentadores. Se quer saber acho uma tremenda falta de educação.

      Eliminar
    4. Ahahahahahahahah É... A mim não me corrigiste tu o "espontâneo"... :DDDDD uns são filhos outros enteados, está visto...

      Eliminar
    5. Caramba. A sério que esta gente eSiste? Ca burra, carai.

      (deixa lá a ver se a iluminada me corriGe agora...)

      Eliminar
  3. "Adoro quando descobrimos um sítio cheio de oisas boas e que nos fazem felizes só de provar. O MacDonalds é um desses novos sitios..."
    "Nobody said it was easy", como dizia o outro. Nem toda a gente pode ter um trabalho de sonho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que estás a ser injusta, Mi. Ela só agora é que descobriu o McD. Uma sorte não ter pequenas estrelas da bloga a massacrar-lhe o juízo que não vão lá há muito tempo. Agora é que vão ser elas. Um pequeno almoço tão bom e saudável...

      Eliminar
    2. O trabalho da senhora é fazer estas descobertas entusiasmadas/entusiasmastes.
      No meu trabalho tenho dias em também tenho de dizer coisas que não lembram a ninguém. :)))))

      Eliminar
    3. E vocês ganham alguma coisinha por tecerem comentários tão maldosos? É que escrever essas merdas deve atrair más energias e isso custa saúde, e depois como é que que a pagam?
      Ah já sei, descarregam as frustrações pessoais aqui. Está certo, pena não assumirem isso. Ora, as outras também não assumem a publicidade encapotada, né?! Todas iguais e todas diferentes, é o lema das blogueiras cá do burgo. Faz lembrar a minha parvoeira, onde o pessoal corta na casaca dos demais, olvidando os telhados de vidro. Ai ai...que tristeza.

      Eliminar
    4. Foi libertador, esse seu comentário? Sente-se melhorzinha dos fígados?
      Óptimo...

      Eliminar
    5. Conte-nos tudo, anónimo/a como funciona isso de descarregar frustrações aqui e não assumir, parece-me tão por dentro do assunto.
      Vamos ver se nos entendemos. Existem várias profissões, todas elas diferentes. Por exemplo, professor, padeiro, pedreiro, médico, canalizador, piloto, juiz, cantor,barbeiro, advogado, jornalista, psicólogo, alfaiate, agricultor, motorista... Cada profissão tem as suas características e atribuições. Em todas as profissões há aspectos positivos e negativos, tarefas que fazemos com alegria e outras que fazemos mais por obrigação. E em todas as profissões há quem as exerça com diferentes graus de brio e empenho. A senhora em causa, entre outras coisas, faz publicidade a menus de pequeno almoço de uma cadeia de fast food como se fosse a quintessência dos pequenos almoços. Eu própria, no meu trabalho, tenho de fazer ou dizer coisas que,enfim, são ossos do ofício... Não é fácil, mas alguém tem de o fazer.
      Às vezes não era mau de todo pensar um pouquinho antes de chamar frustradas às outras pessoas. Sabe que mais? Na sequência do que disse, vou assumir que na "profissão" de comentador anónimo, chamemos-lhe assim, há alturas em que se fazem comentários pertinentes e outros como o seu. Lá está, alguém tem de os fazer, ossos do ofício, couberam-lhe a si.

      Eliminar
    6. Ó Mirone, isso de escrever anonimamente, escondida atrás de um nick em que se assume mera mirone desta bloga (quiçá desta vida), convenhamos que não lhe dá grande estatuto para atribuir a alguém a profissão de "comentador anónimo"...
      E depois, às 07:26 da matina a defender-se desses supostos anónimos que exercem essa odiada profissão...? Bolas, meu rico soninho...

      Eliminar
    7. Ora aí está ele, o terno dilema nick vs anónimo. Se é assim igual, 'borá lá registar-se para depois conversarmos. Caramba, leva um minutinho e não paga nada. Quem tem um minutinho para comentar, sabemos que tem mais, também tem um minuto para criar um nick.
      Mas diga-me, anónimo, que estou sedenta de ensinamentos, há uma hora certa para comentar blogs? O devo fazer? Apagá-lo e voltar a submetê-lo em hora que o anónimo considere adequada? Que mais devo fazer? Submeter os meus comentários a pré-aprovacao do anónimo, pedir-lhe autorização para comentar? Elucide-me, que mais regras existem? Bem diz a minha filha que sou uma rebelde. Onde é que já se viu, comentar entre o banho e o pequeno almoço, antes de sair para trabalhar?! Pior, comentar durante o dia, para desanuviar do trabalho?! Onde já se viu, fazer pausas?! Pior, onde já se viu uma pessoa gerir livremente o seu tempo?!
      Um soninho descansado...

      Eliminar
    8. Viu que usei aspas quando falei em profissão, pois viu? E têm noção de que em tempo algum usei a palavra odiosa, certo?

      Eliminar
    9. Mirone, eu não disse que era melhor, pior ou igual. Não hierarquizei, note. Disse apenas que quem comenta com simples nick não tem moral para falar de quem opta por comentar em anónimo.

      Eliminar
    10. E quem comenta com nick não tem moral porquê? E os comentadores anônimos, por seu turno, têm-na? Se têm, quer dizer que ela advém do anonimato? Se não a têm, então o que lhe permite, anónimo, julgar quem comenta com nick? Encerra-se logo aqui a questão, não lhe parece?
      Acredito que a moral nada tenha a ver com o facto de se comentar com nick ou anonimamente. Dizer, perante um comentário em que digo que faz parte do trabalho da blogger publicitar determinado produto/serviço - tarefa ingrata, por vezes, adiante, dizer que comento para descarregar frustrações (parto do princípio que tenho estado sempre a falar coma mesma pessoa, se estou enganada peço desculpa, por não terem nick nem assinarem não distingo anônimos) ou dar palpites sobre a hora a que comento ou deixo de comentar não é de quem tem ou deixa de ter moral, parece-me mais coisa de quem não tem noção da posição ridícula em que se colocou. Seja sincero, parece-lhe mesmo razoável dar esse tipo de palpites?

      Eliminar
  4. A Picante hoje está on fire, adoro!

    ResponderEliminar
  5. Tinham que me pagar tão, mas tão, bem para eu me prestar a estas figuras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizem, não sei se é verdade ou não mas dizem, que um post vale qualquer coisa entre 500 e 2000 euros. Chega para te venderes ao diabo?

      Eliminar
    2. Chega. Vinde a mim, criancinhas!! Preciso desesperadamente de 2 000,00€.
      Tive aquela proposta do Adsense mas deixei-a fugir. Não presto para nada eu...

      Eliminar
    3. O quê? Dizer num post que a marca X me contactou para dar a minha opinião sobre o produto Y, que aceitei e que por isso estou a publicitá-lo (positiva ou negativamente)? Sim, fazia. Até o fazia por bem menos, se queres saber.

      Ter anúncios na barra lateral? Aceitava!

      Agora... Inventar uma historieta parva qualquer, eventualmente envolvendo os meus, como se aquilo me tivesse saído espontaneamente estando eu a lucrar à socapa? Não. Não aceitava. Nem é uma questão de dinheiro.É uma questão de honestidade e verticalidade e, principalmente, de respeito por quem me lê.

      (E só mais uma notinha... Não acredito nada nesses valores. Haverá três, quatro na loucura, bloggers portuguesas que jogam nesse campeonato. Era menina para apostar que o resto se vende por umas cascas de alho.)

      Eliminar
    4. É isso NM. Publicidade não tem nada de mal. O errado é vigarizar os leitores, e isso é o que as rosinhas fazem na maior parte das vezes.

      Eliminar
    5. As Rosinhas desconhecem o significado das palavras honestidade e verticalidade. Uma pena mas é a conclusão a que chego.

      Eliminar
  6. Publicidade à parte, acho de uma enorme congruência, quem faz questão de falar de produtos orgânicos (mini-saia) e bla bla bla alimentação saudável (quase todos os bloggers) e depois venderem-se de forma tão despudorada ao McDonald's. É que fico mesmo, mesmo, mas mesmo com vontade de acreditar em tudo o que dizem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora... Ela uma vez fez uma publicidade ao Imovirtual encapotada com a história de uma amiga que andava à procura de casa. Quando lhe disse que era uma aldrabona porque afinal aquilo era publicidade, respondeu-me que toda a gente tinha uma amiga que andava à procura de casa. A ética é uma coisa que abunda por aqueles lados.

      Eliminar
    2. Essa ainda percebo menos o sucesso... começou o blogue com conselhos de senso comum, que muitas vezes nem têm fundamento profissional e as pessoas acreditavam que o que dizia era lei...

      Eliminar
  7. Imagino que já se tenha feito à estrada e apresentado queixa aí nessa entidade que nos apresenta, que não esteja apenas a mandar-nos a nós fazê-lo, pois não é?

    ResponderEliminar
  8. Até a Monica Lice está lá no meio

    ResponderEliminar
  9. Noutro dia, dei-me ao trabalho de apontar a esta senhora (bem como a quem a maneja, que é mesmo assim), que ter uma marca a promover tempo em família, depois a pedir para se tirar fotografias à família, para que duas pessoas possam ir tomar o brunch não sei onde, não faz sentido nenhum. Claro que não viu a luz do dia, ou melhor, da caixa de comentários, esse meu reparo. Mas depois saíram os mupis "eat calm" e podemos, definitivamente, afirmar que "Logic has left the building" no mundo activia. Quanto aos nervos com a publicidade, a legislação não é actual, tal como em tantas outras coisas (olá Uber) e precisa de ser ajustada. Mas acho que as pessoas já têm inteligência suficiente para descortinar que os blogues pessoais, a não ser que tenham meia dúzia de leitores ou que sejam como este, assumidamente não-lucrativos, são todos publicitários. Quem é que acredita que há dinheiro e emprego que suporte tanto brunch, almoço, convívio, picnic, hotel, restaurante, glamping, resort com mudanças de outfit eternas e fotógrafo profissional (tanto que poderíamos falar disto também) atrás?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade mas eu fico danada com estas tipas a tentarem fazer os outros passar por idiotas. E com as marcas também.

      Eliminar
    2. Sentes-te idiota? Eu não, é-me indiferente se estes blogues foram pagos para ir tomar o pequeno-almoço, se só lhes ofereceram o pequeno-almoço, se têm refeições grátis o resto da vida, é tudo lá com eles. Eu vejo e decido se me apetece ou não, não me sentindo idiota por isso. Deves enfiar uma carapuça qualquer, é daquele tipo de coisas que não poderia ser mais indiferente. E coisas sérias?

      Eliminar
    3. Isto é sério. É crime. Toda a gente deveria indignar-se com um crime. Até as pequenas póneis como a anónima.

      Eliminar
    4. Era cadeia logo com elas!



      Crime???? Ahahahahah Opá, a sério Picante, que ridículo, já nem conseguem disfarçar essa raiva que prái vai. Pena que o façam caindo no ridículo.

      Eliminar
    5. Infracção. Violação da lei.
      Raiva? Deve ser isso Anónima, não seja Ursa que eu não tentei calar ninguém à força, não fiz devassa da vida de ninguém, não ameacei ninguém, nem tampouco disse calúnias. Se alguém tem raivas não resolvidas não sou eu.
      Ainda para mais devo ser das poucas pessoas que não ganha dinheiro com o blog porque tem recusado todas as ofertas. Todas.

      Eliminar
  10. Basta ver os links que ela pôs... Tem lá a source. Mas essa nunca assinala a publicidade, diz ela que não faz diferença ser publicidade ou não.

    ResponderEliminar
  11. Ui, esta eu nem conhecia, de tão boa que deve ser! Já se sabe que quando uma pessoa pensa ir tomar o pequeno-almoço fora se lembra logo do mcdonald's, há lá sítio mais típico...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E saudável. Tão saudável que aquilo é, senhores...

      Eliminar
  12. Publicidade? Naaa... nadinha, então não se vê que foi somente um encontro de amigos que por mero acaso andavam nas corridas e foram tomar um pequeno almoço TOP?! Assim como todos aqueles posts ou postas são só sugestões!
    Uma notinha de rodapé: não há quem envie uns sapatos/ sapatilhas/ ténis para aquelas miúdas? Já cansa aqueles todos gastos e esfolados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devem estar à espera de uma patrocínio...

      Eliminar
    2. Mas tu não vês que pés assim é que estão na moda? 'co horror!!!! prefiro a minha pobreza e bem calçadinha.

      Eliminar
    3. Afinal vai haver o patrocínio ou melhor dizendo uma parceria girissima. Já se escolhem as cores e as sabrinas. A senhora afinal anda atenta ás nossas chamadas de atenção ou as marcas já estão com pena das miúdas :DD

      Eliminar
  13. uma palhaçada. e há quem aplauda e tal.

    ResponderEliminar
  14. E aquelas férias que são um amorrrr, e que têm bar aberto e noites brancas... Estarei enganada ou também há ali um graaaande ( para usar o estilo que elas gostam) patrocínio?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso duvido. Era elevar muito o patamar.
      Mas já não digo nada...

      Eliminar
    2. Mas é ooooooóbvio que é patrocinio/publicidade. Então, Picante? Já viu a quantidade de fotos que ela tem posto no insta, sempre com referencia lá ao sitio? É que é de 10 em 10 minutos. E ia fazer isso de borla? Ela? Aliás, ela está tudo menos de férias, é ela que está a sustentar as férias em grande do resto da familia.

      Eliminar
    3. Esse Clube já é conhecido na bloga por oferecer estas estadias. Veja-se o caso da cocó quando vai para marrecos. É claramente patrocinio.

      Eliminar
    4. Aquilo é no Brasil, pelo amor da Santa. Uma coisa é oferecer uma estadia no Algarve (acho que foi o caso da SMS), outra é oferecer férias no Brasil. Não vale claramente a pena, acho eu.

      Eliminar
    5. A SMS já foi duas vezes a Marrocos patrocinada pelo Clube.

      Eliminar
    6. Não me parece que possa fazer essa afirmação com certezas.

      Eliminar
    7. A sério Picante, que pensas isso? Não te sabia tão ingénua. Vai à tag das viagens. Percebi agora que também tem uma tag com... doenças!
      (sem palavras)

      Eliminar
    8. Desta vez também acho que é patrocínio. Das outras viagens só costuma por o destino depois de voltar; desta vez é posts atrás de posts com referência ao sítio a fingir que está a mostrar as roupas do mercaditto

      Eliminar
    9. Ó Picante, francamente! Tão esperta para umas coisas e tão burrinha para outras.
      Mas tá certo, assumir que o Club Med oferece as viagens e que elas não assinalam a publicidade, era assumir que a sua protegida Cocó é "criminosa", para usar a sua lógica, e isso é que não pode ser.

      Eliminar
    10. Eu ponho-me no lugar das marcas. É a coisa mais estúpida e sem retorno oferecer viagens a bloggers. Uma coisa é o Club Med do Algarve fazer isso, ainda assim o retorno é muito discutível, outra coisa é um do Brasil ou Marrocos. Não faz o menor sentido.
      Mas pode ser oferecido, claro que pode, ainda assim fica-me a dúvida.

      Eliminar
    11. A marca não ganhará muito, não. O povão não tem dinheiro para ir, as amigas já foram e acharam tudo amoroso e têm muitas saudades, não sobra ninguém...

      Eliminar
  15. http://diasdeumaprincesa.pt/2016/03/atencao-atencao-comi-bolachas-e-eram-boas.html#comment-27422

    Outra fofa. O post está assinalado, diz ela no facebook. Lá na tal mini etiqueta, que está no fim e até onde ninguém vai ler.

    ResponderEliminar
  16. Isto é lindo: fiz um comentário a alertar para a publicidade mascarada. Não me aceitou o comentário. Optei por testá-la e fiz um comentário bonito a elogiar as qualidades daqueles pequenos almoços. Óbvio que este ela aceitou!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentário esse que é o único!
      Pois como é óbvio deve estar tudo a cair-lhe em cima com comentários negativos, pelo que não tem nada para publicar....

      Eliminar
    2. Ahahahahahah! Já fiz tantas vezes isto com ela. Palhaçada.

      Eliminar
    3. Também eu. ehehe

      Eliminar
  17. Ahhh ...McDonald´s logo pela fresquinha, aquele cheiro a fritura que se entranha na roupa, aqueles espaços pensados no conforto e no convívio, aquele apitar da fritadeira, o corre-corre das meninas das caixas a preparar os tabuleiros, o pão acabadinho de amassar a entrar no forno a lenha, as panquecas feitas com farinha sem gluten acabada de moer num moinho da Ericeira...
    e eu a pensar que um bom pequeno-almoço era tomado em família, numa mesa posta com uma alva toalha de linho, cafeteira a fumegar com café acabadinho de fazer, papo-seco no taleigo deixado pelo padeiro pendurado na porta, a bela manteiga dos Açores na manteigueira de porcelana, o leite do dia fervido, marmelada da avó com o papel vegetal a cobrir a taça...pessoa esquisita, eu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba! mas ainda há quem receba os papo secos estaladiços em casa? Oh meu Deus, que inveja!
      (não me dê fome, não?)

      Eliminar
    2. Bem, deu-me mais água na boca esta descrição do que as imagens do pequeno almoço do MAC. E sim, ainda se recebem os papo secos estaladiços em casa :)

      Eliminar
    3. Xiiiii, que confusão para aí vai, anónimo. Pequenos almoços felizes e em família é para os iogurtes (ou o brunch no hotel da moda), mad isso é tãooooo lady month. Agora os bons pequenos almoços são com M.

      Eliminar
    4. Mas pequeno-almoço não é com P?!E quem não gosta de iogurtes não tem direito a pequeno-almoço feliz?
      Oh diabo...

      Eliminar
    5. Sim... Aqui na minha "terriola" isso ainda acontece!
      Pão à porta de casa. E imagino que noutras tantas também.

      Luciana

      Eliminar
  18. Com tantas opiniões aqui dadas eu gostava mesmo era de saber legalmente como é que isto funciona, por favor se algum(a) advogado(a), jurista, etc nos está a ler que faça o favor de esclarecer legalmente todos estes pontos debatidos neste e nos últimos posts. E digo mais uma vez do ponto de vista legal que OPINIÕES já estou farta de ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Legalmente a publicidade tem de estar assinalada. Não tem assim muito que saber.
      E é a ERC a entidade responsável pela supervisão. Acontece que ninguém supervisiona o que se passa nos blogs, ao contrário do que acontece com a televisão, pelo que quer as marcas, quer as bloggers, se aproveitam despudoradamente da situação.

      Eliminar
    2. Código da Publicidade
      "Artigo 3.º
      Conceito de publicidade
      1 - Considera-se publicidade, para efeitos do presente diploma, qualquer forma de comunicação feita por entidades de natureza pública ou privada, no âmbito de uma actividade comercial, industrial, artesanal ou liberal, com o objectivo directo ou indirecto de:
      a) Promover, com vista à sua comercialização ou alienação, quaisquer bens ou serviços;
      b) Promover ideias, princípios, iniciativas ou instituições.
      (...)
      Artigo 8.º
      Princípio da identificabilidade
      1 - A publicidade tem de ser inequivocamente identificada como tal, qualquer que seja o meio de difusão utilizado.
      2 - A publicidade efectuada na rádio e na televisão deve ser claramente separada da restante programação, através da introdução de um separador no início e no fim do espaço publicitário.
      3 - O separador a que se refere o número anterior é constituído, na rádio, por sinais acústicos.
      Artigo 9.º
      Publicidade oculta ou dissimulada
      1 - É vedado o uso de imagens subliminares ou outros meios dissimuladores que explorem a possibilidade de transmitir publicidade sem que os destinatários se apercebam da natureza publicitária da mensagem.
      2 - Na transmissão televisiva ou fotográfica de quaisquer acontecimentos ou situações, reais ou simulados, é proibida a focagem directa e exclusiva da publicidade aí existente.
      3 - Considera-se publicidade subliminar, para os efeitos do presente diploma, a publicidade que, mediante o recurso a qualquer técnica, possa provocar no destinatário percepções sensoriais de que ele não chegue a tomar consciência.
      Artigo 15.º
      Publicidade testemunhal
      A publicidade testemunhal deve integrar depoimentos personalizados, genuínos e comprováveis, ligados à experiência do depoente ou de quem ele represente, sendo admitido o depoimento despersonalizado, desde que não seja atribuído a uma testemunha especialmente qualificada, designadamente em razão do uso de uniformes, fardas ou vestimentas características de determinada profissão."
      Posso continuar a fazer copy paste do Codigo da Publicidade, porque as violacoes nos blogs sao umas atras das outras, devem cobrir quase o Cogido inteiro. Mas sao infractores tantos os autores dos blogs como as marcas que anunciam sem qualquer respeito pelas regras.
      Facam queixa ao ICAP, e mais rapido: http://www.icap.pt/icapv2/icap_site/mod.php?AG4JPQ51=ADIJYgtela9Xr1tela9Xr1&AG8JOg5uVj0BdgFo=AHMJJwtela9Xr1tela9Xr1

      Eliminar
    3. Mas afinal em que é que ficamos? É a ERC ou o ICAP?

      Eliminar
    4. O ICAP é um instituto de auto-regulação, a ERC é uma entidade do estado.

      Eliminar
  19. Elas que publicitem lá a m*rd* que quiserem! Cabe-nos a nós filtrar ou não a informação. Quanto ao pequeno almoço no Mac, já estou como os DAMA: "Uma vez não são vezes e eu não digo a ninguém".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahaha. O problema é que para resultar para elas têm mesmo é que dizer a TODA a gente.

      Eliminar
  20. dos anos em que eu via novelas brasileiras,daquelas bem boas,que deixam saudades,só me vem à memória uma palavra que descreve tão bem aquela senhora:emergente.E o pior é dizerem à mesma que está óptima para a idade e ela ficar toda contente.....a próxima compra será um espelho,e em vez de botox que cura dores de cabeça,talvez na cara....digo eu!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconfio que ela rouba na idade. Não me parece possível ter 41 anos, a sério!

      Eliminar
    2. Alguém que concorda comigo!!!!!!eh lá!!!!!!!!!a minha querida mãe tem 66 anos,já sobreviveu ao cancro,a um AVC,à morte do nosso mais que tudo(meu pai) e agora que sou eu que estou doente,tem uma pele estupenda.E usa Nivea da lata azul há mais de 40 anos.Ela até terá 41 mas tá,como dizer.....um caco!!!

      Eliminar
    3. Pode ser a média entre a idade mental e a idade cronológica?

      Eliminar
  21. Lol a tua ironia faz-me dar boas gargalhadas!

    www.pensamentoseepalavras.blogspot.pt (isto também não é publicidades, pois não?)

    ResponderEliminar
  22. Fantástico...o comentário é que criticava o ataque cerrado a esta senhora em detrimento da Fánoca da Coina que faz exactamente o mesmo, não viu a luz do dia..
    Também já é amiga da Fánoca, perdão Fê, ó senhora picante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não viu a luz do dia porque era ordinário e continha informações do foro pessoal sobre uma das bloggers. Não tem nada a ver com eu gostar mais ou menos de alguém.

      Eliminar
    2. E este também não vai ver a luz do dia. Ide falar da vossa própria vida pessoal que a das bloggers é assunto que não interessa a este blog.

      Eliminar
  23. A Fánoca há uns tempos colocou um post de publicidade não assinalada em que, mais uma vez, afirmava que comer douradinhos era saudável. Escrevi um post em que lhe dizia (educadamente) que, devido ao facto daquilo ser previamente frito, conter conservantes, corantes, aromatizantes, etc, não era um alimento saudável. Não aceitou. Ganha dinheiro às custas de mentiras que prejudicam a saúde de crianças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu fartei-me de dar Douradinhos às minhas crianças. Eles adoravam e era a maneira de os fazer comer peixe. Aquilo também não é nenhum veneno. Melhor que McD, por exemplo.

      Eliminar
    2. neste aspecto estou como a anónima: uma coisa nao desculpa a outra.
      Para mim mac e douradinhos é exatamente o mesmo. Há 1001 peixes e maneiras de o fazer... se os miúdos só comem douradinhos... faz-me lembrar aqueles pais que chegam à pediatria a dizer que os miudos só comem batatas fritas e coisas fritas q não gostam de mais nada. E a pergunta coloca-se: não gostam de nenhuma das milhares de possíveis refeições existentes ou será que os pais/avós/familiares responsaveis falharam "algures"?

      Eliminar
    3. A questão não é essa, eu acho. Desde que não seja a única maneira de comer peixe, não acho que os douradinhos tragam grande mal ao mundo. Damos-lhes (pelo menos eu dou) coisas piores. Cá em casa come-se de tudo, a questão está na regularidade, fritos só uma vez por semana, se há douradinhos já não haverá rissóis ou batatas fritas nessa semana. Já legumes terão de comer todos os dias. Não sou nada fundamentalista com a alimentação.

      Eliminar
    4. Crítica os outros que não aceitam comentários. Mas em que é diferente? Fiz-lhe uma questão é contra argumentei, foi demasiado para si?

      Eliminar
    5. Não faço ideia do que fala, não rejeitei nada sobre este assunto e também não está em spam. Se tiver a paciência de repetir...

      Eliminar
    6. Fanoca é muito bom! Não me teria lembrado de melhor Nickname

      Eliminar
  24. Roem-se de inveja da FV é o que é. E enquanto falam mal dela e lhe dão popularidade ela está no bem bom! Aposto que foi tudo oferecido.

    ResponderEliminar
  25. http://www.portadosfundos.com.br/video/post-pago/

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.