quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Queridas Rosinhas que agora deram em aconselhar medicação às crianças dos outros

Se eu, Picante, com toda a experiência de blogger mãe que me torna habilitada a receitar medicação às crianças dos outros (sim, porque no que toca às minhas vou ao pediatra), me pusesse a impigir medicamentos às vossas Cês, Mês, Pês ou o raio que vos parta, vocês pensariam em mandar-me para a real puta que me pariu, pois não é? E se soubessem que o fazia a troco de dinheiro achariam que tinha a coluna vertebral de uma lesma, pois não achariam?

Fiquem a saber que eu também tenho uma medicação para vos aconselhar. Cápsulas de noção e injecções de vergonha. Estão em forte carência de ambas.

(E com o cancro é igual. Baldes de merda, Oxalá o menino Jesus vos presenteie com baldes de merda que é o que merecem. Isso e uma queixa no Infarmed)

104 comentários:

  1. Isto quer dizer que há bloggers que o fazem?! Mas isso é muito grave! Há pessoas que não têm noção daquilo que dizem/fazem. São ocas de cérebro e de alma!
    Este mundo está podre.

    www.pensamentoseepalavras.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São medicamentos não sujeitos a receita médica. Ainda assim acho imoral. Há realmente gente parva que vai atrás do que elas dizem.

      Eliminar
  2. Beeemmm, não a quero ver virada.
    Picante, que procura medicamentos num blog de laçarotes bem é capaz de estar no mesmo patamar de quem liga para as cartas da Maya a saber se o marido tem outra ou se a operação aos joanetes vai correr bem. Estamos perante autos de fé, e a fé move montanhas, não é assim que se diz?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirone, e acha mesmo que não há quem vá atrás?
      (o facto de as pessoas serem estúpidas não significa que mereçam ser manipuladas)

      Eliminar
  3. Sem questionar o tema, o post está simplesmente grosseiro. Costuma (pretender) estar irónico (embora nem sempre consiga), hoje está somente grosseiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grosseiro, mas giro!

      Eliminar
    2. Há alturas em que basta a ironia, outras vezes tem-se mesmo que ser grosseira, este tema assim o exige. Se calhar deve questionar primeiro o tema e só depois concluir algo. Digo eu!

      Eliminar
    3. Para quem se destina, até está muito bom!!!!!!!

      Eliminar
    4. Tenho a perfeita noção que está grosseiro.
      Como grosseiro é andar a tentar impingir medicação aos filhos dos outros.

      Eliminar
    5. Anónimo das 15:24, como parece que não sabe ler nas entrelinhas, eu reescrevo, só para si e por ser quase Natal: "Sem questionar que o tema assim o exija, porque sim, o tema é da maior gravidade, ainda assim o post está grosseiro".
      Pronto, está melhor assim? Convenceu-se que sim, que eu questiono o tema?
      Beijinhos

      Eliminar
    6. Nossa que "biolência" anonimo 16:33... Magoei!

      Eliminar
  4. Queixa na Infarmed é que era. Gajedo que não olha a meios para fazer dinheiro. Metem nojo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força, anónimo, é apresentar queixa no Infarmed. O que o impede?

      Eliminar
    2. Sodona C's... é você?

      Eliminar
  5. Sinceramente não sei como as pessoas aguentam aquele blogue. Não há saco, digo caco! Todos os post, são publicidade. Quando não expõe as filhas, claro. Uma Tristeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas será que me poderiam dizer de que blog se trata?

      Eliminar
    2. Eu sei que não picante. Ainda a agora, a doce, que mais me parece amarga, acaba de lançar 300 caixas...a 33 euros cada... 9000 e tal euros de lucro, e dá 600 à ajuda de mãe...que boazinha!
      Produtos oferecidos e toca a facturar.

      E as pessoas dão-lhe os parabéns! Não percebo de que.... só se foi, de ver boas oportunidades de negócio.

      Eliminar
    3. Aos 9000 tire-lhe os custos de produção das caixas, a empresa de logística, os portes, uma eventual partilha de receitas com uma agência de comunicação e, claro, os impostos. Há outras caixas do género em que nada reverte para solidariedade. 600€ é óptimo. Deixem lá de ser mesquinhas, porra.

      Eliminar
    4. Anónima das 12.50h A partir do momento em que a caixa não é anunciada como a caixa de solidariedade do Natal, não vejo qualquer problema nisso. Aquele blog é um negócio, não é a Santa Casa.
      (e há todos os custos de envio e logística, conforme diz a anónima aqui em cima...)

      Eliminar
    5. Também reparei nisso.. E nem um único comentário a questionar este facto.. Já estava a pensar se seria a única que tinha reparado no pequeno promenor de que apenas 2€ iriam para a ajuda de mãe... Boa maneira de faturar €8400!

      Eliminar
    6. Desculpem lá,ela,a pipoca já disse que vive do blog. É o trabalho dela,qual o mal de fazer negócio?
      Vocês acham que quando vão a um café e pedem um café e pagam 0,80€ o dono do café não tem lucro? Ou num supermercado,compram atum a 1€,que não há lucro??? Mas vocês são burros? É?
      Ela tem um NEGÓCIO,tem de lucrar alguma coisa. Se não estava quieta. Digo eu...
      E são apenas 2€ para a ajuda de mãe: vocês deram quanto? Hum?

      Eliminar
    7. Há por aqui muita boa pessoa que precisa de ir lavar a roupa à mão num tanque.... À antiga até arrancar unhas. Bolas,tudo serve para criticar!

      Eliminar
    8. A 'menina' não é ninguém para tecer comentários em relação a quanto eu dou ou deixo de dar a diversas causas, tempo e trabalho incluídos!
      Tendo em conta o estilo de vida que a PMD ostenta no blog, diria que dinheiro não lhe falta. Apenas adora meter lá no meio o nome de uma causa qualquer, nem que a percentagem da doação seja mínima, para ajudar o negócio, e isso sim, acho deplorável! A menina acha mesmo que as caixas teriam a mesma saída se a Pipoca simplesmente dissesse que estava a vender caixas de produtos oferecidos pelas empresas no blog para proveito próprio?

      Ou a menina nunca ouviu dizer que não se anda a publicitar o bem que se faz!?

      Eliminar
    9. menina nada contra o lucro. Totalmente contra o facto de chamar solidariedade a algo que não o é.
      E também sou muito contra a fuga ao fisco...

      Eliminar
    10. Acho no mínimo interessante que critiquemos tanto os rendimentos de profissionais importantes para o funcionamento e futuro da nossa sociedade (falo de professores, médicos, etc.) estando simultaneamente confortáveis com o facto de uma blogger ganhar dezenas de milhares de euros mensais.

      Não pretendo com isto criticar os supostos rendimentos da blogger em questão, nem sequer o estilo de vida divulgado pela mesma no blog. Apenas questiono as nossas prioridades enquanto sociedade. O mesmo se aplica aos salários de treinadores, jogadores de futebol, actores, etc.

      Aparentemente, entretenimento é mais valioso para nós do que saúde, educação, segurança..

      Eliminar
    11. Mas alguém já parou para ver o conteúdo da tal caixa? Aquilo equivale às amostras que as empresas dão para divulgar seus produtos. Ainda assim não valem nada. Até houve uma pipoqueteque foi à ganância fazer a transferência para assegurar que uma das caixas ficava para ela e depois quando vou o que a caixa tinha arrependeu-se. A verdade é que aquilo nem os 30 euros vale.

      Eliminar
    12. Ó Anónima... Por acaso fui ver a caixa. Olhe que aquilo não são amostras. Não acredito que a MD fosse aldrabar no preço real dos produtos, aquilo é a vida dela, quanto mais não seja. Parem lá de fazer filmes.
      (tanta coisa por onde pegar...)

      Eliminar
    13. As outras caixas realmente compensação o preço face ao conteúdo, esta está ela por ela. No caso das outras até valiam a pena numa perspetiva de investimento, ficar com uns itens para nós e oferecer/vender outros, até ponderei adquirir uma. Neste caso, não. Mal vi os produtos apercebi-me que era mau negócio.

      Eliminar
    14. És Ridicula e invejosa! Construir algo criticando o sucesso dos outros fica muito feio. Depois desse post, devia apenas fechar o blog. Ao menos deixava de fazer estas figuras....

      Eliminar
    15. Que o comércio tradicional adote esta ideia brilhante Pipoqueana! Ultimamente está visto que é o que está a dar!

      "Comprem na minha frutaria solidária! ofereço 10% do lucro à casa mãe!"

      Eliminar
    16. Está bem! Anónima das 10.48! Eu fecho o blog! Obrigada por tão valioso conselho! De coração!

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 10:33

    Picante, não vejo nada de errado em publicitar medicamentos, desde que em parceria com uma agência de comunicação devidamente autorizada e perita na matéria.
    Até porque, como sabemos, se médico e louco, todos temos um pouco.

    O medicamento para as narinas nem sujeito a receita é, por isso esses posts só seguem a tradição lusitana da auto-medicação, ora gaita, quem nunca tomou um antibiótico só porque sim, que atire a primeira pedra!

    Mas a sério... a publicidade a medicamentos está sob algum tipo de alçada, ou cada um (na tv e rádio) publicita como quer?

    Mais uma vez... aquilo é mau, mau, mau, mas se as empresas bancam, e os clientes comem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A publicidade a medicamentos, sujeitos a receita ou não, está sujeita a regras super rígidas.
      Dou-lhe um exemplo: jamais aqueles posts poderiam ser passados a testemunho, impressos em folhetos e postos numa farmácia (ou passados na rádio, por exemplo)

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 12:05

      Isso é dúbio... enfim, na TV passam "filmes" em que um tipo está à rasca prestes a morrer, toma XPTO, e fica logo fino (isto quando não lhe caem logo meia dúzia de gajas boas em cima, apenas porque tomou X&%&/).
      E em revistas, o que mais não faltam são "testemunhos pessoais". Não estando aquilo sujeito a receita médica...

      Anyway, como Darwinista convicto, acredito que quem se guie por blogs para se medicar tem como futuro a extinção, só vejo benefícios nisso.

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 12:07

      Basicamente, cag... defequei(?) nessa gente toda.
      Elas são felizes, é deixá-las estar. Desde que não chateiem...

      (há sempre entidades competentes... infarmed, asae, Finanças, nem sei quem gere isso da publicidade)

      Eliminar
    4. A publicidade a medicamentos sujeito a receita médica é proibida. Os não sujeitos tem as suas limitações.
      Como deve imaginar a Sra não faz publicidade pq adora o produto.. Ou seja, quem lhe paga para fazer publicidade sabe bem a que regras está sujeito por isso o que ela não faz não é ilegal.. Não vale a pena ir ao Infarmed..
      Agr... concordo consigo pq não acho q seja forma de fazer publicidade.. Mas a culpa não é dela (em parte é pq aceita) mas é principalmente da marca que encomenda este tipo de publicidade..
      Como farmaceutica q sou, fico chocada com as coisas q leio.. Até já lá deixei um comentário q, claro, que a sra não aceitou.. Nenhum medicamento é inofensivo e medicamentos cujo uso prolongado provocam danos irreversíveis a serem "vendidos" assim assusta-me!!

      Ana

      Eliminar
    5. Acho indecente. A verdade é que há gente suficientemente parva para ir na conversa da blogger X ou Y. Deveriam haver um bocadinho mais de noção e sentido de responsabilidade. Fazem-me lembrar os porteiros das discotecas.

      Eliminar
    6. Picante, na televisão até há um velhote a dizer que dantes não conseguia brincar com os netos, mas agora que tomou um suplemento qualquer para os ossos, já são eles que não têm pedalada para o velho...
      Vão dizer-me que só eu é que vi isto, que essas entidades fiscalizadoras que vocês tanto apregoam não têm/veem televisão...

      Eliminar
    7. Eu não disse que era ilegal. Disse só que era nojento.

      E acho diferente. Para começar é um anúncio de televisão, toda a gente sabe que é publicidade. Depois é um suplemento. Finalmente, e o mais importante, as bloggers têm influência sobre quem as segue. Deveriam ter a noção de que é diferente falar de um creme para o rabo (o pior que pode acontecer é o rabo ficar na mesma) ou de um medicamento que tem contra-indicações.

      Eliminar
    8. Há também uma outra dimensão que é importante salientar. Um anúncio na televisão está sujeito a uma avaliação e triagem que um post de um blog não está. É evidente que há aqui de todas as partes - laboratório, agência de comunicação, e bloguista - um interesse comum. É o vil metal que fala mais alto. Se o interesse fosse a saúde pública e o bem-estar da população, dedicavam tantos parágrafos aos inconvenientes da utilização do medicamento quanto aos seus benefícios.

      Eliminar
    9. Picante como se pode ver pelo comentário do anónimo 10h33 realmente há gente ignorante. Que nem depois de explicar explicadinho consegue atingir o perigo da publicidade nomeadamente a que está em questão. E como não se pode mudar o mundo era mesmo cortar o mal pela raiz...

      Eliminar
    10. (e duvido que aquilo esteja conforme a lei. Mesmo os medicamentos não sujeitos a receita têm de ter aquela lenga lenga toda no final do anúncio, sobre as contra-indicações, consulta de médica e mais não sei o quê. Quando passam na rádio é aflitivo...)

      Eliminar
  7. Não sei exactamente do que falas mas é possível que tenha falado que tomo x e y quando me sinto com gripe mas não acho que seja aconselhar nada (aliás, muitas vezes uso um nome genérico)...
    Quem faz mesmo propaganda devia pensar 2x, que segue devia pensar 3 antes de seguir conselhos de quem pouco ou nada sabe...

    Eu tento controlar a coisa por mim antes de ir ao médico se for sintoma de gripe ou virose e evito ir ao médico se sei (e ainda para mais aqui) que me mandam p casa a tomar o que eu tomo sem lá ir ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falo dos blogs da agência Tuga ou lá o que é. São uma série deles. E estão a aconselhar dar aquilo ás crianças, sim. Ainda percebo o que leio.

      Eliminar
  8. Mas há alguem que leia aquilo e leve algum assunto de que ela fale a sério? Já agora, eu nao estou em Portugal, a canalha aqui parece que andou o dia todo a rebolar-se na lama, por aí andam miudos com aquelas fatiotas a pato donald na rua?

    ResponderEliminar
  9. Uma dúvida que se me assola é...se a 3C's é tão apologista da água do mar no verão, porquê sugerir um quimico,com efeitos secundários e contra-indicações ( sim, tem disso, mesmo não sendo necessária receita... não deixa de ser um vasoconstritor)se tem a água do mar embalada, prontinha a usar, com jactos pujantes e certeiros capazes de desentupir o aqueduto das águas livres!! ou soro fisiológico... vá!
    Vale tudo pelos "oiros"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também deixou de trabalhar e à semelhança de outras tem de fazer pela vida...

      Eliminar
    2. Porque no inverno "não chega". Lol.

      Eliminar
  10. Bem até eu picante,ia morrendo qd li.
    Esta pensei que fosse menos vendável que as outras
    Enganei-me :) Vá tudo a comprar Neo-sinefrina
    Compreendo que o tema "Casamento" esteja mais que esgotado

    ResponderEliminar
  11. Ora, ora. Considerando que a Princesa que construiu o império a ensinar (?) pessoas (??) a fazer papas de aveia (???) já vendeu, perdão, "contou" no seu diário público que é bom dar chocapic às crianças porque os cereais fazem bem...
    A Picante é sonsa quando lhe dá jeito, mas o resto do tempo não diz grandes mentiras. Estas criaturas, piores que mães de concursos de beleza infantis, vendem tudo: a casa, o marido, os filhos e a saúde, sempre em troca de mais visualizações, mais apoio, mais afagos no ego. Não são coerentes nem têm qualquer noção do que é honestidade intelectual. Vendem o que lhes pedem e acham que a "parceria da agência de comunicação" salvaguarda tudo e todos da tremenda desonestidade.
    Agora, não estando a vender antibióticos, é deixá-las descansadas à espera que umas vitaminas as contratem para depois as ver advogar os benefícios da vitamina C como se tivessem descoberto a pólvora. Cambada de atrasadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais atrasadas são ainda as que vão comentar com mesinhas caseiras
      Santa Ignorância!

      Eliminar
    2. Essa Princesa nos primórdios ainda tinha paciência para ela, mas quando começou a vender a casa, o marido, os filhos, o estilo de vida saudável (com selfies semi-nua contra o espelho), desisti.

      Eliminar
    3. Sou só eu a achar ridículo as selfies contra o espelho?! Acho uma tristeza!!!

      Eliminar
  12. Expliquem-me lá o que é que é "a" agência de comunicação? Parece que só existe uma agência de comunicação no mundo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Blog agency ou tuga agency ou uma coisa semelhante.

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 19:08

      "A" agência.
      Qual agência?
      A agência.
      Qual agência?
      A agência.
      Qual agência?
      A agência.

      Oh oh

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 19:09

      Muito blogger de referência tem este pequeno país...

      (E os assuntos são todos os mesmos)

      Eliminar
    4. Chama-se Blog Agency.Vale a pena perceber como este mundo da blogaria vive. Estes agenciados até parecem os reis da cassete pirata.

      Eliminar
    5. Pesquisei no Google a tal Blog Agency... Jesus, mas Portugal só vive de mommy blogs, blogs de moda blogs de "famosas"? Haja paciência, não conhecia nem um terço!

      Agencie-se para mudar o panorama, Picante hehehe ;)!

      Eliminar
  13. Xiiii o que p'raqui vai! Andou-se a guardar diga lá Pimenta? Já andava com alguma taquicardia diga lá? Não tem havido "sumo" para a pimenta e restantes fãs (espere, que não tem fãs) conseguir fazer um post e deste (des)nível! O dia 25 para si chegou mais cedo! Deixe lá isso. Escreva sobre coisas realmente importantes, se conseguir... Já sei! Este blog é ao mesmo para isto... Oiça, baldes de bondade nesse coração e o que espero que o menino Jesus que traga.
    Bj (só porque é quase a data do nascimento do Senhor)
    Palavra de Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, esqueceu-se de dizer que o beijinho é no ombro.
      (não gosta de calão... eu sei... mas não se preocupe, foi só neste post)

      Eliminar
    2. A Picante tem pelo menos uma fã, a Palavra de Maria! Continue por cá, é adorável!

      Eliminar
  14. Tem toda a razão, Picante!

    Quando a ganância obscurece o sentido de responsabilidade e bom senso... Isto devia ser ilegal. Pelo menos imoral é de certeza!

    Gostava de saber como se sentiriam se alguma criança ficasse doente, ou pior, devido a alguma reação provocada pela toma destas substâncias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que não seja ilegal. Qualquer idiota é livre de dizer que aconselha e que gosta. Mas não deixa de meter nojo.

      Eliminar
  15. É impressão minha, ou a maçã voltou ao seu registo completamente louco? :O ele é posts longuíssimos no blog, publicações e comentários em catadupa no facebook... será que ainda não se apercebeu que este registo de se fazer de muito divertida porque disseram coisas sobre ela, mas ela apenas acha essas coisas ridículas e não lhes dá importância, mas escreve 123407124901 caracteres sobre o assunto não resulta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante10 de dezembro de 2015 às 21:39

      Louco não, apenas estúpido.

      Leitora atenta, avise a sua amiga maçaneta de que ela não é a única empresária do país, ha mais, se calhar ela não os sabe reconhecer por um comentário num blog, por isso ela que meta as lições onde o sol não brilha,até porque para dá-las é preciso mais do que debitar meia dúzia de larachas que se aprendeu num workshop de auto-ajuda.

      PS: só não compreendo como um blog chunga e irrelevante como este chega sempre aos locais de referência da blogaEsférica

      Eliminar
    2. Irrelevante? Chunga? CHUNGA???
      Ai Minha Nossa Senhora das Aflições que se me dão os nervos!...

      Eliminar
    3. A mim soa-me mesmo a louco. A forma de escrita, a necessidade de fazer um post longuíssimo sobre o assunto, de o repisar vezes sem conta em posts e comentários no Facebook, acho sinceramente que ela não está boa da cabeça.

      Eliminar
    4. É um nadinha dramática, nada mais.

      (vá lá... é Natal e isso...)

      Eliminar
    5. Então "prontos", por ser Natal e isso não vou dizer o que ia dizer: que, não sendo especialista em psiquiatria e falando apenas empiricamente, também me soa um pouco a louco (anónimo das 11:35, estamos juntos!)! Mas não vou dizer, por ser Natal e coiso!

      Eliminar
    6. Ei lá! Só fui ver agora! Nada de novo! A mesma "tolice" de sempre, ou falta de visualizações no blog, só com peixeirada é que aquilo lá vai... como diria o PID outra vez arroz!

      Eliminar
  16. Cara Picante, concordo consigo no exagero e na estupidez de publicidade gerada em certos blogues.
    Mas gostaria de saber se você acredita mesmo se aquela malta engana alguém?
    Muito sinceramente, eu acho que não. As pessoas não são assim tão ingénuas. Até podem comentar e dizer que sim, mas depois é só mais uma publicidade.
    Eu acredito que as pessoas gostem mesmo é do feedback que existe nesses espaços. Na televisão e nas revistas não há feedback algum. Nos sites também não. Os blogues têm outra dinâmica.
    Isto para dizer que não se preocupe muito Picante. As pessoas até não são assim tão parvas. Apenas gostam de fingir que são.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero sinceramente que a Anónima tenha razão, mas a verdade é que acho que uma minoria vai mesmo na cantiga das bloggers. Geralmente, a consequência é apenas dinheiro mal gasto. Neste caso é mais grave. Os vasoconstritores podem ter consequências deletérias e não são de todo aconselháveis excepto em certos casos específicos. Acho irresponsável.

      Eliminar
    2. Já leu o comentário da anónima das 10h33? Logo por aí se vê que engana.

      Eliminar
    3. Anónimo 18.31, ficaria surpreendido com as encomendas que algumas lojas têm porque a blogger X usou determinadas calças. As pessoas querem imediatamente umas iguais. Cor e tudo. Há muita gente a ir na conversa, por mais tolo que isso seja.

      Eliminar
  17. Talvez tudo mude quando forem alvo de fiscalizações como o sector do comércio é...até lá...

    ResponderEliminar
  18. Picante, não querendo 'mandar' no se conteúdo, e continuando nesta linha de publicidade mal amanhada que tanto nos assola, já viu o último post da Tia TOP?

    Consta que tem uma amiga que faz compras online num certo hipermercado e que aleatoriamente se lembrou das suas conversas com tal amiga resolveu também ela fazer compras online, fazendo de seguida um post sobre o tema, com links, fotos e tudo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que coisa tão mal enjorcadinha, caramba. Eu juro que não percebo como raio é que o Continente deixa aquilo sair assim.
      Entregas em casa! Olha lá que coisa mais inovadora...

      Eliminar
    2. Muito mau!!! Mas também essa senhora tem sempre o mesmo discurso, top, kits, pinta...nada mais! Não sai do mesmo registo e tem uns textos tão pobres de conteúdo que até dói! Nem sei se podemos chamar textos normalmente são 2/3 linhas e muitas fotos para vender kits...

      Eliminar
    3. Fui ver...É hilariante! :-)

      Realmente os Azevedo não devem andar bem da cabeça... é melhor rever os ordenados do pessoal do marketing... :-)

      Carla

      Eliminar
    4. Pipocante Irrelevante Delirante11 de dezembro de 2015 às 10:02

      Eu achei natural... E fiquei cheio de vontade de experimentar essa coisa do on-laine.

      Eliminar
  19. Aquilo é tudo tão deplorável. Não sei o q é pior, quem se vende (e à família) assim, se quem lê e n vê ali mal nenhum, se as marcas...
    Mas realmente, podia haver ali o mínimo de cuidado.
    Vaucher?? Fonix, Vaucher?? (Última pub)
    Os Pestana andam com a bitola mta baixinha, realmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que as marcas nem vejam os conteúdos. É a única explicação.

      Eliminar
  20. A propósito das rosinhas... já viste o sururu na cx de comentários da Cocó? Aquelas conversas caseiras dão sempre uns comentários jeitosos onde até a própria escorrega like a boss. Fartote de rir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E no post do último programa de TV? Acusam a outra de só aparecer lá no final por cunha do marido que é boss da revista que patrocina a coisa e ela esse comentário já publicou!

      Eliminar
    2. O post não tem nada de mal. Os comentários são parvos. Mas é o que pode acontecer quando se abrem as portas de casa a estranhos. Das raríssimas vezes em que contei qualquer coisa sobre o meu filho houve logo quem aproveitasse para ofender. Acabei por eliminar todos os comentários, há coisas que uma mãe não está disposta a aturar. Eu até acho que a Sónia é liberal na aprovação de comentários, publica muita coisa que qualquer outra rejeitaria.

      (quanto àquilo da Pais e Filhos... É verdade, o final do programa é uma tristeza e está ali completamente metido à força. Porque não haveria de publicar?)

      Eliminar
    3. Porque enxovalha a Fe! E dá a entender que ela só lá está por cunha do marido (o que sabemos ser verdade, mas é insultuoso dizê-lo). Se for para fazer uma crítica a um filho dela por uma observação que fez e que ela postou, não aceita, mas para melindrar a Fe assim, já aceitou!

      Eliminar
    4. Picante, tu contares um pequeno episódio sobre o teu filho (ninguém vos conhece) não é exatamente o mesmo que volta e meia expor conversas familiares. Eles são conhecidos. Os miúdos aprendem que se pode expor conversas para fazer render trocos ou popularidade. Quem não gostaria de ser amiga de fb deles sei eu bem quem é!

      Eliminar
    5. Pipocante Irrelevante Delirante11 de dezembro de 2015 às 18:14

      Aquele final é mesmo metido a martelo. E porquê? Nem faz sentido num programa supostamente educativo/informativo.
      Mas o que tem que ser tem muita força, não é?

      (coach parental????)

      Disso de abrir as portas, é como é... se tenho a porta aberta, arrisco-me a deixar entrar quem não quero. Por isso mesmo, mesmo que toquem à campaínha, olho pelo buraquito, e só abro a quem quero. Mas não deixa de ser engraçado publicar conversas privadas ou casos mundanos de um puto, e pensar que ele se pode melindrar pelo que estranhos dizem dele.

      Eliminar
    6. Anónima, só será enxovalho se a própria achar uma vergonha usar de laços familiares para conseguir aparecer no programa. Mas se o achasse não estaria lá, a fazer pessimamente aquele final metido a martelo, não lhe parece? Continuo a não ver razão para não publicar.

      PID, quando se expõe a vidinha na internet isto pode acontecer. Acho desagradável para o miúdo, que não passa de um miúdo. Mas se há quem o ache muito inteligente, também não faltará quem ache outras coisas e não se iniba em dizê-lo.
      (eu não teria publicado nem metade, sobre o meu filho, mas a verdade é que também não faria dele uma montra)

      Eliminar
    7. Mas é verdade! A Tia TOP só lá está por causa da cunha do marido! Não traz nada de valor ao programa.

      Acho que se deve reconhecer mérito a quem o merece, tal como acho que se deve comentar e expor a falta de substância a quem não a tem.

      Eliminar
    8. Não acho enxovalho nenhum. Se a própria Fe não tem um pingo de vergonha de sacar das cunhas para fazer produções fotográficas para a revista Pais e Filhos, organizar mercaditos, aparecer na televisão, não há razão para o ignorarmos e e evitarmos falar disto.

      Na minha opinião, só se deixa ficar mal. Não merece qualquer respeito profissional, não passa de uma dondoca.

      Eliminar
    9. Não vou aceitar mais comentários sobre estas duas bloggers, ok?
      Não levem a mal, qualquer coisa é dizer-lhes a elas o que querem aqui deixar.

      Eliminar
    10. Na dá fofinha picante, elas não aceitam nada. Nem ironia!

      Eliminar
  21. Logo se vê que com todo o seu direito gosta da cocó. Os comentários são parvos? Então diz que o miúdo deixava de ir ao futebol só porque o paizinho não o vem buscar e é parvo as pessoas pensarem que é mimado? Parvo é ter publicado no blog e não perceber logo o que as pessoas iriam pensar.

    E depois não percebe que o miúdo só fez aquela observação porque é isso mesmo um miúdo. Todos os homens sabem isso perfeitamente mas não se manifestam acabam por se fazer de parvos e aproveitam para fazer as coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São escusados, no mínimo. Mas reconheço que quem deverá pensar no bem estar dele são os pais. É arriscado, para ser simpática, deixar isso a cargo de desconhecidos.
      (e sim, acho que são parvos, quando muito foi comodista)

      Eliminar
  22. Já tentei o informed, já tentei denunciar como publicidade enganosa. Em sendo sugerido, o mais subtilmente possível, que é publicidade, ninguém pode ser multado.

    Em relação à SMS...ela não é uma ingénua. Ela fez o que sempre faz, expor os filhos. Não vale a pena gritar lobo agora.

    ResponderEliminar
  23. Picante vou dar uma sugestão, se me for possível :)
    Abra aí ao lado uma lista dos blogs que costumam dar posts como este porque eu não faço a mínima ideia de quem se fala na maior parte das vezes... Com a lista era mais fácil :)
    Beijinhos, gosto de cá vir, embora não seja muito assídua e continuação de bom trabalho.
    Cláudia.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.