sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

O drama. A tragédia. O horror.

Tenho ali e baixo um post sem qualquer comentário.

(Como é possível, caramba? Que insensíveis sois...)

21 comentários:

  1. Respostas
    1. Hum. Hás-de ter muitos amigos, tu, com esse feitiozinho.
      (nem a pinki coiso gosta de ti...)

      Eliminar
  2. Este blog não tinha mais posts a falar das Maria Joaquinas do que posts com opiniões tuas? É normal q quando opinas, nao te respondam... Não é pra isso que as
    Pessoas vêm a este blog :)

    ResponderEliminar
  3. Este blog não tinha mais posts a falar das Maria Joaquinas do que posts com opiniões tuas? É normal q quando opinas, nao te respondam... Não é pra isso que as
    Pessoas vêm a este blog :) já para não falar doa palavrões que ultimamente se vêem por aqui e que me fizeram pensar no seu nível e se não virá da Amadora :) mulher a dizer "foda-se" de 4 em 4 posts, é capaz de ser de mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh filha, a minha avó (de 80 e muitos aninhos) diz foda-se, caralho, filha da puta e afins de 5 em 5 minutos e na idade dela está-se a cagar para o nível!! Se calhar devemos fazer todos o mesmo, afinal vamos morrer e vamos, e olhe que não leva o nível atrás! Venha até à Ribeira do Porto e vê o que é nível, e ninguém leva a mal, que já está tudo habituado! Aliás é de estranhar é não ouvir palavrões, e temos tanto nível como os outros! Eu preocupo-me mais com quem rouba, com os corruptos que não dizem palavrões e que têm mmmmuuuiiiitttoooo nível, se é que me faço entender!

      Eliminar
    2. Não é por escrever um comentário duas vezes que ele se torna um bom comentário...Nem um comentário verdadeiro, já agora.

      Eliminar
  4. Eu de mim não percebi nada. Achei que era uma indirecta para alguém (homem), então não me meti!

    ResponderEliminar
  5. Não comentei porque não faço a mínima ideia do que/de quem falavas!

    ResponderEliminar
  6. O problema é que, quando falas das Marias Joaquinas ou das Rosinhas, o pessoal chega lá, com mais ou menos dificuldade. Agora... neste post, confesso que nem fui à procura! pensei que poderia ser o Costa, outra vez!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho vezes que não consigo lá chegar mesmo.
      Só quando alguém me deixa assim uma pista mais evidente. tenho mesmo de me dedicar mais a isto.

      Eliminar
  7. Mas o dito post era p'ara dizer o quê????

    ResponderEliminar
  8. Picante!! Deixa de escrever em código!! Há alturas em que já não há paciência para decifrar...

    ResponderEliminar
  9. "Anterior Governo, gastou em Novembro, 30% da "Almofada Financeira"!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Matem-nos! Malandros, pah! Sempre a roubar o povo! Sempre a roubar o povo!...

      (satisfeito?)

      Eliminar
  10. Se calhar ninguém comentou porque ninguém percebeu!
    Eu incluída.

    ResponderEliminar
  11. Acho q ninguém percebeu esse post. A picante é uma palerma.

    ResponderEliminar
  12. Eu como sou uma pessoa que gosta de ir direita ao assunto e chamar os bois pelos nomes deixo estes posts passarem-me ao lado.

    ResponderEliminar
  13. Minha gente... como ninguém percebeu o post? Como? Um post tão bonito... A dizer que os homens haveriam de sair de cena um bocadinho antes de efctivamente saírem... É como o último gin. A culpa é sempre do último gin.
    (eu tenho sentimentos, caramba...)

    ResponderEliminar
  14. Fã N.• 1 da Filipa Brás4 de dezembro de 2015 às 17:06

    Querida Picante,

    Lamento, mas o blog/assunto do momento é o da nossa Pipinha e sua amiga inimputável. Arranje uma para si também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, fã.
      Esta gaja passa a vida a querer roubar-me o protagonismo.

      Eliminar
    2. Deus me livre Fã da Orca. Deus me livre. Eu cá sou da paz, guerras é com a Pipas, eu cá fico logo com o nervoso, gosto muito que gostem de mim, não é isso que é verdadeiramente importante?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.