sábado, 5 de dezembro de 2015

E tu, Picante? A qual das vendas solidárias de produtos oferecidos às Rosinhas vais hoje?

Desculpem, estou ocupada. Talvez para o ano...


34 comentários:

  1. E viva ao natal! Vamos fingir durante este mês somos muito bonzinhos para desculpar a futilidade, Ganância w egoísmo do resto do ano.

    ResponderEliminar
  2. Nada tema,Picante-muito-mais-nova-que-o discurso-faz-parecer,ninguém sentirá a sua falta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tem seguidores russos...

      Eliminar
  3. A nenhuma! Há blogers que até entendo que as marcas lhe ofereçam artigos, mas a maior parte são tão poucochinho..."apelintradas"até... Ninguém retira o facto de serem simpáticas ou não, apenas o facto de não serem minimamente comerciais...
    Acho a Cacomae até simpática, mas nada do que ela publicita me apetece ter, é pouco comercial a que acho mais "fraca" comercialmente é a Angel Luzinha (só o nome...) já a French frie tem uma imagem que vende...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É simpática mas escreve mal que dói, coitada.

      Eliminar
  4. E uma admite mesmo que vai vender maquilhagem que lhe ofereceram e nunca usou... Vender coisas que lhes ofereceram para ganhar metade do lucro, são tão boazinhas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heheheheh Elas têm-se em muito boa conta! É da época.

      Eliminar
    2. Podia ser pior...a Fernanda ficou com tudo, quando fez a mesma coisa e apagou os comentários de quem lhe perguntava a favor de que instituição revertiam os lucros... pelo menos a Pipoca dá metade!

      Eliminar
    3. Pois... Sempre ouvi dizer que nunca saiba a mão esquerda o que dá a direita. Suposta "caridade" com protagonismo à volta? A mim repugna-me.

      Eliminar
  5. Para mim a A Cacomae e a Cocó são as duas que não me convencem de todo. Exposição completamente exagerada dos filhos, intimidade exposta. Ali há de tudo para freguês ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que devia ser proibido! Devia haver uma lei que proibisse esta exposição das crianças, é um exagero e ascrianças têm direito à sua intimidade!

      Eliminar
    2. Que hipocrisia, se calhar já teve os seus numa montra de um fotógrafo. Ou já lá esteve em criança. Devia contar como se orgulha disso. (serve para a Picante e todas as outras Azedas)

      Eliminar
    3. É preciso ser-se extraordinariamente pouconhinho para vir argumentar que uma fotografia de um desconhecido, sem nome, sem história, sem maneira de ser contactado, é semelhante a contar a história da vida dos nossos filhos num blog, postando fotografias diárias e fornecendo informações que podem levar ao contacto com as crianças. Não só as crianças adquirem um nome, como se cria afinidades com elas, já para não falar de qualquer desconhecido ficar a par das rotinas e sítios que frequentam.
      Que argumento mais estúpido!...

      Eliminar
    4. Pouco..quê? LOL, como dizem os putos da internet. A Picante deve viver numa bolha. O que me diz dos atores meninos? Também não gosta? E dos meninos que vão para a escola sozinhos?
      Pois, dá trabalho aos paizinhos fazerem o papel que lhe cabe, não é?!
      Argumentos estúpidos são os que usa nos seus posts, para achincalhar quem mexe o traseiro para fazer mesmo que seja metade da coisa. Diga lá quando foi a última vez que mexeu o seu, vá lá , diga lá...Ah, ok, faz o bem anonimamente. Ahahaha....(dizer mal das Rosinhas não conta)

      Eliminar
    5. Anónimo das 18:23 por acaso não tive e nem sequer coloco nenhum tipo de fotografia dos meus filhos no FB não só porque não acho seguro (mesmo tendo o perfil fechado) como considero que quando tiverem idade suficiente poderão ter ou não...será sempre uma escolha própria e não minha! De qualquer modo parece me um exemplo muito débil ... mesmo que tivesse feito algo assim seriam sempre crianças anónimas e no caso dos blogs todas as informações são fornecidas pelos próprios pais ! Sendo algo fundamentalista poder se ía dizer que há de alguma maneira algum tipo de "trabalho infantil" uma vez que os blogs são focados nestas crianças e não nos pais!

      Eliminar
    6. Poucochinho.
      O seu argumentário atesta bem a sua cabeça. É inútil continuar. A conversa encerra-se aqui, se lhe respondesse teria de a mandar a um sítio feio e estamos quase no Natal.

      Eliminar
    7. Uma coisa é um miúdo começar uma carreira como ator. Outra é ser seguido diariamente por milhares de pessoas que lêem tudo detalhado das maezinhas...

      Eliminar
    8. Portanto para si é o mesmo, uma criança representar um papel que não é ilustrativo da sua vida e até o poderá fazer por ser a sua vocação, gostar, whatever... E una mãe tirar fotos a expor a vida privada e vender a imagem das filhas para seu usufruto e regalias??? E igualzinho. O que é igual é o cérebro e de uma ameba!

      Eliminar
    9. Eu que não sou de Lisboa e não conheço assim tão bem a cidade consegui perceber mais ou menos onde algumas pessoas moram e as escolas que frequentam os filhos. Além disso, muitas vezes dá para saber onde vão estar.

      Junte a isto um maluco qualquer e tem a combinação perfeita.
      Quem for de Lisboa, de perto dela, facilmente os identifica e fica a saber tudo da sua vida... juntem mais uma vez um maluco a isto e o que pode acontecer?
      Sei lá, alguém ir à porta do colégio de um e arranjar um discurso que os convença que conhecem a mãe (será assim tão dificil? Eu acho que deve ser a coisa mais fácil do mundo) e depois é uma questão de ter "sorte", alguma distracção de quem não é suposto e pode instalar-se o desastre.

      Entre tantas outras coisas.

      De resto, concordo com a anónima das 23.07h e tenho a suspeita que esta pessoa que usou os argumentos para "proteger" as atitudes é uma das bloggers ou uma mãe que expõe os filhos dessa forma no blogue ou em redes sociais.

      Em tribunal, já não seria a primeira vez que os pais seriam proibidos de usar a imagem dos filhos, precisamente por motivos de segurança e intimidade. Mas é triste que se tenha que chegar a um juiz para ter bom senso.

      Eliminar
    10. Uma criança ser actor não é a mesma coisa que ter um blog em torno da vida dele ou dela...na priemira há uma escolha neste caso não! Começam logo de muito pequeninos, ninguém lhe pede a opinião e se pedissem não a poderiam dar...
      A mim faz me mais confusão os maridos/pais alinharem nisto! Do meu grupo de amigos nenhum deles aceitaria participar em algo assim. Não tenho nenhum amigo que tirasse fotos com menorquinas calçadas para um blog, ou que aceitasse expor as camisas que veste, sapatos...na net!

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante6 de dezembro de 2015 às 14:55

    Todos saem a ganhar e ninguém se magoa...

    (Ha facturas???)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só se houver fracturas. Entre as pequenas póneis, ocupadas a guerrear pelas coisas que as marcas ofereceram às Rosinhas e elas acharam demasiado pelintras para usar.

      (é uma venda solidária, a que propósito haveria facturas? é tudo para os pobrezinhios. Quer dizer... 50%)

      Eliminar
  7. Confesso que, no início, até gostava da Cocó mas a fama mostrou um lado arrogante e caprichoso que me irrita. Além de que expõe a intimidade familiar em demasia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela sempre foi, estava era disfarçada! E então desde que está na TV.......upa,upa!! As respostas que deu, acerca da venda de hoje, quando questionada,mostram bem o calibre!

      Eliminar
    2. Pior foi a Fernanda, que fez o mesmo e ficou com tudo!

      Eliminar
    3. Vamos lá a ver... Não há qualquer problema em fazer uma venda de tralha que já não queremos. Tenha essa tralha sido oferecida ou comprada. As pessoas são livres de fazer o que querem com as suas próprias coisas.
      O que me parece bastante duvidoso é dizer que essa mesma venda é de solidariedade quando afinal parte é solidariedade mas outra parte é negócio. Vendiam, não diziam que era de solidariedade e mais nada. No fim anunciavam que tinham doado metade dos lucros a uma instituição e pronto. Ou não anunciavam mesmo nada que ainda era mais bonito. Agora isto de se fazer negócios sob a capa de solidariedade é coisa para me desgostar.

      Eliminar
    4. Para o anónimo das 19h32:

      O comentário que está no blog da Cocó que fala da "samaritana" fui eu quem o fiz. Aliás, não sei se repararam mas falta lá um "não". Comentei a corrigir o erro e não foi aprovado. Respondi ao post em que referiu o Euromilhões e também não foi aprovado. E dizia o que aqui escrevi, em termos de arrogância e capricho, contudo também não lhe deu aval. A tv torna isso bem patente.

      Mais Picante, o que escreveu traduz o que pensei quando li o que li ontem sobre as maquilhagens. Só que fiquei tão fula com tamanha hipocrisia que escrevi o que me veio logo à mente.

      Eliminar
  8. Pipocante Irrelevante Delirante7 de dezembro de 2015 às 08:45

    Convidadaram a ASAE a participar?

    ResponderEliminar
  9. Querida Picante, devo dizer-lhe que, face à foto do post, me encontro verde de inveja. E não é inveja da boa.
    Divirta-se muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já voltei. Foi coisa curta.
      (ainda estava fraquinho, muita pista fechada, mas já deu para fazer o gosto ao dente)

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.