terça-feira, 13 de outubro de 2015

O leitor decide

Escrevo sobre a minha primeira vez com alguém aqui dos blogs? Ou sobre comentários a posts que desaparecem misteriosamente, só porque... hum... porque sim, ponhamos as coisas desta maneira?

53 comentários:

  1. Oh!! Ca bom... por mim, podias fazer um mix e assim abordas os 2 temas, o chamado dois em um.
    Ou escreves dois posts... go girl!!!

    ResponderEliminar
  2. Picante?!
    What happens in blogs stays in blogs! Não me faça uma desfeita dessas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora Mirone, eu sou uma pessoa que respeita a privacidade das pessoas, jamais revelaria pormenores indecorosos...

      Eliminar
    2. Indecorosos?!
      Não me está a ajudar.

      Eliminar
  3. Pipocante Irrelevante Delirante13 de outubro de 2015 às 10:03

    Ainda da entre-a-vista?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entrevista? De todo, isso é assunto mais que enterrado.

      Eliminar
    2. Também pensei que se referisse à entrevista

      Eliminar
    3. Não refiro.
      (e não vou aceitar mais comentários sobre esse triste episódio, que não quero dar a menor margem a vitimizações, desculpem)

      Eliminar
  4. Conta-me tudo Picante. Estou em pulgas. Quem é que pagou o cafezito?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Queres mesmo saber esses pormenores? Se fosse para toda a gente saber convidavam toda a gente é fazia-se um evento do género da feijoada na ponte. :)))))

      Eliminar
    2. A porta, Uva. Quem é que a abriu? Aí é que reside a chave da coisa.

      Eliminar
    3. A porta?
      Mas que porta???
      Tu não me digas que antes do cafezito…. houve um que abriu a porta, cabelo negro, roupão turco, branco, impecável, já todo a escorrer água, já todo nu da cintura para baixo (e também da cintura para cima), sei lá, e depois já a agarrou pela cintura e já foi lambuzando o cangote e tudo e tudo, e a música baixinho mas em altos berros, que aquela coisa da ópera já se sabe, só sabem é gritar, e os livros pelo chão, todos de autores estrangeiros, um frio desgraçado mas a lareira a crepitar ao som da estaladiça cerejeira e pau-Brasil, ali, a queimar, e a darem o máximo dos máximos tendo em conta a qualidade do material…

      Hum?
      Não era esta porta, queres ver?
      Mas disseram-me que agora a primeira vez é logo assim, nem café tomam pá!

      (depois se isto azedar apagam-me aqui este comentário ok?)

      Eliminar
    4. Uva, querida Uva... que filme de terror vem a ser esse?

      Eliminar
    5. É a chave que abre a porta, Pipas, ou o cartão magnético. Caramba, toda a gente sabe isso...

      Eliminar
    6. " lambuzando o cangote" Epá, que nojo, ó Uva.

      Eliminar
    7. Ah! A porta do carro. Fui eu, com o comando, claro. Lembro-me como se fosse hoje. Estava um dia bonito, ali à beira rio.

      Eliminar
    8. Era um dia de sol. Mas tinha algumas nuvens.
      Foi em pleno Inverno. Mas a temperatura estava amena. Não consegui sequer usar o casaco comprido, uma pena, muito mais giro que os da Palmier.

      Eliminar
    9. A Palmier não usa casacos, usa cobertores.
      Foste ao cabeleireiro? Levaste Prada?

      Eliminar
    10. Vou todas as semanas ao cabeleireiro, excepto no Verão. É capaz de ter calhado ir nesse dia.
      Usei Miu Miu e Dior, uma combinação vencedora.

      Eliminar
  5. Bolas!!
    Vocês deviam ter um grupo fechado, tipo aqueles do Facebook!!! Escrevem blogs com muitos leitores e depois... depois é esta merda!! Passam o tempo a mandar recados a uns e outros, falam de merdas e situações que ninguém conhece , parece codificado!!
    É o mais giro é que todas criticam estes postos e dizem-se a favor da frontalidade!!
    Os bois são para chamar pelos nomes!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Finalmente alguém me entende!
      Espero que agora me dêem razão quando digo que este blog, enfim, já teve melhores dias.

      Eliminar
    2. Não sei lá porque raio, de repente tenho aqui não sei quantos anónimos a falarem de frontalidade.
      Devem ser todos parentes do Paulo Bento. É a única explicação.
      (ou será que há outra?...)

      Eliminar
  6. Para quê??
    Nem vale o trabalho... Vai escrever um post, com muitas 'bocas', muitas indiretas e pouca gente a perceber...
    assim não acho piada, é só chato!!

    ResponderEliminar
  7. Lembrei-me agora de sapatos e, na minha modesta opinião, antes de os oferecer a outros convém também que os calcemos.Imaculadamente daquela cor que....quer dizer...pronto...a paz , o pão, habitação e por aí, ahahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um com os sapatos que mais lhe convêm, isto de calçar dois ou três números acima do nosso, só para parecer maior, pode dar azo a alguns tropeções.
      (já alguém disse isto, não me lembro quem)

      Eliminar
    2. Foi a Nê e eu reforcei porque me lembrei logo da figura dos anhucas no circo...cada passo cada trambolhão! Tadinhos... dos anhucas

      Eliminar
    3. Ahahahahahahah... os anhucas!! Muito bom!!

      Eliminar
    4. ahahahahahahahah
      Pois foi, já me lembro, no post da Uva. Não o cheguei a comentar, talvez ainda lá vá...

      Eliminar
  8. Respostas
    1. A curiosidade é saudável.
      (bem-vinda)

      Eliminar
    2. Olhe que não, olhe que não... A "curiosidade matou o gato". :D

      Eliminar
  9. Isso nao me interessa nada. Quero é ler comentários saudáveis à última entrevista tresloucada onde aparecem escritas "lentejoulas" e "couzy"; onde uma mãe fala da maravilha que foi amamentar e que quis absolutamente (e de repente percebemos que a criança só tem 3 meses e pelos vistos acabou-se a magia da amamentação"; e, acima de tudo, de como duas criaturas vápidas e insubstanciais decidem que a vida familiar é mais importante, mas claro que se trabalha o dia inteiro fora e que a criança miraculosamente adormece à hora em ponto de se poder ter tempo a sós de vida romântica e como claro que não se pode deixar de sair com os amigos e de jantar fora. É que eu li e ainda não acredito bem no que li, ou melhor, na desfaçatez e auto-deslumbramento que certas pessoas têm. Isso é que eu quero ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fora os erros ortográficos e as falhas na pontuação (nada que fuja ao registo habitual) não leio nada de anormal naquela entrevista. Claramente o estilo de vida da entrevistada não é o dos comuns mortais. Certamente não trabalha as mesmas horas por semana que eu e vive com mais rendimentos mesmo assim. A maior parte das mães da Foz, como a Pipinha, tem família próxima para tomar conta dos miúdos e acesso a babysitters todas as semanas (€€€). É a realidade dela, não pode inventar outra. Não vai fingir adversidades que felizmente não tem. A única coisa que me deixou triste ba entrevista foi o facto de eu morar no Porto há 6 anos e não conhecer nenhum dos spots must go que ela refere. Preciso de trabalhar menos caramba!

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante13 de outubro de 2015 às 19:16

      Juro que fui pesquisar almoço couzy

      Eliminar
    3. Ahahahahahahah
      Eu ainda nem sei do que falam, tenho de ir dar uma volta pelas mummy da bloga.

      Eliminar
    4. Não há um único ser daquelas entrevistas que à pergunta "como concilia a maternidade, trabalho, ser espetacular, ter pinta, ter vida, tempo para si, para cabeleireiro, depilação, unhas de gel, compras, amigas, blablabla" responda o principal motivo ou sequer faça alusão a ele: ter quem fique com a criança; ter quem cozinhe; ter quem limpe; ter quem passe a ferro; ter apoio; ter dinheiro". É sempre a conversa de ir ao cu ao passarinho do "ser organizada, positiva, dinâmica e não nos esquecermos de nós". Ya...a mim que nao tenho nem uma tia por perto, só se me esquecer dos meus filhos é que posso ir jantar com amigos...ou ir ao cinema, ou estar a sós com o meu marido, ou ou ou. Mas não...para estas pessoas, que muitas são quase irmãs dos filhos (os avós são a figura principal), este detalhe nunca é importante, muito menos essencial, para conciliar toda a vida hippie-matchy-pinta.

      Eliminar
    5. Mas lá está, é a única realidade que conhece. Tem um emprego por conta própria sem grandes exigências, apoio familiar, apoio financeiro. Não se vai fingir de coitadinha e infeliz porque há quem esteja em pior situação.

      Eliminar
  10. A picante poderia explicar-me porque é que critica tabto os anónimos, quando a própria não mostra a cara?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por causa de comentários como o seu?
      Onde é que estou a criticar anónimos, ó santinha?

      Eliminar
    2. Lá está, qual foi o mal do meu comentário ? Foi apenas uma questão...
      E existem inúmeros comentários da picante a criticar anónimos que tenham uma opinião diferente da sua... Mas não é exctamente isso que a Picante faz ?...

      Eliminar
    3. E por favor vamos manter o nível... escusa de tentar ofender "ó santinha"

      Eliminar
    4. Mas afinal critico anónimos ou contraponho argumentos a opiniões divergentes?
      O Anónimo deixa-me aqui um comentário a perguntar porque critico eu anónimos quando não dou a cara. Ou em não critiquei ninguém em virtude do anonimato. Em que ficamos?

      Eliminar
    5. Ok. Já vi que quer é desconversa. Não tenho vagar. Tenha uma boa tarde.

      Eliminar
  11. óooooooooooooooooooooooooo num tens bagar...essagora....

    ResponderEliminar
  12. Posso saber porquê não aceitou o meu comentário?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque não me apeteceu ver aqui comentários a elaborar sobre más ou boas mães só porque resolvem ir para fora um de fim de semana. Parece-me que isso tem única e exclusivamente a ver com dinâmica familiar.
      Na minha modesta opinião é um disparate, além de que não tem nada a ver com o post.

      Eliminar
  13. A questão não foi o fim de semana, como é óbvio. E não disse que era mãe mas o contrasenso do que diz que é com aquilo que faz na realidade. Tem a ver com os comentários acima. Alguma coisa a pesar na consciência por ter ido passar um fim-de-semana fora? Deve ser só um complexo seu. Porque seria um disparate. Claramente é daquelas pessoas que acha que sabe tudo e só usa as orelhas para as limpar.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.