sexta-feira, 9 de outubro de 2015

De todas as coisas que eu não sei...

Uma das que maiores dúvidas me suscita é porque raio não pedirá o Rui Tavares um perdão da dívida aos credores maus e capitalistas. Mas afinal não era isso que o Movimento Livre queria para Portugal? Ironias...

35 comentários:

  1. E é favor de enviar os 20€ a tempo e horas, que não querem atrasos no pagamento ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério. E propõe-se esta gente a eleger deputados. Nem contas sabem fazer.

      Eliminar
  2. Parece que os peditórios estão na moda. Era à colecta para pagar os advogados dos lesados do BES, é esta para pagar a campanha...

    ResponderEliminar
  3. Picante, desligue lá o megafone. A menina, a Mirone e a Xaxia estão com um comportamento tão ridículo que já dá quase pena. A sério.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peço desculpa por a estarmos a aborrecer. Mas ainda falta retirar o quase da equação...

      Eliminar
    2. Na verdade a estupidez não me aborrece, neste caso apenas me surpreende

      Eliminar
    3. É uma vergonha, não é, anónimo? Não se admite que mão tenha dedicado mais de dois posts do meu blog às legislativas, um na manhã de domingo a adivinhar a chuva de boletins eleitorais nas redes sociais, e outro a dizer que o PAN elegeu um deputado. Está mal, devia ter enchido o blog de manifestos políticos, devia ter andado a semear comentários indignados com o resultado da votação um pouco por todo o lado, em vez de manter esta posição neutra, de quem acha que o voto traduz uma escolha pessoal livre. Se calhar também devia ter chamado tudo e mais um par de botas a quem não votou como eu (e votei em quem, diga-me, lá se souber, na coligação, no PS, no BE, na CDU, no Livre, no Agir, no PAN, no PDR, no PCTP-MRPP, no PNR, no MPT, ...?). Realmente, não se admite!
      Se quiser dar-me o seu e-mail começo a enviar-lhe os posts e comentários que faço para pré-aprovação, pode ser? Assim o anónimo pode mandar-me calar e dizer-me o que posso escrever ou não, que isso não, não tem nada de ridículo (uma coisa é certa, não tenho pena nenhuma do anónimo).

      Eliminar
    4. Na verdade a estupidez já deixou de me surpreender, quando uma pessoa pensa que já vou tudo... aparece sempre alguém a provar que não, que é possível ser-se ainda mais estupido.
      Já a falta de maneiras...

      Eliminar
    5. Anónima, beijinho da Xaxia. Se quiser ir la dizer mal, está à vontade, estou por tudo.

      Eliminar
    6. (não sou o anónimo acima)

      Mirone, ia jurar que o post sobre os sites das operadoras aéreas tb era sobre o tema.

      Eliminar
    7. Esqueci-me de um outro, em que a minha filha dizia que não me preocupasse que ela não diria a ninguém em quem votei.

      Eliminar
    8. Expliquem-me lá porque é há pessoas que não gostam do que escrevem determinados bloggers, se dão ao incómodo de vir ler os post e perder tempo a deixar só crítica destrutiva???
      Não têm mais nada para fazer, certo???

      Eliminar
    9. Ora... porque se divertem? Por que outra razão poderia ser?...

      Eliminar
    10. Oh Picante, não haverá na vida coisas mais divertidas??? Há de certeza, mas essas pessoas ou não sabem das existência dessas coisas divertidas ou então não as sabem fazer.

      Eu gosto de vir aqui. Se concordo ou gosto de tudo o que escreve??? Claro que não, mas isso já é problema meu.

      Eliminar
    11. Ou simplesmente se divertem bastante. Não será? A Filomena Silva tem a bitola do divertimento? Bem me parecia...

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante9 de outubro de 2015 às 10:53

    Nao é por eles, é pelos pequenos fornecedores.
    Há que ser solidário, pá... A bem da democracia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Tinha-me esquecido que eles estão sempre a pensar nos pobrezinhos. Esta minha cabeça...

      Eliminar
  5. Andam todos muito sensíveis neste país. O orelhudo erra e pelo homem ser gay já pedem a sua cabeça, o Livre pede aos seus subscritores e todos acham que o pedido é dirigido à população toda... Xiça, penico...

    ResponderEliminar
  6. Era pôr a Ana Drago na capa da Playboy. Parece que já não pagam como noutros tempos, mas ainda rende alguma coisa.

    ResponderEliminar
  7. é o empreendedorismo (adoooooro esta palavra) a funcionar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem de propósito! Acabei de ler a notícia de uma tese de doutoramento defendida recentemente na Universidade de Coimbra que conclui que este novo empreendedorismo "forçado" pelo desemprego não tem nada de bom para a economia.

      Eliminar
    2. Acredito que não. Não gera emprego, fomenta uma concorrência que faz baixar preços (com consequente quebra de receitas em sede de IRC). Estas micro empresas, chamemos-lhe startups ou não, tendem a acabar com a mesma rapidez com que começaram.

      Eliminar
    3. São empresas criadas com base na necessidade/aflição e não tanto para explorar uma oportunidade existente.

      Eliminar
  8. Já vi de tudo, mas isto é... é.....
    E reunir esforços financeiros ANTES da campanha?
    Gosto da parte em que ele se preocupa com a saúde financeira dos fornecedores, demonstra um carinho especial pela boa longevidade daqueles que, se forem espertos, não se metem noutra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço subscritores do Livre e eles sabiam que isso poderia acontecer... Não vejo qual é o drama. A mim não pediram dinheiro....

      Eliminar
  9. O Livre está de se comer...

    ResponderEliminar
  10. Pipocante Irrelevante Delirante9 de outubro de 2015 às 15:15

    Visto que a Esquerda ganhou as eleições, é apenas justo que o Rui Tavares seja nomeado Ministro de uma coisa qualquer no Governo que tomar posse.

    Já dizia o outro, quem quer circo tem que pagar os palhaços
    (não estou a chamar palhaço ao Rui Tavares ou a quem quer que seja do Livre)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos tempos que correm é melhor explicar as ironias, ainda nos queimam vivos ou isso...

      Eliminar
  11. A inexistência de bens penhoráveis extingue processos de cobrança de dívidas / a instância.
    Pagamentos atrasados ao agente de execução extingue o processo.
    Se o Livre estiver teso, nada deve temer.
    Da próxima vez que quiser ser partido, muda de nome e está tuuuuudo bem.
    É um país à beira mar plantado, isto é, rodeado por águas (de bacalhau).

    ResponderEliminar
  12. Oh Picante a direita ganhou democraticamente as eleições, e eu que não sou de direita aceito, que remédio, por isso não percebo a azia com que anda o pessoal da direita. Alegrai-vos, gaita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com azia anda o pessoal de esquerda, que até estratégias manhosas arranja para legitimar um governo que em nada retrataria a escolha da maioria dos portugueses que votaram.

      Eliminar
    2. Olhe que não, Caro Anónimo, olhe que não. Já agora é Anónimo por parte da mãe ou do pai?

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante10 de outubro de 2015 às 19:09

      Claro que é legítimo e natural Bloco e CDU passarem a campanha a falarem mal do PS, apelidarem a sua política como sendo de direita e na linha do que pede a UE, e agora formarem governo.
      Desde que o ps siga o prigrama deles, claro está, como exigiu a maioria dos portugueses.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.