segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Das legislativas VI

Democracia é... chamar xenófobo a quem votou à direita.
Sim senhora, espírito democrático ao mais alto nível.

34 comentários:

  1. Ainda há pouco estava a dizer que quem tem filhos nas escolas privadas não é povo e só as mulheres curvilíneas são mulheres reais. A Picante também devia saber que quem vota na direita é xenófobo é que os comunistas comem criancinhas ao pequeno slmoço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela já sabe que os de esquerda são Cabrões!

      Eliminar
    2. Ando um bocado farta de ouvir imbecilidades. É o que é.

      Eliminar
  2. Democracia é... chamar cabrões às pessoas do BE.
    Sim senhora, espírito democrático ao mais alto nível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta resposta serve para si e para os dois anónimos.
      Eu não chamei cabrões a quem votou BE, tampouco a todo o BE.
      Eu chamei, e torno a chamar às vezes que forem necessárias, cabrões a quem, através de demagogia pura faz chantagem dizendo que vai inviabilizar o que ainda não conhece. A quem tendo perdido as eleições quer ir para o poder dizendo que a esquerda é maioritária. Não é. Nem o PS é de esquerda, nem os dois partidos de esquerda se apresentaram em coligação. Mais: nunca se irão entender visto que têm convicções opostas quanto ao euro.
      A vontade popular foi clara. Não queremos um governo de esquerda. Insistir em formar governo contra a vontade expressa democraticamente pelos portugueses é anti-democrático. De cabrão, mesmo.

      Eliminar
    2. deixa lá que o cavaco vai te fazer a vontade. eu só agora vi aquele vídeo maravilhoso do canal q em que perguntam ao tuga se votaria no portugal à frente ou na coligação psd/cds e miga, acredita, o povo não sabe nada daquilo que quer, que não quer, não sabe é nada de nada. eu não votei paf mas estou-me nas tintas, para capacho da merkl o passos serve. e venha o que vier aí nada baterá o que vi nos ultimos 4 anos: tecnoforma, esqueci-me de pagar a SS, relvas, o irrevogável, as palhaçadas da teixeira da cruz, os delirios do nuno crato, o escandalo dos vistos gold, as mentirinhas da albuquerque, as veleidades de diva da presidente da AR. quesafoda.

      Eliminar
    3. Não queremos um governo de esquerda mas claramente não queremos um governo de direita. é evidente que a esquerda não vai aprovar nada do que vier deste governo de direita sem maioria absoluta. Acha que isso seria possível e lógico? O PS, que logicamente não é esquerda, vai ter o poder de decidir. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. Quanto à sua linguagem, de há uns tempo para cá que finalmente deixou cair a máscara e mostra que faz juz ao epíteto do seu blog. De senhora nada tem, embora tente desesperadamente parecê-lo.

      Eliminar
    4. Boa tarde,

      Em rigor Picante, a vontade expressa pelos portugueses ficou clara, mais uma vez, na forma de abstenção, isto na minha opinião.

      Lamentavelmente ganhou, mais uma vez, o Partido do "Ide-vos todos f*der, que eu já dei para este peditório e calha-me sempre democraticamente poia, por isso votar não é comigo e/ou diversas outras desculpas da treta".

      Cumprimentos

      Eliminar
    5. e esqueci-me de acrescentar: ontem deixei de ver a emissão da noite eleitoral quando as 20h00 quem apareceu a dar a cara pela vitória da coligação foi um tal de marco antónio costa. não é pior do que os últimos 4 anos, é mais do mesmo.

      Eliminar
    6. Adorei ver o Marco António a dar a cara pela coligação, esse Sócrates da direita... mas enfim como (ainda) está à solta é muito honesto. Melhor mesmo só se tivesse sido o relvas.

      Eliminar
    7. Eu espero mesmo que a minha vontade popular tenha sido clara. Votei BE. E não foi para que o BE viabilize aquilo que vai contra o seu programa político. Espero mesmo que o BE vote contra TUDO aquilo em que não concorda. Porque democracia é aceitar, também, o meu voto, embora que pequenino. Isto faz de mim um cabrão?

      Eliminar
    8. Não. Claro que não. Remeto-o para a resposta que dei acima.

      Eliminar
  3. Há quem chame cabroes aos de esquerda.

    ResponderEliminar
  4. Como já comentei, é tudo gente boa desde que partilhem as mesmas opiniões e ideais políticos... não partilhando e votando PaF, já lá fui apelidada de xenófoba, acéfala, ignorante, desmemoriada, estupida, vítima de violência doméstica... enfim,... somos todos Charlie... (uns mais que outros é só quando interessa)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há pessoas que têm um conceito de charlie igual ao do triunfo dos porcos. Nada a fazer.

      Eliminar
  5. Lamento. Não aprovo mais comentários deste teor. Não admito que me tentem pôr palavras na boca. Vão lá ler o que escrevi e aprendam a ler o que está escrito, não o que gostariam que estivesse escrito só para poderem discordar.

    ResponderEliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante5 de outubro de 2015 às 17:08

    É evidente que a esquerda ganhou.
    A maioria dos portugueses quer um governo de esquerda.
    Bloco, CDU e PS (o PS é de esquerda, não é?), juntos a bem da nação.
    E quem afirmar o contrário, e ousar dizer que a coligação tem autoridade para formar governo só porque obteve mais votos, é um ovo podre, xenófobo, pedófilo, salazarento bafiento, pró-troika, traidor, e gordo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...e com mau cabelo também, não se esqueça.
      É muito desagradável viver em democracia, imaginem !! governar o partido que tem mais votos, onde já se viu.

      Eliminar
  7. Só neste País é que uma coligação ganha porque efectivamente GANHOU ( bem podem chiar as Martins, as Mortáguas e os Jerónimos) e toda a gente, incluindo os já referidos, acha que foi o grande vencedor e que os grandes derrotados foram os que GANHARAM por voto expresso nas urnas.Um País onde se fez um 25 de Abril para haver liberdade e democracia não sabe ( ?????) que o resultado do voto é para respeitar.Quer dizer, saber sabe mas a esquerda desta vez perdeu a pouca vergonha que ainda lhe restava e vai para praça bater no peito, levantar o punho e apregoar a liberdade e a democracia.....tá bem, abelha.

    ResponderEliminar
  8. Picante , onde foi isso ? Diga me , é que isto é tudo muito bonito mas gostava de ver essa gente do BE a governar o país fora do euro , de ver a Catarina a abrir uma empresa , a pagar todos os impostos que isso acarreta .. Mas a Catarina ta boa para o que é , uma atriz de meia tigela , uma fanática que não tem ideias nenhumas . Sabe picante , a semana passada cruzei me com militantes do BE e foi o bom e o bonito para me explicarem como íamos fazer de volta ao escudo.. Foi vê-los a descer a rua sem olhar para trás . Gente mais sem noção !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só não gostava porque vivo cá. Cambada de demagogos...

      Eliminar
  9. "chamar xenófobo a quem votou à direita.", que ofensa, meu Deus, jazus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xenofobia é crime. Mas com certeza o anónimo não se importaria que lhe chamassem ladrão ou assassino...

      Eliminar
  10. Ora! Eu sou a favor que venham refugiados, não andei em colégios privados e votei coligação.
    Chame-me lá nomes Lili! Ou então faça aquilo que costuma fazer tantas vezes, vá à primark do fórum sintra fazer umas comprinhas e leve o marido para olhar pela sua criancinha e garantir que ela não perde a chucha! (sim, espante-se também vivo na linha de sintra e votei coligação!!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo,
      Por mais que concorde consigo não vou publicar o comentário. Fala da vida pessoal (e eu sei que até é verdade o que diz) e eu prefiro manter-me pela vida blogoesférica.
      Não leve a mal mas são estas pequenas coisas que me fazem dormir descansada à noite e não ter vergonha do que escrevo.

      Eliminar
  11. Um à parte:
    A mim parece-me que (algumas) pessoas que votaram à esquerda foram com a convicção que com o seu voto (e ao elegerem) um partido à esquerda iriam terminar de imediato todos os problemas economicos do país, todas as crises, os cofres ficariam cheios e entraríamos de novo, automaticamente, num periodo de Era Dourada em Portugal.
    O que muitas pessoas não entendem é que sair da UE e da moeda única, era suicidio, não têm noção dos milhares e milhares de euros que teriamos de pagar de indemnizações, de contratos não cumpridos... já para não fallar na desvalorização que iam sentir... As pessoas falam muito de salazarismos mas parece que se esqueceram como era naquele tempo, na fome que passava quem não era rico.... mas passariam rapidamente a saber quando as rendas, a luz, a água, a comida, subisse em flecha mas ficassemos todos com ordenados miseráveis. As exportações até poderiam aumentar mas nós estaríamos numa crise tal que a nossa mão de obra valeria tanto como a dos chineses... ou até menos...

    Mas a maioria das pessoas parece que acredita que os cortes foram por vontade própria, alguns até se acreditam que a dívida pública aumentou e esqueceram-se de fazer os trabalhos de casa e perceber que essa suposta dívida ficou foi à mostra agora mas já vem de muitos anos atrás, só que não tinha sido contabilizada nas contas...

    As pessoas falam de alguns serviços publicos vendidos mas esqueceram-se dos milhares que nos custavam mesmo desnecessariamente...

    E a esquerda vai-se aproveitando de todo o descontentamento e diz: "Eu vou fazer diferente! Eu vou dar tudo a vocês todos, exatamente como vocês querem" e as pessoas ouvem o que querem, são aliciadas e esquecem-se de ir ler os programas, onde falam nas entrelinhas que vão cortar (e muito) só que nunca ninguém fica exatamente a saber onde...
    Quando os ouço a fazer as promessas só gostaria de ouvir um "como", como vão fazer para dar tudo aquilo que as pessoas tanto querem? Será que quem está no poder é assim tão sádico? Claro que é! Só corta nisto e naquilo e naqueloutro porque são "maus" e só querem reformar isto e aquilo porque querem tirar direitos (mesmo se, em países com saúde financeira muito superior façam igual e corra tudo às mil maravilhas...

    ResponderEliminar
  12. Ps: Melhor melhor são aqueles que optaram por fazer investimentos, investir todo o dinheiro de uma vida, todas as poupanças num produto de risco que dava elevados juros mas perderam tudo e depois querem que o Estado lhes pague um negócio que correu mal.

    Acho que se a ideia fosse à frente, um dia destes estavamos a pagar a quem joga blackjack, poker e afins e perde aos milhares...

    Mas não, os mauzões do Estado não querem pôr todos os portugueses a pagar pela estupidez e ganância alheia... mas claro que os maus são eles!!*


    * E sou totalmente a favor da condenação de quem roubou ou de quem desviou, mentiu ou enganou. Mas muitos só investiram porque dizem ter sido "aliciados" por bons juros...pois eu a isso chamo estupidez e ganância. Se assinaram um papel a dizer que aceitam um investimento de alto risco para terem X de juros... ora, se não partilham os juros com todos os portugueses agora também não me venham pedir para aumentar os meus impostos para pagar a vossa estupidez. Senão daqui a nada estavamos a pagar a casa a todos os portugueses que a perderam, mesmo àqueles que ganhando o OMN acharam giro fazer créditos impagáveis, aproveitando e iam de férias, compravam a mobilia toda e um carro XPTO novo... E isso, sim, é gozar com todos aqueles que passam ou passaram dificuldades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anonima, infelizmente tem toda a razão... ficamos todos os dias com pena dos lesados do BES, mas a verdade é que a maioria arriscou tudo...
      no entanto, lembro-me de o nosso PR ir para as televisões dizer que estava tudo bem com o BES e 2 dias depois aquilo ir pelos ares.
      Não será só culpa de quem lá tinha o dinheiro. Acredito que muitas tenham sido realmente enganadas e que muitos dos bancários estivessem de má fé. Em matéria de finanças, os portugueses são um povo vagamente inculto e facilmente manipulável...
      Agora serem os contribuintes a pagarem o que se perdeu nas aplicações de risco... Lamento, mas acho um disparate. Quando vão burlões a casa dos velhinhos e lhes sacam o dinheiro, não andamos nós a pagar. E amigos, em TODAS as aplicações de risco dizia que podíamos ficar sem o dinheiro. Também me ligaram a ver se eu não queria ter mais juros, mas li o contrato e dei uso à cabeça. O BES foi à vida e nas minhas contas ninguém mexeu. Não faz sentido pôr todo o nosso dinheiro em aplicações de risco já que... pode correr mal.

      Martha

      Eliminar
    2. As acções não têm capital garantido. Toda a gente sabe isso.
      Se é certo que o Salgado enganou o Banco Central, também é certo que eu não tenho de pagar os prejuízos do capital investido em acções ou obrigações. A lei é bastante clara.

      Eliminar
    3. Estou capaz de jurar que nem toda a gente sabe isso, ou não tinha cavado tão fundo buraco (quem é que investe TODO o dinheiro em aplicações de risco?!)
      Espero que isto acabe bem para todos, mas ou ficam eles depenados ou vão ao nosso ordenado buscar uma fatia para lhes pagar. A ver vamos...

      Martha

      Eliminar
    4. Desculpe Martha mas eles que fiquem depenados. O contracto que assinaram eram válidos, se não tinham competência que peçam a filhos, levem advogados, etc... senão temos que dar todas as pessoas como inimputáveis e como sendo incapazes de gerir os seus bens materiais.

      O problema de muitos foi a ganância. Viram que iam ter muito lucro e acharam que nunca lhes poderia acontecer nada. Vê-se isso muito e ainda continua a ver em muitos portugueses. Sim, muitos são "iletrados" em termos financeiros mas a menos que se lhes tire a possibilidade de gerir as suas contas, as consequências também têm que ser pagas por eles. Não por mim, nem pelos meus filhos, netos e por aí fora...

      Uma coisa é um Estado social auxiliar os pobres, outra é dar luxos a quem apostou em grande porque queria ganhar muito. Olhem bem a quantidade de dinheiro que o Estado tinha que dar a tanto "empresário" que só estoira dinheiro em massa em negócios de risco.

      Eliminar
  13. Esta generalização dava mais direito a processo do que ter um blogue a satirizar outros!


    BG

    ResponderEliminar
  14. Xenofoba é ridiculo. Burra parece-me mais colado à realidade.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.