quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Há uma linha...

Que separa as pessoas que realmente são a favor da liberdade de expressão das outras, as que apenas o são quando lhes convém.

Tolerância: condescendência ou indulgência para com aquilo que não se quer ou não se pode impedir.
In: Priberam

(a coisa não passa por chamar nomes a quem não concorda connosco, isso é apenas falta de educação...)

Condescendência ou indulgência para com aquilo que não se quer ou não se pode impedir.

"tolerância", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/toler%C3%A2ncia [consultado em 09-09-2015].
Condescendência ou indulgência para com aquilo que não se quer ou não se pode impedir.

"tolerância", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/toler%C3%A2ncia [consultado em 09-09-2015].

17 comentários:

  1. Então? Sendo Charlie vale tudo menos tirar olhos, Picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em se sendo mal educado vale mesmo, é o que concluo.

      Eliminar
    2. sensibilidade e bom senso são hoje em dia apenas palavras de um título famoso :/

      outofthewomb2swoon.blogs.sapo.pt

      Eliminar
  2. Concordo picante. Não temos,todos,que ter a mesma opinião. O problema não é ajudar, porque isso todos (quase) querem fazer,se puderem, o problema é o medo do que vem por aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é mesmo tentar calar aqueles que discordam de nós. Nem que seja à força de çhes chamar nomes. Fico parva com o que leio por aí e com a noção distorcida que esta gente tem da liberdade de expressão.

      Eliminar
    2. No fundo, quase todos temos um ditador dentro de nós.

      Eliminar
    3. A questão é mesmo essa, calar aqueles que discordam de nós. Hoje em dia a blogosfera é mais um meio de aumentar o ego das pessoas através da selecção de comentários. Claro que não digo ofensas gratuitas. Sim é quando há discordância, pumba. Inveja.

      Eliminar
  3. Querida Mais Picante,
    Apesar da definição de tolerância, diria que a liberdade de expressão vai mais longe, abrangendo a noção de que "aquilo que não se quer ou não se pode impedir" nem sempre está tão errado quanto desejaríamos, nem tão certo quanto nos dizem.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão não é bem o certo ou errado da coisa. Chamar imbecil a cada pessoa que profere uma imbecilidade (no nosso pequeno ponto de vista) não faz com que essa pessoa passe a dizer coisas acertadas. Faz apenas com que se torne agressiva.
      Um excelente dia!

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante9 de setembro de 2015 às 14:37

    Está criançada das redes socialaites ainda não percebeu que os refugiados nao são o problema, mas sim a consequência do problema.
    Talvez se o sr Al Assad criar um conta no insta se apercebam do que se passa, pois parece que a coisa funciona assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "criançada das redes socialaites" nem sequer sabe quem é o sr Al Assad, muito menos o quão sanguinária é toda a guerra travada na Síria.

      Eliminar
    2. Porque vocês não suas casinhas, seguros, com água potável, comida, conforto em frente ao computador ou no seu telemóvel última geração sabe. São muito melhores e conscientes que os outros. Antes de criticarem de forma arrogante achando-se a última bolacha do pacote se calhar pensem, poderão evitar comentários desnecessários.

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante9 de setembro de 2015 às 14:40

    E a uber, pá?
    E as gangas???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou toda a favor, um e outras dão muito jeito. :DDD

      Eliminar
    2. E que carai têm as gangas, hum?

      Eliminar
  6. Ui, mas há gente que não atinge esse nível de entendimento da coisa. É pena.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.