sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Se me tivessem apetecido blogs nas férias #3

Os joelhos. Os joelhos! Os joelhos! Os joelhos!

88 comentários:

  1. Calma, Picante. Há uns sprays fantásticos que maquilham as mazelas num instante.
    Queres o nome?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero pois. Andei a lavar escadas, tenho para aqui os joelhos todos sujos. Manda vir.

      Eliminar
    2. Eu quero o nome do spray, please...
      Tive uma infância muito marcante!

      Eliminar
    3. Joelhos??? Ando mesmo mal... Patricia, quem te manda ir de férias, apanhar sol, ires a banhos e afins? Agora andas aqui á nora!!!

      Eliminar
  2. Esta é baixinha, muito reles mesmo. Não entre por aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe uma coisa? Ainda estou de férias. Não me aborreça.

      Eliminar
    2. Pois é por isso mesmo: está de férias, devia estar mais descansada, mais relaxada, sem stresses que lhe toldem o discernimento.

      Eliminar
  3. Tortos, não é???? ah ah ah ah ah ah...

    ResponderEliminar
  4. Criticar o que uma pessoa escreve, contrapor o que uma pessoa diz, julgar o que uma pessoa faz... Isso sim! Agora comentar a aparência física? Ah ah ah! Nivele-se por cima Picante :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu estou a comentar a aparência física de quem? mesmo?

      E sempre lhe digo que há excepções, acho perfeitamente válido comentar a aparência física de um modelo, de um actor, por exemplo, já que eles fazem disso profissão. É o mesmo que comentar o trabalho de alguém.

      Eliminar
    2. um modelo ainda vá...agora um actor?? desde quando um actor vive da imagem? Vive do seu talento para representar, como é evidente. Se assim fosse onde é que a Meryl Streep ganhava óscares?

      Eliminar
    3. Hum Hum... sim, realmente os actores não vivem da imagem, é mesmo só do talento. Aliás, basta ligar a TV e ver um qualquer filme ou novela que logo se encontra uma percentagem absurda de trambolhos por minuto de visionamento. Eu não sei em que buraco é que as pessoas vivem.

      Eliminar
    4. Pipocante Irrelevante Delirante7 de agosto de 2015 às 18:54

      Claro... Os actores e actrizes fazem plásticas e tratamentos porque sim... Nada a ver com a imagem...

      Eliminar
    5. Meryl Streep é uma das excepções. Se acha que muitos dos actores não vivem da imagem...

      Eliminar
    6. Essa de os actores não viverem da imagem (com honrosas excepções) é das melhores piadas que tenho ouvido.
      São uns fofinhos,vocês. Até me engasguei, caramba.

      Eliminar
    7. A Meryl Streep em jovem (quando conseguiu iniciar a carreira) não era propriamente a fealdade em pessoa.
      A maioria dos actores quando envelhecem deixam os esplendores da juventude para trás (como é normal), alguns ficam quase desfigurados à conta do desespero atrás das plásticas para conseguir "manterem-se jovens".
      Mas nenhum jovem actor tem possibilidades de vir a ser alguém no mundo do espectáculo se for feio ou não tiver alguma característica positiva que o demarque, apesar das suas imperfeições e a grande maioria dessas características demarcantes são físicas também.
      Os mais maduros, na sua maioria, ou são "bonitões" ou são pessoas que correm o meio desde sempre e obtém as suas oportunidades graças ao facto de pertencerem ao meio desde jovens (aka quando eram perfeitos e lindos).*


      * E quando falo em beleza refiro-me ao padrão da actualidade pois para mim a minha avó cheia de rugas é bem mais linda que a lili caneças cheia de plásticas. Isto porque uma pessoa quando começa a parecer que é feita de cera e não de pele (carne e osso) deixa de ser bonita e, pessoalmente, detesto os exageros da cirurgia plástica.

      Eliminar
    8. Pois, de facto há actores e actores. Se só conhecem mesmo os blockbusters americanos e as novelas da TVI é natural que pensem assim. Pensava que estava a falar com pessoas de outro nível cultural. Enganei-me.

      Eliminar
    9. Ó anónima vá ver se está a chover. Fala-se da grande maioria dos actores, que também vivem da imagem.
      Mas a anónima prefere focar-se em meia dúzia de actores de teatro, talvez inglês, talvez búlgaro, quem sabe, e chamar os outros de ignorantes. Está certo.

      Eliminar
    10. Quando ouço falar em actores não penso nos que aparecem na Lux e na Mariana, não os considero actores. Não chamei ninguém de ignorante, não se trata de ignorância mas de gostos culturais, só isso. Não é preciso tanto barulho com uma coisa simples. A imagem, em ultima análise, é importante para qualquer pessoa. Mas entre isso e dizer que os actores vivem da imagem...vai uma distancia grande. Alguns actores vivem realmente da imagem e, de facto, num determinado tipo de cinema e televisão isso é mais importante que o talento para representar. Felizmente, há muitas outras situações em que tal não acontece.

      Eliminar
    11. Bom, eu estava a falar no geral. Creio não estar muito enganada se disser que por cada Al Pacino ou Jack Nicholson existem duzentos ou trezentos Brads. Mesmo os que crescem e se tornam excelentes actores, estou aqui a lembrar-me do lourinho do Titanic, agora não me recorda o nome, já o vi em meia dúzia de excelentes papéis, quando se iniciam devem-no em parte à imagem.
      Há excepções, claro que há, mas a maioria dos actores cultiva a imagem de uma maneira absurda. Mesmo muitos dos bons actores.
      (e quando disse isto estava a pensar em Holliwood, não na TVI ou no teatro Inglês)

      Eliminar
  5. Já a vi por aqui dizer várias vezes que se limita a fazer chamadas de atenção para quando os outros blogs a tentam fazer de parva com a publicidade encapotada. Afinal não é só isso, está só a alimentar os seus ódios de estimação gozando com imperfeições físicas. Muito, muito baixinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ouça lá ó iluminada, explique lá com que imperfeição física específica estou eu a gozar e de quem falo.
      Eu digo que os joelhos de alguém são quadrados, às bolinhas, gordos, ou disformes? Ou foi a sua cabecinha que imediatamente se lembrou de uns joelhos? Ora vá apanhar sol.

      Eliminar
    2. A sério? Vai mesmo fingir que não está a falar da Pipoca + Doce e que só se lembrou de escrever a palavra joelhos porque sim? Quando se sabe perfeitamente que os joelhos da mulher já foram tema na caixa de comentários do blog dela? É sonsa a esse ponto?

      Eliminar
    3. Ui... Picante. Agora ficaste toda aziadita com este anónimo!!

      Eliminar
    4. Ironicamente não sou eu que estou a falar na Mais Doce. É a Anónima. Não me tente pôr palavras na boca, não lho admito.
      E em verdade lhe digo que não leio os comentários daquele blog. São às dezenas nos posts mais fracos e não valem um caracol. Se abri a caixa de comentários dela três vezes, já foi muito. Portanto, não, não fazia ideia de que os joelhos dela tivessem sido alvo de comentários no blog.

      Eliminar
    5. claro que não, nem passa lá a vida...

      Eliminar
    6. Ahhh, já apanhei.
      Mas passo lá eu a vida e realmente nunca na vida vi algo alusivo a joelhos... ou então, honestamente, passou-me ao lado.

      Eliminar
  6. Pipocante Irrelevante Delirante7 de agosto de 2015 às 13:48

    Triste é transformar aniversários em negócio.
    Joelhos... De porco, não sou adepto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do porco só mesmo os secretos e entrecosto. E as febras, vá...

      Eliminar
  7. Pois, Picante, os seus leitores estão à espera de mais (falo por mim) mas pronto, está de férias, dá-se o desconto ;) Vá, inspire-se lá, que aqui a malta gosta é dos seus textos! Boas férias e volte inspirada, sff :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é isso...está de férias não lhe apetecem blogs... é isso. Tem uma vida tão feliz e preenchida que nas férias nem vai à net.

      Eliminar
  8. Ainda bem que não lhe apeteceram blogs nas férias... faria se apetecesse. É realmente patética como a sua vida gira à volta disto. Está com uma dependência, sabia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sério Ana?
      (foi Ana que disse, não foi?)

      Eliminar
    2. Está enganadíssima - deve estar a apanhar o hábito das suas leitoras que se deitam a adivinhar de quem está a dizer mal. Não sou Ana.

      Eliminar
    3. Estranho...
      (talvez seja amiga, então...)

      Eliminar
  9. Andou a encerar a casa de joelhos, só pode!! Ou então, ajoelhou, vai ter de... coiso e tal... só pode!! (tanto creme, tanta besuntação naquele corpo e apresenta "aquilo"? Blérch!! (Paula Neves)

    ResponderEliminar
  10. cheguei agora no teu blog, li os utlimos tres posts e nada entendi!!!! rsrsrr serei eu um PARVO?rsrsr

    ResponderEliminar
  11. O verniz... o verniz... o verniz...
    (ultimamente encolhe os dedos, mas sempre aparece)

    ResponderEliminar
  12. Tenho os joelhos numa lástima por causa da bicicleta.
    Fiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Manda lá a marca disso pah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pfff Já lho pedi e nada. Não se pode contar com ela para nada, é o que é.

      Eliminar
  13. Yep, os joelhos. Mau demais. Encardidos, diria até.

    ResponderEliminar
  14. Mostra lá os teus! Aposto que são mais tortos do que os dela!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dela? Há uma "dela" com joelhos tortos?
      (fofinhos)

      Eliminar
  15. xiii...por acaso não tinha dado conta! mas nas últimas estão realmente um pavor! Exigia-se mais profissionalismo! :) um bocadinho de betume nos joelhos não ficava nada mal..

    ResponderEliminar
  16. Coco Chanel uma vez disse que os joelhos era a parte mais feia do corpo de uma mulher, por mais linda que fosse, rara era a mulher que ficava bem com uma saia acima do joelho. Mme.Chanel disse!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os joelhos são realmente feios. E estou capaz de concordar. Qualquer pessoa que fique bem de saia curta ficará ainda melhor de saia comprida.

      Eliminar
  17. Eu cá diria que são os joelhos da picante que nunca mais foram os mesmos desde que teve um acidente na neve.... Mas como a picante gosta de ver a malta a deitar fumo a pensar que são outros joelhos, nem se desmancha e é ver a malta indignar-se sem razão. Fazer posts com duplo sentido é giro, ou secalhar até não....

    ResponderEliminar
  18. Os joelhos e os pés! Aquelas unhacas a pedirem manutenção. Mas aquilo é até a unha crescer e o verniz sair?

    ResponderEliminar
  19. Eu não percebo esta necessidade de dar o dito por não dito, de esconder o que se quer sizer, de deixar um pseudo suspense no ar, de não se defender com unhas e dentes aquilo que se diz. É para depois poder argumentar das caixas de comentários que o problema é da interpretação de quem lê? Parece a Maçã de Eva a contrariar os comentadores quando é apanhada num qualquer delito. Anda ali às voltas, toda cheia de tremeliques e stresses, a tentar sair do buraco sem sucesso. Picante, tanto quando comenta os joelhos da blogosfera como os filhos da blogsfera, assuma aquilo que diz. É isso que distingue as mulheres das miúdas.

    Inês

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inês, essa comparação doeu. Eu tenho sentimentos, caramba.
      Eu assumo tudo o que digo, obviamente que assumo. Eu disse "os joelhos". Não disse mais nada, disse?

      Eliminar
    2. A picantinha treme de medo de levar com um processo em cima, daí tantos cuidados. Mas parece que já vai tarde, segundo corre por aí.

      Eliminar
    3. E não assumirá portanto que quando disse "os joelhos" queria referir-se a alguém (ou pessoas) em particular, é isso?
      É que nesse caso (e desculpe as comparações) não fica nada atrás daquelas bloggers que republicam post antigos, ou que partilham posts escritos por outras, ou que fazem 5 posts sobre o mesmo assunto só para continuar o buzz...Enfim, posts só para encher chouriços.
      Não gosta que a tratem por estúpida quando fazem publicidade encapotada mas não tem qualquer pudor em tratar os seus leitores por estúpidos quando afirma que escreveu apenas e inocentemente "os joelhos".
      Picante, Picante, gosto muito do seu humor e da maneira como escreve as coisas, mas se vai passar a tratar os leitores como tratam todas as outras, passa a ser igual a elas, compreende?

      Maria

      Eliminar
    4. Sim. Claro que sim. Mesmo que eu tivesse escrito que alguém precisa urgentemente de passar creme nos joelhos, ou que tem uns joelhos hediondos, que não disse, é coisa para ir parar atrás das grades. Diz que é pena para vinte anos.
      (quão asno pode uma pessoa ser?...)

      Eliminar
    5. Maria, estou aqui com um pesar enorme por a desiludir. Acontece que eu digo exactamente o que quero dizer. É um direito que me assiste. Não sou obrigada a assumir rigorosamente nada para além do que escrevo e eu escrevi "os joelhos", mais nada. Não é por vocês acharem que A ou B tem um qualquer problema nos joelhos que eu terei de vir dizer que sim, que falo de A ou B, ou que não, que por acaso até estava a falar de C, ou ainda que me limitei a atirar uma palavra para o ar e sentar-me a ver-vos tentar adivinhar do que falo. Se eu quisesse que vocês soubessem do que falo faria posts explícitos. Se não o faço é porque não quero, eu gosto destes posts.
      E lamento, não assumir o que a Maria quer que eu assuma mas é um direito que me assiste. Já a si assiste-lhe o direito de achar que eu faço posts de encher chouriços. É a mais pura das verdades, a maior parte dos posts deste blog não dizem nada de relevante, não tinha dado por isso?
      Mas olhe, assim como assim eu não ganho à visita, não sofrerei muito, para além do sofrimento emocional por a ter desiludido, claro...

      Eliminar
    6. Entendeu-me mal, Picante. Não estou à espera que ponha aqui o nome da pessoa (ou pessoas) a quem se queria referir, embora admita que me dava algum jeitinho porque esta está a passar-me ao lado. Mas como vê, eu nem acho que a Picante tenha qualquer obrigação de me dizer que é A ou B. Se assim não fosse, não visitava um blog onde a autora nunca assume referir-se explicitamente a A ou B, entende?
      E claro que tem o direito de assumir apenas e só o que escreve como se inocentemente não quisesse escrever mais nada. Da mesma forma que todas as outras bloggers têm o direito de escrever tudo o que querem e não é por isso que não deixam de ser aqui comentadas. Ou vai dizer-me que sou estúpida e que este blog nunca visou outras bloggers (calma, que não lhe estou a pedir que admita que ironiza A ou B)?
      Eu acho é que é diferente não assumir que determinado post é explicitamente sobre A (e aí tem todo o meu apoio. Não é obrigada a isso, eu gosto dessa sua escrita e quando não apanho, não apanho e não é por isso que gosto menos de cá vir) e dizer inocentemente que "só escreveu uma palavra e nem sei de quem é que vocês estão para aí a falar, vocês é que vêm para aqui a falar de outras bloggers enquanto que eu só escrevo sobre joelhos, panos de cozinha, etc", entende?

      E pessoalmente, essa última frase parece muito MDE que agora faz questão de, cada vez que se irrita, dizer que não precisa dos leitores e que não ganha dinheiro com o blog. Eu sei disso, escusa de mo dizer. Ou acha que eu visito o seu blog para lhe dar dinheiro e não pelos posts?

      Continue com a sua escrita, Picante, eu acho-lhe piada. Acho piada aos posts indirectos. Acho piada à maneira como expõe com sarcasmo as situações. Ou então sou burrinha e acho que é isso que a picante faz quando na verdade a picante nem lê blogs, mas enfim....Vou continuar por aqui, entretida a achar piada a alguns posts e a ficar perdida com outros (sem nunca exigir que me explique de quem fala). Quando um dia deixar de achar piada, quando um dia achar que a Picante me está mesmo a tratar por estúpida, deixo de vir e sei que isso não a afectará e ainda bem. Afinal de contas, isto são só blogs. :)

      Maria

      Eliminar
    7. Maria, eu nunca disse que a minha escrita é inocente ou que não atiro indirectas (por vezes directas).
      E talvez a tenha percebido mal, interpretei o seu comentário no seguimento de muitos outros que "exigem" que eu assuma que me estou a referir a um par de joelhos tortos, que não estou, já agora, e que dizem que este post é um insulto, que também não é, eu não ando aí a insultar pessoas, muito menos com base em deformidades físicas.
      Entre assumir que o post se refere a uns joelhos ou que estou a falar de uns. Joelhos tortos de A vai uma enorme diferença. A primeira é verdade, a segunda lhe garanto que não.
      Irritou-me que algumas pessoas chegassem aqui cheias de certezas, que eu só podia estar a querer dizer o que elas estavam a pensar, e que tinha de assumir o que elas queriam que eu assumisse. Não tenho. Nem elas têm maneira de afirmar com toda a certeza de que sabem do que falo. Da mesma maneira que eu não tenho a certeza de quem falam alguns dos comentadores, posso suspeitar mas não tenho a certeza. Está ali um comentário sobre unhas mal arranjadas que eu não consigo ligar a ninguém, por exemplo.

      Provavelmente interpretei mal as suas palavras e se assim foi desculpe o meu tom sarcástico.

      Eliminar
    8. Anónimo(a) percebido. Mas não vou publicar, ok? Não leve a mal...

      Eliminar
    9. Claro que não levo. Eu entendo ;)

      Eliminar
  20. Não entendo esta embirrança toda com os joelhos. Mas o que podem as pessoas com joelhos feios fazer? Não é como se fossem olheiras, certo?

    ResponderEliminar
  21. Jasus, o q p aqui vai. A mulher só disse joelhos senhores!
    Mas ali p a anonima "azida", e como realmente a picante n costuma dar ponto sem nó, tb lhe digo q está a bater na porta errada, q n me parece q seja a PMD a visada...e até meto dinheiro em como sei quem é :)

    ResponderEliminar
  22. Eu também sei quem é. Fácil, fácil... :)

    ResponderEliminar
  23. Estão péssimos , é de tanto traill. E cara picante o que tem a dizer destas "lesões " que foram aparecendo nesses blogs de referências . Cheira me a publicidade ao voltaren!

    ResponderEliminar
  24. Anónimo (a), não estava a querer acreditar. A sério que aquilo é a melhor justificação que ela encontra? Suponho que acredite mesmo no que diz, a verdade é que ela não deve precisar, naquele caso acho que é mesmo só pelo ego.
    Sou bem capaz de fazer um post sério sobre isso. É um assunto que me faz uma enorme confusão.

    ResponderEliminar
  25. Picante quando acabam as férias ?? Gosto tanto de ler o teu blog , é rir até mais não ! Já elas devem ficar fulas .. Também gostava de saber se tem muitas mais visualizações desde que a pmd te mencionou , pura cusquice .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amanhã. Isto é aproveitar até ao último minuto.
      Na altura sim, notei um enorme incremento. Agora não sei dizer. O site meter pifou e Agosto é sempre um mês fraco, em termos de visitas. Mas sim, talvez tenha mais algumas visualizações que o ano passado.

      Eliminar
  26. Como só apanhei agora o blog estou às aranhas e curiosissima por saber o que quer dizer com "joelhos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada de importante, Bárbara, aqui quase nunca se tratam temas importantes.
      (bem-vinda)

      Eliminar
  27. Já disse e volto a dizer: acho que é tão pequenina e triste por ter criado um blogue em que 90% das vezes usa-o para gozar com outras pessoas.

    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixe estar Ana. Eu também acho pequenino e triste uma pessoa não saber escrever português. Ainda assim a Ana sente-se feliz, não é? É pois...

      Eliminar
    2. Se um blog não existir para "gozar" com outros (aliás, eu acho que nem é bem gozo, mas faltam-me as palavras), era tudo uma grande seca, só com viagens, hotéis e afins. Há sempre aqueles que todos (ou quase) gostamos de ler por isso mesmo, para desanuviar um bocado.

      Eliminar
    3. Continuo sem perceber , se não gostam do blog não ponham cá os pés , ou melhor as mãos .. K raio de gente , leva tudo a sério !

      Eliminar
    4. Ai Ana, Ana... És mesmo triste. Vai, desampara a loja. Falas, falas, falas, mas passas aqui a vida. Não sei, cheira-me que a triste aqui não é a Picante.

      Eliminar
    5. Não sei se certa gente é defensora de algumas bloggers...
      - só porque sim (porque, apesar de não as conhecer de lado nenhum, são fanáticas como algumas senhoras pelo Tony Carreira);

      - só porque vem "encomendada";

      - ou, em última instância, se essa dita "gente" não se tratará das próprias bloggers.

      De qualquer das formas, a hipótese do fanatismo é assustadora. Só por si dá que pensar na gravidade do que implica... Talvez o Dr. Vaz Serra ajude...

      Eliminar
    6. Tristes são vocês que passam a vida a gozar com os outros! E não, não venham com a teoria do "não gosta então não venha cá" porque isso, sinceramente, já começa a meter nojo. O que vocês fazem é bullying e é resultado de uma atroz falta de educação! Presumo que já tenham idade para ter juízo e para distinguir o que é certo daquilo que é errado. Cresçam e façam alguma coisa de útil pela sociedade. E sim, vou continuar a vir aqui porque a estupidez alheia dá-me vontade de rir e de agradecer aos meus pais por me terem dado a educação que, claramente, vos falta!

      Inês

      Eliminar
    7. Ó Inês... a estupidez alheia também me dá vontade de rir. E olhe... eu rio e vou comentando aqui, na minha casa. É disso mesmo que se trata...

      Eliminar
    8. Aaaaah, a eterna desculpa do "isto é a minha casa, eu faço o que eu quero"! Não entende que, apesar de isto ser a sua "casa" isso não lhe dá o direito de ofender as pessoas de forma gratuita? Ganhe juízo!

      Inês

      Eliminar
    9. Ganhe a Inês juízo. Onde é que está a ofensa? Vá, explique lá quem é que eu ofendi, se conseguir.

      Eliminar
    10. Neste post, em concreto, não existe nenhuma ofensa explícita. Mas nos restantes a coisa já não é bem assim. E mais, estes joelhos a que se refere são tão maravilhosos e belos que não resistiu em comentar desta forma "encapotada"? Ou, seguindo a sua linha de posts, não será que o que quer realmente dizer é que são horríveis?

      Eliminar
    11. Não, não é isso que quero dizer. E ainda que quisesse.. estou a falar dos joelhos de quem, mesmo?

      Mas muito bem. Vá lá procurar nos últimos dez ou vinte posts as ofensas que fiz e a quem. Se for capaz, claro.

      Eliminar
  28. Patricia M. Silva, acho que a palavra que procura é "satirizar" ou "ironia".
    Realmente as outras bloguers, que fazem tanta questão em mostrar uma vida perfeita de conto de fadas é que são sérias. Essas sim, essas é que devemos seguir sem nunca as questionar ou apontar algo contra ou, pior ainda, mostrar-lhes as incongruências do que tanto apregoam e daquilo que realmente fazem.

    Alex

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, faltaram-me as palavras.
      Mas eu honestamente, tanto gosto de vir aqui, como ir a outros lados, por assim dizer.
      No fim, tudo não passa de blogs. Não percebo as rivalidades e afins. Porque a Picante podia ironizar/satirizar a Mais Doce, por exemplo, e ser tudo levado na boa.
      É só a minha opinião.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.