terça-feira, 30 de junho de 2015

Eu cá tendo a rir-me com tipos imaginativos

Sempre gostei de pessoas que conseguem encontrar caminhos alternativos para alcançar os fins desejados, é aquilo de se pensar fora da caixa, out of the box, se preferirem, sempre a coisa soa melhor em Inglês, estes chavões soam sempre melhor em Inglês, mas dizia eu que sempre gostei de tipos com imaginação. O problema é se a imaginação lhes dá para a falta de ética ou fair play.
Tudo isto porque parece que a semana passada um jogador de futebol enfiou o dedo no ânus de um adversário, de maneira a provocar uma reacção exarcebada e respectiva expulsão, coisa que efectivamente conseguiu.

(mais ou menos ao nível de insinuar que uma pessoa se auto-comenta anonimamente para simular caixas de comentários dinâmicas...)

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Os meus filhos têm muito mais graça que os vossos

Não fui eu que escrevi isto. Foi a minha mãe, ok? Acontece que ela tem um discurso exactamente igual ao meu. Coincidências do demo...

(eu nem ia dizer nada sobre isto, mas eu faço posts, ao invés de comentários) 

(e não é por apagar os status que eles deixam de estar disponíveis em cache. Just saying...)

Aposto que estão em pulgas por saber o que ponho nas lancheiras de mini Picantes

É que recebo I-MEN-SOS mails de pessoas que não fazem ideia do que hão de pôr nas lancheiras dos filhos. E eu percebo, é claro que percebo,  afinal este é um flagelo que assombra a humanidade desde sempre. Que haveremos nós de enviar aos nossos filhos para o lanche? Soufflé de espinafres? Empada de pato em cama de rúcula selvagem e frutos silvestres? É um desassossego não é verdade? Mas nada temais, a vossa Picante vai partilhar as suas sugestões de lanche, a partir de agora os vossos filhos não vão caber em si de felicidade, não tendes de vos preocupar mais. Fica a dica para quando acabarem as férias, embora eu ache que podem, desde já, ir treinando.
Preparados? Então cá vai.

Para o lanche da manhã opto sempre por mandar meio queijo roquefort. É super saudável e como já vem partido os Pês adoram imenso:


À tarde envio sempre um queijinho de azeitão. Vai com tábua e tudo, sempre é mais fácil para se servirem e faz um efeito cheio de pinta:


E claro...Envio sempre um copo de vinho tinto para acompanhar. É um lanche PER-FEI-TO!

E então? Gostaram? Não estão TÃOOOO felizes? Tenho a certeza que os vossos gordinhos vão A-DO-RAR!!!

domingo, 28 de junho de 2015

Na verdade é quase a mesma coisa

Vejo nas notícias as últimas novidades sobre a Grécia, o Tsipras bem que esbraceja, a cada braçada se afasta mais da costa, perdeu o pé, suponho que os Gregos tenham aberto finalmente os olhos, a prová-lo está a corrida às caixas multibanco, afinal o tipo prometeu aquilo que nunca poderia cumprir, chega a dar dó, vê-lo a dar aos bracinhos pequeninos, as perninhas a bater desesperadamente, cada vez se afunda mais, a Europa bem que lhe estende a mão, mas o tipo continua, orgulhoso e teimoso que nem uma mula, a confiança foi-se, dificilmente a conseguirá recuperar. Uma pena ninguém lhe ter ensinado que a arrogância dá imenso trabalho, é quase patético vê-lo "desinsuflar".
Igualzinho a isto dos blogs.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Já os meus...

Com cerca de doze meses, em alguém dizendo que eram tão lindos, discursavam sobre Mendel, um resumo alargado sobre o seu contributo para a humanidade. Finalizavam a prelecção com uma referência a Darwin, contudo enganavam-se e diziam "a teoria Regressista".

Há o tipo e há o outro...


E tecido tipo Armani? Como será?

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Queres ser uma sumidade nisto da blogoesfera? A Picante ajuda.



Se um post te correr mal, não o expliques, faças o que fizeres nunca o tentes explicar, as pessoas esquecem, amanhã é outro dia, outro assunto encherá as cabeças e linhas blogolerianas. Ainda te lembras daquela bizarria entre a Kitty Fane e a Mais Doce? da Pepa? Dos sete blogo-pecados? Pois...

(e se acaso não resistires a explicar atenta nos pormenores, os pormenores são tremendamente importantes, lençóis, toalhas ou almofadas querem-se perfeitamente esticados e sem um vinco...)

Por hoje é só isto

Adoraria ficar aqui à conversa mas parece que há uma casa para limpar...

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Decisions, sweet decisions...


(o que seria de valor era agora ver a coisa em alemão, italiano, russo...)

O problema da margem Sul

São mesmo as pessoas que lá vivem. Em agarrando nas pessoas da margem Sul e transladando-as para a Amadora ou Damaia, aquilo ficaria tudo em família, em derrubando uns amontoados de prédios e construindo umas quintas, aquilo ficaria uma coisa em bom, uma espécie de Quinta da Gandarinha só que do outro lado do Tejo. O problema são mesmo as pessoas...

(em três, dois, um...)

terça-feira, 23 de junho de 2015

Estado das minhas pernas desde que compro calças em Portugal



Imaginar uma bonita imagem de um ex lindo par de pernas, actualmente entre o encarnado e o preto, com feridas à mistura, derivado de ter usado calças de ganga compradas em Portugal.

(eu ia pôr aqui uma imagem, a sério que ia, mas aquilo é tão nojento que decidi poupar-vos à coisa...)

Já sabem! Doravante, só compram calças de ganga no estrangeiro! 

(ou então passam a comprar o vosso número...)

Oh que aborrecimento...

Éramos para ir de férias dentro de quinze dias, duas semanas inteirinhas no Chile, quatro dias em Valle Nevado, nunca esquiei na América do Sul, acontece que nos sucedeu um percalço e não vamos poder sair de Portugal, lá teremos novamente de fazer férias na praia, ainda tenho é de pensar num plano bê.

(e agora é recostar-me no cadeirão Luís XVI e esperar que os senhores dos hotéis contactem aqui o blog...)

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Os problemas dos homens

Não fodem, nem saem de cima.

(Tradução: vou tratar-te como se quisesse ser teu namorado, mas não quero, na realidade gosto do jogo de sedução, portanto vou portar-me como se tivesse dezasseis anos. Ah!... Como se tivesse dezasseis anos e fosse uma gaja. E vou ficar aborrecido quando mo disseres)

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Está um dia lindo, não está?

De todas as coisas que me dão prazer, talvez a maior seja o ritual de pequeno almoço, no Verão. Acordar cedo, fazer sumo de laranja e café. Sentar-me no meu jardim, o sol ainda não queima, os pássaros chilreiam, sopra uma brisa fresca, a casa em completo silêncio. São quinze minutos só meus, de puro prazer, de sossego, perdida com os meus pensamentos. Quando acabo o segundo café ouço sempre um bom dia, tenho braços à roda do meu pescoço.
Bom dia, aos que por aqui passam!

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Que estás a fazer, Picante?

Hoje fiquei a trabalhar em casa...

(Ah! A alegria e prazer que as casas antigas dão...)
(Ficam a saber que estou a preparar-me para fazer o meu running radical, sobre a água, em tendo tempo ainda vos deixo um vídeo, para que vejam como eu levo a sério o conceito "seize life"...)


quarta-feira, 17 de junho de 2015

terça-feira, 16 de junho de 2015

Das pequenas grandes coisas

E agora levo-te a experimentar uma nova ginástica e tu vais, contrariada, que adoravas a tua classe e treinadoras. E depois aquilo até é giro e passas a semana inteira a rezar para que te aceitem. E quando entras treinas o dobro do tempo e adoras cada minuto, só te afliges quando te apercebes que aquilo é para competir, em frente a uma multidão. E competes e apanhas o bichinho. E depois eu vejo-te feliz, cada vez mais segura e confiante, percebes que com esforço e muito trabalho tudo se consegue. E tu tens menos tempo para brincar e estudar mas tornas-te mais organizada e as tuas notas nunca foram tão boas. E um dia vejo-te lavada em lágrimas, que ainda não estavas pronta para aquele novo esquema de trave. E depois pedes-me uma trave, de presente de aniversário, que tens mesmo de treinar. E chego mais tarde ao ginásio, aproveitaste o tempo para treinar com as crescidas, vejo-te dar uma corrida, aterrar de cabeça, levantar, correr de novo e aterrar em pé, depois de fazer uma roda sem mãos. E depois foste a correr dizer à treinadora das que fazem duplo mortal empranchado, mas ela já sabia, que ali tudo se festeja. E vais para casa feliz, olhos brilhantes desta nova proeza, ávida da próxima, e está tudo muito bem.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Por vezes ouço pessoas de esquerda dizerem coisas que me levam a crer que elas não são de esquerda por desejarem uma sociedade mais igualitária, mas apenas pelo prazer de retirar aos que têm mais que elas. Estive num jantar onde uma fulana disse cobras e lagartos das casas novas, que as velhas é que eram e não sei o quê. Rematou com uma pérola sobre os automóveis alemães serem coisa de noveau-riche exibicionista. Ora ela nunca morou numa casa nova, a dela nem elevador tem. Ah!... E não tem automóvel. 
Ela intitula-se de esquerda. Eu chamar-lhe-ia outra coisa.

As pessoas que...

... Insistem em partilhar tempos e kilometros e fotografias das oitocentos e quarenta e sete corridas que fazem por ano... cuidarão que isso nos interessa?

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Verdades Picantes

Não desrespeitarás a memória dos mortos, por muito que aches tonto alguém escrever para quem já não pode ler.
E muito menos escreverás RIP em páginas de gente viva, isso é só tremendamente parvo, nem sempre vale tudo para fazer rir gente notoriamente tola.
No fundo é somente uma questão de sensibilidade e boa educação...

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Na vida como nos blogs

Tive uma amiga habituada a ser a estrela do grupo. Rapariga inteligente e de resposta sempre pronta, tinha um fino sentido de humor, bastante cáustico e que, invariavelmente, fazia explodir o grupo em sonoras gargalhadas. Pouco a pouco deixei de lhe achar tanta piada por reparar que ela apenas se metia com os mais incapazes de lhe responder à letra, nem que fosse por mera boa educação, por vezes ela dizia coisas cuja única resposta era um "vai à merda, deves pensar que és a última coca-cola do deserto". Entretanto, ela própria cresceu, tornou-se mais generosa e passou a brincar apenas entre iguais. E eu tornei a achar-lhe um piadão, a verdade é que ela tem mesmo piada.
Fico sempre entristecida quando vejo pessoas a jogar três níveis abaixo do seu campeonato só para ganhar. Nem chega bem a ser um jogo, pois não?

terça-feira, 9 de junho de 2015

Coisas que aprendo com os blogs

De repente as lojas dos chineses parecem-me atractivas e cheias de coisas giras. Andei toda uma vida enganada, é o que é.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Não devia surpreender-me

Perceber que há pessoas, supostamente inteligentes e tudo, que não conseguem perceber a diferença entre não gostar de um membro da família, ou de certas facetas dessa pessoa, vá... e gozá-la em público.
#juntouseafomecomavontadedecomer

Isto não é uma tentativa de pressão, eu seria incapaz de fazer isso...

Lembro-me da primeira vez que li um blog. E da primeira vez que escrevi num blog. Lembro-me de que, ao início, isto dos blogs era uma coisa a solo, de mim para mim. E gostei de escrever sobre coisas cá minhas. E depois comecei a ler outros blogs. Lembro-me de me fartar de rir com algumas das tiradas da Mais Doce, de achar piada ao Quadripolaridades, de soltar sonoras gargalhadas com as conversas do Bagaço Amarelo, de me encantar com o Visconde, e.... e...
Mas havia um blog de que eu gostava particularmente. A autora contava histórias absolutamente fabulosas. E era uma querida. E tinha um pai tão hilariantemente fabuloso como ela. Acontece que a safada se apaixonou e decidiu casar. Pouco a pouco foi deixando o blog para trás mas parece que agora lhe voltou o bichinho. Vocês não sei, mas eu estou aqui cheia de vontade de tornar a ler a Belota.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Suponho que deveria agradecer às duas meninas...

É que, ultimamente, tenho recebido mails fora do vulgar. Ele é uma agência várias agências que quer pôr aqui publicidade e me diz que eu não preciso de passar factura... Ele é um senhor que quer um post patrocinado sobre produtos saudáveis e pergunta se se adequa ao conteúdo do blog... A sério? Produtos saudáveis? Logo a mim? Céus!... Ele é outro senhor que quer um post patrocinado sobre não sei o quê e me convida para ir passar o fim de semana não sei bem onde (até sei mas não vou dizer, ok?)... A verdade é que desde que a minha homónima decidiu fazer um agrado a Cristina, isto tem sido um fartote.
E eu disse que não, não faço posts patrocinados sobre produtos que desconheço, ainda se fosse um post sobre Barca Velha ou Veuve a coisa ainda se arranjaria, também disse que não à proposta de publicidade paga, sem factura, aquilo era coisa para me render uns oitenta euros por mês, os tipos estão a pagar um euro por cada mil contactos meus. Ora eu acho que vocês valem pelo menos uns três euros e vai daí que recusei a gentil oferta. Não é que o senhor da agência me deu uma quase descompostura? Enviou-me um mail fofinho cheio de pontos de exclamação a dizer que eu era uma parva e que não percebia nada de publicidade. Deixo-vos a última parte do mail que lhe enviei, nem percebo porque é que não me respondeu...

".........
Finalmente, eu não lhe pedi nada. Limitei-me a não aceitar uma proposta. Ao que me lembro nem uma contra-proposta fiz.Vai daí que me parece que ainda me assiste o direito de recusar uma oferta que eu considero uma porcaria, independentemente de essa oferta ser ou não a norma do mercado.
O XXXX partiu do pressuposto, totalmente errado, de que eu tenho um blog para ganhar dinheiro. Não é de todo o caso. Tenho um blog porque isso me diverte. Se me oferecesse o triplo eu hesitaria e ainda assim acharia barato. Agora assim..."

Mas pronto, deixo aqui um muito obrigada à Pipoquinha Docinha e à Maçanita. Quando eu quiser rentabilizar o blog já sei que é só aborrecê-las. Bem hajam minhas santinhas.

(Talvez me dedique a fazer workshops de como ter um blog de sucesso, talvez.Tenho é de me lembrar de comprar um bibe...)

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Uma espécie de regra blogoesférica

Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot. Não arrasarás a indumentária alheia a menos que uses umas calças brick que te façam parecer um pequeno Pierrot.

Entenderam? Óptimo. Ide em paz.

Nós não merecíamos isto, caramba...


O tipo cospe as pastilhas, masca de boca aberta, diz memo e nao se refere a memorandos, o tipo é do povo, minha Santa Teresinha me valha. E agora? Deixamos de ser o clube snob? O que tem um treinador que fala como um homem? Não pode ser, pois não?

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Parece que...

Há um novo blog, aqui pela blogo-vila.
(ainda bem minha querida, isto sem as feministas de serviço não tem a mesma graça...)

terça-feira, 2 de junho de 2015

E ainda que mal pergunte...

A Eva Lima descompôs a Mais Doce, exactamente porquê?


Só pode ser mau feitio, caramba. Toda a gente sabe que a H&M é o spot a ir, em querendo comprar um vestido de noite...

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Picante's drawer sale

Eis que tenho uma excelente notícia para todos vós. Decidi fazer uma drawer sale! Isso mesmo que estão a ouvir. Resolvi esvaziar as minhas gavetas, pelo que terão o enorme privilégio de poder comprar os ex must have Picanteanos que já não uso, derivado de ter engtretanto adquirido outros must have. Não estão verdadeiramente excitados? Não é maravilhoso?
Só para vos aguçar o apetite, deixo-vos com algumas das coisinhas top e super fashion que terão a possibilidade de adquirir. Directamente das gavetas Picanteanas para as vossas. Ora digam lá se não é tremendamente espectacular?

Ideal para utilizar no running, em matchy-matchy com os ultimate Adidas extremamente leves e super chics!

Caneca adquirida no Harrods, praticamente nova!

Vela estilosa Hermès!

PS - as minhas amigas Pixuca, Kinha e Mizinha também de vão juntar à venda! Esperem só para ver as coisas super top que elas têm!

Do fim de semana quase perfeito, não fora ter descoberto a existência de músculos que desconhecia derivado de dores em geral

Escalada. Churrascada. Arborismo. Orientação. E claro, o meu Sporting.
Estou tão cansada...

Noventa e três

Ainda sabe melhor quando a coisa é suada até ao fim.
Confessem... Já não acreditavam, verdade?