terça-feira, 28 de abril de 2015

Ó Senhor! Senhor! Ó Senhor!.. Sim, é consigo mesmo, senhor...

De nada adianta mudar o título se não eliminar o post, ele mantém-se no link. Uma pessoa vai para dar um ar da sua graça e qual não é o seu espanto quando verifica que isso dos sonhos não passa de um second best, o senhor quer mesmo é que o DESlarguem.
De nada.
(e eu deslargo, é claro que deslargo, não há necessidade de se ser desagradável, pois não é?)

8 comentários:

  1. Às tantas foi intencional, o autor quis que o "deslarguem o homem" lá ficasse, em modo mensagem subliminar, não tão subliminar assim. Ou talvez isso de "deslargar" seja um sonho, assim ao nível dos sonhos com lamborghinis roxos. Sei lá, quem sou eu para falar de sonhos esquisitos, eu própria acordei um destes dias muito angustiada porque a equipa do Querido Mudei a Casa (que é programa que já não vejo desde que saiu da sic mulher e foi para a tvi) me tinha feito a remodelação do meu escritório e o tinha transformado numa espécie de dinner dos anos 50.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei nada disso do autor, o que quer ou deixa de querer. Aqui só de fala do boneco, Mirone.
      (e estaria capaz de apostar que o boneco não suportaria que o deslargassem...)

      Eliminar
  2. Epah fico mesmo chateada... Assim não sei de quem falam...

    ResponderEliminar
  3. do pipoco salgado, sim sim sim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, deslargo? Ou sim, mostro-lhe que pode ser lixado lidar com quem não suspira por bonecos?

      Eliminar
    2. (estou aqui a esfregar as mãos e a fazer um riso maquiavélico...)

      Eliminar
  4. se não o largou durante pelo menos um ano, deve estar na altura de o deslargar porque já não vem dali nada de novo, que ele não é mais que os outros, é igual, e todos temos o mesmo fim: ficarmos chatos, cada vez mais nhonhonhós, como se vê por exemplo, com ele :)
    não é preciso fazer nenhum esforço para o deslargar, é um processo completamente natural
    lá adiante, quando a Picante olhar para trás vai ver que sim, que as coisas são como elas são

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.