sábado, 25 de abril de 2015

Daquilo da liberdade do 25 de Abril e do pelame

Para o ano hei-de lembrar-me de fazer uma promoção oferecendo uns tops de uma marca conceituada. Talvez Zara ou Primark, não sei. Eu ofereço os tops, vocês queimam uns soutiens. Que me dizem?
Caramba, gostava de saber quem são os criativos por trás de tão engraçadas campanhas. É que a mim, só me passa pela cabeça que foi o 25 de Abril que permitiu estes tipo de patacoadas sem autorização dos vossos maridos.

14 comentários:

  1. Estive vai nao vai para teclar sobre isto mas, de repente, já é 25 de Abril e eu nem fiz a depilacao hoje a celebrar a revolucao pois o tempo sumiu-se-me. De qualquer maneira, o seu post resume bem o que me passou pela cabeca, Picante. Cheers!

    ResponderEliminar
  2. Para mim até podiam fazer descontos em batatas nos supermercados por causa do 25 de Abril. É um motivo de celebração, a celebração pode ser feita com descontos (que gostamos sempre). Não se trata de igualar a importância da revolução à importância de uma iniciativa de descontos em depilação, batatas ou panos da loiça. Trata-se de associar a celebração a um preço mais simpático e convidativo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema não foi fazer o desconto. Podem fazer os descontos que quiserem. O problema é comparar a liberdade que o 25 de Abril nos trouxe com... A liberdade de não ter pêlos. Pelo amor de Deus!!! Que comparação ridícula.

      Eliminar
    2. Ela não faz essa comparação e explicou muito bem. O que ela diz é que para ela, reforçando "para ela", é que não ter pêlos é uma forma de liberdade, outra vez, para ela. O que compreendo. Se ela comparasse a liberdade que o 25 de Abril trouxe a não ter pêlos, sim, seria estúpido. Mas ela explicou-se muito bem, o que diz é que é uma forma de liberdade e não algo igual ao que o 25 de Abril trouxe.

      Eliminar
  3. Gosto muito da pipoca, mas esse post foi de um mau gosto... o pior k já por lá vi...

    ResponderEliminar
  4. Não fiquei ofendida com a campanha, mas caramba... anda-se a desvirtuar e muito o significado deste dia. Até percebo que não ter pêlos dê uma sensação de liberdade enorme (digo eu, que não tenho dinheiro para recorrer a este tipo de serviços e todos meses ainda tenho que ir à cera e isso causa-me um enorme transtorno), mas comparar isso ao 25 de Abril? A sério?

    ResponderEliminar
  5. Não fiquei ofendida com a campanha até porque não dei o coiro à revolução, sou da geração que já apanhou a entrada para a União Europeia. Mas acho de uma falta de gosto tremenda, e passo a citar: “Grândola, Vila Morena” aos pêlos!" WTF!?!?! É publicidade a usar o 25 de Abril??? Pela enésima vez, aos pelos??? Não faz sentido nenhum!!! É que não tem gracinha nenhuma, a estupidez... não é "giro" é parvo é um absurdo.
    Para quê que anda a teimar em fazer sapatos, já que o seu único objectivo na vida, a razão para a qual foi posta na terra e tem como vocação e chamamento erradicar os pêlos de tudo o que é "cidadona" portuguesa?
    Oh pah,... mas ela não se toca?!

    ResponderEliminar
  6. "Oh bida !!! " Pois näo é que nem sei que diga ....! Eu fui jogar futebol com os miúdos e o respectivo . Näo tinha feito a depilacäo e vai que näo vai vesti uns calcöes e senti-me livre ; näo parecia uma macaca ...atencäo, mas um pelito aqui outro ali que mais faz ?! Vivo num pais centro europeu e aqui as mulheres tb tem pelos ,mas säo bem mais descontraídas com isso !! Ps. o meu computar tb é nórdico e é uma trabalheira para escrever com cedilhas ....etc. Desculpem!!

    ResponderEliminar
  7. A campanha é redutora. Faz uma comparação de liberdades, sim. Pelo menos eu entendi-a como tal. E achei uma tolice. As bloggers limitaram-se a fazer publicidade.

    ResponderEliminar
  8. Têm é que dizer sempre qualquer coisinha. Se não fosse a comparação xpto, haviam de arranjar outra coisinha qualquer para incitar à indignação e para as do costume virem aqui dizer "eu nem sou muito de me chocar, mas esta, sim, chocou-me".

    Portugal é o pais dos indignados. Quando não vão para a Avenida manifestarem-se, um blogue desenrasca perfeitamente o propósito.

    ResponderEliminar
  9. Patacoadas é linguagem tããaaaao Amadora e bairros circundantes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A anónima lá saberá. Costuma ouvir muito por esses lados, é?

      Eliminar
    2. Tanto quanto a Picante, tanto quanto a Picante...

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.