terça-feira, 17 de março de 2015

Ser Esquerda


Só que não.

11 comentários:

  1. "Faz o que eu digo mas não faças o que eu faço".

    ResponderEliminar
  2. Mas, mas, mas...
    Então o dinheiro não cresce nas árvores? Aquilo da árvore das patacas não passa de uma estória inventada? É isso que nos quer dizer, Picante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Mirone. Parece que temos de produzir para que ele apareça. Um aborrecimento...

      Eliminar
  3. :)))))

    é imaginação minha (da gripe, que é quem tem as rédeas por agora) ou há por aqui referências cruzadas?
    li uma mão que encaixava perfeitamente nesta luva...

    ah, a Esquerda, a Direita, o Centro, o Arco da Governação, os médios ofensivos, o interior esquerdo, a ponta da lança, o mestre JJesus e as possíveis semelhanças com o excelente Mota Soares, as manchas solares e a electricidade estática no pêlo dos gatos ...

    seriam necessárias vidas inteiras de investigação para compreender estes fenómenos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem por acaso também se aplica, sim senhora.
      (aquilo é muita razão junta...)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. É um aborrecimento, eu sei. Mas diz que é preciso trabalhar, que o Estado não tem de nos sustentar.

      Eliminar
  5. O problema do Estado é que gasta demasiados recursos para se manter, recursos esses que deviam ser colocados ao serviço de quem o sustenta. Não vale a pena manter a funcionar uma máquina que utiliza boa parte da energia que recebe apenas e só para se sustentar a si mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema do Estado é que não há separação de poderes, na prática quase não há, e paga pouco. A coisa haveria de ser gerida como uma empresa privada e já funcionaria melhor.
      (em termos de avaliação de pessoas e promoções, obviamente)

      Eliminar
  6. A piada mesmo deve estar no facto de se achar que esse pensamento é exclusivo da esquerda. Então neste país... Já sei, temos os senhores da direito a dizer que são muito poupados e que é preciso poupar e haver contenção de despesas... Infelizmente, a história desmente-os.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.