segunda-feira, 23 de março de 2015

Isto sou eu, aqui a falar de mim para mim

Talvez lhe ofereça um vestido, tenho a certeza de que gostaria de ter um vestido às riscas, tinha pensado nuns sapatos de salto, uma coisa em bom, talvez Miu Miu, talvez Sergio Rossi, toda a gente deveria ter uns sapatos de salto alto comme il faut, sempre nos alongam a perna e nos tornam mais altos, enfim... Mas depois pensei que os sapatos não seriam a melhor das ideias, está sempre aos pulinhos, sempre a tentar chamar-me a atenção, no fundo acho que tem a secreta esperança de um dia vir a ser uma de nós, pobre... Não se lhe pode levar a mal, até é eternecedor, só quer atenção, deve ser um pouco carente, é isso. Sou bem capaz de lhe oferecer um vestido às riscas, tenho a certeza de que vai gostar.

45 comentários:

  1. Uva Passa?
    É a Uva Passa, tenho a certeza! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que alguém as tem. Eu cá só tenho dúvidas...

      Eliminar
    2. Só tem dúvidas? Mas como, se ali mesmo na ultima frase afirma as certezas que tem (a de que a sua visada vai gostar de um vestido às riscas)?

      Eliminar
    3. Ai, isso é porque quem eu viso gosta muitíssimo de vestuário às riscas. Quando as pessoas dizem eu acredito.

      Eliminar
  2. Censurou-me? Ora, ora, Picante, mas que santidade por aqui vai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, eu reformulo. Também voto na Uva.

      Eliminar
    2. E estava à espera do quê? Com um comentário fofinho desses?

      Eliminar
    3. Lamento se sou sincera. Não me pareceu que tivesse ofendido ninguém.

      Eliminar
    4. Sou eu que estou muito bem disposta, não quero má língua. Eu gosto muito da Uva que não passa.

      Eliminar
    5. Pois... é que eu estava a olhar para os blogs generalistas com o distanciamento de quem não faz parte de nenhum grupo, e a Picante continua a malhar na outra, que de substãncia tinha pouco, era mais a atitude.

      Quanto à Uva, vejo-lhe qualidade, não tem é noção do seu espaço, "pula" demasiado. Só isso.

      E, por favor, não confundir personagens bloguísticas com pessoas, que não conheço a senhora de lado nenhum.

      Eliminar
    6. Quem é a outra em quem eu continuo a malhar?
      Quanto à Uva, estamos conversadas. Gosto do blog, palpita-me que gostaria da pessoa que lhe dá vida, se a conhecesse.
      Qualquer coisa é ir lá.

      Eliminar
    7. Não é bem "pular". É mais querer dar nas vistas.
      Mas tem qualidade, sim.

      Eliminar
    8. Quer um exemplo? Leia-lhe o último post. A sr.ª dona da verdade defende-se do bullying, quando o bullying são meras opiniões, que nem ao respeito lhe faltam.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    10. A inveja é fodida. A Uva Passa escreve bem que se farta, muito melhor que eu algum dia sonharei escrever. E é simpática. E bem educada. E não está para aturar gente descompensada (parece-me). A inveja é fodida, não sei se já disse.

      Eliminar
    11. Olha, olha, o argumento da inveja. Adoro!


      O pior é quando ele, o argumento, é usado por anónimos para vos caracterizar a vocês. Nessa altura, ai que Deus, que o mundo se me acaba já aqui, que afrontamento tão grande que se me está a dar...

      Eliminar
    12. Ainda bem que adora. Dado que nunca a ouvi ser indelicada ou deselegante para ninguém, muito até pelo contrário, não consigo encontrar outra justificação.
      Ou então não será inveja, será alguma raivinha que possa ter ficado de alguma situação, não sei. Às tantas posso ter-me precipitado. Obrigada pela chamada de atenção. Sei que posso sempre contar convosco...

      Eliminar
  3. A questão que se impõe: e as riscas, são para usar na horizontal ou na vertical?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na vertical, sempre alongam a figura....

      Eliminar
    2. Como é que a Mirone as usa? Na horizontal ou na vertical?

      Eliminar
    3. Nos fatos e camisasuso na vertical. Nas t-shirts e casacos de malha, na horizontal. Vestido, não tenho nenhum às riscas, mas andei o inverno todo com um vestido com riscas horizontais debaixo de olho.

      Eliminar
    4. Nos fatos e camisas uso riscas verticais. Tenho algumas t-shirts e malhas com riscas horizontais. Não tenho nenhum vestido às riscas, mas andei o inverno todo a cobiçar um com riscas horizontais. (não fosse ele de malha e teria vindo morar cá para casa, como dizem as fashionistas).

      Eliminar
  4. Ná, este post não é sobre a Uva. É sobre a Cocó.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente. Como adivinhou? Que perspicácia....

      Eliminar
  5. Era não trazerem a Uva para post onde não é chamada. A Uva não precisa da minha defesa para nada, mas se há pessoas que só por aquilo que escrevem, se consegue depreender qualidade humana, a Uva é uma dessas pessoas.

    Picante, com toda a sinceridade, nunca se amofinou quando nós damos a nossa opinião de forma civilizada e portanto e porque sei que me vai perceber sem ser preciso grande conversa, vou passar-lhe uma mensagem assim quase em código. E isto, porque como sabe, porque já lhe disse, gosto de si, pelo menos sempre assumiu, sempre deixou claro, que gosta de provocar, mas também sempre aguentou opiniões diferentes das suas sem fazer birras. Se a pessoa de quem está a falar neste post é quem eu acho que é, o que a pessoa que eu acho que é, disse, é exactamente a ideia que passa para mim, por exemplo, que vos leio sem ter blogue e de forma isenta. É o que passa Picante. E aquilo que se passou por causa de uns comentários, fez-me ter vontade de ficar do lado de uma pessoa cujo blogue nem nunca tinha lido. Quando se juntam umas quantas pessoas contra uma, a mim dá-me logo vontade de ficar do lado dessa uma, ainda para mais porque foi a pura manifestação de uma opinião. Não gostei nada, outras pessoas de certeza que sentiram o mesmo. E aquele post espelhou de uma forma satírica, claro, o que parece, o que passa para quem acompanha, mas a maioria não tem "tomates" para dizer e para mim como leitora, tudo o que escreverem sobre aquele post, só vos enterra ainda mais. (E obviamente que a história da chave não tem nada a ver com isto, porque isso até tem sido uma coisa bem gira).
    Se não quiser não publique Picante, fica só para si, a mim tanto me faz e vocês podem muito bem ter os vossos blogues só para se lerem umas às outras e a ser assim, ninguém tem nada a ver com isso, nem que dar palpites, ou opiniões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "E aquilo que se passou por causa de uns comentários"
      "Quando se juntam umas quantas pessoas contra uma"
      Eu, que até tenho alergia a quem não tem coragem para determinada coisa, acho que falar sem saber muito bem do quê, é pior do que não ter tomates.
      E para quem colocava a hipótese do comentário não ser aprovado, esqueceu-se de alguns dados importantes que visavam esclarecer um pouco mais a sua teoria.

      Eliminar
    2. Cláudia, isso do "e para mim como leitora, tudo o que escreverem sobre aquele post, só vos enterra ainda mais." deve fazer algum sentido à luz da liberdade de expressão e do direito ao contraditório e assim... Só não é estou é ver muito bem como...

      (Está a opinar, cheia de juizos de valor ainda por cima, sobre o que não sabe... E isso, enfim, não é bonito.)

      Eliminar
    3. Claudia, não teria porque não aprovar o comentário. Eu aprovo comentários discordantes, desde que não sejam meras provocações, essas aprovo cada vez menos.
      Tem toda a razão, vir tentar difamar a Uva é mesquinho, diria mais mas isso seria trazer assuntos antigos.que nem são meus aqui e não me parece que a Uva o queira.
      A Claudia foi talvez a única pessoa que percebeu a quem se dirigia o post. E, apesar de saber que gosta muito dele, sempre lhe vou dizendo que não sabe da missa nem a metade.

      Eliminar
    4. Continuando, suponho que se refere a comentários ou posts que relacionou com a Izzie, da Arte da Preguiça. Dado que foi franca eu vou usar da mesma qualidade para lhe dizer que desprezo profundamente essa personagem, que me causa um asco medonho, que não me merece a mínima consideração.
      E se quiser eu explico porquê. Digo aqui no blog todas as atitudes nojentas que essa descompensada teve. Isto não se trata de um grupo a fazer bullying contra uma pobre desgracada, como os "anónimos" (ahahah olhai a piada) querem dar a entender. Tal como não aconteceu isso com a maluca da Sara.
      Eu estou no tm e a explicação será longa. Mas em vindo de férias garanto-lhe que a esclareço. Assim a Ckaudia mo peça.
      (e o post dele não teve nada que ver com isto, tinha que ver com a chave. E esteve mal, poderia ter brincado sem ser mentiroso, optou por enganar deliberadamente. São opções, as coisas são como são)

      Eliminar
    5. Querida Picante, chamar-me "Mula" no blog da Uva? Caramba, isso é que é descer no nível. E engana-se, não me conhece, nem o meu comentário tem nada que ver com o que quer que seja que se passou lá com a Uva. Mas, sabe, gosto sempre de ver quão Charlie somos todos. Não invejo a Uva, se algo há para invejar, apenas a acho, a cada post que passa, cada vez mais irritantemente correctinha, tadinha e coiso e tal. Note que nunca da minha boca saiu ofensa, não, não chamo de mulas às pessoas que têm opinião.

      Resto de boas férias.

      Eliminar
    6. Filipa Brás, o que a Filipa acha ou deixa de achar sobre mim, não me interessa nada, portanto, até me pode chamar minhoca e dizer que eu sou um ser muito desprezível e tal que me é igual ao litro. Vou só responder-lhe ao seu louvável esforço de apontar "as minhas incongruências". Sabe, eu já leio a Picante há algum tempo, deixei a Picante à vontade para não publicar o comentário se entendesse por bem não o fazer, mas daquilo que dá para perceber da Picante sabia que a probabilidade maior era mesmo a publicação, portanto, obviamente que ajustei o comentário a essa grande probabilidade, escrevi, principalmente, para a Picante perceber e tal como esperava a Picante percebeu.

      NM, estou a opinar porque me apeteceu opinar e a Picante deixa. Juízos de valor todos nós fazemos e claro está, que todos podemos errar sobre os juízos de valor que fazemos e obviamente que posso estar errada. Quanto a isso de estar a fazer juízos de valor sobre o que não sei, pois, coisas que se passem em bastidores, não sei e nem me interessa e por isso mesmo disse que é o que transpareceu para mim, daquilo que li sobre determinadas situações, o que transparece pode também não corresponder à verdade como é óbvio, posso estar a interpretar tudo mal, também como é óbvio, limitei-me a dizer a sensação com que fiquei.

      Picante, mais uma vez demonstrou porque é que ganhou o meu respeito, porque sigo o seu blogue e porque é que quando é a Picante a dizer certas coisas relativizo. Obrigada pela sinceridade com que me respondeu, pela disponibilidade para me esclarecer se eu quisesse, isto marca a diferença. Percebeu exactamente o que me fez impressão, (até aquilo daquela blogger Sara, que eu também não lia, sim é verdade, também me fez impressão) percebeu porque que é que certas coisas podem ser apreendidas de certa maneira por quem só cá vem ler alguns blogues, porque sabe que há de facto a probabilidade de certas coisas, serem interpretadas de certa maneira.
      Picante, gosto "dele", como gosto de si, sempre me trataram bem, não tenho reclamações de nenhum dos dois. Não quero que me esclareça nada em relação a seja quem for, embora lhe agradeça a disponibilidade, se a Picante diz que tem os seus motivos, acredito, mas é entre si e a pessoa em questão, não me diz respeito.
      ( acho que o post não tinha a ver só com a chave, embora a questão da chave tivesse sido abordada, mas eu acho que foi só mais uma coisa a compor o ramalhete, mas isto, lá está, são interpretações)
      Mais uma vez, obrigada. Continuação de boas férias.

      Eliminar
    7. Cláudia, opinou e fez muito bem em opinar. Eu sou porque se opine. Sempre. :) E foi também isso que eu fiz. Li um "vocês" e opinei. Tudo certo portanto. Cada uma com as suas opiniões. :)
      Quanto a isso dos "bastidores" não sei do que fala. Se fala da mesma troca de comentários que eu, houve um comentário que nunca viu a luz do dia e foi isso que aborreceu a dona da casa. Isso está à vista de todos. Não se sabe se do outro lado veio uma mera opinião ou não. Não se sabe. Por isso... Toda a gente que opinar sobre o que ali se passou sem saber o conteúdo tal comentário não publicado (e eu nunca disse que sabia) está deliberadamente a falar sobre o que não sabe. Tão simples quanto isso. (Mas claro que podemos estar a falar de coisas diferentes. Acontece muitas vezes.)

      Eliminar
    8. Claudia, eu também gosto dele. Não gostei deste post específico por ter insinuações que ele próprio sabe não serem verdade. Achei feio, apesar de serem propositadamente ridículas. Todos teremos posts infelizes, adiante.
      Eu limitei-me a deixar de comentar a Sara, numa altura em que ela deixou que os "anónimos" destratassem quem por lá comentava. Não me parece crime.
      (Obrigada)

      Eliminar
    9. Anónima das 22.23h eu chamei mula a quem a Uva acusou de lhe fazer bullying. Se a carapuça lhe serve é lá consigo, repare que eu nem sei o que andam a dizer à Uva, sei apenas o que lhe li no post. Os bullies são mulas, sim.

      Eliminar
  6. E pronto...mais uma voltinha,mais uma viagem.

    ResponderEliminar
  7. Chamar atenção não é mau. A menos que seja com infecto folclore, claro está.

    ResponderEliminar
  8. Cuidado com as avalanches! Adeus!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ponha-se calma. Em precisando é tomar um serenal.

      Eliminar
  9. Este post é porque também lhe dói o ego? Só saem dali pérolas!

    ResponderEliminar
  10. Boa, Cláudia! Arrumaste com todas, isso é que foi uma bofetada de luva branca bonita de se ver.
    Estão habituadas a tratar as pessoas com sobranceria e todas se calam a elas porque são as chefas cá da aldeia das intrigas e têm medo, mas veio uma Cláudia guerreira meter essas senhoras donas no lugar, mas só são senhoras donas das osgazitas lá de casa que estou mesmo a ver que aos maridos andam direitinhas que nem um fuso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem aparecido disfarçado? Ou tem andado desaparecido? Não fora essa conversa dos maridos e nem me lembraria da falta que me faz o meu amigo...

      Eliminar
    2. Eu vos saúdo, Picante.
      Nem o frio lhe arrefece os ímpetos, hem?!
      Provavelmente faço-lhe tanta falta quanto a Picante me faz a mim. A Picante e restante blogoesfera.
      Nem imagina como controlo a minha vida em função das personagens blogoesféricas. É que nem sei a falta que me fazem ou como posso viver sem elas.
      Não obstante, tenha umas boas férias e, se possível, tenha mais fé no mundo.

      Eliminar
    3. Bem me parecia que andava por cá.
      Continuação.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.