sexta-feira, 20 de março de 2015

Agora o que é realmente surreal

É que haja quem se sinta à vontade para entrar intempestivamente blog alheio adentro, passando autênticos sermões sobre o que é, ou deixa de ser apropriado, os donos da casa dizerem ou fazerem, ele há coisas que não podem de modo algum ser proferidas, Deus nos livre de tal pecado, olha agora a desfaçatez de se dizer que a felicidade engorda ou de se gozar com automóveis disponíveis para serem tocados, rezem-se já três Pais Nossos, gente mal educada, que não se sabe comportar em sociedade! Mas dizia eu que essa mesma gente, a que tenta educar os outros, numa tremenda demonstração de... hum... como é que hei-de dizer isto de uma forma simpática? Err... talvez seja melhor ficarmos pelas reticências. Pois então dizia eu que essa mesma gente não encaixa, de modo algum, que lhes falem em tom gozão,  ainda que não lhes falem. Ofendem-se, amofinam-se, gritam e estrebucham, ai que horror, minha Santa Teresinha me acuda, ai tão desconsiderada e ofendida que eu fui agora.

(o diabo é que isto é demasiado fácil, essa gente amofina-se a valer, tem crises histriónicas, amua e em verdade vos digo que é muito divertido ver um adulto a amuar, tal a figura ridícula que faz)
(e uma pessoa nem disse duh...)

12 comentários:

  1. "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, bicha volta a ter o teu encanto". Não te enerves picante que ganhas cabelos brancos e rugas. Depois tens de ir ao Dr. Spock da Clinica do Tempo. Isto dos blogues é um bocado, tudo ao molho e fé em Deus. Cada um escreve o que quer. Haja variedade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca me enervo. Mas tem toda a razão, cada um escreve o que quer.

      Eliminar
  2. E adultos a fazerem queixinhas às amigas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não sei. Fizeram-lhe alguma queixinha? Foi?

      Eliminar
  3. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa e no fim vale tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vale, nunca valeu. Tanto que o resultado está à vista.

      Eliminar
    2. (Estava a ser irónica, obviamente.)

      Eliminar
    3. (Eu percebi, babe. O drama é que há mesmo quem acha que vale tudo)

      Eliminar
  4. Não se cansa de bater no ceguinho?

    ResponderEliminar
  5. E a outra é que tinha necessidade de validação externa? tá boa.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.