sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Um dia houve um tipo que não veio atrás de mim, quando eu amuei em plena Madeleine

De todas as coisas engraçadas, não há nada mais engraçado que ver uma criança amuada, cheia de vontade de ir brincar, uma tromba até ao chão, encostada a um canto só porque quer levar a dela avante. Aquilo chega a dar dó, uma pessoa olha para a criança, vê que ela está toda roída, quer ir ter com as outras meninas, só não quer é dar o braço a torcer. Nove em cada dez vezes a criança ficará para ali, amuada a um canto, a olhar disfarçadamente as outras. As outras? Bem... Nove em cada dez vezes dizem-lhe que não seja parva e que vá brincar. E depois vão à vida delas. Elas a brincar, a amiga amuada a um canto, morta por se lhes juntar.
Em adultos é simplesmente ridículo.

28 comentários:

  1. Picante, não está a ser muito simpática

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estou? E então porquê? Falo de mim, foi uma figura triste, a que fiz naquele dia, em plena Madeleine.

      Eliminar
  2. Enfiou-se na Fauchon a comer chocolates como se não houvesse amnahã?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem queira saber Mirone, passei o resto do dia sozinha, a passear por Paris. Ainda estudava, todos os francos estavam contados, não havia visitas à Fauchon. Mas em compensação dei um bonito passeio pelos jardins do Luxemburgo, só nos tornámos a ver ao final da tarde, ainda me lembro, aí pelas oito no hipódromo que era sempre onde ficava a viatura que nos levava de volta a Versailles.

      Eliminar
  3. Sempre a remexer no mesmo assunto.... Não chega já? É que já começa a cheirar a esturro. Chatas do caraí!

    ResponderEliminar
  4. Aconteceu-me isso em adulta.
    Eu a querer afastar-me sossegada e a bully do grupo espicaçava-me, espicaçava-me, e eu, bom eu só queria distância daquilo. E sossego.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tome lá atenção, olhe que está a falar na primeira pessoa, veja lá isso, sim?

      Eliminar
    2. "Empatia", sabe?
      Ah, claro que não, desculpe!

      Eliminar
    3. A manipulação de termos usados é engraçada.
      Hoje este "está a falar na primeira pessoa". Ontem quando acrescentou "segura" à "fonte" dando-lhe a intenção que a menina queria e diferente de quem emitiu.
      Tão engraçada.
      Diverte-me.

      Eliminar
    4. Acho que quem está a tentar manipular é o Anónimo. Eu limito-me a apontar factos. Já o Anónimo atribuiu ao post um sentido que eu não lhe dei mas que embirrou que havia de ter à viva força.
      Olhe vá dar um passeio, está um dia mesmo bonito. Ou tome um Serenal, às tantas fazia-lhe bem.

      Eliminar
    5. Não conheço isso do Serenal. Mas se a menina recomenda...

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Está a rir-se? Ainda hoje rio, cada vez que me lembro da história. Conto-a muitas vezes à minha filha, ela tem tendência para amuos, cada vez menos, graças a Deus, é coisa para a qual não tenho a menor paciência.
      (acho que depois do que aconteceu não tornei a amuar...)

      Eliminar
  6. Picante...Malagueta... Jindungo... ou qualquer coisa... Já se enchia de moscas....Espero bem que os anónimos todos... TODOS... se juntem aqui e que a mandem encher de moscas... Sim porque imagino a Picante... tudo menos Picante... Gordurosa

    ResponderEliminar
  7. Picante, reconheço-lhe destreza com as palavras, o que para mim é sinónimo de inteligência. E vejo isso quer nos temas que aborda como também na forma como responde a quem faz visitas ao espaço que gere. Acho mesmo que isso é a sua mais valia. Mas, repare, não há aqui ninguém parvo...não passe atestados de burrice a ninguém que somos todos crescidinhos. Tem total liberdade para falar do que quer, quando quer e como quer... mas não subestime também a inteligência de quem a segue...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não subestimo, de todo. Aprendi a jogar xadrez.

      Mas devo dizer-lhe que não tenho a culpa que atribuam terceiros e quartos sentidos aos meus posts. Cada vez que escrevo, vocês (ou parte de vocês) procuram um alvo. Pior.. encontram um alvo. E têm a certeza que eu quis dizer o que vocês acham que eu queria dizer e não aquilo que eu disse.
      Olhe, nem de propósito, o Pipoco hoje escreveu um post que se adequa ao que digo que é uma maravilha:

      "Depois já não imaginamos, já temos certezas, já lhes adivinhamos as subtilezas, de repente somos velhos conhecidos, aprendemos a ler nas entrelinhas dos escritos, descodificamos as subtilezas, o blogger já não tem segredos, agora é uma pessoa real, aquilo que nos conta passou-se mesmo assim, se nos diz que é, então é.
      E afinal? Afinal, não. "

      Eliminar
  8. Ah Madeleine....
    https://www.youtube.com/watch?v=gL1N2lXPr0Q

    LK

    ResponderEliminar
  9. Está a ficar chata picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe, isso é que é um verdadeiro problema, estou para aqui meia consumida.

      Eliminar
  10. Jindungo...Jindungo... Já viu... quando TODOS lêem as suas entrelinhas... é quando tem mais comentários.... Afinal.. há que saber render o peixinho...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo, desculpe. Sem considerações pessoais, ok?
    (além de que eu não sei a que se refere a não ser por ouvir dizer, se estamos realmente a falar da mesma coisa, até concordo consigo mas olhe... ficamos assim)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.