quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Estou para a aqui a pensar

Se escrevo ou não sobre o assunto quente do dia.

(é que eu queria retirar a moderação de comentários e, por enquanto, não há condições...)

26 comentários:

  1. O tema quente do dia? Aquilo do alerta amarelo, o segundo menos grave, logo aseguir ao verde, a propósito do frio? É que vejo notícias sobre o frio em todo o lado, onde é que já se viu, frio no Inverno?
    Teme que as pessoas não consigam falar educadamente sobre o tempo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso será o tema frio do dia, hoje quase voei com o vento.

      Eliminar
  2. Escreves, escreves, deves mesmo escrever. Deves ter tanta coragem para isso como para essa coisa de tirar a moderação dos comentários: só gargantinha, é o que é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tirar, vou. É ter calma que a coisa só se dá em eu podendo e querendo.

      Eliminar
  3. Hoje há assunto quente? Não dei por nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é de hoje mas a verdade é que estou a ficar cansada de rejeitar comentários sobre o assunto. Não sei porque raio não vão perguntar à fonte.

      Eliminar
    2. Porque a fonte já não quer saber desta porcaria e porque, pelos vistos, "vocês" por aqui não largam o osso mas fazem-se desentendidos.

      Eliminar
    3. E diz isso, assim de fonte segura, porque?..

      Pois...

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante4 de fevereiro de 2015 às 20:35

    Assunto quente?
    Hotcoiso????

    Abdominais tonificados? Ou a entrevista do Socas?

    ResponderEliminar
  5. Picante, ainda me sinto um bocadinho a leste, mas se fala do que julgo que fala, acho que está mais do que na horinha de se para de falar do asunto. Ciao Bella e até a uma próxima (se fala de quem julgo que fala, eu gostava do que li no seu espaço). Isto são só blogs, dizem, pelo que não deveriam fazer correr tanta tinta. Preferia ler coisas mas positivas!

    O mesmo para a moderação de comentários. Se bem percebo, gostaria de deixar o blog aberto a comentários, visiveis sem qualquer tipo de aprovação prévia. Se isto, às vezes, já é um circo pegado, imagine sem um moderador? Não vi a tão falada caixa de comentários em que algumas meninas foram apelidadas de mulheres da vida, mas se não gostou aí, certamente gostará menos aqui, que é a sua "casa". Pelo menos na minha casa, mando eu e sou eu quem ordena, embora todos possam estar à vontade e dizer o que bem entenderem, se forem ordinários ou incorrectos são postos na rua.

    Maneiras que fico a aguardar desenvolvimentos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Melissa, estou a começar a ficar cansada de ser acusada do que não fiz. Eu limitei-me a não comentar um blog onde a caixa de comentários se transformou num circo.
      Isto comentário puxa comentário, a coisa entrou num crescendo de má língua e não houve, por parte da dona, qualquer iniciativa de pôr fim à coisa. Ora eu acho que ainda posso usufruir da minha liberdade de não comentar, ou não? Foi mesmo a única coisa que fiz. Isso e um post a dizer que havia aí um anónimo meio esquizofrénico que tinha prazer em dar cabo de caixas de comentários. Às tantas tinha razão quando disse que ele era bem capaz de ter dado cabo do blog (não foi só ele, obviamente que não, mas foi ele quem iniciou a coisa)

      Eliminar
    2. Está a ver aquilo de vocês todas a dizer que não, não espicaçámos a coisa e nós... bom... nós a ver que não?
      É isso.

      Eliminar
    3. É ir ver a resposta que acabei de dar ali em baixo. Aplica-se que é um mimo.

      Eliminar
    4. Olhe Picante, venha daí esse post! Mas, francamente, acho que vão chover comentários a dizer que sois culpadas e que atirais gasolina para a fogueira, e que sois um blogo gang, e etc (sim, aposto que a Picante não será a única visada). E, nessa altura, é bom que tenha moderação nos comentários sob pena de ter uma caixa de comentários ainda mais difícil.

      (Ainda não percebi a origem de tudo isto. O momento zero. O estágio inicial. Foi o quê? Ainda acho que foi aquela coisa do take away do PD, umas que gostam, outras que o acham uma bodega... ;) )

      Eliminar
  6. Picante... até gostou que certo blog tenha encerrado.. lamentável...dizer-se tão culta... quando no fim de contas... você não passa de uma hipócrita... Fique bem no seu cantinho... A culpa não foi do piloto... foi dos abutres que voavam perto dos motores do avião....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A culpa foi totalmente de abutres como o Anónimo. Que só estão bem a levantar intrigas. E de quem deixou que abutres como o Anónimo tivessem possibilidade de levantar intrigas e insultar pessoas, sem que fossem colocados no devido lugar pela dona da casa.

      Foi isso que levou a que a corja de alcoviteiras, amigas da onça, falsas, peixeiras e putas desocupadas, se abstivessesm de comentar o blog da Sara, assim como as outras pessoas mais normais, às tantas tiveram medo de levar por tabela, às tantas acharam o nível da coisa para além do tolerável, não faço ideia.

      Alguma vez me viu a insultar a Sara? Aqui ou lá? Não viu, pois não? Talvez ir perguntar à própria da Sara se alguém lhe fez mal ou foi incorrecto para com ela. Às tantas era capaz de ser melhor ideia perguntar à única pessoa que lhe pode responder, o que se terá passado. Ela tem lá um post onde se despede sem qualquer comentário, nem mesmo de quem está tão preocupado com o mal que supostamente lhe fizeram. Ah!... Espera... Isso não teria piada, pois não? É muito mais giro tentar picar os miolos à "corja" e continuar a tentar arranjar intrigas de lavadeira, não é?

      Pardon my french mas vá à merda. Assim mesmo, com todas as letras.

      Eliminar
    2. Muito bem dito !! Há gente que não passa de gentinha e que só está bem em guerras e guerrinhas
      LM

      Eliminar
  7. Assunto quente do dia? Só pode estar a falar da play-doh... ou então anda distraída... É que já vão duas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calma que a mãe já vai, também já tinha visto.

      Eliminar
  8. E então? Escreve ou não escreve?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe, acabei de escrever. ali em cima, às 10.00h...
      Só faltou dizer que houve um anónimo pouco anónimo que aproveitou uma troca de opiniões divergentes (na altura do Charlie Hebdo) para desatar a fazer intrigas e tentar pôr minhocas na cabeça da rapariga, que ninguém gostava dela, que não ia ser aceite e não sei quê. Se foi bem sucedido ou não também não faço ideia.
      E agora para a frente que esta conversa já enjoa.

      Eliminar
    2. Assunto quente de hoje não?
      É que as bloggers estão cheias de "gás"

      Eliminar
  9. Não conhecia o blog da Sara, até que com tanta conversa ou polémica ou o que se queira chamar, tive curiosidade em ir espreitar, não sei nada disso dos comentários dos anónimos, nem o que se passou, agora não percebo porque é que uma pessoa que quer ter um blog e cria um blog para seu gozo pessoal, creio eu, aquele não tinha publicidade, se deixa influenciar por quem quer que seja, nem me parece que faça qualquer sentido que se diga que se encerra um blog por causa de terceiros, ainda para mais, gente que não se conhece de lado nenhum, se temos um blog e alguma coisa nos está a desagradar é cortar o mal pela raiz, pôr pontos nos is e continuar se nos apetecer, porque nos dá gozo a nós, ou não? estávamos bem tramados na vida se fossemos na conversa dos outros e deixássemos os outros ter assim tanta influência nas nossas decisões, andávamos sempre naquele desassossego da história do velho, do rapaz e do burro. Na nossa casa mandamos nós, decidimos nós e os outros, se não souberem respeitar o nosso espaço, de acordo com as nossas regras, só têm de ser postos na ordem, era o que faltava era nós termos de sair da nossa própria casa por causa dos outros. Há coisas que não consigo mesmo entender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe Cláudia, nem eu. A verdade é que também, não entendi a história. Nem tampouco esta caça às bruxas que responsabiliza bloggers pelo encerramento do estaminé. Pela parte que me toca abstive-me de comentar uma casa sem moderação, cujos comentários eram doentios e insultuosos. Se acho que aquilo não me agrada, não comento, não é? É...
      Mas parece que houve quem visse nisso um insulto à dona da casa. Não sei, não me interessa, não tenho paciência para conversas de lavadeiras de blogs.
      Acho só uma pena que a Sara não se dê ao trabalho de esclarecer a coisa e acabar, de uma vez por todas, com estas futriquices. Mas também consigo tirar daí uma ou outra conclusão.
      E é isto, todos os dias encerram blogs, todos os dias surgem blogs, é a vida.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.