quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Aposto que a blogoesfera também não vai

Diz que o Fifty Shades já vendeu mais de 40.000 bilhetes. Que as sessões estão todas esgotadas, que tão cedo não há bilhetes.
Vocês, que também não leram o livro, não vão, pois não? Estaria capaz de apostar, logo eu que nunca perdi uma aposta...

31 comentários:

  1. Claro que não, que ideia.

    ResponderEliminar
  2. Claro que vou ver o filme, eu gosto de sempre de poder gozar com as coisas com propriedade. (Óbvio que não o vou ver nesta avalanche de gente louca!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida, a estragar posts que não sendo perfeitos contêm graças perfeitas.
      (caramba Margarida... esse devia ser o último comentário, não o segundo...)

      Eliminar
    2. Junto-me à Margarida: ainda não li nem vi mas tenho intenção de fazer isso tudo. Primeiro o livro depois o filme mas recuso-me a pagar para ir ver aquilo ao cinema.
      Mas não acredito que vá gostar, depois de ler que aquilo é muito parecido ao Twilight (começou como uma fanfiction), vitimização e humilhação da mulher, quebra de regras no bondage etc. parece-me um quase um "hino" à violência e um desculpabilizar de muita coisa que é indesculpável numa relação e num país onde morrem muitas mulheres de violência doméstica e há uma percentagem absurda de miúdas adolescentes que revelam já ter levado lapadas/empurrões/pontapés dos namorados (sendo que não consideram ter sido vitimas de violência doméstica...). Enfim, não me parece que seja uma boa coisa mas para poder criticar com fundamento tenho que ler/ver porque posso estar a guiar-me por fanatismos alheios e isso não quero.

      Eliminar
    3. Cara Spicy nem de propósito tinha escrito há pouco tempo isto: http://mafasemargas.blogspot.pt/2015/02/ai-vao-ver-as-50-sombras-de-grey-amanha.html

      Caro Anónimo, parece-me que está a confundir duas coisas bastante distintas. Violência Doméstica e Bondage, na primeira não há opção e a segunda só faz quem quer. Mas isso não é discussão para um blogue de alto calibre como este ;)

      Eliminar
    4. Em tempos idos as raparigas sonhavam com príncipes. Agora sonham com pobres meninos ricos, Deuses do sexo. Tudo igual.

      Anónimo, em li parte do primeiro volume, ofereceram-me a triologia completa, uma espécie de gracinha. Fiquei a meio que aquilo não tem ponta por onde se lhe pegue. Personagens fracas, escrita que não vai além do sofrível e estou a ser generosa. Mas em lado nenhum vi vitimização ou humilhação do género feminino. Aquilo é de livre vontade, um jogo, se quiser.

      Talvez veja o filme, só para ter a certeza de que as cenas de sexo são tão pobres como dizem os críticos. Talvez.

      Eliminar
  3. Não li o livro, ouvi falar, não penso ir.

    ResponderEliminar
  4. Desde que vi o jeitoso que o actor é, até eu fiquei curiosa. Vejo daqui a uns meses. Os livros não tenho, não tenho interesse em comprar mas também não me apetece pedir emprestado tal coisa... ;) Mas um dia vejo! Pelo menos é um regalo para a vista.

    ResponderEliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante11 de fevereiro de 2015 às 21:34

    Ha quem tenha o Senhor dos Anéis, ha o Harry Potter, ha as Sombras da Grey.
    Cada um com o seu livro de uma vida

    (Ja eu saí desiludido de todos os filmes cujo livro li antes... Com excepção de um)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca vou ao cinema depois de ter lido o livro, prefiro fazer a coisa ao contrário.
      (mas gostei do Great Gatsby, é assim o único de que me lembro)

      Eliminar
    2. Concordo, nunca ler um livro depois de ver o filme, pelo menos um livro que goste mesmo. Quanto às Sombras, não conto ir ao cinema ver, mas até tenho curiosidade de ver o que traz tanto alarido, talvez on-line eu depois o veja. Li o primeiro livro que me emprestaram por acaso e não percebi a febre da coisa, lê-se rápido sim, só que não achei nada de especial. Mas como eu não alinho muito em febres...

      Eliminar
  6. Picante, aqui me confesso: tentei ler o livro. Só se falava do raio do livro, tinha uma colega que o elogiava de forma tão eloquente... Fui na cantiga e pedi-lho emprestado. Demorei uns 3 meses a ler cerca de 150 páginas. Depois dei aquele assunto por encerrado, que aquilo era demasiado aborrecido e devolvi o livro à rapariga, que já tinha uma amiga em espera para o ler!

    Maneiras que, na verdade, não obstante o ponto focado pela Margarida, não pretende ver o filme, nem na avalanche nem fora dela...

    ResponderEliminar
  7. Não li, mas se souber que há folguedo do bom sou capaz de arriscar o filme. A minha psiquiatra estava desiludida após 60 páginas ("mas... ainda não aconteceu o que quer que seja", ora bolas), e para a lareira já tenho os do JRS (oferecidos, como é óbvio). Imagino que seja a Cinderela em versão sado-masok. Vou levar as crianças para ver se aprendem alguma coisa útil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabei de ler duas críticas e todas dizem que a nível de folguedo aquilo é muito fraquinho, muita parra (promessas do trailler da promoção) e pouca uva (pouco e fraco folguedo)..

      Eliminar
    2. Sim, diz que em termos sexuais, aquilo é uma desilusão. Muita tensão e pouca uva.

      Eliminar
    3. Pronto, moção rejeitada.
      Agradeço.
      ;)

      Eliminar
    4. Pronto, moção rejeitada.
      Agradeço.
      ;)

      Eliminar
  8. Eu não li o livro que aquilo é uma troika. E eu já não tenho idade para estar três livros de seguida naquele regabofe... Nem com um homem a sério quanto mais num a fingir.

    ResponderEliminar
  9. :) Não li o livro e não vou ao cinema ver o filme. Talvez veja em casa. Confesso que estou um bocado curiosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo é bem capaz de se tornar o filme mais visto de 2015. Essa é que é essa.

      Eliminar
  10. Li o livro e provavelmente verei o filme, não no cinema mas verei.

    ResponderEliminar
  11. Li metade do livro (e tenho receio das pessoas que dizem que os livros são melhores o filme, pensava que isso só se aplicada a coisas realmente boas), mas vou ver o filme. Em casa. "Alugado".
    É que o livro não tem o Jamie Dornan.

    ResponderEliminar
  12. Não li os livros, não tenho intenção de os ler, nada daquilo me desperta o minimo interesse, e por isso desconfio que o filme tb vai ficar por ver

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.