segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Resoluções de ano novo

Este ano não vamos ostentar!

Vamos todos brindar com Teobar!

(mas cautela, caso sejais dados a chiliques, talvez seja melhor não o beber... podereis, em substituição, experimentar um Camilo Alves, quiçá um Tetra Prisma...)

52 comentários:

  1. Ai a minha vida... então isto agora virou fórum de enologia? Sobre vinhos só tenho duas coisas a dizer, há-os bons e há-os maus. Dos bons gosto, dos maus não. O resto são "peaners" (e, dentro das bebedas alcoólicas, parece-me que peanuts vão melhor é com cerveja, nem sequer é com vinho. Se bem que na Madeira os servem com poncha, naquela taberna pegajosa da serra d'água... ).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hummmmmm, dizendo mal do meu rural? Também se serve poncha com camarão, caviar, caramujos ou até combacalhau à lagareiro, mas, claro, de borla só mesmo amendoim, tremoço ou os dois. E que eu saiba o amendoim não é pegajoso. Pegajoso são as pessoas que por lá passam que se colam à taberna.
      Kis :>}

      Eliminar
    2. Não senhora, antes pelo contrário. Recordo com bastante saudade as duas únicas viagens que fiz à Madeira (numa festa da flor em 2005 e na passagem de ano 2002/2003).
      A taberna é pegajosa, sim. Já se encostou àquele balcão todo pingado de poncha?

      Eliminar
    3. Continuo na mesma, quem pinga o balcão? Não são as pesoas que por lá pasam? Nunca a taberneira nem a taberna. E de verdade não sou carneiro por isso nao sigo carneiradas...
      Depois, penso que a ultima vez que lá estive que foi depois de 2005, o balção já havia sido limpo. E até não sei se estaremos a falar da mesma tasca. Afinal,a madeira mudou desde a ultima vez que cá esteve. Os balcoes foram limpos houve um temporal, essa zona ficou rebentada...daí que a tasca nao deve comtnuar pegajosa. Afinal essa vinda há muito que é passado. Só os turistas que vão à serra de água é que pingam o balcão. Eu nao sou turista e qua do vou à serra de água é para beber poncha e nao para olhar os pingos do balcão.
      Kis :>}

      Eliminar
    4. A taberneira pinga o balcão sim. Eramos cinco e só dois quiseram beber. A senhora pousou dois copos pequenos no balcão, serviu a poncha de uma garrafa de plástico (como as do sumol) e ao passar de um copo para o outro pingou o balcão. Não percebo a estranheza, AvoGi, relativamente ao meu comentário. Lembro-me de lhe (à senhora da taberna) termos pedido um prato para as cascas dos amendoins e ela nos ter olhado como se estivessemos a pedir que fizesse o pino enquanto declamava os Lusíadas de trás para a frente e nos ter mandado deitar as cascas para o chão que é o que toda a gente faz. Quem não se importa de ter o chão cheio de cascas de amendoim não se importará com os pingos que deixa cair no balcão.

      Eliminar
    5. Eu não quero meter a foice em seara alheia mas não posso ficar calada e a Mirone tem a razão toda. A tasca e a tasqueira são porcas e só lá entrei uma vez e jurei para nunca mais.
      A Avó está a dizer que quem suja o balcão são os clientes mas esta a esquecer-se de uma coisa muito importante que é normal os clientes pingarem, porque são muitos, mas a proprietária tem a obrigação de limpar o que os clientes sujam, ou não é assim que se faz. Se a Avó pernoitar em qualquer hotel cinco estrelas e se o sujar a gerência vai limpá-lo para servir outro cliente, e o mesmo se passa na mesa das refeições. Por essa ordem de ideias também não limpa a sua casa de banho se as pessoas da sua casa sujarem porque foram eles a sujar e não foi a Avó.
      Era só isto, mas posso dizer mais uma coisa que conheço muito bem a Madeira e as pessoas de lá não são muito reconhecidas por serem higiénicas e depois estranham quando as pessoas de fora vão lá.
      Agnes.

      Eliminar
    6. Oh, Mirone, por quem é, não me causou estranheza, até porque irriti-me quando vejo deitar cascas para o chão, eu, pessoalmente, não deito. Só achei que para o poste não tinha nada a ver a "pegajosa" da Serra d' água, só isso. Porque não referencia às tabernas pegajosas e malcheirosas de Lisboa?
      Kis:>}

      Eliminar
    7. Não falei nas tabernas pegajosas de Lisboa porque não as conheço (acredita que nunca entrei na famosa Ginjinha?)

      O post falou na Taberna da Serra d'Água por causa dos amendoins (que veio a propósito dos "peaners" do meu comentário)

      Eliminar
    8. Porque se referiu à poncha e isso acontece aí, na Madeira.

      Não sei porque se ofende tanto ou porque tomou tanto as dores. Haverá pessoas porcas e tabernas porcas por todo o lado - continente e ilhas. Penso eu.
      (não sou o anterior anónimo)

      Eliminar
    9. No meu comentário das 17:28 queria dizer o meu comentário falou da taberna e não o post falou da taberna.

      Eliminar
    10. Mirone, o vinho é sempre de abrir, fechado pode criar rolha.
      (mas eu prefiro restaurantes a tascas, sempre é um ambiente mais selecto, não há cá clientes bêbados nem balcões pegajosos)

      Eliminar
  2. Ok. Ninguém me vai explicar, não é? Muito bem.

    ResponderEliminar
  3. Quem é que tem achaques mesmo? Quem é que já fez quarenta posts sobre o assunto e não deslarga? É fazer render o peixe até cheirar mal. Ainda revelando insistente má interpretação de uma ironia, o que não deixa de ser irónico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. k.
      Ele há palavras aziagas. Como é que disse? Dichotes? Pois.
      E deixe que lhe diga que essa conversa do diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és, numa tentativa de nós sabemos muito bem o quê, é tão infantil que nem chega a ser imbecil. Dá dó.
      Em tempos houve alguém que apresentou a mesma conversa a pessoas das minhas relações, um "se te dás com ela, és igual a ela", veja lá que chegou a ser mal educada e tudo, expulsá-las lá da sua tasca bafienta por razão nenhuma a não ser o rirem comigo. Essa pessoa, veja lá como são as coisas, sente-se na prerrogativa de dizer o quê que cada um pode ou não dizer, nisto dos bloggs. E a ironia, é tão bonita a ironia, pois é? Mas dizia eu que a ironia é que essa pessoa, escreveu um blog que não se inibia de chamar bimba, assim mesmo, com todas as letras a outros bloggers que achava meio "bacocos".
      E agora, faça o favor de agarrar nesse seu rabo gordo e de me desamparar a loja que estou fartinha de si e dos seus chiliques, já para não falar de falta de honestidade e de tomates.
      As palavras "isto são só blogs" aplicam-se que nem uma luva a si (not). Tome um Serenal ou um Prozac que isso melhora.

      Eliminar
    2. Ah! E chamar rufia bullies é injúria, não é? A k deve saber que sim, cheira-me que não seja de ciências.

      Eliminar
  4. Pipoca, eu não costumo comentar e hoje já excedi a minha quota lá no blogue da outra senhora. Embora não concorde com ela na reacção, a verdade é que também já me parece demais a insistência por aqui. Se não houve intenção de ofender, como acredito que não houve, então porquê continuar a chafurdar na merda?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não houve mas eu não sou de ignorar. O que perguntei não ofende.
      Poderia fazer um post com os comentários que foram eliminados e que apenas respondiam à falta de educação da pessoa. E dizer que é uma profunda mentira algumas das coisas que diz, no total não deverei ter lá deixado mais que uma ou duas dezenas de comentários, desde sempre. A insinuação de que ando importuná-la no blog é uma mentira desprezível.
      Ou posso achar que ela é histérica, dada a chiliques variados, (ainda há pouco tempo teve outro no blog da Palmier e fui mal educada com outra comentadora) e gozar esses mesmos chiliques.

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante5 de janeiro de 2015 às 14:21

    Começou o ano
    Há maratonas para correr e dietas para fazer.
    Avantiii

    ResponderEliminar
  6. Ó Picante, é preciso rever urgentemente esses conceitos de publicidade encapotada, porque a tua protegida Cocó publicitar no mesmo post a escola de inglês xpto e a amiguinha fotógrafa (repito: no mesmo post - é obra, hein?) e não ter aqui o mesmo tratamento da PN pode dar uma beca nas vistas. Vê lá isso da melhor maneira, sim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo da escola de Inglês já começa a enjoar, caramba...
      (eu fiz um post, recentemente, há um ou dois meses, não ligaram nenhuma...)

      Eliminar
    2. É ir ver os ursos anóniom 9.46h, dos polares.

      Eliminar
  7. Ai Picante, segura-me ls braços que eu vou-me a ela. Atão os madeirenses não são tidos por serem limpos? Acode-me mulher segura-me canão eu dou-lhe...com o sovaco que por sinal nao é lavado desde o ano passado. E nem falo do rabichol...
    Mê Dês deve ser por isso que o turismo sobe a cada ano, devem vir pelo cheiro...
    Kis :>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AvoGi, eu não falei em limpeza do povo madeirense em geral, disse que a Taberna é pegajosa. É como lhe disse, gostei muito da Madeira, apesar de só lá ter ido duas vezes e há bastante tempo. Calhou falar na Madeira porque foi o sítio onde me ofereceram amendoins para acompanhar a bebida, mas no continente de certeza que também hão-de oferecer amendoins em cafés e tabernas. Eu é que não sou uma pessoa assim tão vivida e experimentada que tenha de os conhecer.

      Eliminar
    2. Mirone, este nao era para ti, desculpa se induzi em erro. Era para uma menina chamada Agnes que dise e passo a citar: "Era só isto, mas posso dizer mais uma coisa que conheço muito bem a Madeira e as pessoas de lá não são muito reconhecidas por serem higiénicas e depois estranham quando as pessoas de fora vão lá.
      Agnes."
      Eu dou-lhe com um cacho de bananas mal cheiroso, podre...ou então desato a enviar bolos do caco com manteiga de amendoim ( hihihihihihi)
      Não era para ti...
      Picante, põe-te a meio canão eu não respondo 'por mim...
      Kis :>}

      Eliminar
    3. E para acabar com esta prosa que tal abrir uma garrafinha de Papa Figos, hã?

      Eliminar
    4. AvoGi, eu tenho para mim que esta Agnes é um bocado pespineta, gosta de se divertir com isto, dos blogs, e de ver a caixa pegar fogo. Nada de grave...
      (boa noite)

      Eliminar
    5. (Duas Quintas, AvoGi, bastante melhor pelo mesmo preço...)

      Eliminar
    6. Duas quintas, fica o registo. Mas sou mulher fiel e por isso Pera Doce é o meu eleito, que querm sou da meia serra por isso contemto-me com este. Para melhores ocasioes o Valenciso, reserva 2007 de Rioja, que o meu filho abriu num jantar normal ((e quando viu o preço ia-lhe dando um chelique) recomendo.
      Olha-me só...de poncha passamos aos vinhos, e voltou-se ao tema do poste.
      Kis :>}
      Agoral com licença que vou dormir. Adorei...

      Eliminar
    7. Deus me valha que só agora é que vi isto que não tem cabimento nenhum. Então a Picante é que ateia o fogo nos blogs e depois eu é que sou pespineta. Vá que não estou a dizer que atea sozinha porque as outras também não lhe ficam atrás, mas que é a mais atiçada a incendiar a bloga isso é sim senhora.
      Teve razão quando disse que gosto de me divertir, e gosto mas quem a ouvir falar até vai pensar que ando aqui com uma lata de gasolina na mão e com uma caixa de fósforos porque estava-me a custar a ver a Avó a refilar com a Mirone sem razão nenhuma, porque eu tambem conheço a Madeira porque derivado do meu trabalho tenho que lá ir quatro vezes por ano e sei muito bem o que se passa lá com essa gente.
      A Avó ficou toda ofendida mas é tudo verdade o que eu disse que são pessoas sem hábitos de higiene, ou como é que se deve chamar a um tasqueiro que primeiro andou a cuidar das vacas e depois sem mudar de roupa nem se lavar veio servir-me o almoço com as mãos cheias do estrume das vacas, que eu em vez de amoçar fui mas é vomitar o pequeno-almoço. Então, acha isso higiene?
      E ainda quero dizer que as bananas da Madeira não prestam para nada que são um desconsolo e um verdadeiro desastre porque são duras como os cornos e se a gente ficar a espera que fiquem maduras nem no dia do juízo final. Só presta o clima mas nem que me pagassem eu morava lá a aturar tal gente porque não compensa.
      Agnes.

      Eliminar
    8. Pensei que uma pessoa tão fina não comia em tascas, afinal de fina só tem a língua. E sendo assim porque vem cá a esta sujidade comer banas rijas e aturar esta gente? Oh, mê dês peça a outra pessoa para a substituir, não vá chegar à capital com o cheiro do estrume impregando'na roupa e ainda pensarem que é madeirense. Veja lá menina.
      Ainda que lhe pagassem nao morava cá, mas vem cá, qiiçá, paga pelo seu serviço,ah, entendo.
      Bem vou retirar-me é que o estrume que tenho nas mãos de tanto cuidar das vacas coíbe-me de teclar. Sim gente,aqui,cuida-se das vacas e...eu poderia largar uma laracha mas não quero ofender a Picante, pois é a dona deste espaço.
      Se me dá licença menina Agnes, vá caçar grilhos ou tentar tirar a curva à banana.
      E, Picante, desculpa lá, vamos nós tomar um copo de vinho Madeira, acompanhado de um bolo do caco com manteiga d' alho. Ou preferes Capote Velho ou Dona Ermelinda? Tenho ali umas para abrir...
      A partir daqui encerro este capítulo. Obrigada.

      Eliminar
    9. Ahahahahah
      Ahahahahah
      (Vocês matam-me...)

      Eliminar
  8. O que significa pespineta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há vários significados, mas o mais acertado é "A Mais Picante".

      Eliminar
    2. Ahahahahahah
      Ahahahahah
      Ahahahahah
      (esteve bem, esteve muito bem)

      Eliminar
    3. Não era um elogio, muito menos uma piada. Longe disse, muito longe disso.

      Eliminar
    4. Mas teve piada e fica a saber que, no sentido em que o uso, o termo pespineta não tem rigorosamente nada de mal.

      Eliminar
    5. (e é tão saudável, rirmos-nos de nós próprios...)

      Eliminar
  9. izzie. uma mulher seca por dentro e amarga por fora. nem vale a pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um perigo, traz confusão a vida de um pacato cidadão. A evitar

      Eliminar
    2. Isso também é verdade. Uma má influência.
      Vá, que a picante também tem que se lhe diga, mas pelo menos não é gorda nem fecha a porta às pessoas.

      Eliminar
    3. Atenção às más companhias! Um desassossego, esta coisa das más companhias.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.