terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Meu rico menino...


25 comentários:

  1. Então, então... mas alguma vez este parolo entra nos canones da Picante? Ai, ai...não me vai dizer agora que a conta bancária é o mais importante, não? Ou pior, que é o talento??? Não vá por aí, querida. Não vá por aí....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se os conselhos tivessem algum préstimo vendiam-se. Veja lá isso.

      Eliminar
    2. Isto não é um conselho, ora essa! Quem sou eu, pobre suburbana residente na amadora (ou quiçá na margem sul, valha-nos nossa senhora), para dar conselhos a uma senhora importante e fina como a Picante! Limito-me a ficar muito admirada e a lembrá-la de que não está a ser sincera...só isso. Não tente fazer de conta que aprecia a plebe. Como se sabe, é gente que nunca interessa. NUNCA. Ganhe o que ganhar.

      Eliminar
    3. Pode ser confusão minha mas, se bem recordo, a simpatia da Picante pelo Ronaldo não é de hoje (deste post). De mais a mais, o Cristiano é elite naquilo que faz (que é jogar à bola como um campeão). Fora de campo ou de anúncios, já não nos diz respeito.
      Menino de ouro :)

      Eliminar
    4. Confusão nenhuma, Pusinko. Aquilo é a prova provada que o esforço, aliado ao talento compensa. Um verdadeiro campeão.

      Eliminar
  2. Está a melhorar muito as suas atitudes. Torna-se cada vez mais uma figura simpática. Gosto dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol. Que atitudes? Que eu saiba ele nunca teve atitudes que fossem reprováveis.

      Eliminar
    2. Acho que a S se refere ao discurso de grupo, em detrimento do "eu". Fica-lhe bem,

      Eliminar
  3. no caso em apreço tanto é o menino rico, como um rico menino. Mas um menino rico com alma solidária, como poucos.

    ResponderEliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante13 de janeiro de 2015 às 14:34

    A Gala da FIFA está ao nível do Festival da Eurovisão
    (só falta alguma blogger de elite comentar os trajes para alcançar o zenite)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza que já alguém falou no smoking do Messi (mais uma vez).

      Eliminar
    2. Acho que a mais doce falou no assunto.
      (onde é que o Messi arranjará a roupa, por Deus?)

      Eliminar
  5. Simplesmente: que horror! Um nojo de homem! No final do discurso dele senti um misto de vergonha e nojo.
    Quando era miúdo ainda se dava um desconto, agora, quase nos 30, dá-me nojo daquela mentalidade. Serve que nem uma luva ao dito que a picante tem no cabeçalho do seu blog: podemos tirar o menino da pobreza, impossível tirar a pobreza do homem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porquê, mas reconheço esta prosa.
      Kis :>}

      Eliminar
    2. Nojo deveria sentir pelos 3 apanhados que fizeram o caos em Paris.

      Eliminar
    3. Ai anónimo, eu agora estou a sentir cá um nojo deste seu comentário.

      Eliminar
    4. O anónimo pegou na tua própria frase, Picante. Acho que não se lhe pode levar a mal... Não foi ao calhas que escolheste a Amadora para a tua frase de cabeçalho, pois não?

      Eliminar
  6. vai a merda anónimo preconceituoso

    ResponderEliminar
  7. Gostei daquela coisa no fim, selvagem,excitante (a minha melhor metade até me louvou de manhã, e do fato de mr m, o pavão. Pareceu uma ida ao zoológico mas com emoção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria escusado, seria. Um irreverente, o nosso menino.

      Eliminar
    2. Nosso? Salvo seja! Menino de seus Pais.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante13 de janeiro de 2015 às 22:40

      Porquê?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.