sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Já os meus...

Ainda mal tinham três meses e já A-DO-RA-VAM os dias especiais, parecia que tinham uma espécie de six sense e ficam super atentos, pediam-me logo que os vestisse com imensa pinta e mantinham-se acordados, das 8h hás 8h. Vejam lá vocês como as coisas são... abriam presentes, procuravam os ovos que o coelhinho tinha escondido, levantavam as almofadas procura das prendas da fada dos doentes e ainda levantavam a mesa, depois de terem brincado connosco imeeensooooo tempo. Eu A-DO-RO! É super giro brincar assim com os mais pequenos, à imenso tempo que não o fazia, a partir dos dois ou três anos eles só querem é estar com os amigos, já não querem saber dos pais, não é nada a mesma coisa.

47 comentários:

  1. O dono do restaurante O Cortiço, em Monge (?) quelque chose, não percebi bem, em declarações à SIC, diz que a ordem é para ninguém sair de casa, de maneira que nem pela bloga me vou aventurar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haveria de me ter dito isso hoje de quase madrugada, quando o diabo do despertador desatou aos gritos.

      Eliminar
    2. Pela madrugada?! e eu lá sou pessoa de perturbar o descanso dos outros pela madrugada dentro?

      Eliminar
    3. Parecia madrugada, um frio de rachar.

      Eliminar
    4. Não faço ideia, pela madrugada dormia na paz dos anjos. Mas às sete, quando o despertador tocou cá em casa, confirmo, estava um frio de rachar.

      Eliminar
    5. Então Picante? Não tem posses para um hotspot?

      Eliminar
    6. Foi a essa hora, foi Mirone. Não há direito...

      Anónimo, eu sou pelo aquecimento central, desligo-o umas duas horas antes de me ir deitar, de manhã o primeiro a levantar-se, eu, sofre que se farta.

      Eliminar
    7. Estou consigo, anónimo. Um hotspot em cada esquina!
      Não se admite! A malta pôr a pontinha do nariz na rua e quase congelar de frio. Se em vez de iluminação pública ou ecopontos distribuissem hotspots é que era. Picante, veja lá isso, trate de arranjar um hotspot para a sua rua.

      Eliminar
  2. Se a minha mãe e o meu pai me falassem em voz nasalada, pedindo que "você coma a papa, não é nada imeeennsaaa de papa! Coma, senão não "à" presentinhos!!!", eu também iria querer estar com amigos cujo maior "accomplishment" seria não comer os macacos tirados do nariz.
    Depois iríamos rasgar os nossos bibes com golas de Camões com bordadinho da Madeira, num claro acto de rebeldia e "fuck this shit".

    ResponderEliminar
  3. Caraças, muito bom. Com erros e tudo, tal e qual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Erros? Quais erros? Como ousa? Eu escrevo um inglês fluente, ouviu?
      o seu mal é falta de laços!

      Eliminar
    2. ahahahahahah

      Bolas, querida PL, esqueci-me que assinava assim, não é consigo, não me estou a querer passar por si. Sou só eu a encarnar a personagem.

      (às tantas levei a coisa demasiado a sério...)

      Eliminar
    3. Ahahahah.
      Beijinho.
      (Pensei que estava a chamar por mim).

      Eliminar
    4. É só um à que ficou sem o h!

      Eliminar
  4. À crianças que com pais com tanta pinta, chegam a ficar há deriva. (Risos)

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (em calhando seria aaaaaaaaaaaa...)

      Eliminar
    2. Sabe o que nos vale? É que em tom anasalado, não sabemos se colocam o "agá" ou não. Valha-nos isso.

      Já escrito, costuma ferir-me os olhos... mas quando a li, gargalhei.

      Gosto do seu sarcasmo. Tem pinta.

      :)

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante9 de janeiro de 2015 às 11:24

    o meu, aos 3 meses, já me preenchia a folha do excel e fazia aconselhamento financeiro para o mês seguinte.
    Papá PID, não podes gastar mais de 17% do teu rendimento em pinypons, referia ele.
    Eram dias felizes e intensos.
    Também fomos pai e petiz cheios de pinta, ele apanhou varicela, e eu não quis ficar atrás e pus-me matchy-matchy.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão bom, quando à essa armonia familiar...

      Eliminar
  6. Pois. Eu achei o meu um bocadinho estranho por se ter comportado como uma criança de 4 meses e nso se ter apercebido de nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Levar ao psicólogo já! De certeza que tem um problema... só pode. Como assim não se ter apercebido de nada?

      Eliminar
  7. ah! à! há!...
    (isto sou eu, siderada com o brilhantismo das suas crianças, Picante. "À" agora, um grande smile no meu rosto, vou embora, porque "há" que se trabalhar )

    ResponderEliminar
  8. Pfff amadores. O meu nasceu no sábado da páscoa, no Domingo foi vê-lo a encontrar os ovos e a enfardar folar.

    ResponderEliminar
  9. Picante, controle-se lá um pouquito que seja e disfarce um pouco melhor a coisa, senão a malta ainda percebe que os comentários das 09:37 e das 10:25 são seus e que só os escreveu para se possibilitar a si mesma as inteligentíssimas respostas que escreveu a seguir, já com nic.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espantoso! Tanta perspicácia... E workshops, dá?

      Eliminar
    2. Oh... que horror, meu Deus e agora? Fui apanhada... Que fazer? Minha Santa Teresinha me valha...

      Eliminar
    3. A Picante é super inteligente! Não sejas parvo ó Anónimo maldizente. Aposto que és uma ressabiada invejosa.

      Eliminar
    4. Ai Credo! Lá me enganei outra vez... às tantas isto é uma vergonha tão grande que ainda fecho o blog..

      Eliminar
    5. (pronto Anónimo, e agora é a andar sim? O recreio acabou)

      Eliminar
    6. Oh Pic... Já o despachaste? Este anónimo parecia divertido... (E eu gostava mesmo de perceber em que é que ele se baseou... Terá sido no tipo de letra? E agora mandaste-o embora e vou ficar sem saber...)

      Eliminar
    7. Tenho aturado imbecilidades suficientes, nos últimos tempos. A minha tolerância está pelas ruas da amargura.

      Eliminar
  10. Picante, nem parece seu: ´"há imenso tempo".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (nos comentários não consigo usar o itálico)

      Eliminar
    2. Por acaso, só depois de ler os comentários é que percebi que era no gozo. Desculpe.

      Eliminar
    3. Aqui é quase sempre tudo no gozo
      (bom resto de fim de semana)

      Eliminar
    4. (mas olhe que ainda me fez rir, fui a correr, rever todo o texto e comentários à procura do erro,não me costume enganar mas isto para escrever mal é só preciso escrever...)

      Eliminar
  11. Bonito, bonito, é a última publicação da dos sapatos, no Facebook do blog, sobre a filha e a legenda que a acompanha. Completamente desnecessário. Que vontade de exposição, que mulherzinha insuportável e inconsciente.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.