quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Picante fala do Natal

Nada temeis, ainda não é a altura de falar de mesas repletas de comida que faz aumentar as ancas, só de olhar, de talheres e copos que brilham, acompanhando o serviço da avó. 
Tampouco vos falarei de listas de presentes, a verdade é que vocês se estão nas tintas para os meus desejos materiais e está tudo muito bem.
Se este blog fosse de fazer publicidade, até vos mostraria umas ideias de ofertas, extremamente necessárias e que, estou certa, iriam agradar por demais às vossas pessoas. Estou aqui a lembrar-me de umas velas a cinquenta euros, por exemplo, ou de um Dom Pérignon, em estando mais contidos poderiam também optar por um dos magníficos livros oriundos aqui dos blogs.
Mas não, hoje não é disso que se trata, hoje desejo falar-vos da verdadeira música de Natal, aquela que nos faz levantar os pés do chão, estejamos onde estivermos, que nos dá vontade de enfiar um barrete do Pai Natal e pular alegremente, cantando a plenos pulmões até se nos falharem os agudos, que nos faz ter saudades das fantásticas noites de dia vinte e cinco, passadas na Kapital e no Van Gogo (demasiado novos? não sabem o que perderam...)
Se eu podia dizer-vos que falo de White Christmas? Podia... Mas não era a mesma coisa.

(o header, como está bom de ver, foi feito pela maravilhosa Palmier Encoberto, que continua com imagens de praia no seu próprio blog, vá lá a gente saber porquê...Obrigada, Palmy, és top!)

18 comentários:

  1. É bom que esclareças o teu vasto auditório que me pediste um header piroso! Caso contrário ainda me arruínas a minha fulgurante carreira de Headerer! :DDDDDDDDDDD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei do que falas Palny dear. Eu pedi um header fashion, clean e trendy. Saiu este....

      Eliminar
    2. Ahahhahahahahhahahhahahahahahahhahahahhahahahhahahhahaahhahahahahahahahahah

      Já percebi tudo! Foi uma golpada para me destruíres a reputação! :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  2. Caramba, que bling bling está aqui o blogue... adoro!!

    ResponderEliminar
  3. Noite de 25 a melhor noite para sair à noite...de sempre!! Fico à espera da publicidade às velas de 50 euros que queria muito da à minha tia avó...o resto da familia este ano é corrida a carros e está

    ResponderEliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante4 de dezembro de 2014 às 12:03

    Eu HATE kristmas carols!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PID, já me está a parecer uma espécie de Scrooge, com sentido de humor, vá, menos mal, mas ainda assim um Scrooge, começo a imaginá-lo magro e seco, com as costas meio vergadas, a ruminar vinganças contra todos os que se encantam com o Natal e a ficar cada vez mais amargo. Espero, que tal como o Scrooge, seja visitado pelos três fantasmas e passe a cantar tudo quanto é música de Natal (e por causa do seu comentário mais abaixo) fique com uma vontade irresistível de ter na sua consoada, o Nicolas, o Rod, o Jorge, a Rebelo, a Júlia, a Cristina, o João tudo a bailar, já noite alta, ao som da Kizomba.

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante4 de dezembro de 2014 às 16:06

      Numa aula de Zumba...

      Eu gosto do Natal, e agora tendo uma babyI(rrelevante), mais ainda. Não tanto como as pessoas que, por exemplo, têm na quadra na única hipótese de ver familiares distantes, etc, mas sim.
      Mas, se eu ouço outro remix do Rudolfo...
      (e já agora, o Culkin na RTP pela milionésima vez a fugir do Goodfella)
      Ah... e correntes solidárias... dão vontade de me pendurar num candeeiro...

      Eliminar
    3. Ah! pronto, aquilo que o incomoda, é afinal o que consegue incomodar grande parte da população, já cá não está quem comentou.

      Eliminar
    4. Eu gosto do Rudolph... De preferência na versão original,

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante4 de dezembro de 2014 às 12:06

    Os 9 círculos do Inferno

    1. ver a trilogia do João de Deus continuamente
    2. ver filmes baseados em livros do Nicholas Sparks
    3. ouvir Rod Steward
    4. ouvir discursos do Jorge Sampaio
    5. ler livros da Rebelo Pinto
    6. ver a Casa dos Segredos
    7. ouvir um debate entre a Julia Pinheiro e a Cristina Ferreira (moderado pelo Joao Baiao)
    8. Ouvir músicas de natal (em especial remixes)
    9. Ouvir kizomba

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Retire daí o Rod Stewart que é para lá de fantástico se faz favor. E as músicas de Natal são fofinhas.

      Eliminar
  6. MARAVILHOSO o header, com toda a lamechice a que temos direito no Natal. A Palmier até teve o cuidado de pôr o aviso de danger no vaso da árvore de natal...e não deve ter nada a ver com um antigo tema fraturante, deve mesmo ser porque isto com a Picante nunca se sabe...
    (e o desassossego de me pespegar ali a Mariah a um clique de semear)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Palmier foi muito bem briefada, nada acontece por acaso.
      (também não consigo resistir, não sendo a melhor música é a que me deixa aos pulinhos, é impossível resistir-lhe)

      Eliminar
  7. Pipocante Irrelevante Delirante4 de dezembro de 2014 às 16:07

    DO NOT PENDURATE ON THE TRI AND NE PAS REMOVÉ LES BOLES!

    ResponderEliminar
  8. Fã n.º 1 da Filipa Brás4 de dezembro de 2014 às 16:20

    Que desilusão Picante. Uma pessoa vem do blog da nossa Pipinha e chega aqui e vê um vídeo e pensa "alto, Picante não fica atrás e vai-nos fazer um vídeo de Natal" e pronto e afinal é só a Mariah.

    (pense também na ideia do vídeo com carinho :D :D :D :D :D)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha voz não dava para a rádio, cada vez que a ouço gravada até me passo.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.