segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

E vocês?

Tornei a ir ao Plateau, com as pessoas de há uma série de anos. Que digo eu? Reformulo. Tornei a ir ao Plateau com as pessoas de sempre. Cada vez que lá vou fico sempre surpreendida  com a capacidade que aquilo tem em não mudar. Descobri que um shot custa um euro e que já não sei beber shots, caramba a palhinha ardeu, engasguei-me, a palhinha tornou a arder. Pedi novamente um cachorro com tudo mas sem salsicha porque tenho uma amiga que não come carne mas gosta de cachorros, desde que não tenham salsicha. Comi a salsicha dela e tornei a fazer uma piada fácil sobre a coisa. Comi um cachorro com tudo e deitei-me já os pássaros começavam a chilrear.
Sim, tive o primeiro jantar de Natal...

11 comentários:

  1. A última vez que lá fui também senti que estava tudo na mesma. Menos eu, e não voltei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu diverti-me muitíssimo. Foi uma bela noite.

      Eliminar
  2. Tenho saudades do Plateau. Urge dar lá um salto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não ia lá há que tempos. Aquilo é intemporal.

      Eliminar
  3. Não conheço esse bar!
    Mas parece ter sido uma noite em grande!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. Tempos houve que a PN era apedrejada na net porque publicava um post com situações impossíveis de identificar, que poderiam passar-se, como há quem assegure que assim foi, em contexto fictício de sala de aula. Agora, umas publicam os processos judiciais que têm entre mãos, outras os casos vividos na relação laboral e não se passa nada.

    Nunca conseguirei perceber estas contradições da bloga, em particular de algumas bloggers, mais concretamente desta blogger. A não ser, claro, que este blogue afinal não seja tão sério nem tão isento quanto gosta de apregoar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei do que fala no primeiro caso. Quanto ao segundo é diferente. Muito diferente. Alguém foi apanhado a roubar, é tudo quanto sabe. Não vejo nada de pouco ético aqui.

      Eliminar
    2. Se retirar os links eu publico. Não têm nada que ver, pelo menos eu acho que não têm nada que ver, correndo o risco de dizer uma asneira porque não sou desse ramo, não foi revelado qualquer pormenor confidencial. Qual é a semelhança?

      Eliminar
    3. Concedo, mas qual foi o pormenor confidencial revelado no post da PN, em seu entender?

      Eliminar
    4. Numa consulta de psicologia, tudo é confidencial. Sinceramente já não me recorda bem exactamente o que foi dito, mas era bastante descritivo, com pormenores que permitiam as pessoas identificarem-se, caso lessem aquilo.
      Neste caso específico que aponta é dito coisas do género "a dona Maria que rouba maçãs ao vizinho", e eu assumo que os nomes não sejam esses, é uma coisa muito mais genérica, parece-me.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.