quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Post escrito com duas mãos.

Falta-me a puta meretriz* da paciência.
(Talvez com chá e canja ela volte. A ver...)

* A Cláudia, que eu muito prezo, lembrou-me e bem que há certas palavras que não se usam por aqui...

44 comentários:

  1. Canja! Sempre uma boa solução!

    http://apenultimabolachadopacote.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Então? Qual das musas desta vez?? A que nunca cumpre as horas que marcou? Aquilo de inspiradora não tem nada é nhé nhé nhé, sempre a mesma coisa.

    ResponderEliminar
  3. A "curva entre o maxilar e o pescoço" está para ela como o "orgasmo" está para o Pedro Chagas Freitas... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bolas! Já vomito essa curva.
      Será que quer escrever um romance de cordel? Afinal áquilo nunca chegou a ser publicado...

      Eliminar
    2. E ela ainda hoje gozava o Chagas por escrever sempre a mesma coisa. Incapaz de fazer uma auto-análise...
      Mas não me surpreendo que ainda saia dali um "livro", já viu a quantidade de posts "pick me pick me" que um livro suscitaria?

      Eliminar
    3. Ora... Isso queria ela. Era preciso que alguém pegasse naquela tentativa tonta de puxar a lágrima e parecer sensível.

      Eliminar
    4. (ela consegue ser tão chaga como o Chagas, não percebo por que raio o goza, é igualmente melosa)

      Eliminar
    5. A moça já tem o livro pronto. Mas o PC voou do tejadilho e voaram palavras por todo o lado, mas no Natal, em tendo a cola seca, dá o pontapé de saida e Portugal poderá ver a obra. Por acaso estou curiosa.

      Eliminar
    6. Ora, Uva... depois desse episódio ela anunciou que estava novamente pronto. Acho que há praticamente um ano. E depois calou-se e nem mais um pio. Suponho que o título seja "O livro fantasma", ou assim...

      Eliminar
    7. IS,
      a menos que me envie links não posso publicar isso. Não me lembro de ler o que afirma em lado nenhum. Desculpe.

      Eliminar
    8. Ora, sem qualquer problema nem necessidade de desculpas. Até porque o escritor - gostando-se dele, ou não -, não deveria ter a intimidade exposta num blog.

      Na verdade também não lhe consigo indicar links porque isso já foi há pelo menos um ano ou mais e julgo que ela nem mencionou directamente o nome dele, só disse que era alguém que estava no momento a falar num programa (5 para a meia noite?) e que lhe dava sono, tendo depois continuado com as boquinhas.

      Eliminar
  4. Sim talvez volte, mas pelo sim pelo não, não comas os miúdos da canja!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estais escarnecendo de uma mãe que sofre à cabeceira dos filhos enfermos?!... Malvadez.

      Eliminar
    2. Miúdos é que não que podem ficar atravessados.
      Dê uma de pioneira e comece com estes.
      A startup de alimentação sustentável com grilos
      Bitty Foods é uma empresa que quer diminuir a fatura ambiental da produção de comida com recurso a insetos para venda de bolachas e farinha
      Tiago Oliveira

      Ler mais: http://visao.sapo.pt/a-startup-de-alimentacao-sustentavel-com-grilos=f800578#ixzz3IDbQMUDx

      Eliminar
    3. Ahahahahah Anónimo. Sou uma bruxa, mesmo, não há salvação para mim.
      (Olha se em vez de uma porcaria de uma virose que se cura em três dias fosse uma coisa realmente grave? Tipo, hum... Uma varicela ou uma Papeira? Morria, não era? Parecendo que não, sempre é uma semana até passar, é muito tempo a sofrer senhores!...)

      Eliminar
    4. Ou uma epilepsia...ou autismo...e mil e uma maleitas infantis à mistura.

      (beijo nosso, Picante)

      Eliminar
    5. Bolas. Isso não que é realmente grave.

      Eliminar
  5. Pipocante Azevedo Delirante5 de novembro de 2014 às 19:11

    Aquilo... é suposto o quê? Despertar sentimentos de compaixão, pena, solidariedade... não percebo. Mas também sou burro. Por isso mesmo não tenho blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não seja assim que isto uma dor de barriga de um filho é coisa para nós matar por dentro, aos bocadinhos.

      Eliminar
    2. Pipocante Azevedo Delirante5 de novembro de 2014 às 21:57

      Como pai mata-me ver o mini-me nem que seja com uma ponta de febre.
      Daí a escrever um longo texto sobre isso...
      Aquilo acaba por ser ofensivo para quem sofre a sério

      Eliminar
    3. A miúda apanha uma virosa e ela fica assim... Haja paciência! Tendo em conta o tempo que ela tem para escrever duvido muito que a coisa fosse assim tão grave. Pelo menos cá em casa quando a "coisa" está no auge não há tempo para mais nada, quanto mais para escrever testamentos em blogues.

      Mas se calhar sou como o PAD, burra portanto. Ou então tenho as prioridades todas trocadas... é talvez seja isso, deve haver por aí algum workshop que me ajude a organizar isso.

      Eliminar
    4. Não me parece que haja um pai ou uma mãe que goste de ver os filhos doentes.
      Daí a descrever uma porcaria de uma virose como se fosse uma doença grave, não só é ridículo, como ofensivo para quem realmente tem filhos doentes.
      Raios a partam, aquilo complica-me mesmo com o sistema nervoso.

      Eliminar
    5. Pipocante Azevedo Delirante5 de novembro de 2014 às 23:52

      O mais triste é que ela (acho) trabalha com pessoas deficientes, que lutam diariamente para suprimir as dificuldades que a natureza lhes deu. Imagino que um pai ver o seu filho numa cadeira de rodas seja exasperante, não poder jogar à bola com ele, andar de bicicleta, ou sequer subir umas escadas... tomara ele que o filho tivesse uma virose por semana em vez disso.
      Já reparei que sensibilidade* não é com ela.

      *falha-me a palavra... auto-qq-coisa... ter consciência do que diz...

      Eliminar
    6. Talvez bom senso e empatia?
      (sim, que sensibilidade tem para dar e vender, basta ler as cartas e a maneira como se aflige com as dores alheias, sofre mais que os próprios)

      Eliminar
  6. Que poço de sensibilidade. A Pipoca sempre a superar-se na demonstração de bom carácter. NOT.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É. Um autêntico poço de insensibilidade. Doença gravíssima que a criança tem. Coisa para ir às urgências e obter pulseira encarnada. Nem sei como não está internada, deve ser o pediatra que é outro insensível.

      Eliminar
  7. Picante, então, esqueceu-se que este é um blog very snob-chic, "falta-me a puta da paciência"? é corrigir isso, quando muito, falta-lhe a acompanhante de luxo da paciência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão, Claudia. Já viu os efeitos colaterais daquilo? Que desassossego., até se me esqueceu disso.
      (Vou emendar)

      Eliminar
    2. Pronto Cláudia. Alterado. Obrigada pela lembrança, totalmente adequada.

      Eliminar
    3. Oh! Picante...cá beijinho

      Eliminar
  8. Irra, parece que é de propósito, a pessoa anda mais entretida e lá vem a Picante pôr-me a varrer a bloga. Pelos comentários foi canja!

    ResponderEliminar
  9. então cara Picante? é sabido que uma das p.. das meretrizes da paciência é a resignação e a outra a contumácia. só mesmo um homem com conhecimento de lupanares lesbianos para explicar...

    ResponderEliminar
  10. Pipocante Azevedo Delirante6 de novembro de 2014 às 15:53

    Os melhores!

    ResponderEliminar
  11. Só há uma coisa que eu não percebo: o blogue é dela, então qual o motivo de criticá-la pelo que lá escreve? Só lê quem quer, só lá vai quem quer...
    A sério...what's the point?? Cada um escreve o que lhe apetece...ou anda aí a Santa Inquisição Blogueira?
    Eu até gosto deste seu cantinho...mas tanta implicância "faz-me espécie" - usando uma expressão da minha avó.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa gaga havia de ter vergonha de escrever aquilo. Tanto texto de solidariedade para a mãe do Rodrigo, da Bia e da Leonor e depois parece que o mundo acabou porque a filha está com umavirose que a pediatra já lhe disse que não é grave.

      Eliminar
  12. Os seguidores daquela mulher são uma cambada de anormais. Ela manda o povo faz pensam que é boazinha, primeiro disse mal da cócô agora quer se a melhor amiga. Uma interesseira, aquela cena com a mulher do Markl para ter 5 minutos de fama é triste. Psicologa é ela? Para quem n saiba aquela trampa é agora um blog do iol ao lado dos biberons, da carlota, cristina. É assim faz ter mts amigos.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.