quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Picante, essa bruxa lavadeira de cérebros e vontade própria

Não percebem? Eu ajudo, afinal só nasci para mostrar o caminho da luz.
Primeiro tem de se pensar na Picante como a encarnação de Lúcifer na terra, o demo em pessoa.
Depois, tem de se assimilar que qualquer demónio que se preze tem diabinhos, gente preparada para o servir, sem cabeça e sem vontade, cuja única e exclusiva missão é andar de local em local, espalhando a Palavra de Picante.
Já está? Óptimo. Assim sendo, não haverá outra conclusão possível a não ser que qualquer pessoa que interaja com a Picante, que concorde com ela em alguns assuntos, que se ria com ela, que enfim... goste dela, está a agir a mando da própria Picante.
 
(claro que também será necessário ter a inteligência de uma amoeba, mas isso já serão outros cinco tostões...)

96 comentários:

  1. Pipocante Irrelevante Delirante26 de novembro de 2014 às 10:38

    Eis nozes

    http://villains.wikia.com/wiki/Category:My_Little_Pony_villains

    http://villains.wikia.com/wiki/King_Sombra

    ResponderEliminar
  2. Gostar de si? Mas alguém gosta de si?
    Toda a gente sabe que o Lúcifer controla os seus minions com o seu tridente e chicote! Ahhhh!!! E atráves da manipulação sórdida com requintes de malvadez

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou muito infeliz. Afinal é tudo pelo temor e intimidação...

      Eliminar
  3. Já se parava de chamar bicho à criança, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E também colocar as horas a que come e a que defeca. É que a concorrência com as noticias sobre o ex-primeiro começam a assemelhar-se.

      Eliminar
    2. Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah

      Eliminar
    3. Deixem-se de coisas. Vocês digam-me lá é qual é a escola de inglês onde vocês põem os vossos filhos, que eu estou precisada de uma para o meu.

      Ai, não, espera. Se vocês dissessem, isso podia ser visto como publicidade encapotada, não?

      Eliminar
  4. Oh. coitadinha de mim que sou tão boazinha e íntegra, e as pessoas é que são más e injustas para mim e as minhas amiguinhas, que não fazem nada se não gozar o prato quando eu insulto e enxovalho alguém através de ataques pessoais. Uma grande injustiça, é o que é. Deixa-me cá entretanto aproveitar e mandar mais um insultozinho indirecto como quem não quer a coisa, que é a única forma como sei argumentar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Insultozinho? Está enganada, está muito enganada, ninguém seria básico ao ponto de pensar assim, pois não?

      Eliminar
    2. Oh, mais um, tão simpática. É só assim que sabe operar, não é? Ui, e a finura que é insultar os seus comentadores quando não concordam consigo?

      Eliminar
    3. Mas eu insultei-a? Limitei.me a afirmar que julgar uma pessoa pelos actos de outra é básico e sinal de fraca cabeça. E mantenho o que disse. Onde é que a insultei?

      Eliminar
    4. Uma pessoa julgar pelos actos de outro é básica? Tem graça, foi isso exactamente que fez aqui há dias quando atacou pessoalmente a luna pelo que tinha escrito a isa.

      Eliminar
    5. Negativo. Eu o post não foi feito em função desses comentários.
      O meu erro foi ter agarrado nesses comentários para exemplificar a coisa e poder ter dado essa impressão. Foi sem intenção.

      Eliminar
  5. E para quando uma pérola brilhante, daquelas que só a Picante sabe lançar, sobre o bicho que partilha o mesmo nome que o texugo? (mania esta de tratarem os filhos como animais...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante26 de novembro de 2014 às 15:38

      O Texugo Mais Doce Arrumadinho.

      Eliminar
    2. Podia ser pior, podia ser "Gordinho"...

      Eliminar
    3. Ou bicho gordinho, não tivessem elas filhotes escanzelados!

      Eliminar
    4. "pequeno texugo" acho querido, confesso, já bicho... soa tão mal!

      Eliminar
    5. Deixem. as crianças. em paz.
      Se as mães as expõem, isso não nos dá o direito de as tornarmos (às crianças) assunto público, de debate em caixas de comentários.

      Eliminar
    6. Não estamos a falar das crianças mas sim dos nomes que as mães lhes chamam - em público, note-se. É da atitude delas (mães) que estamos a falar e não das crianças.

      Eliminar
    7. "E para quando uma pérola brilhante, daquelas que só a Picante sabe lançar, sobre o bicho que partilha o mesmo nome que o texugo? (mania esta de tratarem os filhos como animais...)"

      Eu percebi, mas ainda assim quis insistir. O pedido do comentário referia "sobre o bicho", não sobre a mãe do bicho.
      Ainda assim, e com tanto para falar, insisti: deixem as crianças em paz. As mães publicam sobre imensa coisa, há parvoíce suficiente nesses blogs para pegarem em outros assuntos que não os filhos.

      Eliminar
    8. Malandreca...
      Não publicou o meu comentário sobre o Organizadinho e seus hábitos no WC porque vai sair post, não é?

      Ai, ai, as Anónimas Más a inspirarem a Picante desde os primórdios e a serem tão maltratadas neste blogue, por Toutatis...

      Eliminar
    9. Pois... ainda hesitei mas era demasiado óbvio.
      (não que este seja muito menos mas pronto...)

      Eliminar
  6. Até seria possível separar as águas se alguma vez alguma das suas discípulas tivesse tido a coragem de se afastar (a única que o faz é a Palmier) e manifestar desagrado e vergonha nos seus momentos mais abjectos, mas é sempre um regabofe pegado, e até aproveitam as costas quentes para mandar umas bocas também. E curiosamente, nunca se lembram da injustiça e dos sentimentos das pessoas quando ela é praticada com os outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ameba? is that you?
      (Não, não pode ser... É tão dramático, caramba...tão dramático, só pode ser encenado)

      Eliminar
    2. Insula filha, insulta que te fica bem. E é amoeba, já agora.

      Eliminar
    3. A ameba é um organismo unicelular brasileiro. Mas atrasado ainda que o seu parente português amoeba.

      Eliminar
    4. Pipocante Irrelevante Delirante26 de novembro de 2014 às 15:40

      Amoeba???

      a·me·ba |é|
      substantivo feminino
      [Zoologia] Animal celular das águas salgadas, das águas doces e da terra húmida, que se desloca por pseudópodes. (Uma espécie é parasita do intestino do homem.) [Tamanho compreendido entre 30 e 500 mícrones; ramo dos rizópodes.]

      "ameba", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/ameba [consultado em 26-11-2014].

      Eliminar
    5. Responsável pela amebíase, acho eu.

      (mas acho que o termo correcto para unicelar protozoário é amoeba...)

      Eliminar
    6. (já não me lembra das matérias de ciências da natureza, hei-de ir ver)

      Eliminar
    7. Amoeba é o nome latino que se dá ao género, como aliás se costuma fazer com microrganismos.

      Eliminar
    8. NM! NMmmmmmmmmmmmmmm! NM chamada à cabine de som.

      Eliminar
    9. Ca foi???? Sei lá eu... Sempre achei que em português fosse ameba, mas se calhar não é... Não percebo nada de protozoários... (Deixe ver se percebi anônima... Eu sou aquela que supostamente sabe as coisas que não interessam nem ao menino Jesus, é isso? ;))

      Eliminar
    10. A Mirone sabe quanto crescem as unhas dos pés. Em matéria de inutilidade parece-me coisa difícil de bater...

      Eliminar
    11. Pois... Eu acho é que era de vir cá a menina Mirone esclarecer esta questão da ameba vs. amoeba...

      Eliminar
    12. Por acaso queria dizer que em sendo assuntos científicos é com a menina NM, mas vocês em vendo um anónimo desatam logo à pedrada. Fica-vos bem, sim senhora!

      Deixe lá, não se zangue: sempre que entrar como Anónima, vou ter o cuidado de moderar os elogios à Menina NM.

      Eliminar
    13. Eu estava a brincar, isto não tem nada de pedrada.
      (por quem é... por mim, sinta-se à vontade para elogiar quem quiser)

      Eliminar
    14. A da pedrada era para a NM. Picante, um pouco mais de modéstia, por favor, o mundo não se esgota em si, por mais que lhe custe a acreditar. A sério, há vida para além do seu umbigo, sou eu que lhe digo.

      Eliminar
    15. Também não vi a Nê com nenhuma pedra na mão. Além de que o comentário dizia "vocês"
      Mas pronto, vou voltar para o meu cantinho, então. Faça como se a casa fosse sua...

      Eliminar
    16. Chamou, Picante?
      Na escola aprendi ameba, mas já se sabe que o programa de ciências da natureza nos idos anos 80 não era a mesma coisa do que é hoje. Sim, é capaz de ser mais rigoroso dizer amoeba. Se há coisa que não pode falhar nos blogs é o rigor, tudo a bem do conhecimento e ciência.

      Eliminar
    17. Então não vê que estava a brincar consigo anônimo... E eu que até me parti a rir com o seu comentário da cabine de som... E depois não viu a piscadela de olho? Credo... Que mau feitio!

      Eliminar
  7. Mas mas, então e acusação de julgamento/generalização abusiva? Deve-se ter esquecido, agora serve para tudo e um par de botas. Mimimi generalização abusiva, mimimi julgamento abusivo. Bocejo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quer desenvolver? Que raio têm as calças a ver com o dito?

      Eliminar
  8. Como argumentar de forma inteligente: chamar burro/básico a quem a contesta. Assim sim, uma argumentação à maneira. Pobrezinha, não tem mesmo mais recursos nenhuns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que isso é abusivo. Eu estou a chamar fraco de cabeça a quem julga B pelos actos de C. Não a quem me contesta.
      (é tão feio ler coisas que não estão escritas...)

      Eliminar
    2. Como a picante fez há dias quando acusou uma pessoa de ter dito algo que foi dito por outra?

      Eliminar
    3. Já expliquei que não fiz isso. No próprio do post e tudo, é ver se não o digo nos comentários...
      Não seja intelectualmente desonesto.

      Eliminar
    4. Ahahahahaha já faltava o intelectualmente desonesto ahahahahah. Tá bem abelha, foram precisos uns 50 comentários para admitir o erro, até lá foi bater o pé e insistir de forma isso sim desonesta.

      Eliminar
    5. Fui onde? Fico sempre aqui, não diga inverdades.

      Eliminar
    6. Também já se mudava a agulha do intelectualmente desonesto, não?

      Ai, ai, estes chavões, estes chavões, bengalas de linguagem a quem falta vocabulário...
      Qual será o próximo?

      Eliminar
    7. Pois não sei. Tenho de arranjar outro igualmente bom.
      (não me quer dar uma sugestão? estou precisada...)

      Eliminar
    8. Estava a escrever à picante, com má pontuação, faltava uma vírgula: "até lá, foi bater o pé e insistir."

      Eliminar
    9. A Picante usa o "intelectualmente desonesto" para disfarçar duas lacunas de que sofre amiúde: a ausência de argumentação e a ausência de vocabulário.

      Enfim, a Picante no seu melhor. Está precisada de ideias, sim.

      Eliminar
    10. Não me fiz explicar bem. Nunca tentei fazer passar isso, só mais tarde percebi e já admiti o erro. Quer que faça mais o quê? Auto flagelação? Não me parece.

      Eliminar
    11. Tenho muitos problemas em argumentar. E uma tremenda ausência de vocabulário, também. Um problema que me aflige desde sempre. Acertou em cheio. É que é mesmo isso.
      (caramba, até vou tomar um prozac e tudo, essa agora é que me arrasou)

      Eliminar
    12. E vai mais um...
      (que aborrecimento, não é?)

      Eliminar
  9. Acho que preciso de um esclarecimentozinho: mas então as suas amiguinhas independentes e que não agem em manada e nem a mando da picante, precisam que a picante as venha aqui defender porquê? LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem é que eu estou a defender, mesmo?
      Ora não diga tolices, limito-me a julgar um comportamento.

      Eliminar
    2. Tanto não defende que nem publica comentários que as mencionem, mesmo que sem ser directamente ou ofensivos. Eu também já deixei cá comentários a julgar um comportamento em geral, e a picante não publica porque afecta as amiguinhas.

      Eliminar
    3. Não publico comentários ofensivos, nem despropositados, já agora. Que me lembre só rejeitei comentários pouco simpáticos sobre duas bloggers.

      Eliminar
    4. Quando começou o blogue, a Picante esqueceu-se de dois princípios basilares para quem escolhe esta linha de escrita: NÃO se podem fazer amigos na bloga e, MUITO MENOS, ter um ego.

      Ora, com o seu ego gigantesco, a Picante foi alimentando as amizadezinhas que lhe afagavam o dito. Em diversas ocasiões ficou refém dessas amizades por via desse tal ego.

      Muitos exemplos haveria para dar, mas vou optar por um muito simples (para ser simpática...): a amiga das Pequenas Coisas. A nossa anfitriã foi inúmeras vezes fustigada até à medula porque, simplesmente, a maioria dos comportamentos "ironizados" (hoje estou mesmo bem...) pela Picante nas suas musas concentravam-se exemplarmente na das Pequenas Coisas e não foram raras as vezes que a Picante amargou o seu enorme ego, que a levou a deixar-se lisonjear pela bajulação que a querida amiga aqui vinha fazer-lhe.

      Eliminar
    5. Isso dos amigos é relativo. E sim, protegi a S muitas vezes. Por achar de mau gosto a perseguição que lhe era feita, a rapariga não podia dizer rigorosamente nada, nem bom dia, sem que lhe caíssem três ou quatro almas em cima.
      E eu acho a S boa rapariga, não acho que tenha um ego gigante, vai daí que não me serve de inspiração.

      Eliminar
    6. Anónimo, retire a apreciação sobre a S e eu publicarei.
      Quanto ao seu comentário, cabe-me informá-lo que, no meu blog, faço os posts que entendo. O Anónimo também é livre de fazer um blog e escrever lá o que entender.

      Eliminar
    7. E não publico insultos gratuitos, rejeito o que achar bem rejeitar, de acordo com o melhor critério de todos: o meu, Basta que eu não ache apropriado para serem rejeitados. É lixado, não é?
      (mas pode continuar a escrever... em vou lendo...)

      Eliminar
    8. Portanto, parvas de merda a umas é na boa, dizer que a S "é muito elogiosa relativamente a toda a gente" já não? Ah, e as contradições são dos outros? Pois pois.

      Eliminar
    9. Mas qual é a dúvida, minha gente? Ainda há quem ache que a Picante critica conteúdos e não pessoas? Andam um bocadito distraídos...

      Eliminar
    10. Está a ver? Esse já passou...
      A S não gosta de conflitos, abstém-se de os provocar. É um direito que lhe assiste.
      Não sei do que fala, não chamei parva de merda a ninguém. Vá-se queixar a quem de direito e não me aborreça mais com esse assunto que já foi discutido até à exaustão.

      Eliminar
    11. O quê é que exactamente não percebe da frase" não me aborreça mais com esse assunto"?

      Eliminar
    12. São às dezenas os assuntos que já foram discutidos até à exaustão e que a Picante não "deslarga" nem por nada. E insiste, insiste, e remói, remói...
      Mas este, em específico, não lhe interessa porque não lhe é conveniente, e, então, já sabe dizer não me aborreça mais, pois é?
      Muito, muito coerente. Sim, senhora!

      Eliminar
    13. Não me interessa porque não me interessa, não poderá ser dito mais nada que não o tenha já sido dito. Isso tem o quê? Um ano? Nove meses? Adiante e não desespere, em breve achará outra qualquer coisa com que me maçar.

      Eliminar
  10. https://www.youtube.com/watch?v=FONN-0uoTHI

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente Mirone... Três quartos de hora que perdi a explicar aquilo dos links...

      Eliminar
    2. Realmente...
      (e olha se eu não ajudava... ainda lá estavas...)

      Eliminar
    3. Nê, só por causa das tosses toma lá &lta href="https://www.youtube.com/watch?v=FONN-0uoTHI">o link.&lt/a&gt

      Eliminar
    4. Ahahahahahah Mirone

      (se precisar de ajuda...)

      Eliminar
    5. Ahahahahahahah vai por mim Mirone, vai por mim...

      Eliminar
    6. Vocês são muito ruins, palavra d'honra.

      Eliminar
  11. Espelho meu, espelho meu, haverá alguém mais arrogante do que eu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que não. Dá imenso trabalho ser arrogante, é o que lhe digo.

      Eliminar
    2. Mais arrogante do que a Picante só o Sócrates e esse já foi dentro.

      Eliminar
    3. É uma malandra, a Picante. Isto é tudo uma malandrice pegada.

      Eliminar
    4. Ai minha Santa Teresinha me valha!!! Será que me vão prender??? Outra vez??? Que desassossego senhores... Uma infâmia, mesmo. Uma tremenda infâmia.

      Eliminar
  12. Pipocante Irrelevante Delirante26 de novembro de 2014 às 15:50

    Avancemos, carago!
    Tanta coisa boa para falar!!!!!
    Inovadora Impressão de fotos para o Natal!
    Trend alert!!!!! Com converses, conversas, e laços.

    Porra, já sabes qual o lego que queres?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calma que a mãe já vai.
      (uns sapatos novos, isso é que era...)

      (não vai perceber, deixe lá isso)

      Eliminar
  13. Pipocante Irrelevante Delirante26 de novembro de 2014 às 17:24

    Convenhamos que... vi o título do post do bicho que engordou aí numa fila à direita de um qq blogUE, e pensei que fosse acerca de um canito, e não de um pecanito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Idem. Só depois é que percebi que era a criança...

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.