quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Um dia ainda aceito encomendas de posts, mas hoje não.

E lá estavam elas, diziam-me que não, que não podia criticar quem me apetece criticar, que isso de gozar com a vida alheia se pode fazer em todo o lado excepto aqui, nos blogs, por aqui poderemos partilhar a cor e formato das cuecas, anunciar que somos a bicicleta da aldeia, cortar na família, explorar as criancinhas para aumentar egos e receitas publicitárias, por aqui não há limites, afinal nós escrevemos apenas para nós próprios, quem não gostar que não leia, pois não é?
E apareceram as donas Joaquinas, defensoras da moral e bons costumes, de braço dado com as donas Efigénias, estas aproveitando para falar das vidas que não conhecem, muito ofendidas se alguém as caracteriza por atributos fisícos, afinal todos nós somos tão mais que o nosso corpo, pois não é?
E agora enviam-me mails, entram caixa de comentários adentro, como se estivessem em casa, tudo muito à vontade e em amena cavaqueira, dizem-me que está mal, que eu devia falar de não sei quem, que afinal se deve criticar não sei o quê, que criticar quem elas querem ver criticado tão é pecado nem sinal de falta de vida própria, que eu não vejo a malandrice criticável, só posso é ser cega, pois não é?
E cá estou eu, a escrever exactamente o que quero, quando e como quero...

37 comentários:

  1. Posts pedidos, como em "discos pedidos"? Posso dizer a frase?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o telefone toca...
      - Diga-me qual é a frase.
      - Correr Portugal de lés a lés com ferraduras nos pés!
      Sr. Mamulengo Cagaito

      Eliminar
    2. Força nisso.
      (Tem de conter as palavras, Picante, linda, inteligente, admirável e fantástica...)

      Eliminar
  2. O blog é teu, logo, tens mesmo é que escreveres o que queres. Mas é lógico que se questionem critérios. Concordassem todos com o mesmo e a caixa de comentários era uma tremenda seca.

    ResponderEliminar
  3. Misturas alhos com bugalhos.

    ResponderEliminar
  4. Ó menina Pipoca! Isso não é bem assim.
    Um autor, sobretudo um escritor, neste caso uma escritora, deve-se aos seus leitores.
    Pense nisto que é muito importante.
    Corvo.

    ResponderEliminar
  5. E isto agora é tudo nosso não? Acho muito bem que escrevas o que queres e bem te apetece e quem não gosta olha: azarito.
    Continua a escrever que nós gostamos de te ler ;)

    ResponderEliminar
  6. Sinto-me à vontade porque já fui alvo de muito post em tom de gozo ou crítica. E, por aqui, não me lembro de ver críticas infundadas. Já vi uma ou outra maldade, que achei desnecessária, mas nada que fosse uma óbvia falta de respeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes lá o que é "post em tom de gozo ou crítica" . Quisesse a Picante e não te chegaria um buraco para te esconderes.

      Eliminar
    2. Oh por favor, menos.

      Eliminar
    3. Ora Anónima eu só gozo coisas gozáveis, a S é uma menina muito correcta. Não gozavel, portanto.

      Eliminar
    4. F*da-se! Basta a moça dizer qualquer coisa, por mais inofensiva que seja, que saltam logo as víboras.
      Pois eu gosto da S* e do blog dela e acho que tem todo o direito de dizer o que pensa, como qualquer outra pessoa.
      Menina Picante, só lhe fica bem defender as pessoas de quem gosta. Não que eu goste de todas elas (vou-me abster de referir nomes), mas no que toca à S* tem definitivamente toda a razão.

      Eliminar
    5. Tenho de defender a s* , sem dúvida. Para além da simplicidade, de ser correcta, não lhe encontro maldade nenhuma! Coisa rara por aí, tenho dito... em relação à picante, ela goza um bocado, acho que faz parte do seu sentido de humor. Mas eu tenho a certeza que tem um coração grande. E que quem a tem como amiga, tem uma grande amiga!

      Eliminar
  7. Não percebo nada. Então se escreve exatamente o que quer, quando e como quer, porque fez um mea culpa, dois posts mais abaixo, a alguém a questionou sobre o porquê de ter aceite determinados comentários? O critério de aprovação de comentários não é o mesmo? Não aprova o que quer, quando quer e como quer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está a falar a sério, pois não? Queria só ser irónica, pois sim?

      Eliminar
  8. Pipocante Azevedo Delirante2 de outubro de 2014 às 16:15

    Disserta aí xe fachavor sobre a inferioridade sexual do madeirense relativamente ao restante português.

    (p quem não percebeu, refiro apenas que a banana da Madeira é pequenina)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PAD,... a banana de prata (é assim que se chama), não é uma banana pequenina, é gourmet!!!

      Eliminar
    2. Pipocante Azevedo Delirante2 de outubro de 2014 às 23:51

      Pronto, mais um(a) a dizer que o tamanho não importa...

      Eliminar
    3. Não percebo nada disso, eu cá é mais mirtilos e panquecas.

      Eliminar
    4. Pipocante Azevedo Delirante3 de outubro de 2014 às 12:27

      pan... quecas? Queres é salsicha. knockwurst.

      Eliminar
  9. Parece-me que estás um cadito equivocada. O que anda prái em causa é a dualidade de critérios que usas nos ataques que fazes no teu maravilhoso blogue, não se trata de sermos nós, as D.Joaquinas, a escolhermos quem atacas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O critério é só um. Falo de quem quero, como quero.

      Eliminar
  10. Está tudo bem. Desde que não se fale de gordos carecas de meia idade com baixo HDL, sem blog e chatos como o caraças. Somos pessoas de coração sensível.

    Políticos, cara Picante, há sempre "Os Políticos", a AR e o Circo.

    (P.S.: em rigor, é discutível que sejamos algo mais que o nosso corpo; mas pode ser apenas o meu pessimismo mecanicista)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos físico, intelecto e espírito. Corpo, cabeça e alma.

      Eliminar
    2. :), a "alma" é electroquímica cara P.

      Eliminar
  11. Escreva que o pessoal comenta e aprova o que bem entender é assim que isto funciona!

    ResponderEliminar
  12. De qualquer maneira, sempre pode escrever alguns dos seus rituais, isto é apenas uma sugestão, uma encomenda é outra coisa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma sugestão será eventualmente, sempre diferente de uma dita encomenda!

      Eliminar
  13. É que a Picante é o mais parecido a um GOMI (get of my internets) Português. Só que isto é um blog, não é um site com fóruns.

    ResponderEliminar
  14. MariaVaisComAsOstras2 de outubro de 2014 às 23:40

    Faz mal Picante, aliás como o outro diz: fica-lhe mal. A dona Ifigénia está furiosa diz que queria encomendar-lhe um texto sobre uma receita até pq ela está com dificuldades nas papas de aveia e o workshop da beata sempre são 25 euros valhameDeus!

    Fica-lhe ma Picante, faça lá um post a abrir aos seus leitores a possibilidade de sugestões, vá lá e olhe q n encomendo nada, mas se tivesse aí uma dúzia de rissolinhos ainda quentes :))

    ResponderEliminar
  15. Depois não querem que a Mãe preocupada vos chame a todos vocês um bando de calceteiros, mas são mesmo o que vocês são, com a picante a chefe dos calceteiros que são os comentadores deste blog que já tem o tempo contado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que eu gostava mesmo era de saber o que é que a Mãe Preocupada tem a dizer sobre ti, que por tudo e por nada andas com o nome dela na boca. Achas mesmo que os textos dela são recados? Achas mesmo que ela é dessas?

      Eliminar
  16. Bom dia dona Joaquina., como está?
    Queira fazer o favor de deixar de atribuir intenções a terceiros, intenções essas apenas existentes na sua pequena cabeça.
    Ou então corto-lhe o pio. Passar bem.
    ( passar.... Ahahahahah)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.