terça-feira, 7 de outubro de 2014

Ó Costa, eu também já fui assim

Leio que o Costa, novo líder da oposição, quer tornar a instituir os feriados depostos e vai votar contra o orçamento de estado, que ainda não conhece.
Eu, até aos cinco anos, recusava-me a comer ovos estrelados, dizia que não gostava, ainda que nunca os tivesse provado. Mas depois cresci...

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Comentário muito assertivo, nem o HSB faria melhor!

      Eliminar
    2. Já o seu está completamente ao estilo do melhor comentário que tenho visto. E muito construtivo, também. Os meus parabéns. A sério.

      Eliminar
    3. Obrigada.
      É como o seu blogue. Ao estilo do melhor que tenho visto. Muito construtivo. Os meus parabéns, também a sério.

      Eliminar
    4. O meu blog é serviço público. À conta dele já há quem fale de posts em parceria, dê créditos a fotografias que afinal não representam a sua vids. E quem tenha retirado a informação do sítio onde perdeu a virgindade.
      Serviço público. Sem qualquer dúvida.

      Eliminar
    5. Mas é que nem pense nisso, anónima ordinareca, é quem nem pense nisso.

      Eliminar
    6. Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah

      Acredita mesmo nisso? Que este blogue é serviço público? A sério que acredita mesmo nisso? Mas será possível ser-se assim tão presunçoso nesta vida? Será possível ter-se em tão gigante valorização?

      Mas afinal isto não eram só blogues, por Deus?

      Eliminar
  2. Ovos estrelados com batatas fritas... tão bom!

    ResponderEliminar
  3. Deve ter-se inspirado no Bruno de Carvalho, não?!
    Corvo.

    ResponderEliminar
  4. E ressuscitou dinossauros do lodaçal. E ainda se diz que só as baratas sobreviveriam a apocalipses bíblicos. Talvez seja mesmo verdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só falta trazer o Sócrates, os outros já lá estão. Uma alegria.

      Eliminar
  5. Vira o disco e" fandanga" o mesmo ...!!!

    Cassy!!

    ResponderEliminar
  6. Este país só se levantaria se, em vez de andarem a estourar bombinhas debaixo da cadeira uns dos outros, se envolvessem todos no projecto comum que é Portugal.
    (vou mazé tomar os sais a ver se me passa esta mania de dizer disparates).

    ResponderEliminar
  7. A vida política costa aos portugueses, ou melhor custa, assim está melhor!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.