quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Das improbabilidades prováveis

Tenho algum tempo disponível, decido dar uma volta pelos blogs, já não visito alguns dos da direita há algum tempo, decido deliciar-me com a Mãe Preocupada, aquilo é sempre um prazer, vai daí que dou com este texto:

"O provinciano não é o que está encafuado no interior do país, não vive na ignorância e no espanto do google e dos QR Codes, não cheira a mofo nem a fumeiro, não é o que se mete num taxi para ver o mar, aquele a quem cai o queixo quando vê o Centro Cultural de Belém, a livraria Lello, as esplanadas mais cotadas nos guias e revistas, não é o que se ficou pela quarta classe, o que usa os animais para aliviar tensões ou parou no tempo da outra senhora. O provinciano português, tão mal disfarçado que chega a enternecer, tão antigo e presente que pode assustar, é o que comete a proeza linguística de compor por justaposição a arrogância e a subserviência, tem prazer em estender o pé para que lhe engraxem as botas enquanto se curva para as lamber a outros, e este modo empertigado de ajeitar a roupinha para logo a seguir a tirar e se virar de costas."

E fico a pensar cá para comigo se terá andado a ler aquele que não tem blog....

50 comentários:

  1. É dos melhores blogs que acompanho. E não sendo eu mulher para ter certezas, quase arrisco na certeza que a autora não lê o blog daquele que não o tem. Não teria paciência, mas sendo pessoa muito atenta ao mundo talvez lá caísse. É como digo não tenho certezas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mgp, eu também juraria que ela não o lê. Mas a descrição cai que nem uma luva.
      (e tem razão, é um blog excelente)

      Eliminar
  2. Eu também acho que não há provincianismo maior do que alguém se referir às pessoas que vivem fora dos grandes centros urbanos, que não têm acesso a tecnologias, com menor capacidade económica ou estudos como provincianas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Azevedo Delirante20 de agosto de 2014 às 11:06

      Há muito licenciado provinciano. Alguns deles chegam a cargos de poder no país. Outros vão para jornalistas.

      Eliminar
    2. É um termo que ficou do passado. Provinciano era o da província, associado a menor conhecimento e possibilidades. Hoje em dia há bimbos por todo o lado, diria que muitos mais nas cidades...

      Eliminar
    3. A verdade é que há muitos bimbos exactamente como ele, a diferença é que não têm blog. Mas dá para ver nas suas caras, aquela expressão de parvos, sempre com um sorriso plástico de superioridade só porque têm licenciatura (wow, devem ser os primeiros da família). Dá para ver no modo como tratam as pessoas, quase sempre por tu, ou pelo primeiro nome, independentemente da situação. Infelizmente conheci pessoas assim na faculdade... posso dizer que ainda não recuperei do choque. São pessoas que só olham ao seu umbigo, fazendo-se passar por mundanos e conhecedores. Tacanhos e ridículos é o que são.

      Eliminar
    4. Verdade, Picante, eles "andem" aí.

      Eliminar
  3. Um dia alguém chamou-me "suburbana" em tom de ofensa. Fiquei a olhar para o citadino com ar confuso... Será que o injurioso queria dizer "provinciano"? Se calhar devia colocar esta questão ao tipo que tão bem teoriza sobre cócó :/

    ResponderEliminar
  4. ?????'! Hum; Mãe Preocupada, é?!
    Hum!!!... Eu não disse nada, hem?!
    Entrei só de mansinho, muito sub-repticiamente a modos de quem apalpa avaliando para ver no que e que isto dá e saio já de fininho.
    Não disse nada. Não comece com as suas de viperino e tal, porque entrei mudo e saio calado.

    anti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora vá lá ver. Provavelmente um dos melhores blogs que conheço.

      Eliminar
    2. Sim?!
      Adivinhe por que entrei mudo e saí calado!

      anti.

      Eliminar
    3. Se pensar como eu, está na mãe preocupada um alter-ego de José Rentes de Carvalho. A escrita é idêntica.

      Eliminar
    4. Não acho mas seria bem engraçado. Ainda gosto mais do Mãe que do JRC

      Eliminar
  5. Bem visto! Encaixa mesmo no tipo. É um convencido e ao mesmo tempo um lambe botas numa tentativa desesperada de se tornar famoso. Provinciano famoso.

    ResponderEliminar
  6. SEXO, SÓ SEXO FAZEIS DELE AS VOSSAS VIDAS!
    CUIDADO!! O INIMIGO DAS NOSSAS ALMAS, SATANÁS, SABE QUE, ATRAVÉS DO ORGASMO (IDA AO INFERNO) CONSEGUE TER ACESSO À MENTE HUMANA. O TEMPO QUE LÁ DECORRE CORRESPONDE À TERRA A UNS SEGUNDOS: É OUTRA DIMENSÃO, POR ISSO NINGUÉM PERCEBE. ASSIM, SEMPRE QUE UMA PESSOA "SE VEM", DO INFERNO VEM CONDICIONADA A, DE UMA FORMA INCONSCIENTE E ATRAVÉS DE MENTIRAS E MEDOS, AGIR DE UMA FORMA AUTOMATIZADA, EM PROL DE UMA VIDA E de UMA SOCIEDADE COMANDADA PELO MAL. NÃO É POR ACASO QUE, APESAR DAS PESSOAS ACREDITAREM EM DEUS, VIVEM CHEIAS DE DÚVIDAS, MEDOS E CONTRATEMPOS. DEUS DO UNIVERSO, NOSSO CRIADOR, NUNCA IRIA CRIAR DOENÇAS OU DESGRAÇAS À VIDA DE QUEM QUER QUE SEJA!! MAS É ELE QUE NOS SUSTÉM, PELO SEU DIVINO AMOR!!
    APELEM PARA O SANGUE DE JESUS CRISTO DERRAMADO SOBRE AS VOSSAS VIDAS, ENQUANTO É TEMPO!
    PENSAM QUE É POR ACASO QUE A IGREJA CATÓLICA SEMPRE ALERTOU PARA A CASTIDADE?? NÃO!! DEUS É PAI!
    "NÃO SABEIS VÓS QUE O VOSSO CORPO É TEMPLO DE ESPÍRITO SANTO E NÃO SOIS DE VÓS MESMOS??"
    LOUVAI A DEUS ETERNAMENTE, NOSSO PAI E SALVADOR, E COMO O PODEIS FAZER? DEIXAI DE COBIÇAR A MULHER DO PRÓXIMO, E VÓS TODAS GERADAS PELA GULA DA MAÇÃ, RETIRAI-VOS PARA UM RECINTO TRANQUILO E E MEDITEIS NOS PECADOS DA CARNE E NÃO COBICEIS OS MARIDOS DAS VOSSAS AMIGAS!
    DEUS PAI VOS SALVARÁ!

    OMAR EL THAAR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo amor da Santa, Omar. Tenha lá juízo, sim?

      Eliminar
    2. Trata-te!

      Antes que o encerrem e façam do Júlio de Matos um condomínio de luxo.

      Eliminar
  7. Aqueles provincianos, os do magnífico texto da Mãe Preocupada, não custa imaginá-los, anos mais tarde, anafados, enfardados de satisfação, esquivos, Salcedes:

    “Era o Dâmaso. O Dâmaso, barrigudo, nédio, mais pesado, de flor ao peito, mamando um grande charuto, e pasmaceando, com o ar regaladamente embrutecido de um ruminante farto e feliz. Ao avistar também os seus dois velhos amigos que desciam, teve um movimento para se esquivar, refugiar-se na confeitaria. Mas, insensivelmente, irresistivelmente, achou-se em frente de Carlos, com a mão aberta e um sorriso na bochecha, que se lhe esbraseara.
    —      Olá, por cá!... Que grande surpresa!”

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É seu? Ou é uma das continuações do Expresso? Acabei por não ler nenhuma, queria pegar na do JRC..

      Eliminar
    2. Está a brincar, não está, Picante?

      Eliminar
    3. É do original? É com enorme vergonha que reconheço que já não me lembro o suficiente para reconhecer passagens. Excepção talvez, à mítica cena em que a Titi descobre a camisa na posse do Teodorico. Dos Maias lembro apenas o trama geral, da Cidade e as Serras, por exemplo, apenas que adorei.
      Li Eça aos dezasseis e não voltei, ando há que tempos para o reler mas acabo sempre por pegar em coisas novas.
      Além de que ainda não li a tragédia da tua das flores ou o Conde de Abranhos, por exemplo. É uma vergonha, eu sei...

      Eliminar
    4. Leia o Conde de Abranhos Picante e vai deparar-se com uma deliciosa troca no quem é quem nisto do provincianismo, a ler Picante, a ler.

      Eliminar
  8. Já tinha lido, e é um excelente texto. Ao lê-lo, e sem querer, vêm-me à mente imensas caras, imensos nomes... Podemos ser da grande cidade, mas os atavismos permanecem, infelizmente, e nem damos conta.

    ResponderEliminar
  9. O último post daquele que não o tem. Como é que é possível? Uma coisa que se diz numa linha, arrasta por parágrafos e redundâncias. Ele escreve tããããããõ mal!
    Será que tenho esperança que, em vindo cá se aperceba das falhas e mude qualquer coisinha nos seus post, ou faça um curso de escrita criativa, ou qualquer coisa do género. Enfim....

    ResponderEliminar
  10. Não dá para acreditar que alguém que ontem tanto se ofendeu por ter sido citada noutro blogue sem a devida autorização, venha agora, completamente a despropósito, servir-se de um excelente (e sério) blogue como veículo para os seus vis ataques a bloggers que gosta de espezinhar.

    É incrível!

    Que terá a Mãe Preocupada a dizer disto? Como se terá sentido ao ver um dos seus (belíssimos) textos usado completamente fora de contexto para provocar e gozar outro alguém?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está enganada. Nem eu me ofendi, nem a mãe preocupada o deve estar. Mas descanse que, em estando, nós resolveremos o assunto rapidamente e a contento.
      Vá lá preocupar-se com as suas coisinhas, sempre será mais produtivo.

      Eliminar
    2. Mas o mesmo não serve para si? Não deveria ir lá preocupar-se com as suas coisinhas, não seria mais produtivo do andar sempre a cirandar de volta de quem nem sequer tem blogue?

      Eliminar
    3. E a arrogante é a outra?

      Eliminar
    4. Ó Picante, afinal tinhas razão. Não sei a Mãe Preocupada ficou ofendida, mas é verdade que resolveu o assunto. Não sei é se foi a teu contento.

      E agora vou ali continuar a ser produtivo, tratando das minhas coisinhas, enquanto tu voltas para o tanque.

      Eliminar
  11. Do blogue da Mãe Preocupada eu, por exemplo citaria antes este excerto, na certeza de que lhe é dedicado a si, Picante:

    "Valha-nos o facto de a sua função ser apenas a de entreter. Para mais do que isso, seria preciso humildade, visão periférica e desinteresse pelo palanque."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso também me lembro desse post. E também fiz umas associações imediatas.
      (Não é bonito? Associações simultâneas?)

      Eliminar
  12. Só uma perguntinha inocente: se fosse a PN a escrever que fazia xixi nas cuecas ao ver não sei o quê (ver post recente da Filipa), armava-se já aqui o maior escarcéu e tínhamos assunto para vários dias/posts, certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também escrevi sobre cocó, favor não esquecer.

      Eliminar
    2. Errado, Anónimo, errado.
      (Não se cansa? Deve ser muito cansativo nunca acertar uma...)

      Eliminar
    3. Dê lá uma pista sobre os seus critérios, só para uma pessoa se orientar e não vir ao engano.

      Eliminar
    4. Quer conversa? Talvez mais logo, agora vou até à praia...

      Eliminar
  13. Muito giro estar agora aqui a ler um texto que li, ontem :) e foi a primeira vez que fui ao blog da Mãe Preocupada, vejo este blog indicado na lateral dos meus blogs preferidos, calculei que fosse alguém com qualidade, mas deu-me para embirrar com o nome do blog, pensei que era mais um blog sobre as maravilhas da maternidade e confesso que esses não me interessam nada, acho que isso são coisas da esfera privada de cada um, ontem, a propósito de uns comentários, aqui, na Picante, um bocado contrariada :) lá fui e afinal escreve-se ali, reflecte-se ali, sobre as mais variadas coisas, li uns quantos textos de seguida, mas aquilo de não haver comentários, na minha opinião tira um bocadinho a riqueza da coisa...Quanto ao provincianismo ali descrito, sim, já Eça o descrevia como ninguém, é a subserviência bacoca, o ser-se fanfarrão com quem se acha em posição inferior e a lambebotice ao Senhor Doutor e não necessariamente ao Senhor Doutor pelo mérito e excelência académica, mas ao Senhor Doutor em recheio de conta bancária, ou em cargo que ocupa e é esse provincianismo que permite todas as conivências todos os salamaleques, olhe, onde impérios salgados tão bem se criam e depois ainda nos espantamos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho imensa pena que não admita comentários, há lá textos fabulosos, apetece mesmo dizer qualquer coisa, já estive para enviar um mail, acabei por nunca o fazer.

      Eliminar
  14. Picante, acho que a termo matarruano se adequa mais ao sujeito em causa... :)
    E já reparou no ar de superioridade na foto de perfil? Seria interessante saber as opiniões acerca da mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é ar de superioridade, é o ar de alguém que está sempre em estado de profunda reflexão, é favor não confundir as coisas ;)

      Eliminar
    2. Pois... dever ser a refletir sobre cócó...

      Eliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na boa. Eu também já aderi ao Copy-Paste

      Eliminar
  16. Não aceito qualquer tipo de comentários sobre supostas intenções de outros bloggers, em respeito a esses mesmos bloggers. De resto sintam-se à vontade .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esse também entra no rol dos não publicados. Refere o nome de um blogger a despropósito do post, além do que entra na categoria acima.
      (É questão de puxarem pela imaginação e tentarem insultar-me omitindo nomes ou supostas intenções de outros bloggers...)

      Eliminar
  17. Respostas
    1. Já lhe disse que também conheço o copy paste?

      Eliminar
  18. Isso é uma ameaça? Caramba...
    Temos pena, não o deixo chamar-me nomes assim em vão. E aqui decido eu. Que aborrecimento, não é?
    E acabou a conversa. Passe bem, já gastei demasiado tempo consigo.

    ResponderEliminar
  19. MariaVaisComAsOstras24 de agosto de 2014 às 18:50

    Eu acho q o rapaz é mesmo ingénuo e de q.i. limitado, ele não é inteligente mas é inofensivo e isso dá pena, ele nem conseguir ver como é rídiculo e chato, tão chatooooooooooo...mas depois vamos l^-lo como quem fica hipnotizado pelos programas de t.v. mais reles...

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.