quarta-feira, 16 de julho de 2014

Um dia destes também faço um post sobre comentários...

"Ó Picante, Picante, está a ouvir-me, é só para lhe dizer que o seu blog me diverte, que gosto das respostas que nos dá, que aceita comentários mesmo de gente que vem dizer mal de si e que isso não é para todos, que aceita as críticas e quando o fazemos de forma construtiva e acha que temos razão, tem a humildade de reconhecer e que ainda para mais nos pede desculpa e às vezes mais do que uma vez, quando se enganou a interpretar um comentário nosso. Obrigada por aligeirar o nosso dia. Apeteceu-me acordá-la só para lhe dizer isto, espero que não se chateie comigo."

É (também) por coisas assim, que às vezes me escrevem, que eu acho que o melhor, disto dos blogs, são as caixas de comentários. Em tendo tempo logo desenvolverei o tema...

48 comentários:

  1. Nem pensar!
    Já foi feito noutros blogs. não viu a ideia que deixei ontem na sua caixa de comentários? Deve ser criado uma bolsa ou registo de temas postáveis para não haver repetições.
    Caramba, diz que vai fazer um post sobre comentários e depois egnora o comentário que ainda ontem lhe deixei.
    Magoei, Picante.
    Se fosse como a outra dizia que me ia embora e já não voltava. Depois havia de a ver aflita a pedir-me que não fosse, ó senhora, ó senhora, que logo lhe dizia como era. Mas está muito enganada, hei-de cá vir todos os dias, como assombração a puxar-lhe o pé quando estiver a dormir.

    (bom dia!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Azevedo Delirante16 de julho de 2014 às 10:18

      Myrone, hau du iu du?

      O melhor disto são mesmo os comentários, porque na blogosfera não há quem diga algo de jeito. Mas os debates, ou prós-e-cons, são mesmo o sal deste blogocozido à lusitana.

      Proponho a criação de um registo de patentes de temas: a Picante não pode falar de sushi, felicidade, ou orientações alimentares em período entre as 00 e 06 horas. Esses temas estão patenteados, se optar por explorá-los, terá de pagar direitos.

      Eliminar
    2. Ai' m faine, tankiú!
      Parece-me muito bem PAD (Patenteador-Autorizador Delirante).

      Héve a naice dei.

      Eliminar
    3. Eu proponho a criação de uma bolsa de reacções pavlovianas... Por ex., para posts sobre palmadas nas crianças haveria a reacção "Ai que espancas meninos...". Até podia haver códigos, para as pessoas não se maçarem a escrever tudo... Temos de pensar melhor nisto...

      Eliminar
    4. Isso é que seria de valor, afilhada. Pouparia muito tempo a muito boa gente.

      Eliminar
    5. Como, não há quem diga nada de jeito? Mas... mas...

      Eliminar
  2. Esse comentário....fiquei com inveja de não o ter feito ! e até escrevi a dizer isso !!
    A Picante tem muita gente que a aprecia genuína e desinteressadamente. Este é um blog sui generis, que assenta na inteligência e energia de dar troco/troca aos comentários. E que comentários ....
    Um bom dia .

    ResponderEliminar
  3. «que aceita as críticas e quando o fazemos de forma construtiva e acha que temos razão, tem a humildade de reconhecer e que ainda para mais nos pede desculpa»

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Azevedo Delirante16 de julho de 2014 às 12:34

      Boa argumentação, bem fundamentada.
      Subscrevo todos os pontos, linha a linha.

      https://www.youtube.com/watch?v=QP_rIAkb_v8

      Eliminar
    2. Eu cá também PAD. Nunca tive nenhum comentário censurado e isso diz muito. Coisa que desde o Norte, passando pela Maçã, pela Doce, etc não posso afirmar o mesmo.

      Eliminar
    3. PAD, veja lá isso, tarda nada dizem que é uma Picantete...

      Eliminar
  4. É isso mesmo que eu penso. Sabes ler as criticas, sabes escrever e expor ideias e conceitos. Tivessem outras bloggers essa capacidade e a blogolandia era um lugar melhor. E gosto da forma como respondes. Com educação, com inteligência. Pois que há quem ande por aqui e poderia aprender contigo. Querendo aprender, que isto de ter capacidade para absorver conhecimento varia um bocado de pessoa para pessoa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fossem as pessoas inteligentes, tivessem, todas elas, um mínimo de educação, e o mundo seria um lugar bem melhor. Mas as coisas são como são.
      (ainda assim é um lugar maravilhoso....)

      Eliminar
  5. É notório que isso foi um comentário, se é que o foi mesmo, de uma ponei amestrada porque o que a Picante menos aceita são críticas nem atitudes negativas que não se coadunem com as suas ideias.
    É claro que passa despercebido porque quando elas surgem por aí a Picante simplesmente não publica.
    Não que não esteja no seu direito, mas não pode ser cinsiderado um blog que prima pela verdade, doa a quem doer.
    É um blog, mais um cuja autora tem o seu estilo próprio como outras têm os seus, e é o que é simplesmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que de menos se pode dizer aqui é que não publico comentários a contradizer o que digo ou a dizer mal de mim. É uma enorme mentira.
      (além de não ser uma afirmação inteligente, basta abrir uma ou duas caixas de comentários...)

      Eliminar
    2. Picante, vejamos.
      Não pode, quer dizer, pode mas não devia, considerar o meu comentário uma mentira e uma afirmação menos inteligente, simplesmente porque não há contra argumentação que se sustente quando a Picante nega. Como posso, ou alguém, desdizê-la?
      Comentei baseado no que vejo por aí. Comentários criticando a sua falta de parcialidade na inserção dos mesmos.
      Se não é verdade, queira desculpar mas a mentira não é minha.

      Eliminar
    3. Eu posso admitir ser parcial na moderação de alguns comentários. Tento não o ser mas sou humana e como tal erro.
      O que não posso admitir é que me digam que não aceito comentários que me criticam. Caramba.... É o que por aí há mais...
      Nas críticas à minha pessoa eu sou extremamente tolerante, só não publico ordinarices ou ofensas gratuitas e descontextualuzadas, isso realmente não publico. De resto publico tudo...

      Eliminar
    4. Vem mesmo a calhar. Só não publico ordinarices ou ofensas gratuitas e descontextualizadas, isso não publico. De resto publico tudo...
      A minha alma está pasma. Conhece a Filipinha das boas maneiras e esmerada educação?
      Tão educadinha que ela é e como os seus educaaaaaados comentários abrilhantam o seu blog.
      E depois as ofensas gratuitas são dos outros.

      Eliminar
    5. Eu estava a referir-me a comentários acerca da minha pessoa, como seria fácil de perceber, caso estivesse disposto a perceber.
      Mas lá está. Eu gosto da Filipa, é uma pessoa frontal que diz o que lhe vai na alma. E é honesta e coerente. Admiro isso nas pessoas.
      Se eu aceito comentários da Filipa que recusaria de outros? Por vezes sim, é a tal parcialidade que tento não ter mas tenho por ser humana.

      Eliminar
    6. Só se mudou de opinião nas últimas horas.
      As pessoas frontais que dizem o que lhes vai na alma, tanto quanto me foi dado ver não são as que mais se distinguem pela sua simpatia e aceitação.

      Eliminar
    7. Ser frontal é dizer palavrões e chamar nomes às pessoas? Epá então a nossa definição de frontalidade difere muito. Eu chamo-lhe má educação,agora chamar-lhe frontalidade para mim é novidade. A filipa com f pequeno, continuo a dizer que não lhe ficava nada mal aprender boas maneiras. Verdade seja dita,as pessoas mais inteligentes conseguem ofender os outros sem recorrer a palavrões, se é que me faço entender. Já entendi também que a dualidade de critérios em relação a ela e outras pessoas vai continuar...

      Eliminar
  6. (a concorrer para o melhor comentário, note-se)

    ResponderEliminar
  7. MUITO OBRIGADA Picante, é o meu comentário e só vi agora, estou a inchar, a inchar de vaidade, se rebentar a culpa é sua :)

    Para o anónimo das 15:00 e outros que tais, não tenho nada de pónei amestrada, tudo o que escrevi no comentário, pude comprovar por experiência própria desde que aqui comento, usei o plural, porque do que tenho lido, não aconteceu só comigo, é claro, que há maneiras de se dizerem as coisas e provavelmente há anónimos que confundem critica com má educação, como sabem ler, não vos passou certamente despercebida a palavra "construtiva", é que faz toda a diferença, para todos nós, portanto, também fará para a Picante, ninguém gosta de ser tratado com sete pedras na mão, salvo, pelos vistos, alguns anónimos, estes que acham que se deve aceitar tudo e de sorriso nos lábios, pois, pois, está bem... há uma linha que separa fazer uma crítica de sermos apenas parvalhões.

    Há, e não é "Apenas um comentário simpático!", é mesmo o que penso.

    Mais uma vez, obrigada Mais Picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém gosta, grande e profunda verdade, de ser tratado com sete pedras na mão.
      Que o digam a +Doce, a PN, a Cocó, a Maçã, a Rita, A Desassosegada, a Luna, a Izzie e todas as outras por arrasto e culminar no Lapidado de estimação preferencial, Bruno.

      Eliminar
    2. Este é o blog da mentira e da hipocrisia onde só as póneis mansas têm o direito de lhe vir beijar os pés.
      Fechar este blog é um serviço a bem da humanidade.

      Eliminar
    3. Pipocante Azevedo Delirante16 de julho de 2014 às 17:40

      Diga-me lá onde se trata alguns desses com sete pedras na mão. Criticam-se textos, conteúdos, isso e só. Se voceze não tem a intelijumência para perceber isso, é probrema seu.
      Se eu tivesse um blog, e escrevesse textos públicos (PÚBLICOS) tinha de me aguentar se me dissessem que só debitava m#### pelas teclas.
      Quanto às poneis mansas, isso é mais por outras pastagens... onde elas se querem obedientes...

      Eliminar
    4. Anónima 15.44, o seu comentário sensibilizou-me, a sério que sim. Foi uma semana particularmente desgastaste, o miminho caiu que nem ginjas.

      Eliminar
    5. É por estas e por outras que gosto tanto dos comentários do Pipocante Azevedo Delirante, é mais uma pessoa que prova que se podem fazer comentários pertinentes, muitas vezes divertidos e nada subservientes sem usar pedras, mas isso não é para quem quer é para quem pode, que é, neste caso, o mesmo que dizer, para quem tem inteligência para isso.

      Eliminar
    6. Picante, achei que se estava a dizer que ia dormir um bocadinho é porque a coisa não devia estar a ser fácil e entretanto ainda toca a publicar comentários nossos, a contribuir para o nosso entretenimento e alguns desses comentários nem eram simpáticos, já tinha pensado naquilo que lhe disse e portanto achei que era a altura certa para expressar em comentário :), o que não foi nada de mais para quem tanto por aqui nos atura, pronto e o atura pode ser entendido entre aspas, para não choverem mais uma data de comentários indignados ;).

      Eliminar
  8. Minha Querida Pipoca, eu dou-me ao trabalho de procurar os outros, que são vários, mas por enquanto, diga-me como é que alguém pode comentar neste post:
    http://pipocamaispicante.blogspot.pt/2014/07/e-la-estava-ela.html, que nem oito dias tem.
    Como a resposta vai ser não, entretenha-se a explicar os motivos às que aqui lhe vêm fazer Amém.
    Só você (e todos os não vêm os seus comentários publicados) sabe os inúmeros comentários que tem apagado. Tem todo o direito a moderar o seu espaço sem os outros não o saberem, isso não está em causa. Mas você sabe (e eu também sei) que o que acaba de escrever é mentira. Você, não só não publica, como ainda restringe a exemplo do post que referi.
    - Ah isso é porque não me quero aborrecer e porque não é fictício e porque é pessoal.
    Então e o facto de ter sido você a puxar os assuntos?
    Ou a dar dados suficientes para os visados se aborrecerem com publicações de assuntos pessoais?
    Mentirosa minha Querida Pipoca, assenta-lhe que nem uma luva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desonestidade intelectual? Acabou de ficar a falar sozinha...
      Tenha uma excelente tarde.

      Eliminar
    2. Claro e perfeito.
      Não podia ter respondido melhor, Querida Pipoca.
      Obrigado e uma excelente tarde, para si também.

      *Dê um beijinho à Gabriela

      Eliminar
    3. Cara (o) Anónima (o)
      Pela minha rica saúde que teima num equívoco, não me chamo Rita, bonito nome, por acaso, mas jamais chamaria Gabriela a uma filha, eu sou pelos nomes de reis e rainhas. Manias....

      Eliminar
    4. Ó Picante , tem que rever esse problema dos nomes Gotha. Gabriela é ingrediente dos nomes das infantas e princesas portuguesas de Bragança, em Portugal e Brasil. Não falando em Itália...Parmas, Sabóias, etc. Já agora, Dona Maria II era Gabriela (para além de Glória e de outros nomes), só para dar exemplo de rainha.

      Eliminar
    5. O que é certo, é que não responde a nada do que o anónimo, de forma muito pertinente lhe pergunta, e que de certa forma contradiz o que você escreve. De resto, não percebi onde é que o anónimo a acusa de desonestidade intelectual. Penso até que se há alguma desonestidade, resulta apenas da sua recusa em responder

      Mas, "Boa argumentação, bem fundamentada." diz o Azevedo.
      "parcialidade que tento não ter, mas tenho por ser humana." ou " Fossem as pessoas inteligentes, tivessem, todas elas, um mínimo de educação, e o mundo seria um lugar bem melhor" diz você, que publica pérolas como "parvalhões de merda", vindas de gente inteligente e educadíssima.

      Eliminar
    6. Sério? Não sou grande historiadora, lembro-me de várias Marias, Filipas, Inês, Catarinas, Amélia..
      Mas não lhes sei os nomes todos. De todas as formas não gosto de Gabriela.

      Eliminar
    7. Anónimo das 12.00h
      Em 1048 posts ir buscar o único que tranquei, por ter lá um Anónimo(a) que insistia em querer saber mais pormenores de uma história verídica, que envolve pessoas que me são queridas, enquanto deturpava propositadamente o que eu dizia, acabando por deixar velada a ameaça de um processo, é o quê? Honesto?
      Obviamente que tranquei. É um direito que me assiste, não querer debater determinados temas. Do mesmo modo, há mais dois ou três posts, que falam de mortes de gente que me é querida e que também não admitem comentários.
      O ter feito o que fiz, nestes posts específicos, não quer dizer que não publique a maior parte dos comentários que aqui me chegam. Muitos dos quais são a "bater-me", não são elogios. Dizer o contrário é mentir e basta que abram as caixas de comentários para o verificar, não precisam de aceitar a minha palavra como única prova. Simples, não é?

      Eliminar
    8. Está no seu direito de não gostar de Gabriela, eu só assinalei a falha por gostar muito de vir aqui, e da dona MP. Ninguém tem que lhes saber os nomes todos.

      Eliminar
  9. Este blog é uma vergonha que atenta contra o bom nome das pessoas e devia ser fechado.
    É só o que tenho a dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim! Sim! Uma vergonha! Total e absoluta!
      (bom nome? tem graça, agora lembrei-me do Jorge Palma...)

      Eliminar
  10. Opá a sério há anónimos que me fazem saltar o pirulito. Get a life people, get a life. Não gostam, não venham cá, simples não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady...Oh my Lady!
      São pirolitos, girl. Pirolitos!
      De uma vez por todas a bem da nação, Pirolitos!

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.