sexta-feira, 18 de julho de 2014

Parecendo que não, aborrece-me

A éme oitenta diz-me que se existir uma música da minha vida, então ela passa-a, eu ponho-me a matutar, lá naquilo, só para me certificar que não tenho uma música da minha vida, ainda há pouco tempo um amigo me perguntava qual era a música, que eu passaria em repeat, e também não lhe consegui responder. É estranho, eu sei que o filme da minha vida é E tudo o vento levou, quase alcançado pelo O Padrinho, sei que se tivesse de escolher um livro, para levar para uma ilha deserta, escolheria as obras completas de Eça, em podendo mesmo levar um só volume seria o segundo, é lá que estão os Maias, mas a verdade é que não tenho um grupo ou, sequer, género musical acima de todos os outros, gosto de música porque sim, gosto de música porque me lembro de pessoas e de coisas cá da minha vida. Ainda hoje não consigo ouvir summer of 69 sem me lembrar das minhas melhores amigas, de abraços daqueles mesmo verdadeiros e de noites de pura diversão. Cada vez que ouço My way lembro-me do tipo que um dia me suprimiu a capacidade de raciocinar e que foi tão bom, New Order e House Martins são o primeiro namorado, mesmo à séria, nunca esquecemos o primeiro. Phil Collins, Chris de Burgh ou Elton John, lembram-me sempre como fui tão feliz em Serra Nevada, nos anos em que eram raras as sextas feiras em que não nos metíamos nos automóveis para regressar domingo à noite, mil e quinhentos kms e poucas horas de sono. E podia continuar, passaria por Bach, U2, Meat Loaf, Rod, Trovante ou até José Cid, passaria por muitos mais, ainda assim não conseguiria escolher a música da minha vida. Se tivesse mesmo de escolher talvez me ficasse pelos Queen, provavelmente porque não me lembro que me façam lembrar alguém. Não sei.

13 comentários:

  1. Respostas
    1. Rod Stewart é muito bom.
      (umas musiquinhas de fazer meninos... upa, upa)

      Eliminar
    2. E estou aqui a lembrar-me de Cure, e de Cult e de Alan Parsons e de Bruce e de Cold Play, ai Jesus, tanta situação tão boa...)

      Eliminar
  2. Queen é sempre bom.
    Lembro-me de "esganiçar" o Sailing ad nauseam :):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. For the first time, Sometimes when we touch e The way you look tonight

      Eliminar
  3. Também me ficava pelos Queen, ou em alternativa os ABBA. Glup. Acho que acabei de estragar o meu stad up virtual...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ABBA também marcha mas sem recordações. As minhas músicas favoritas estão associadas a momentos. Estou agora aqui a lembrar-me que esqueci Fleetwood Mac e Whitney Houston, como é possível?

      Eliminar
    2. Mas a falar verdade, a minha banda é e sempre será Depeche Mode.

      Eliminar
  4. Também não tenho nada disso (Um filme, Um livro, Uma música) e acho uma injustiça que nos façam semelhante pergunta. Tenho vários filmes, várias músicas, vários livros favoritos, é quase como perguntar a uma mãe de que filho gosta mais.

    ResponderEliminar
  5. Diria, no que aos Queen diz respeito, que basta a recordação de Freddie Mercury, em especial em algo como "These Are The Days Of Our Lives", quando já era por demais evidente o que se seguiria:
    https://www.youtube.com/watch?v=oB4K0scMysc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas e o arrepio de Bohemian Rhapsody? E o bate coração de Love of my life? E o Wants to live forever? E, o give somebody to love? E o We will rock you? E o We are the Champions ? E, e,e,e,e,e? pois...

      Eliminar
    2. Também não tenho nada disso; como poderia eleger um só livro, uma só musica, um só filme?
      Como diz a Mirone seria como perguntar a uma mãe de que filho gosta mais?
      (Picante, então e Pink Floyd e noutro registo white snake? E a banda sonora de Streets of fire?

      https://www.youtube.com/watch?v=cJk61DfPOug

      https://www.youtube.com/watch?v=dNHZe9s75e4

      E tantas e tantas outras que fazem parte de nós!

      Eliminar
    3. Tive a enorme satisfação de ver os Queen ao vivo. Em Wembley. Talvez o melhor espectáculo a que assisti.

      (Pedrinha, essas todas também, não me consigo decidir quando se fala de música..)

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.