terça-feira, 8 de julho de 2014

De repente fez-se luz

Não gosto de alemães, nunca gostei, conheci vários, trabalhei com vários, não gosto de nenhum. Achava que era implicância minha. Mas não é.

29 comentários:

  1. Mas só eu é que acho que o que se passou no Barsil pode ser bom para a equipa portuguesa? Sempre foi menos humilhante a derrota de Portugal.
    (repare Picante, como é profunda a minha anlálise)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E foi cómico, pessoalmente estava a precisar de uma coisa divertida para acabar o meu serão. Maria

      Eliminar
    2. Não achei graça nenhuma. Já não tenho favoritos. Que mundial mais estranho, este...

      Eliminar
    3. Pois eu acho que está carregadinha de razão, Mirone. Ora bolas (!), nós só levamos 4 golos da equipa que atirou a selecção do Brasil para este resultado embaraçoso!

      Até que estivemos bem...

      (sim, como é elevada a qualidade do argumento...)

      Eliminar
    4. Claro que é elevado, Melissa! Então não havia de ser. Pimenta no rabinho dos outros é refresco.
      Hihihihihihihihihihi (vergonha é sofrer sete golos, sofrer 4 é uma honra)

      Eliminar
  2. Picante, nem tenho o que dizer deste jogo. Uma vergonha, fomos totalmente humilhados, reduzidos num espaço de vinte minutos. Eu piscava e a Alemanha fazia mais um golo, foi surreal. Nunca vi nada assim =/ Não sei se foi o choque do Neymar não jogar, se foi a pressão por jogar em casa, se foi o cagaço da Alemanha, sei lá... só sei que foi uma bela merda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que mais me aborrece é que provavelmente vão ganhar isto. Bah!

      Eliminar
    2. Estou 100% com a MP. Tenho no entanto alguma esperança que este caso sem explicação (nenhuma me satisfaz) levante algum pó. Não sei se o von Bismark regressa `a frente da equipa alemã, ou se é de outra equipa maior.

      Eliminar
  3. Otto von Bismark regressa, à frente da futebol equipa alemã. Diferente jogo, o mesmo resultado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O único alemão de quem eu gostava chamava-se Von Trapp. Vai-se a ver e não era alemão, era austríaco. Parecendo que não faz toda a diferença.

      Eliminar
    2. Era austríaco, pois.

      Eliminar
    3. Precisamente. No caso presente, a primeira imperatriz (consorte, que não é o mesmo que com sorte, pobre dela) foi austríaca. Dos austríacos, até os brasileiros podem gostar. Já dos alemães...

      Eliminar
  4. Eu acho que se fez justiça. Mas isto só os portugueses que estiveram no Brasil durante o mundial percebem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o cunhado do acutilante.9 de julho de 2014 às 09:46

      Alguns que cá ficaram também percebem. E rejubilam!
      Outros choram as penas brasileiras. Tadinhos!

      Eliminar
    2. Pois o que eu mais vi foram brasileiros torcendo para Portugal. Coloquei no facebook para osbrasileiros os absurdos de amigos portugueses disseram, inclusive ofensas às brasileiras, chamando-as de p....eles ficaram chocados porque não há este ranço para com vocês. Eu não torcia contra, Portugal é uma seleção que não aquece nem arrefece, mas a partir de agora vou retribuir a gentileza. ;)

      Eliminar
    3. o cunhado do acutilante.9 de julho de 2014 às 12:47

      Custa-me bastante acreditar que os portugueses, povo evoluído por convicção e natureza, possam ter chamado as brasileiras de p.....
      Nós somos educados e nunca vamos além de: senhoras nas suas actividades extra-curriculares.
      Por aqui se pode ver a má-fé com que vocês nos agraciam

      Eliminar
    4. ahahahahahahahahahahahahahahahahahah!!!
      Adoro este cunhado!!!
      ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah!!!
      Já disse que o adoro? :)))

      Eliminar
    5. Cunhado, pois os que vivem aí devem ter alguma razão não? Eu vivi alguns anos em Portugal e sofri muito preconceito pela minha nacionalidade. Agora moro na França e aqui sou tratada com respeito que é o mínimo que se pode exigir de pessoas civilizadas.

      Eliminar
    6. o cunhado do nefasto acutilante.9 de julho de 2014 às 14:40

      Em França?!
      Ah, aí é com certeza!
      Só se for árabe bombista. Vá, que se for sarraceno moderado, tipo beduíno da Mauritânia, também remedeia.

      Eliminar
    7. Venha morar aqui e depois conversamos.

      Eliminar
    8. Já que é tão bem tratada em França, tente convencer os seus compatriotas a seguirem-lhe o exemplo, "faxavór".

      Eliminar
    9. Pois já eu acho essa familota dos Acutilantes muito sem graça e classe. Mas ambas as coisas são presentes dos genes. A vida é assim.

      Eliminar
    10. o cunhado do nefasto acutilante.9 de julho de 2014 às 17:13

      A sério?!... Da...Dasse!
      :)

      Eliminar
    11. o cunhado do nefasto acutilante.9 de julho de 2014 às 17:15

      Morar aí? Não muito obrigado! Já morei e se bem que mandasse neles, nem por isso o ódio para comigo era menor.

      Eliminar
  5. Arrumadinho?! Por aqui?

    ResponderEliminar
  6. Eu amei a cilindrada contra o Brasil. Assim ficam calados e deixam de gozar com a nossa derrota frente aos mesmos alemães. YEAH! Força Alemanha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yeah! Força aqueles que vocês detestam e culpam pela crise que atravessam! A coerência passou longe.

      Eliminar
    2. Oh anónimo. Muito pelo contrario. Portugal foi a equipe mais apoiada pelos brasileiros. Eu fiquei mt triste quando Portugal foi eliminado. Não entendo o por que dessa felicidade toda diante da derrota do Brasil.

      Eliminar
  7. O Brasil "brochou"?? Oh que pena....
    Chegaram até longe demais, com ajudas várias.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.