terça-feira, 17 de junho de 2014

Procura-se Blogo-Advogado para relação séria e profissional

Com esta cara...


Este corpo...


Este carisma...


Que vista assim...


E calce assim....


Também era uma ideia...

Que escreva assim...


E ganhe assim...


Mas as coisas são como são... Basta um que perceba de blogo-leis, esqueçam lá isso de suspirar por quem não existe.

(Imagens retiradas do Google Images, todas elas)

66 comentários:

  1. Respostas
    1. Se o encontrar guardo-o num buraco escuro, nunca mais ninguém lhe põe a vista em cima...

      Eliminar
  2. Não te fica bem o papel, Pipoca. Este tipo de posts, como este e o anterior ficariam a matar nas pelas mãos da Palmier

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sustente lá isso, se conseguir...

      Eliminar
    2. Ai não por favor, anónimo. A Palmier atirava-se ao fototruc e lá se ia a genuinidade da coisa !!!!! Deixe fruir , assim , desta variedade de pedaços !!!
      Acho muito bem que o Obama figure, carisma não lhe falta.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Carisma. O homem tem carisma a rodos, eu gosto de gente com carisma. E poder de comunicação.

      Eliminar
  4. E a origem das imagens?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe... vieram todos posar para mim. Com o Fernando Pessoa à frente. Tive de o despachar primeiro, tinha um certo odor....

      Eliminar
    2. Depois de tanto ter batido na "Gorda" e de este blogue tanto ter lucrado à custa das "imagens que posaram para ela", esta ironia não lhe fica bem...

      Eliminar
    3. Cara Anónima, a sério que não percebeu que o problema não era, nem nunca foi, a falta de créditos das imagens mas sim o facto de ela tentar fazer aquilo passar como se fosse a casa dela?
      Achará mesmo, que no caso destas imagens específicas, estes tipos são os meus homens? Ou que vieram posar para mim e eu tirei as fotografias? Não acha, pois não? Nem a Anónima, nem ninguém. Estas imagens não são passíveis de induzir ninguém em erro. É óbvio que fui ao Google Images.

      Eliminar
    4. Aparte a sua avalizada opinião sobre de quem são os homens e onde foi busca-los, não mandam as regras citar as fontes, quer de textos, quer de imagens?

      Ah, espere! Esqueci-me. São regras que só são invocadas quando convém!

      Eliminar
    5. Nem sempre cumpro as regras. Em não havendo qualquer possibilidade de a coisa ser tomada por minha.
      Se concordar comigo, em que não há qualquer comparação possível, eu concordo consigo, que sim, que as fontes deveriam ser todas elas citadas e até vou lá acima fazer uma adenda ao post. Que me diz?

      Eliminar
    6. Inteiramente de acordo. Já agora, e se não for muita maçada, de caminho traga um cafezinho, estou mesmo a precisar.

      Eliminar
    7. Só quem não percebe nada de Google imagens é que não vê que a Picante as deixou com as identificações originais, com excepção das poucas em que fez um recorte, como no Obama, penso eu. A comparação não tem ponta por onde se lhe pegue. É birra tontinha.

      Eliminar
    8. Já está. Pronto. Todos felizes, agora.

      (não recortei nada, a do Obana estava assim)

      Eliminar
    9. (Desculpe então)

      Eliminar
    10. Todos felizes, sim. Sobretudo com este reconfortante cafezinho que me serviu. Obrigada, soube-me mesmo bem. Eu sempre tive a ideia de que a Picante serve mesmo é para servir. Agradeço, mais uma vez.

      Eliminar
    11. Arre! Há anónimos chatos como a potassa.

      Eliminar
    12. Ora, PL... É tão fácil fazê-los felizes. Eu gosto de ver as pessoas contentinhas.

      Eliminar
    13. São carraças, PL, carraças.
      Não sabia? A aprender com sodona NM, vá lá!

      Eliminar
  5. Não sei bem qual o motivo mas... a escolha da cara, não me agrada (sim é girinho e tal, mas... não gosto, deve ser anginho demais), já o Xavi, agrada, ó se agrada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu caixote de lixo... o seu caixote de lixo, por favor... Envie ao meu cuidado, prometo que tratarei bem.

      Eliminar
    2. Anónima Sedenta de Sangue18 de junho de 2014 às 08:31

      Assim de repente pensei que descreviam o Pipoco! :-) Pelo menos está perto do que imagino ahahahah

      Eliminar
    3. Então? Tenho de descer assim tanto as expectativas? :-)

      Eliminar
  6. Por acaso até sou capaz de lhe arranjar os sapatos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que venham nos pés da combinação dos tipos...

      (pronto, do Xabi, vá... só para não dizer que sou exigente em demasia)

      Eliminar
  7. Tu também és muito exigente. Queres milagres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu própria me acho um verdadeiro milagre, S com asterisco, a propria da partícula de Deus. Vai dai que mereço o que de melhor há no mundo.

      Eliminar
    2. Também tem razão. A querer e querer, pois que se queira o melhor.

      Eliminar
  8. Vi a cara e já não me interessou mais nada (suspiro...)
    Sim sou uma fútil, fácil fácil de se agradar (porque os giros-burros são tããão mais fáceis)!

    ResponderEliminar
  9. Quando arranjar um, veja lá se tem um irmão!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gémeo.
      Se conseguisse trigémeo seria o ideal: terá que dar para si, para mim e para a (ou será "o"?) anon das 21.32h.

      Eliminar
  10. Isto é teu?? https://www.facebook.com/amaispicante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bolas. Não. Obviamente que não é. Raios partam, é preciso ter lata. Não só me roubaram a imagem como o nome. É que a Mais Picante nem sequer tem FB. Nem sei bem como é que hei-de denunciar a porcaria da página...

      Eliminar
    2. Pipocante Azevedo Delirante18 de junho de 2014 às 00:02

      O endereço não podes bloquear, mas a imagem em princípio sim. Envia um mail ao facebook a explicar a situação, provavelmente vão pedir provas de que o logo já existia previamente

      Eliminar
    3. Os tipos usam a minha imagem antiga. Já nem a tenho no blog. Vou fazer um post a dizer que não tenho nada a ver com aquilo e não penso mais no assunto. Aquilo tem quatro postagens, foi criado em Março. Ainda achei que fosse alguém a tentar aborrecer-me mas deve ser só coisa de crianças estúpidas.

      Eliminar
    4. Anónima Sedenta de Sangue18 de junho de 2014 às 08:33

      Hummm... não era nada mal pensado avançar com um página de facebook...

      Eliminar
    5. Se calhar foi a mesma que se fez passar pela Nina. Esta gentinha é do pior.

      Eliminar
    6. Anónima Sedenta de Sangue, para quê? Não tenho tempo para ir lá confraternizar com as pessoas,
      (e já vi alguns bloggers por lá, a tentar confraternizar, ninguém lhes liga, aquilo chega a ser confrangedor...)

      Eliminar
    7. Bom, se não há tempo tudo bem...mas olhe que há bloguers e Bloguers! ;-)

      Eliminar
    8. Eu sei. Há meia dúzia que gerem aquilo bem.

      Eliminar
    9. Pois não me pareceu teu... é muita lata usar o nome+ imagem. Ainda por cima para aquilo.

      Eliminar
  11. E se forem estes, está dentro dos padrões aceitáveis?

    http://www.church-footwear.com/en/PT/man/classic-collection/westbury/nevada-ebony

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente aceitáveis. Aliás estive para pôr esses, em preto. Adoro.

      Eliminar
    2. Veja lá, se puser esses não se esqueça de colocar os créditos das imagens e, ainda, de citar o Xilre como autor da ideia.

      É que isto nunca se sabe e com certeza não vai querer mais um processo judicial e ficar a apodrecer na blogo-jail, pois não?

      Eliminar
  12. Pipocante Azevedo Delirante18 de junho de 2014 às 00:05

    As mulheres são todas iguais... "querem" sentido de humor, abraços, companheirismo, honestidade, e o diabo a sete, mas no fim, no fim, vão TODAAAS à procura do mesmo: uns abdominais tablete de chocolate e uma conta bancária gorda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe PAD, eu das outras não sei, eu cá quero sentido de humor, abraços, companheirismo, tudo dentro de um fantástico six pack, acompanhado de uma carinha de anjo maroto. Com covinhas de preferência. Se é para pedir, então quero o pack completo. Afinal de contas, eu mereço.

      Eliminar
    2. Pipocante Azevedo Delirante18 de junho de 2014 às 00:28

      Six pack posso oferecer, que o Continente tem Super Bock em promoção. Já o resto... tem dias.

      Eliminar
  13. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 00:19

    Eu acho que as mulhres só são todas iguais na mesma característica que as define a todas. Todas as filhas de Eva no mundo, de qualquer cor ou crença.
    Dinheiro. Onde está o dinheiro está a mulher!
    De resto, nas outras coisas, homens incluidos, umas estão la ferradas, outras primam pela ausência e outras ligam puto. Mas quando se trata de dinheiro, nenhuma falha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cunhado tem um cinismo incrivel. como se não houvessem mulheres que perfilham outros valores, ou que não tenham sentimentos sem ser de dinheiro. Há cada cínico neste mundo, valha-nos deus.

      Elsa.

      Eliminar
    2. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 01:31

      Caríssima Elsa.
      Há duas qualidade de mulheres neste mundo: as que se distinguem das demais, e as outras.
      As segundas são mulheres porque, enfim; nasceram mulheres. Essas não perduram na memória nem delas reza a história.
      As outras, as que legitimamente se podem considerar as filhas de Eva, ah! Alto e muito respeitinho. Essas sabem o que o dinheiro valoriza, o que lhes possibilita a valorização pessoal.
      E como eu já uma vez disse algures por aí a proposito de um não-sei-quê, mais facilmente aquelas que se distinguem das demais preferem a morte que abdicar da sua beleza.
      E quando uma mulher da classe das primeiras, jovem, bonita e elegante casa com um velho por interesse, (normalmente nunca lhes escapam) sabe sempre oferecer a si própria o que lhe dá prazer.
      E se bem que seja com o dinheiro do marido, só muito raramente ou quase nunca o agradecimento recai sobre esse.

      Eliminar
    3. E já agora: em que categoria dessas mulheres inclui a sua mãe?

      Eliminar
  14. Pergunta para o cunhado.
    E nessas duas qualidades de mulheres, qual é a percentagem, que essa sua cabecinha atribui a cada uma delas?

    É que eu gosto de saber até onde vai a estupidez de um homem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 11:29

      Com todo o gosto.
      Nas segundas, as tais que são mulheres porque só nasceram mulheres, a percentagem de acomodagem ao amo é geral.
      Nas outras, as tais que se distinguem das demais, é tarefa impossível descortinar-lhes o que lá vai. E para que, ainda que só muito reduzidamente faça uma pequeníssima ideia, nem Deus consegue.
      Isto porque, para mal dos nossos pecados, para lá dos maiores dons com que a natureza as agraciou, ainda são inteligentes.
      Daí que ha três coisas que nunca deixam rastro. O pássaro no ar, o peixe no mar e os pensamentos na cabeça da mulher que se distingue das demais.
      O melhor mesmo, e isto para qualquer homem que seja minimamente inteligente e pretenda desfrutar de alguma felicidade( reduzida mas alguma), é aceitar e não questionar os por quês das coisas, porque elas, (as coisas e elas propriamente) são como são.
      E agora, não perguntou mas eventualmente poderá despertar-se-lhe a curiosidade e perguntar. Sempre! Mas mesmo sempre! Um homem medianamente inteligente deverá ter sempre presente que há certas coisas que nunca se perguntam a uma mulher que se distingue das demais.
      Sempre ao dispor.

      Eliminar
    2. Não quero pensar que um homem tão medianamente inteligente como o cunhado, tenha ao lado uma mulher acomodada... consigo.
      Então faço votos que desfrute dessa felicidade, mesmo que reduzida.
      E que a sua carteira esteja sempre recheada.

      Eliminar
    3. Agora lembrei-me daquela anedota, um diálogo entre marido e mulher:
      -Então, meu amor, estás comigo por amor ou por interesse?
      -Que pergunta? Claro que é por amor, não tenho nenhum interesse por ti.

      Eliminar
    4. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 13:06

      Anónimo das 11:53.
      De facto não tive uma mulher acomodada, porque, lá está. Deus foi bom e agraciou-me eLe com uma mulher que se distinguia , mas por margem muito dilatada, das demais.
      Ora este delicioso dom poderia, eventualmente, contradizer as minhas palavras no caso, (real) de ter-me sido concedida uma mulher que se distinguia das demais, logo, causa de menor amor e maior interesse monetário, ou outro que lhe passasse pela bonita e inteligente cabecinha, mas, pasme. Não senhor! Tal nunca aconteceu e muito pelo contrário previlegiou-me Deus com a mulher mais perfeita que algum dia embelezou este mundo e encheu a minha vida de felicidade.
      Isto porque, por um estranho capricho do destino, que duvido seriamente que mais alguém tenha passado semelhante, a partir dos meus quatro anos, por volta dos cinco, conheci o mundo e os homens e a minha cabeça abriu-se num ápice ao conhecimento das coisas. A partir daí foi sempre um ver se te avias na ssimilação de conhecimentos.
      Era, portanto, uma mulher que se distinguia das demais e eu um homem que compreendia isso, daí que quando esse dois factores se encontram, tem tudo para dar felicidade.
      Como fui e soube dar até que, um dia, Deus foi mau e disse-me que já não era minha.

      Eliminar
    5. Ora o caríssimo Cunhado diz que “há duas qualidades de mulheres neste mundo: as que se distinguem das demais, e as outras.”
      “As outras são as acomodadas, e as demais, as que legitimamente se podem considerar as filhas de Eva, ah! Alto e muito respeitinho. Essas sabem o que o dinheiro valoriza, o que lhes possibilita a valorização pessoal.”

      Foi feliz com uma mulher que estava consigo por dinheiro?

      Porque quando se cataloga as mulheres somente com duas categorias e as caracteriza desta forma, depois é difícil para quem lê as suas respostas perceber outra coisa senão esta.


      Deus foi mau, ou o dinheiro acabou?

      Eliminar
    6. Os anónimos das: 10:54, 11:53 e 14:21 são a mesma pessoa.

      Já agora chamo-me Maria.

      Eliminar
    7. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 15:47

      Eu expliquei, Maria. Lamento não me ter feito devidamente compreender e vou tentar fazê-lo melhor.
      Uma mulher que se distingue das demais, como a minha exponencialmente se distinguia, é um privilegio para qualquer homem que por um ou outro motivo, ou por acaso da natureza, saiba apreciare agradecer o que Deus põe no seu caminho.
      Ora eu, por capricho do destino, tinha perto de cinco anos quando deparei no meu caminho com uma realidade que, e mencionei devidamente esse facto, uma realidade terrível que de menino confiante e amoroso para o mundo me tornei adulto maldoso num ápice.
      E que aconteceu? Paralelamente se conheci a perversidade humana, a minha mente abriu-se e outros horizontes ainda fechados para muitos adultos de hoje, tornaram-se entendíveis para mim.
      Uma das coisas que compreendi, era que se de facto os homens eram maus e perversos, as mulheres eram meigas e compreensivas. Daí a entender o quase nada que a mulher procura num homem, foi um relâmpago.
      Uma mulher que é mulher só porque a natureza a fez mulher, não questiona muita coisa, vive e deixa viver, pouco chateia e a sua preocupação é que o marido não lhe ralhe por despesas em futilidades desnecessárias. O marido não ralhou, tudo esta bem e à noite abre as pernas e finge ou não um orgasmo.
      Uma mulher que se distingue das demais, alto lá! Por comparabilidade com as outras só tem o facto de pertencer ao mesmo género e por aí se lhe acabam as semelhanças. Ao contrario das outras sabe dizer NÃO!
      Ora o não é muito mal aceite por um homem de barba rija, (contemporâneo) se bem que alguns, poucos, escapem à predominância da maioria. E aí a mulher que se distingue das demais...se ele tiver a carteira recheada, fica lá, se não tiver essa sorte, pois, a tua mamã que te ature, meu querido.
      Mas um homem conhecedor, que faz ele? Da-lhe a tal coisa que a mulher que se distingue das demais procura no homem a quem distinguiu com o seu amor e que é...simplesmente tolerância.
      Se a amas escuta-a, ouve o que ela diz e sê tolerante.
      E não custa mesmo nada, nem é precisa muita. Um pouco apenas, a suficiente para justificar vidas paralelas. Tolerância e tudo o mais virá por acréscimo.
      Ah! Quase esquecia! Se bem que uma mulher que se distingue das demais valorize o dinheiro, e onde ele esteja ela marque presença, se encontrar tolerância compreensiva no seu caminho, pasme mundo! Até se esquece que ele é pobrezinho e os orgasmos não são fingidos.
      Não! Não foi carteira emagrecida. Deus foi mesmo mau para mim e disse-me que ela ja não era minha, pode acreditar.
      Felicidades para si, Maria. Foi um prazer.

      Eliminar
    8. Espere lá, afinal o cunhado estava a falar de amor?
      Oh com caraças que eu realmente não tinha percebido.
      Eu leio-o, mas o que me fez comentá-lo foi a sua descrição das mulheres feita no seu comentário de 18 de Junho de 2014 às 01:31
      Escrever e explicar-se tanto e da forma como o fez, não melhorou a opinião com que fiquei de si.
      Felicidades para si também

      Maria

      Eliminar
    9. o cunhado do acutilante.18 de junho de 2014 às 17:09

      Só me expliquei por uma questão de educação. Perguntou; respondi.
      A opinião que de mim possa ter é a última das minhas preocupações, se é que o chega a ser, o que deveras duvido.

      Eliminar
    10. Ó cunhado, responda-me lá ao que lhe perguntei ali em cima: dessas duas categorias de mulheres, em qual classifica a senhora sua mãe?

      Eliminar
    11. Cunhado
      Pela forma como me respondeu agora por último, ficou a concluir que fiquei com péssima impressão de si.
      Humm... deveras interessante!

      Maria

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.