segunda-feira, 9 de junho de 2014

Estou aqui com uma dúvida..

Eu sei que a bloga inteira comenta o vestuário das famosas, eu sei que vão comentando os outfits da Mais Doce, também sei que as meias do Pips geraram alguma conturbação entre as blogo-mulheres, eu sei isso tudo, que eu sou uma pessoa que sabe das coisas.
Aquilo que eu não sei, mas gostaria muito de saber, é se será permitido comentar os blogo-sapatos, isso é que eu não sei e gostaria mesmo muito de saber, não sei se já disse, que eu cá gosto muito de sapatos. Como é? Pode-se?

(é que há ali um ou dois...)

19 comentários:


  1. Desconecendo-se o poder de encaixe do dono dos sapatos é ficar no cantinho, a rir-se para dentro e a pensar naquilo do karma ser uma rameira... um par de sapatos feios não merece tanto destaque.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela não consegue, Mirone. Nós sabemos perfeitamente de quem ela está a falar e, mais cedo ou mais tarde, vai acabar por dizer.

      Eliminar
    2. O karma é realmente lixado...
      (e o que eu já me ri, senhores?...)

      Eliminar
    3. Pois eu estou completamente de acordo com a Mirone. Às vezes não vale mesmo a pena. Uns irão rir-se do feio que são, outros ficarão com os olhinhos a brilhar com semelhante beleza... Mais vale cada um com a sua bicicleta. Principalmente, estando-se na semana que se pretendia calma... [piscadela de olho]

      Eliminar
    4. Ora, Melissa, se reparar bem as coisas são como são e eu não comentei nada...

      Eliminar
    5. ...[vómito]

      Anónimo Embirrante

      Eliminar
  2. Ainda bem que não acompanhei esse desafio. Pelos vistos, tem pérolas de bom gosto! Mas, quem sou eu?

    ResponderEliminar
  3. Então mas esta semana não era o aborto?

    ResponderEliminar
  4. "Paços de Ferreira"

    AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH


    Paços de Ferreira - 1; Amadora - 0

    ResponderEliminar
  5. Blog paços de Ferreira é genial!

    ResponderEliminar
  6. Credo.
    Há ali uns que não havia brasa, acendalha, ou labareda que lhes valesse, senhores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era mesmo às brasas e acendalhas que me referia.
      (coisas da vida...)

      Eliminar
  7. Tem razão,os da xaxia eram do chinês, não eram?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faço a mais pequena ideia, porque não vai até lá perguntar-lhe?

      Eliminar
    2. Ora, então não haviam de ser do chinês! Com três filhos para sustentar queria que comprasse os sapatinhos na Avenida da Liberdade?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.