segunda-feira, 2 de junho de 2014

Acho que estão a ser injustas para os homens da obras

Eles também atiram piropos às gordas.
Quando tinha 60 kg ouvia bocas vindas dos andaimes, quando tinha 80 kg ouvia bocas vindas dos andaimes.
Depois aprendi a desviar-me das obras, o que até é fácil, afinal a construção anda tão parada...


(O quê? Ainda era para falar a sério? De certeza...?)


8 comentários:

  1. Ah, então é por isso que continua a haver tão poucas mulheres nas obras, desviam-se é isso?

    (só falo a sério se quiser, o ar é de todos, não me podes tocar, quem diz
    e quem é, nha nha nha nha nha nha, olha os namorados, primos e casados...)

    ResponderEliminar
  2. Toda a gente sabe que aqui só se pode falar a sério. Quem goza vai parar à fogueira. E mais nada. Este espaço é para interessantes debates comunicacionais.
    E mais nada. Ouviram?

    ResponderEliminar
  3. Mas o que eu queria mesmo saber é se as bocas eram uma coisa assim física..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, tudo intelectual. Queriam ler James Joyce e ouvir Bach. Uma seca.

      Eliminar
    2. Ai credo... uma pessoa até pode ficar traumatizada, caramba, isso é violência. Veja-se a coisa por que ângulo se veja é crime e pronto.

      Eliminar
  4. Já não há pachorra. No outro dia ocorreu-me o seguinte: ohpah esta do desassossego e a outra que veio da Holanda devem ter sido muito mal tratadinhas, só pode.

    Acho que já falta pouco para começarem a contar. NãoSaguentam!!!

    ResponderEliminar
  5. Ei, Ei!

    Nós aqui nas obras não temos preconceitos em relação às gordinhas.
    Há mais chichinha para agarrar.

    Convenhamos, "Ó Linda!" não é um insulto, é um elogio, e o ponto alto do nosso dia.

    Ninguém tem pena de Nós, Nós aqui das obras, no pó e no ruído das máquinas permanente a bater forte, música chata tributo aos obnóxios protectores auditivos, sem sanitários de jeito, sem tablet para ver videocassetes de valor, apenas com umas revistas besuntadas...

    O que eu não daria para passar por uma obra de mulheres que louvassem a minha barriguinha e a minha calva com um "És Lindo"...

    Raios, és mesmo tu Filipa?! (sociedade em comandita? ;)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.