quinta-feira, 22 de maio de 2014

Les uns et les autres

Gosto de gente genuína. Gente que chora, em estando triste, gente que ri com vontade, gente que perde a paciência porque está cansada. Gente cuja casa se suja ou cujas roupas se rasgam. Gente que é humana. Eu cá só falo por mim, mas é exactamente por isso que eu gosto dessa gente, por ser humana e genuína.

79 comentários:

  1. Pois caríssima Picante, o mundo gosta de gente zen, que vê sempre o lado bom da vida, que abraça os que a odeiam, que não deixa que o mau humor dos outros a perturbe. Pessoas que comem bagas, que fazem muito coatching, que dizem aos outros o que devem fazer, talvez para se ouvirem a si próprios. Manequins de montra e de vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu de plastico, só gosto dos brinquedos dos miudos

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  2. Quem é este anónimo madrugador que me quer destronar?

    Eu também gosto disso tudo. Gosto de si, é o que é. Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, Mirone? A aparecer com 31 minutos de atraso? Vai ser destronada, claro!

      Vá, por esta passa...

      Eliminar
    2. Madrugadora, eu? Nem olhei para as horas... (com ar inocente)

      Eliminar
  3. Caríssima... Tirou-me as palavras da boca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo tudo isto verdade, o post acabou por me sair ao lado. Subliminar em demasia...

      Eliminar
    2. Subliminar é?? Hum... Passou-me ao lado!

      Em todo caso... Cá beijinho! :)

      Eliminar
    3. Subliminar? Só para os muito distraídos...

      Eliminar
    4. Vocês não contam, conversas paralelas...

      Eliminar
  4. Por isso gosto de blogues reais, de pessoas reais, com problemas e alegrias, virtudes e defeitos. Ninguém é perfeito.

    ResponderEliminar
  5. Como assim a sua casa suja-se?? Mas a D.Joaquina não está sempre de espanador e aspirador em riste?? Que raio de incompetente contratou???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por se sujar que a dona Joaquina a tem de limpar. Mas eu pouco falo da minha casa...

      Eliminar
    2. Mas fala muito com D. Joaquinas...

      Eliminar
    3. Cara MP, falar muito pouco da sua casa, é um grande número de pontos a seu favor. Absolutamente apreciável e muito apreciado por esta anónima.

      Eliminar
    4. Eu, que gosto muito da minha vidinha, acho que poucos se interessariam em saber para quê é que me deu hoje..

      Eliminar
    5. Estamos interessadíssimos, claro! ;-)

      Eliminar
    6. Hoje, como todos os dias, deu-lhe para falar mal das outras. É essa a sua vidinha.

      Eliminar
  6. Ainda ontem pensava eu, falando com uma amiga, o mesmo. É isso que irrita em alguns, a fantasia dos nossos 10 anos, que querem fazer-nos acreditar possível.
    O pior, pior, pior, é que algumas alminhas (admito que, no início da minha blogo-vida, eu própria) ficam ali muito deprimidas porque acham que afinal aquilo é a vida de todos os humanos "normais" e às tantas nós é que somos anormais.

    ResponderEliminar
  7. Toda a gente é genuína. Toda a gente tem um coração que pulsa, sangue nas veias e emoções. Muitos são como a terra que gira diariamente sobre si própria e mostra- se como é. Outros são como a Lua, que só mostra a face brilhante e cuja face oculta é negra e misteriosa. Mas ainda bem que não somos todos iguais. Seria um tédio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não defendendo transparências, aborrecem-me as artificialidades. Parecendo que não, é diferente.

      Eliminar
  8. Epá... Gosto de ti, porque gostas de mim!

    Bale?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não... Eu gosto de ti (pessoa a sério) porque tu gostas de mim (pessoa real)

      Eliminar
    2. Se assim fosse não haveria desamores. E a vida seria tão menos engraçada sem os desamores...
      (mas sim, é de realidades que falamos..)

      Eliminar
  9. Pipocante Azevedo Delirante22 de maio de 2014 às 11:12

    Esses blogs rosa têm um público-alvo. São os mesmo que leem a Caras, que suspiram pela realeza europeia, e pelos VIP lusitanos. Cada um é o que é, pensa o que quiser.
    Blogs "intimistas" ou "da felicidade" não me assistem, mas tolero a sua existência, pois decerto existem outras temáticas (futebol, religião, cultivo da hortaliça) que fazem sentido para muitos, e são desprezados por outros.
    Convém é cada um saber ao certo a sua posição na sociedade, e admiti-la, aceitando a crítica, e continuando a fazer o que fazem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada contra os blogs cor de rosa. Cumprem um papel.
      Mas é normal que não se crie a mesma empatia para com os seus autores.

      Eliminar
    2. Pipocante Azevedo Delirante22 de maio de 2014 às 11:31

      O problema é que as pessoas se apaixonam pelo personagem, e confundem com o autor. É preciso saber diferenciar, e há quem não o saiba fazer.

      Eliminar
    3. Acho que segunda-feira, referi isso. Assim ao de leve...
      (Isso acontece, principalmente, com as mulheres, parece-me que os homens são bem mais racionais no que toca a suspirar por quem nunca se viu e de quem apenas se conhece o que escreve)

      Eliminar
    4. o que me deixa louca ...é a mentira e há por aí que viva dela e queira fazer dos outros parvos, isso é que me dá cabo dos figados

      Eliminar
    5. À bom! E o gloripi nunca mentiu! E todas as almas muito sinceras que se insurgem contra a falsidade nunca mentiram.
      Aliás, nós nunca mentimos nem somos falsos. Os outros é que não nos compreendem.

      Eliminar
    6. vamos reformular a questão, não falo da mentira piedosa a que vem de piedade está a ver, dessas já disse algumas, mas a mentira pura e dura para enganar os pategos e acompanhada de muita maldade nunca

      Eliminar
    7. E é a isto que eu acho piada nesta blococoisa.
      Andam todas a pisar a mesma uva, mas cada uma acha que o seu vinho, é melhor que o das outras.

      Eliminar
    8. Estar contente com o que se tem é de valor...

      Eliminar
    9. Concordo que cada blogue preenche o seu nicho de "mercado" e tem os fãs que merece, digamos assim. Pode haver até quem se refugie no blogue para esquecer tristezas, expurgar os maus momentos. Utilizar o meio como forma de terapia. A questão, no entanto, pode ser mais profunda. O autor do blogue pode criar um personagem, inventar uma vida de sonho, tudo muito certinho, perfeito, um deleite para os nossos olhos...mas quando o próprio parece acreditar na mentira pegada, que são no fundo os relatos do seu dia a dia e ainda ficar ofendido com quem não quer ser tornado por parvo, isso é outra coisa. Parece-me doentio. Quem cegamente defende os ditos "autores/personagens" acaba por fazer má figura embora, acredito, console os mesmos. Deve dar-lhes algum gozo gerir esta manipulação de afectos e simpatias...

      Eliminar
  10. No fundo, gosta de gente que não tem problemas em assumir que, na verdade, a vida não é só côderosa, às vezes também é cinzenta; que os dias não são todos embelezados com diamantes swarosvki, às vezes são mesmo calhaus que se nos atravessam no caminho; que nem sempre os dias são doces, também os há amargos. Enfim, gosta de gente como a gente, que tem dias em que nos sentimos atolados de merda (ou cocó se preferir) até ao pescoço! Lá está, são as gentes genuínas. E eu também gosto delas, muito mais do que das outras!

    E gosto de gente Mais Picante. Só não sei ainda se gosto do nosso novo treinador... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Madame Pi
      (haja alguém, caramba...)

      Eliminar
    2. é isso mesmo, não gosto mesmo é de maldade e se soubessem o que anda por aí á solta...
      Do nosso novo treinador gosto muito, temos de acreditar Madame Pi

      Eliminar
    3. Ó Gloripi, que maçada isto de deixar aqui tantas dicas e de concreto, não se vai lendo nada. Já se percebeu que conhece alguma/s da/s visada/s, que sabe muito e tal mas quem aqui pára também já percebeu que muito (tudo) do que lemos é pura fachada. Tanta "maldade", tanta "mentira", está aí danadinha para meter a boca no trombone, vamos a isso: ou vai ou racha, diacho! :-)

      Eliminar
    4. não vou contar por respeito á dona do blogue, para mais lamirés vão ao "deixaverdeperto", mas estou em crer que é uma questão de tempo (pouco tempo) e tudo será publico

      Eliminar
    5. Por respeito à dona do blogue?
      Ó dona pipoca, vai daqui o apelo sentido, para que não nos prive assim, destas "verdades piedosas". sff?

      Eliminar
    6. "estou em crer que é uma questão de tempo (pouco tempo) e tudo será publico"... MEDO!!!!!!!!! :-P

      Eliminar
  11. Gloripi, ainda bem que veio deixar o sinal de pontuação. Há por aqui alminhas piedosas que nos corrigem a todos.

    Não resisti. Desculpem, ambas (as duas)-Gloripi e Picante- a brincadeira.

    ResponderEliminar
  12. Gloripi, ainda bem que veio deixar o sinal de pontuação. Há por aqui alminhas piedosas que nos corrigem a todos.

    Não resisti. Desculpem, ambas (as duas)-Gloripi e Picante- a brincadeira.

    ResponderEliminar
  13. Sabe que muita da gente dos blogs, que nos faz questão toda a sua vida diária, mas depois não permite que se opine sobre ela, gosta de a pintar em tons de rosa. Se os outros acreditarem que eu sou muito feliz, muito bem sucedida, que tudo na minha vida é maravilhoso, então pode ser que eu própria acredite.
    No fim de tudo fico com pena dessas pessoas que matam o genuíno que há nelas. É que depois não lhes resta nada.
    AB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. então leia este blog do principio e vai ver a quantidade de vezes que esta autora se diz feliz e contente da vida. a diferença desta para as outras é que não dá a cara. no resto é igual.

      Eliminar
    2. Estava com receio de que as minhas donas Joaquinas me tivessem abandonado, muito mais feliz..
      (às tantas não deveria ter dito que fiquei feliz?)
      (às tantas só deveria escrever em estando infeliz?)
      (às tantas este blog não é sobre a minha vida e não tento vender artificialidade... just saying...)

      Eliminar
    3. (às tantas a sua vida também não tem grande coisa sobre o que falar?)
      (às tantas quer-nos parecer que pouco mais faz da sua vida, do que estar em permanência pendurada na blogosfera?)
      (às tantas seria mais feliz se se preocupasse mais com a sua própria vida do que com a vida das outras?)
      (e às tantas, você também não tem credibilidade para vender nada a ninguém? just saying...)

      Eliminar
    4. uma coisa é estar feliz, e outra coisa é fazer da felicidade um modo de vida para enganar labregos

      Eliminar
    5. Enfrentar a vida de uma forma feliz e positiva, para si e para quem ama, é a melhor forma de viver esta curta existência.
      Onde é que isso é enganar os outros?
      Você deve estar a confundir as pessoas. Quem vivia e vive, uma vida de fachada e mentiras piedosas, era outra.

      Eliminar
    6. Sô Dona Joaquina,
      Há uma diferença gigante entre o que é a Mais Picante e muitas que andam por aí. Se não tem capacidade para entender a diferença entre um personagem como a Mais Picante ou alguém real que passa o dia a colocar fotos de casa, da filha, do marido, do trabalho, do que come (benzá deus que não coloca do que caga.ups...esqueci-me que as meninas das vidas rosinha não devem fazer cocó) não sei que lhe faça.
      Olhe, vá fazer filhos, sempre se entretém com alguma coisa.
      AB

      Eliminar
    7. E porque é que assumem que é sempre uma gaja que escreve?
      Porque não um Joaquim?

      E agora uma pequena questão: A Pipoca, também não fala das desgraças da vida dela (tirando o consumo de álcool). O que fala é daquilo que deviam ser as vidas desgraçadas dos outros (que deviam ser, porque não as conhecendo, não sabe) e apesar de ela não nos contar as suas próprias desgraças, acha que os outros o deviam fazer?
      É mais ou menos isto, não é?

      Eliminar
  14. se soubessem o que por aí anda, nem nos vossos piores sonhos lá chegavam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conte lá?
      Talvez no outro blog?

      Eliminar
    2. Já sabem que aqui não vale a pena perder tempo com isso...

      Eliminar
    3. Aí está: Mais uma alfinetada! Desabafe senhora! ahahahah

      Eliminar
    4. Estou certo que as coisas que você sabe, serão todas desvendadas. E não terá de esperar muito tempo, para lhe serem perguntadas. Cara Grloripi, não vai haver uma única "mentira piedosa" perdoada.
      Percebe?

      Eliminar
  15. Concordo em absoluto.
    Mas não é um exclusivo das autoras dos blogs rosas. É de todas.
    As mulheres são invejosas por natureza, e demasiado competitivas entre si.
    Se entrar uma mulher bonita na sala, é mais rápido o olhar de uma mulher e o respetivo juízo de valor, sobre a concorrente, do que de um homem para lhe admirar a beleza. E o pior, é que ao invés de se preocuparem e de se valorizarem elas próprias, optam pelo caminho mais fácil, desvalorizando a que acaba de entrar e despertou a atenção do homem que estava ao lado.
    São as "Les autres".

    ResponderEliminar
  16. Porque é que continua a defender alguns comentadores, não publicando respostas aos seus comentários?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque umas acusações estão no limiar do aceitável, não referindo qualquer nome, são gerais... enquanto outros comentários fazem acusações directas aos comentadores. Ponha a coisa em termos gerais ou não seja ofensiva e eu publicarei.
      (e se quer que seja honesta não tenho o menor interesse em que tragam assuntos privados, da vida de outras pessoas, para este fórum.)

      Eliminar
    2. Uiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Eliminar
    3. Cara Pipoca, em termos gerias seria preciso dizer que algumas pessoas que dizem saber verdades, o que sabem são as mentiras em que decidiram acreditar. "Mentiras piedosas" que por serem repetidas até à exaustão possam tornar-se verdadeiras. Uma mentira é sempre uma mentira e uma mentirosa é sempre uma mentirosa.

      Eliminar
    4. Então porque é que mistura a área profissional das autoras, com aquilo que escrevem nos blogs?
      O trabalho, também não é do foro privado?

      Eliminar
    5. Deixa de o ser quando o trazem a público.

      Eliminar
  17. Eu vim só aqui dizer que não publico nem mais um comentário sobre mentiras piedosas, mentiras que vão ser descobertas e o diabo a quatro. Estou fartinha, fartinha dessa conversa. Agradeço que as comadres continuem as ameaças veladas noutro local, sim?
    Agradecida

    ResponderEliminar
  18. Os efeitos da manipulação sempre têm uma data para perder sua eficácia. É aguardar para ver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim, que os efeitos da manipulação sejam breves. Há efetivamente muita gente que vive enganada pelas mentiras dos outros. Pelo contrário, os efeitos da vio|ência, das agressões e da negligência, duram a vida inteira de quem os sofre.

      Eliminar
  19. This is HOT or NOT?! ahahahah

    ResponderEliminar
  20. Anda uma pessoa afastada uns dias e é isto!?!? Very, very hot, como se quer de um picante! lol Viva a blogosfera para nos divertir, e vivam também os "côderosinha" Mundo da Fantasia, que um dia vão bater com a cabeça, acordar... e esconder debaixo da cama... ;) Picante mai linda, cá beijinho! MS

    ResponderEliminar
  21. "Gosto de gente genuína. Gente que chora, em estando triste, gente que ri com vontade, gente que perde a paciência porque está cansada. Gente cuja casa se suja ou cujas roupas se rasgam. Gente que é humana. Eu cá só falo por mim, mas é exactamente por isso que eu gosto dessa gente, por ser humana e genuína." Como é que podes afirmar isto, se nem a cara dás pelo que escreves?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E desde quando é que é preciso dar a cara para não se ser artificial? Não seja poucochinha que é confrangedor.

      Eliminar
    2. Cara Pipoca,
      se gosta de ser genuína e quer falar por sí, seja-o e assuma o que diz. Porque estar escondida atrás de um personagem, a atirar postas para tudo quanto é lado, não é exemplo nenhum de genuinidade.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.