terça-feira, 8 de abril de 2014

Surpresas, a minha vida continua a ser só surpresas

Uma mulher lê um post sobre caixas de comentários, fica intrigada, resolve abrir uma determinada caixa de comentários, eis senão quando constata que as que gostariam de praticar o amor, com o Clooney cá do sítio, são as mesmas que gostariam de o fazer com quem escreve onde diz que não tem onde escrever. Uma mulher sorri e pensa que afinal não é necessário que eles escrevam bem ou tenham sentido de humor, eles têm a tarefa facilitada, a eles basta-lhes ser eles ou, pelo menos, dizer que o são. 

27 comentários:

  1. http://coconafralda.clix.pt/2014/04/rir-e-sempre-o-melhor-remedio.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Azevedo Delirante8 de abril de 2014 às 22:40

      Same ol'story

      Rapariga publica vida íntima num blog, rapariga é criticada pelas suas escolhas, rapariga sente a necessidade de se justificar e de atacar que a critica, não com argumentos mas com desconversa .
      Dava um filme.
      (de preferência mudo)
      (e com a edição de imagem do Branca de Neve)

      Eliminar
    2. Não tem nada a ver. São os comentários àquilo do bilf...

      Eliminar
    3. Pipocante Azevedo Delirante8 de abril de 2014 às 23:52

      Era um comentario ao comentario...

      Eliminar
    4. Não há qualquer relação, ó intelijumência! Era um recadinho para ti.
      Para quem ali mais abaixo diz que percebe tudo à primeira, estás um bocadinho lerda.

      Eliminar
    5. Pessoa, tente lá pensar... eu sei que deve ser complicado para si, não está habituada não é? mas olhe, eu ajudo, em não conseguindo pensar leia. Onde é que eu escrevi alguma coisa parecida com o que a rapariga diz ser acusada? Hum? Diga-me lá. Se me quer atacar ao menos seja inteligente. Ah... não consegue, não é? Temos pena... Ou então não.

      Eliminar
    6. Não estará o anónimo a referir-se ao último comentário deste post:
      http://pipocamaispicante.blogspot.fr/2014/04/pergunta-para-queijinho.html#comment-form

      Eu partiria do princípio que foi esse último comentário que deu azo ao post do blog da cocó. Mas enfim, isto sou eu a pensar porque fiz logo a relação, mas não sei de nada.

      Eliminar
    7. Até pode ser. Mas que tenho eu a ver com isso? Por acaso o comentário é meu para me virem aqui dar recados?

      Eliminar
    8. O blogue não é seu? Não é você que aprova ou rejeita os comentários? Não é a Picante a responsável pela linha editorial quer do blogue quer da caixa de comentários? Ao publicar determinado comentário não se torna conivente do mesmo?

      Eliminar
    9. Obviamente que não. Ou achará que eu concordo e subscrevo todas as opiniões que aqui são deixadas? Público imensa coisa com a qual discordo, desde que não seja por demais ofensiva. É o caso daquele comentário específico.
      Não me parece muito difícil de compreender....

      Eliminar
  2. Quem é Clooney da blogoesfera, tendo em conta que o Clooney está a ficar velhito?

    Ou o Clooney é o sujeitinho sem mas com blogue, e que gosta de ditar a vida sexual de cada um?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Clooney é aquela por quem todas suspiram....

      Eliminar
    2. o Mais Salgado, pá. O gajo mais interessante da blogosfera mesmo quando não escreve nada.

      Eliminar
  3. Se as mulheres seguissem mas era os sábios conselhos lá da santinha da instituição alimentar já não era esta pouca vergonha.
    Ficavam mais delgadas à falta da carne vermelha, seriam boas mães de família e voluntárias. Não perdiam tempo com estas coisas do Demo das internetes e afins.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viu? Pedrinho? Se eu não perdesse tempo com a internet não tinha blogue. E o Pedrinho não podia vir aqui dizer-me o quão fantástica sou....

      Eliminar
    2. Vê como sempre tive razão para não gostar da Belinha Jonet?
      Minha querida, com o tempo vai aprender que o seu Pedrinho tem sempre razão, mesmo que não o perceba à primeira, mas é um facto.

      Eliminar
    3. Quem tem sempre razão sou eu, Pedrinho.... Eu não me insiro na categoria a que a Isabel se referia, não estou desempregada..
      (além do mais, eu percebo tudo à primeira, faz parte do meu encanto)

      Eliminar
  4. Pois minha senhora, no meio disso tudo, há quem se preocupe que algumas (as do rabo bem feito) se preocupem em fazer o amor com "su man": Já alertei, porque a vasta experiência de vida mo permite, que não há lugar a preocupações: filho de peixe sabe nada, filho de frouxo só sabe frouxar. Quanto ao Clooney... venha ele e os irmãos todos, quantos somos afinal? heim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salgado só há um e mais nenhum.
      Salgadinhas e Salgadetes há aos milhares, comem com o olhos e não petiscam nenhum.
      bilf a castigar, salgadinhas a salivar.
      Para as ter em submissão, só um bilf mandão.
      Uma chicotada por dia, era orgasmo que se via.
      Duas a fustigar, era amor de matar.
      Três ou mais para acabar, era vê-las a suicidar.


      Eliminar
  5. E a pensarmos que era a escrita inspiradora, afinal, é o cromossoma y que as move...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se eu fosse má língua, que não sou, diria que era a falta de cromossoma que as move..

      Eliminar
  6. Eu por acaso acho graça e acho que ninguém leva aquilo muito a sério. Ou pelo menos eu levo aquilo pela graça . E nomeio sempre os mesmos dois :) sabendo por portas travessas que um deles e extremamente tímido ao vivo, e o outro não faço ideia como e, (nem me interessa) mas dizem que homens que escrevem bem normalmente são feios né? Ohhhh :p

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.